F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Estudo sobre a criação

Compartilhe

Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 5958
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Tzaruch em Qua 01 Ago 2018, 21:05


Olá Aldo.



Visto que não quis responder à Msn Nº75 e suas questões, fica então a citação
onde você diretamente NEGOU a lei CAUSA-EFEITO.


Aldo Msn Nº72 escreveu:Não há, em minhas mensagens, qualquer texto no qual eu declare negação à Lei de Causa e Efeito.

Claro que há, foi exatamente isso que fez inicialmente...


__Aldo__Msn Nº58__
Na relação: causa: Criador, efeito: criação, não podemos dizer: Esta é a criação, portanto existe um Criador,
pois cairíamos em um tautologismo: a causa explica o efeito e o efeito explica a causa.

--Para que a relação fosse válida,---



Você tem o efeito chamado CRIAÇÃO, contudo NEGA e diz que não podem dizer
que por haver criação (efeito) que existe uma causa (criador)...

E aponta que a relação não é válida....


E assim esse texto da sua autoria mostra claramente onde,
quando, e como você declarou negação à lei causa efeito.



Aldo Maro Ferraro
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Número de Mensagens : 303
Data de inscrição : 27/08/2013

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Aldo Maro Ferraro em Qui 02 Ago 2018, 16:42

Meus caros confrades,

A fim de evitar equívocos de interpretação, decorrentes da observação expressa por “Tzaruch”, mensagem no. 91, é que retomo o assunto.

A citada observação se refere ao seguinte trecho de minha mensagem no.58:
   
= Na relação: causa: Criador, efeito: criação, não podemos dizer: Esta é a criação, portanto existe um Criador, pois cairíamos em um tautologismo: A causa explica o efeito e o efeito explica a causa. =

Peço considerarem a seguinte afirmação:
“João Ferraro é meu pai porque eu sou seu filho”. 

Embora seja verdade, a relação não está comprovada, pois que eu poderia dizer “Antonio Ferraro é meu pai porque eu sou seu filho”, o que é uma mentira.

Para validar a afirmação é necessário um argumento externo à própria relação : minha certidão de nascimento.

Da mesma forma, repito, não podemos dizer “Deus é o criador porque esta é a criação”; tal como está a afirmação não tem validade. Para valida-la ter-se-ia que comprovar a existência de Deus, o que é impossível, ou comprovar o ato da criação, o que também é impossível.

Portanto a afirmação “Deus é o criador” é uma relação de causa e efeito sustentada por um ato de fé, do qual eu participo, sem procurar "porques".

Não procede pois a acusação formulada por “Tzaruch” quando alega tenha eu negado a lei de causa e efeito, pois o citado parágrafo de minha mensagem no. 58 não nega sua aplicabilidade a Deus como criador, mas contesta a vã tentativa de demonstrar a relação sem o concurso de um argumento externo à própria relação.

 
Será que é tão difícil entender?


Deus Pai nos abençoe, Aldo

avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5958
Idade : 46
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 126
Pontos de participação : 12804
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Tzaruch em Qui 02 Ago 2018, 20:37


Resposta à Mensagem Nº72

Olá Aldo.



Aldo escreveu:Caros confrades

Então você responde e cita quem participa no tópico, e até agora não justificou nada
daquilo que lhe foi pedido, e acaba é por se dirigir aos leitores que não participam ?

Aldo escreveu:Não posso deixar de abordar trecho da mensagem  no. 71 ,

Você deveria igualmente ter abordado as restantes contradições e erros que lhe foram apontados.

Os confrades ainda devem estar à espera de ver que justificações tem para dar do que
postou neste tópico a citar o Ernesto.

Aldo escreveu:que abaixo transcrevo, exclusivamente para evitar que cause equivoco a eventuais leitores deste tópico.

Já que está muito preocupado com os eventuais leitores, então logicamente
deveria explicar a seguinte "bagunça" que você fez com o uso indevido
do significado das seguintes palavras.



__Aldo__
pois quando aplicado ao binômio “Criador/criação”,



Qual seria afinal o dicionário que diz isso ?


__Aldo__
incide em um paralogismo,



E onde está o tal "paralogismo" que você estava a falar ?


__Aldo__
pois é uma das premissas do raciocínio lógico que:
= Uma relação de causa e efeito somente pode ser validada por um argumento externo à própria relação =



E onde é que está a explicação e justificação para essa afirmação ?


__Aldo__
pois cairíamos em um tautologismo: a causa explica o efeito e o efeito explica a causa.



E de novo, qual é o dicionário que dá esse significado para tautologismo ?



Já viu os leitores a serem iludidos com todas essas afirmações que fez ?

Aldo escreveu:Aldo escreveu:

Causa e efeito é uma lei universal, tudo deve necessariamente ter uma causa e tudo na natureza é um ciclo,
 onde termina um começa outro, "ubi finis ibi origo",
a causa gera o efeito e o efeito passa a ser a causa de outro efeito.

E por qual motivo agora vem confirmar aquilo que antes queria negar ?

__Aldo__
Não há, em minhas mensagens, qualquer texto no qual eu declare negação à Lei de Causa e Efeito.

Claro que há, você agora é que está a tentar negar as coisas que disse,
dai que irá ficar citado e MOSTRADO.

__Aldo__
Trata-se do “relógio/relojoeiro”.
Sinto dizer que essa comparação não é argumento válido, pois quando aplicado ao binômio “Criador/criação”,



https://www.dicionarioinformal.com.br/diferenca-entre/analogia/compara%C3%A7%C3%A3o/

Analogia é a semelhança entre coisas diferentes, já a comparação é uma figura de linguagem
usada para confrontar qualidade ou ações de elementos.



Você chamou de comparação mas não é comparação, é sim UMA ANALOGIA....,,
pois o assunto são dois efeitos diferentes, e cada qual tem a sua causa.


A qual tentou negar, apesar de não ter apresentado nenhum argumento válido.


__Aldo__
incide em um paralogismo, pois é uma das premissas do raciocínio lógico que:
= Uma relação de causa e efeito somente pode ser validada por um argumento externo à própria relação =



Com esta conversa tentou incluir argumentos exteriores para validar existir uma causa,
onde de seguida dá a entender que pela falta deste a causa da criação (efeito)
não existiria nem poderia ser validada..


__Aldo__
Na relação: causa: Criador, efeito: criação, não podemos dizer: Esta é a criação, portanto existe um Criador,
pois cairíamos em um tautologismo: a causa explica o efeito e o efeito explica a causa.



E aqui você diretamente NEGOU a lei da causa efeito, pois já antes tinha afirmado que
essa é uma verdade, mas nessa frase confere o EFEITO, mas diz que não há uma causa.

Está ai tudo nas suas palavras, mas por algum motivo quis negar a analogia que existe
entre relojoeiro/relógio e criador/criação....,, e agora vem negar que negou...


__Aldo__
Vamos ao outro polo, como fizemos com o relojoeiro: constatar Deus criando,
como essa constatação também é impossível, Deus criador também é um pressuposto.



Já no fim da mesma mensagem veio tentar "argumentar" que pela impossibilidade de
constatar algo isso já seria suficiente para negar a existência da causa..


E depois ainda cai no erro de dizer que a causa do efeito seria um pressuposto..


__Aldo__
Temos então que Criador e criação é pressuposto um do outro, aí está o tautologismo.



E essa afirmação é totalmente sem NEXO, porque efeito/criação não é nenhum pressuposto,
nem criador/causa poderá ser chamado de pressuposto, pois a criação/efeito está
diretamente a fazer essa constatação.


Está mostrado, você claramente tentou negar uma causa para o efeito que
se chama de criação,, e assim NEGOU A LEI CAUSA EFEITO...

Dizer que não teria como chamar a essa causa de DEUS, isso estaria certo,
agora negar que a causa exista é negar essa lei.

Aldo escreveu:Afirmo sim que a verdade em um contexto não pode servir para validar uma afirmação em outro contexto.

Aldo, a sua lógica racional não está a funcionar lá muito bem, a seguinte
comparação que faz não tem qualquer sentido ou comparação.

E isso de "outro CONTEXTO" é mais um uso indevido que está a dar às palavras,
porque a analogia feita entre relojoeiro/relógio e criador/criação
TEM EXATAMENTE O MESMO CONTEXTO que é CAUSA // EFEITO...

E você por não ter considerado todos os pontos da lógica acabou por cair em
mais um erro, é que "relojoeiro/relógio" não está a validar criador/criação....


É sim o relógio que valida existir um relojoeiro, e é a criação que valida existir um criador.


Já parou para pensar que em momento algum existiu uma afirmação
para validar outra afirmação ?


Aldo escreveu:Se admitirmos a validade da comparação de verdades em contextos diferentes poderemos
validar todas as verdades, mas também poderíamos validar todas os absurdos.

Aldo, deixe de distorcer assuntos,, as suas comparações não tem o menor sentido,
nem sequer é possível nos assuntos tratados haver essa tal comparação de verdade
para tentar fazer alguma validação.


__Aldo__
Com efeito, a comparação do binômio relojoeiro/relógio não é comparável ao binômio
Criador(Deus)/Criação (universo), porque são verdades expressas em contextos diferentes.



E já que fala em "verdades",, você na msn Nº60 afirmou que são DUAS VERDADES EXPRESSAS.


Se é VERDADE a relação causa/efeito acerca da criação, porque tentou negar essa verdade,
e porque agora ainda vem com mais comparação de assuntos totalmente diferentes
só para negar que a criação/efeito tenha tido uma CAUSA ?


Aldo escreveu:Se for difícil entender essa premissa,

Quando você conseguir entender a premissa existente na relação causa/efeito,
com certeza deixará de tentar negar aquilo que é óbvio, lógico e racional.

E o que apontou não é uma premissa que possa sequer ser apontada ao assunto em pauta.

Aldo escreveu:ofereço o seguinte simples exemplo,

O que diz ser "simples exemplo" está distorcido e não tem qualquer relação com causa/efeito..


E agora sim, você vai fazer comparações em contextos diferentes sem relação.


Aldo escreveu:veja a frase “aquilo que é bom para os Estados Unidos é bom para o Brasil”.

“aquilo que é bom para os Estados Unidos” é uma verdade.

“ bom para o Brasil” é a afirmação que se pretende validar.

Aldo, essa comparação não tem nada a ver,, é totalmente descontextualizada,
o que aponta são INTERESSES, os quais variam com as opiniões, e variam
com os restantes pontos que até você acabou por indicar...


No assunto tratado não "mexe" com interesses nem culturas e muito menos geografia,
nem ainda relógio/relojoeiro é uma afirmação para provar criador/criação....


Você é que inventou isso de uma coisa validar a outra, mas não é essa a lógica,
o que é lógico é existir um relógio que valida existir um relojoeiro,, e da mesma
forma ao EXISTIR uma criação valida existir um CRIADOR..


Aldo escreveu:Mas quando se une ambos pelo verbo “ser” explode o absurdo,

NADA A VER Aldo, o seu exemplo e comparação trata de coisas diferentes,
não é como a causa/efeito, pois esta é uma lei que se aplica tanto ao
relógio como à criação,,, cada um deles tem de ter a sua causa..


Já essas uniões e confusões que está a fazer são comparações que essas sim
estão num outro contexto, e no qual não existe uma "lei" como na anterior.

E já agora, como seria essa "união" com o verbo SER ,, qual seria exatamente
o assunto bom para um que poderia ser mau para o outro ?


Aldo escreveu:eis aí que a comparação não é válida porque o contexto, idioma, cultura, etnias, história,
geografia, clima, etc etc etc dos EEUU são totalmente diferentes do contexto Brasileiro.

Tem algo que sem qualquer tipo de dúvida poderá ser afirmado,, é que você
não apresentou nenhum exemplo disso que diz ser "bom"....


Mas use a PAZ,, com certeza a paz é BOA para os USA como é para o Brasil,,,, assim como
é para qualquer outra cultura, etnia, etc etc,, para qualquer país do planeta pode-se dizer
que a paz é boa...


E ai,, a sua teoria além de tratar de interesses de pessoas e não da relação causa/efeito,
acaba por não ter validade porque existem coisas que são boas para TODOS.


Também o SOL é bom para todos, porque sem ele a vida na terra terminaria.

Aldo escreveu:Ora, a relação de causa e efeito relojoeiro/relógio, é uma verdade no mundo físico,

E o mundo físico, não é ele mesmo uma realidade ?

Se esse efeito é uma realidade, porque quer negar que exista uma causa ?


Aldo escreveu:enquanto que a relação de causa e efeito Deus/mundo físico envolve o campo metafísico,
sendo contextos diferentes,

__Aldo__
Com efeito, a comparação do binômio relojoeiro/relógio não é comparável ao binômio
Criador(Deus)/Criação (universo), porque são verdades expressas em contextos diferentes.




A analogia mostra a semelhança de coisas diferentes,, logo nunca precisaria de
ser o mesmo contexto, nem um assunto valida o outro.

E ai, mesmo que fossem contextos diferentes você afirmou que AMBAS são VERDADES EXPRESSAS.

E veja se deixa de querer inserir o "contexto" onde ele não tem qualquer influência, o tema
roda em torno de um EFEITO (criação) que efetivamente teve uma CAUSA (criador)..


Aquilo que você chama de campo metafísico não é mais que uma expressão inventada
para descrever ou apontar aquilo que não sabem explicar....

Além de que você não tem como provar nada acerca da causa da criação ser metafísica,
apenas está a especular porque não sabe dar melhor resposta.


Aldo escreveu:a comparação não é válida.

Não é nenhuma comparação, deixe de acrescentar coisas e distorcer o que todos
podem entender,,, existe uma analogia de causa efeito com as mesmas premissas
tanto para relógio/relojoeiro como para criador/criação...


E isso torna tudo válido, ao contrário do seu exemplo, onde a PAZ seria algo
de comum e BOM fosse para quem fosse, pois está a tratar de interesses
das massas, e não do tema da causa/efeito.

Aldo escreveu:Nós, que cremos em Deus, podemos afirmar, não há efeito sem causa,
Deus é a causa primeira, é o criador do universo físico.

Irrelevante, você nas suas crenças pode afirmar para SI MESMO aquilo que quiser,
já dentro de um tópico, as suas afirmações estão sujeitas a serem contestadas.

Aldo escreveu:Mas essa afirmação vem do interior de nosso espírito, pela graça do dom da fé,

Trate do assunto, e diga lá se existe ou não uma causa para a criação ?

Aldo escreveu:não de uma pobre comparação com o mundo material !

A única comparação pobre foi aquela que você fez entre interesses e causa/efeito.





avatar
Aldo Maro Ferraro
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : engenheiro mecânico, professor de física e de matemática
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 303
Idade : 77
Cidade/Estado : Florianópolis/ Santa Catarina
Religião : ecumenico
Igreja : consciência interior
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 18
Pontos de participação : 616
Data de inscrição : 27/08/2013

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Aldo Maro Ferraro em Qui 02 Ago 2018, 22:12

"Tzaruch"


Tenho muita dificuldade em responder às tuas mensagens, meu intelecto não consegue chegar ao nível de tuas argumentações.


Saudações, Aldo
avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5958
Idade : 46
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 126
Pontos de participação : 12804
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Tzaruch em Qui 02 Ago 2018, 22:27


Olá Aldo.



Aldo escreveu:Tenho muita dificuldade em responder às tuas mensagens,

Quem usa palavras com vários sentidos e de pouco uso no dia a dia é você,

talvez a dificuldade seja a correta interpretação dos seus significados.


Aldo escreveu:meu intelecto não consegue chegar ao nível de tuas argumentações.

Eventualmente não tem nada a ver com níveis de argumentação,, tem mais a ver com
o uso correto dos dicionários e da lógica racional..


Se ler com atenção verá que as suas afirmações são contestadas porque as mesmas
não estavam corretas, seja por significados errados que tenha usado, seja por apontar
coisas sem lógica na defesa de ideias próprias.

Mas ainda falta uma resposta, depois leia com atenção, e perceba onde tentou começar
a desviar o assunto para outro contexto.


avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5958
Idade : 46
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 126
Pontos de participação : 12804
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Tzaruch em Qui 02 Ago 2018, 23:23


Olá Aldo.



Aldo escreveu:Meus caros confrades, A fim de evitar equívocos de interpretação,

Sim, para evitar equívocos deveria começar por explicar porque deu uso indevido
e distorceu significados de palavras como já ficou mostrado na Msn N93.

Aldo escreveu:decorrentes da observação expressa por “Tzaruch”, mensagem no. 91, é que retomo o assunto.

Na mensagem nº91 não existe NENHUM equívoco de interpretação...

Tudo está claro e ficou mostrado, você nega que exista uma causa para um efeito,
e faz isso em relação ao efeito chamado de "criação".

Aldo escreveu:
A citada observação se refere ao seguinte trecho de minha mensagem no.58:
   
= Na relação: causa: Criador, efeito: criação, não podemos dizer:

Esta é a criação, portanto existe um Criador, pois cairíamos em um tautologismo:
A causa explica o efeito e o efeito explica a causa. =

Você sabe que existe um efeito, e sabe que na lei causa/efeito a relação
não pode ser anulada, mesmo assim vem falar que tal causa não existe... ???


E mais Aldo, tautologismo ainda está por ser explicado por você,
e em qual dicionário foi buscar esses significados que usou.....

Aldo escreveu:Peço considerarem a seguinte afirmação:
“João Ferraro é meu pai porque eu sou seu filho”. 

Mais uma "comparação" sem qualquer nexo ou sentido, e por sinal mal feita...
assim como a anterior onde falou de "interesses" entre países.

Poderia ter usado uma melhor afirmação, e dizer que se você existe
é porque tem um pai e uma mãe, que por acaso tem relação com causa
e efeito, que efetivamente é aquilo que se está a tratar...

Aldo escreveu:Embora seja verdade, a relação não está comprovada, pois que eu poderia dizer
“Antonio Ferraro é meu pai porque eu sou seu filho”, o que é uma mentira.

Aldo, na relação CAUSA/EFEITO não existe necessidade de comprovações,
lá por lhe ser impossível provar algo não significa que a mesma não exista.


Se é mentira alguma coisa nessa sua "comparação", isso só é válido para
esse assunto que está a falar, e não serve para ser transferido para qualquer
outro assunto como tenta fazer.


Veja o outro exemplo,, se você é FILHO, por acaso não teve pai e mãe ?

Isso sim, negar que tenha tido pai e mãe seria uma mentira,, ainda que
eles tivessem morrido à tanto tempo que ninguém saiba quem são.


A impossibilidade de mostrar e comprovar quem são os seus pais
não faz de si um "não nascido", ou seja, que nasceu sem pai nem mãe.

Aldo escreveu:Para validar a afirmação é necessário um argumento externo à própria relação : 
minha certidão de nascimento.

Você de fato faz umas comparações sem nenhum sentido, já antes falou de argumentos
externos para provar a relação, e agora voltou ao mesmo..

Por isso, volte à realidade, criador/criação não precisa de NENHUM argumento externo,
o efeito por si mesmo prova existir uma causa, e essa é a relação existente na lei
que você quer negar,, chamada de lei da causa/efeito.


Na relação relojoeiro/relógio só o fato de existir um relógio já prova que existe um
relojoeiro,, e isso é intrínseco igualmente para a criação.


Quem afirmar que existem relógios sem relojoeiro terá que dizer que o relógio
veio da "magia", que é aquilo que ele não sabe explicar, ainda assim,
a causa continua a existir, mesmo que o observador não a possa verificar.

Aldo escreveu:Da mesma forma, repito, não podemos dizer “Deus é o criador porque esta é a criação”;
tal como está a afirmação não tem validade.

Então você agora está a desviar e a dizer diretamente que a tal causa "criador" para
o efeito "criação" tem de se chamar DEUS ?


Nada disso Aldo, o assunto é simplesmente existir uma causa para o efeito (criação),
o que cada um chama a essa causa é outro assunto, que se for DEUS é por Fé.





__Aldo__Msn Nº58__
Na relação: causa: Criador, efeito: criação, não podemos dizer: Esta é a criação, portanto existe um Criador,
pois cairíamos em um tautologismo: a causa explica o efeito e o efeito explica a causa.



Inicialmente como acima visto, não falou de DEUS, falou sim que nessa relação
causa efeito não haveria causa para o efeito chamado CRIAÇÃO..


Aldo escreveu:Para valida-la ter-se-ia que comprovar a existência de Deus,

NÃO, o assunto não precisa de comprovar nem validar NADA.


Lembre, você é que agora está a falar de DEUS, porque antes o assunto era a CAUSA,,
por isso, a causa não precisa de ser comprovada para ser válida, e a sua incapacidade
de fazer tal prova não chega para negar que essa causa EXISTIU (existe).

Aldo escreveu:o que é impossível, ou comprovar o ato da criação, o que também é impossível.

Você deveria ter lido as mensagens anteriores, assim evitaria dizer certas coisas..



O PRINCÍPIO DE CAUSA E EFEITO:

O Princípio de Causa e Efeito contém a verdade que nada acontece por acaso,
que este é simplesmente um termo para indicar a causa existente, porém,
não reconhecida ou percebida; os fenômenos são contínuos, sem interrupção, sem exceção.

Significa que em tudo há esse princípio, às vezes oculto a ponto de não nos apercebermos.

O Princípio de Causa e Efeito está oculto em todas as idéias científicas, antigas e modernas,
e foi anunciado há milênios pelos hermetistas, e que apesar de oculto,
nada existe sem sua influência, nada é por puro acaso no universo.


Nada há fora do Todo, e se dentro, segue suas leis, seus ordenamentos, pois o Todo é a própria lei.

Não há lugar no universo para uma coisa fora e independente da Lei.

Acaso é o que não conseguimos compreender, e é empregado como a queda de pedras num jogo de azar,
fato considerado simplesmente casual, o que se analisado analiticamente pela razão,
veremos que também não é verdade, nada é por acaso na caída de dados num jogo, por exemplo.

https://osegredo.com.br/o-principio-de-causa-e-efeito/


Deveria saber que impossibilidade ou limitações não fazem verdades as suas afirmações,
o que é continuará a ser, mesmo sem você saber...


Aldo escreveu:Portanto a afirmação “Deus é o criador” é uma relação de causa e efeito sustentada por um ato de fé,

E continua a desviar o assunto, Aldo, não se está a tratar de qual nome é dado
para a CAUSA do efeito CRIAÇÃO, o assunto é a existência da causa,
e já antes ficou escrito o seguinte....


Veja o que foi respondido ao Adauto e acerca das suas afirmações que ele apontou.


__Adauto_
"Eu creio...", "Eu acredito..." são as palavras de ordem.

_Tzaruch_
Não, nada disso, a criação (efeito) ter uma causa (criador ou ????? nome)
não é questão de crenças nem são palavras de ordem tão pouco.

Para aceitar a existência de uma causa para esse efeito é uma questão
de lógica racional, a qual você por não ter como negar também desvia,
talvez para não querer confirmar.

Se for confirmar o 1ª poste do tópico trata realmente de assuntos
que tem a ver com crenças, já aquilo que o Aldo veio comentar
acerca da afirmação do Ernesto tem a ver com LÓGICA.





Por isso, a causa que se trata não tem a ver com fé nem com crenças,
e aparentemente você quer misturar os dois assuntos.

Aldo escreveu:do qual eu participo, sem procurar "porques".

Pois, e isso é irrelevante como já antes ficou apontado.


O assunto não é que nome tem a causa,, mas sim que essa causa existe.

Aldo escreveu:Não procede pois a acusação formulada por “Tzaruch” quando alega tenha eu negado a lei de causa e efeito,

Não existe NENHUMA acusação,, existe sim uma constatação provada.



__Aldo__Msn Nº58__
Na relação: causa: Criador, efeito: criação, não podemos dizer: Esta é a criação, portanto existe um Criador,
pois cairíamos em um tautologismo: a causa explica o efeito e o efeito explica a causa.



Você nessa frase onde não fala de DEUS mas sim da lei CAUSA/EFEITO está exatamente
a negar a mesma, dizendo que tem um efeito mas SEM CAUSA...

Aldo escreveu:pois o citado parágrafo de minha mensagem no. 58 não nega sua aplicabilidade a Deus como criador,

Mas quem foi que disse que você negava DEUS como criador ?

Isso são assuntos de crenças, o ponto que você nega é da causa para o efeito criação,
e isso está mais que exposto para todos verem.


Aldo escreveu:mas contesta a vã tentativa de demonstrar a relação sem o concurso de um argumento externo à própria relação.

As únicas vãs tentativas de demonstrar alguma coisa tem sido da sua parte,, começando por essa
mesma afirmação que está a fazer, onde uma relação causa/efeito está dependendo de
um argumento externo a si mesma,, isso é SEM NEXO...


Igualmente as distorções que fez de certas palavras e seus significados continuarão a ser
vãs tentativas de dar suporte a argumentos que já foram mais que refutados...
 

Aldo escreveu:Será que é tão difícil entender?

Difícil de entender o quê Aldo ?


Para você é que parece estar muito difícil de entender,, nenhum dos pontos
onde foram apontados os seus erros conseguiu responder e defender,,
porque usou palavras com outros significados e os aplicou ERRADAMENTE.



Pare e pense um pouco sobre o seguinte....

Que existe uma causa (?????) para o efeito (criação) é algo que embora tenha
tentado não tem como negar,,, já o NOME que cada um dá a essa causa
ai é outro assunto, em que se disser que é DEUS, isso é por crença/fé.


Bastava você ter-se mantido dentro desses dois pontos, e pode ter a certeza,
teria evitado ser refutado nas coisas que estava a afirmar.

avatar
Aldo Maro Ferraro
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : engenheiro mecânico, professor de física e de matemática
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 303
Idade : 77
Cidade/Estado : Florianópolis/ Santa Catarina
Religião : ecumenico
Igreja : consciência interior
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 18
Pontos de participação : 616
Data de inscrição : 27/08/2013

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Aldo Maro Ferraro em Qui 09 Ago 2018, 20:40

Olá Adauto, saudações cristãs


Em atenção à tua mensagem 88, ofereço minhas considerações:


Adauto: Nesse caso, sendo a matéria eterna, não haveria uma causa primeira.


Qualquer que seja a teoria, materialismo ou criacionismo, haverá sempre uma “causa primeira”, que não é efeito de uma causa anterior.


Para a dialética materialista, a causa primeira, embora desconhecida, é necessariamente intrínseca à realidade física. Após Feurbach e Marx, o progresso no conhecimento da física quântica científica conduz a considerar a matéria como energia concentrada; levando à hipótese de que no início havia apenas uma “Grande Energia” primordial, esta seria a causa primeira (exclua-se a “física quântica” que constitui elucubrações de alguns “esotéricos”). Mas observe, estamos ainda no campo da ciência e da dialética materialista, ou seja, essa Grande Energia não é metafísica.


Para o criacionismo Teísta, a causa primeira é metafísica, uma inteligência eterna, um Deus, que também não é efeito de uma causa anterior.


Adauto: Nunca gostei de Marx e muito menos de Engles, um comunista de boutique.


Não posso deixar de esclarecer o porque cito Marx e Engels com o maior respeito. 


Fui acadêmico de engenharia durante os anos 60, no auge dos movimentos políticos comunistas.


Eu era filiado à JUC (Juventude Universitária Católica), éramos socialistas cristãos e era grande nossa convivência com colegas marxistas materialistas, com os quais muito amigavelmente dialogávamos porque havia mútuo interesse em conhecer opiniões e argumentos.


Nota: a discussão se estabelece quando as pessoas estão predispostas a falar, o diálogo se estabelece quando as pessoas estão predispostas a ouvir.


Nessa vivência aprendi uma coisa que levo por toda minha vida; respeitar opiniões divergentes da minha e JAMAIS ter a petulância de dizer a outro “você está errado”.


Deus Pai nos abençoe, Aldo
avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5958
Idade : 46
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 126
Pontos de participação : 12804
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Tzaruch em Sex 10 Ago 2018, 04:16


Olá Aldo.



Aldo escreveu:Nota: a discussão se estabelece quando as pessoas estão predispostas a falar,

Isso deve ser só no seu dicionário PESSOAL, nos dicionários públicos
e que todos podem confirmar o significado é bem mais abrangente,
e detalha o verdadeiro propósito e contextos para uma "discussão".


Significado de Discussão



substantivo feminino

Desentendimento; ação de defender uma opinião contrária a outra.

Debate; conversa polêmica em que cada pessoa é responsável por defender seu ponto de vista:
discussão em sala de aula.

Análise detalhada feita de modo a demonstrar os prós e os contras de um assunto,
um problema, uma teoria, uma questão etc.: problemas em discussão.

Ação ou efeito de discutir, de examinar, de contestar.

Etimologia (origem da palavra discussão).
Do latim discussio.onis.

https://www.dicio.com.br/discussao/


Várias pessoas podem estar a falar, contudo, sem que isso seja uma discussão,
basta somente que todos concordem com o mesmo assunto....

E é ai que entra a definição de "discussão", onde falam igualmente, mas cada qual pode
discordar ou argumentar contrariamente sobre o que outro tenha AFIRMADO,"opinado"


Aldo escreveu:o diálogo se estabelece quando as pessoas estão predispostas a ouvir.

Seu "dicionário" falhou novamente, ou então você não quer acatar os significados dos
dicionários de Português que todos estudaram e usam no dia a dia para se exprimirem.

Quando as pessoasestão com disposição para ouvir, isso não será um diálogo,
mas sim um monólogo ou o discurso de uma pessoa e os restantes só ouvem...


di·á·lo·go

(latim dialogus, -i)
substantivo masculino

1. Conversação entre duas pessoas.
2. [Por extensão] Conversação entre várias pessoas.

3. Discussão ou negociação entre duas ou mais partes, geralmente com vista a um acordo.
4. Obra literária em forma de conversação que um autor faz ter às personagens que apresenta.
5. [Música] Composição em que as vozes ou os instrumentos se alternam ou se respondem.

"diálogo", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013,
https://www.priberam.pt/dlpo/di%C3%A1logo [consultado em 10-08-2018].


Quando estão só a ouvir não existe diálogo....

Aldo escreveu:Nessa vivência aprendi uma coisa que levo por toda minha vida;

Certamente não foi a seguir os dicionários com os seus significados.

Aldo escreveu:respeitar opiniões divergentes da minha
Respeitar não significa acatar ou aceitar como verdade tais opiniões.


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Nota: Para outros significados, veja Opinião (desambiguação).

Na Filosofia de Parmênides, opinião (doxa, (do grego δόξα, doxa,

« opinião », « conjectura ») é a ideia confusa acerca da realidade
e que se opõe ao conhecimento tido como verdadeiro.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Opini%C3%A3o
---------------------------------------------------------------------------------

O que é Opinião:




Opinião é um substantivo feminino que significa a manifestação de uma forma de ver,
representando o estado de espírito e a atitude de um indivíduo ou de um grupo em relação
a um determinado parâmetro ou realidade.

A opinião de uma pessoa é aquilo que ela acredita ser verdadeiro.

As opiniões manifestam o caráter de uma pessoa, porque são moldadas pelo sistema de valores que regem as atitudes do indivíduo.

As opiniões também dependem das aspirações pessoais e do nível de maturidade psicológica de cada pessoa.

Muitas vezes as opiniões são divergentes, ou seja, pessoas não têm a mesma opinião sobre o mesmo assunto.
Isto porque a opinião é um juízo subjetivo, que tem como fundamento o conhecimento vago da realidade,
e muitas vezes não está baseada em fatos concretos e nem mesmo no bom senso.

Uma opinião pode ser discriminatória e ofensiva para muitas outras pessoas.

https://www.significados.com.br/opiniao/


Porque a "OPINIÃO" tem exatamente esse significado acima apontado..

E quem não quiser ver a sua "OPINIÃO" contestada não a exponha.

Aldo escreveu:e JAMAIS ter a petulância de dizer a outro “você está errado”.

E quem foi que disse a outro que ele está errado ?


avatar
Adauto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 851
Idade : 55
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristão
Igreja : Católica
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 16
Pontos de participação : 1681
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Adauto em Sab 11 Ago 2018, 00:09

Aldo Maro Ferraro escreveu:Olá Adauto, saudações cristãs (...)

Não posso deixar de esclarecer o porque cito Marx e Engels com o maior respeito. 


Fui acadêmico de engenharia durante os anos 60, no auge dos movimentos políticos comunistas.


Eu era filiado à JUC (Juventude Universitária Católica), éramos socialistas cristãos e era grande nossa convivência com colegas marxistas materialistas, com os quais muito amigavelmente dialogávamos porque havia mútuo interesse em conhecer opiniões e argumentos.

Aldo, eu o respeito e tenho admiração pela sua doçura e irrepreensível educação. Mas, socialismo cristão... respeito por Marx e Engels? Não.
Não há como. Não há como se respeitar esses dois sujeitos. São vilões inegáveis.
avatar
Maicon
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : Ultimamente ando sem tempo de responder...
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 265
Idade : 30
Cidade/Estado : Rio de Janeiro
Religião : O Panenteísmo não é Religião.
Igreja : Não sou cristão.
País : Brasil.
Mensagens Curtidas : 13
Pontos de participação : 629
Data de inscrição : 28/01/2015

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Maicon em Sab 11 Ago 2018, 01:22

A minha visão Panenteísta das coisas, me faz enxergar de um modo que a Criação esteja contida em Deus, pois se Deus é Eterno, não poderia existir nada exterior à Deus. Deus criou primeiramente um vácuo dentro de si mesmo, e dentro desse vácuo, iniciou a Criação
avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5958
Idade : 46
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 126
Pontos de participação : 12804
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Tzaruch em Sab 11 Ago 2018, 01:27


Olá Maicon.






Maicon escreveu:Deus criou primeiramente um vácuo dentro de si mesmo,
e dentro desse vácuo, iniciou a Criação

Isso que afirmou está escrito em algum texto da Bíblia ou é alguma "revelação" que teve ?










avatar
Maicon
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : Ultimamente ando sem tempo de responder...
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 265
Idade : 30
Cidade/Estado : Rio de Janeiro
Religião : O Panenteísmo não é Religião.
Igreja : Não sou cristão.
País : Brasil.
Mensagens Curtidas : 13
Pontos de participação : 629
Data de inscrição : 28/01/2015

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Maicon em Sab 11 Ago 2018, 02:30

Não citei Bíblia em nenhum momento na minha exposição, ainda deixei bem claro: Na minha visão Panenteísta das coisas...

Agora explane você biblicamente então como que existe algo exterior a um Deus Eterno, pois se existir algo fora Dele, Ele não é Eterno. Ou a Criação existe dentro Dele ou Ele não é Eterno.
avatar
Aldo Maro Ferraro
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : engenheiro mecânico, professor de física e de matemática
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 303
Idade : 77
Cidade/Estado : Florianópolis/ Santa Catarina
Religião : ecumenico
Igreja : consciência interior
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 18
Pontos de participação : 616
Data de inscrição : 27/08/2013

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Aldo Maro Ferraro em Sab 11 Ago 2018, 08:57

Olá Adauto

Entendo tua posição; pois que o termo "socialismo" é usualmente associado ao comunismo, mas há nisso um equívoco conceitual.
A Social Democracia, proposta por Rosa Luxemburgo, não é materialista como o socialismo comunista; embora ela tenha sido marxista em princípio.
O socialismo enfatiza o bem estar da sociedade e a JUC , católica, defendia essa postura, pois não houve maior socialista do que Jesus.
Lamento que não possamos prosseguir intercambiando neste tema, pois é estranho ao tópico neste forum.


Deus Pai nos abençoe, Aldo
avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5958
Idade : 46
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 126
Pontos de participação : 12804
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Tzaruch em Sab 11 Ago 2018, 19:31


Olá Aldo.






Msn Nº97
Aldo escreveu:
e JAMAIS ter a petulância de dizer a outro “você está errado”.

E quem foi que disse a outro que ele está errado ?







avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5958
Idade : 46
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 126
Pontos de participação : 12804
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Tzaruch em Sab 11 Ago 2018, 22:01


Resposta à Mensagem Nº102

Olá Maicon.


Maicon escreveu:Não citei Bíblia em nenhum momento na minha exposição,

Claro que não citou, fez uma "exposição" e depois uma AFIRMAÇÃO sobre DEUS...
Maicon escreveu:ainda deixei bem claro: Na minha visão Panenteísta das coisas...

__Maicon__
A minha visão Panenteísta das coisas, me faz enxergar de um modo que a Criação esteja contida em Deus,
pois se Deus é Eterno, não poderia existir nada exterior à Deus.

Deus criou primeiramente um vácuo dentro de si mesmo,
e dentro desse vácuo, iniciou a Criação


Acontece que a sua "visão" estava o incluído no primeiro parágrafo com os "SES",
já no seguinte deixa de ser uma suposta visão para passar a ser uma afirmação..

Maicon escreveu:Agora explane você biblicamente então como que existe algo exterior a um Deus Eterno,
pois se existir algo fora Dele, Ele não é Eterno.

Explanar o quê ?,, as suas VISÕES ????

As afirmações são suas, se tem algo para ser explanado é por você...

Maicon escreveu:Ou a Criação existe dentro Dele ou Ele não é Eterno.

Ou NADA, quem falou de DEUS criar um vácuo dentro DELE e dai iniciar a criação
foi você mesmo, que na verdade isso não passa de opinião própria,,
ou melhor,, uma conjectura..

avatar
Adauto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 851
Idade : 55
Cidade/Estado : São Paulo
Religião : Cristão
Igreja : Católica
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 16
Pontos de participação : 1681
Data de inscrição : 13/04/2015

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Adauto em Dom 12 Ago 2018, 10:50

Maicon escreveu:A minha visão Panenteísta das coisas, me faz enxergar de um modo que a Criação esteja contida em Deus, pois se Deus é Eterno, não poderia existir nada exterior à Deus. Deus criou primeiramente um vácuo dentro de si mesmo, e dentro desse vácuo, iniciou a Criação

Maicon... o vácuo é o espaço onde não há nada (ou não deveria haver). A ideia de  Deus criando um nada dentro de si mesma é muito estranho. Quando se cria, se cria algo.
avatar
Tzaruch
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Na Paz.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 5958
Idade : 46
Cidade/Estado : Ilha
Religião : DEUS
Igreja : As 7 Igrejas
País : Na Terra.
Mensagens Curtidas : 126
Pontos de participação : 12804
Data de inscrição : 04/11/2014

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Tzaruch em Dom 12 Ago 2018, 21:42


Olá Adalto.



Adauto escreveu:Maicon... o vácuo é o espaço onde não há nada (ou não deveria haver).

A ideia "pensamento" do Maicon foi que DEUS teria que criar o "nada" para depois então
dentro desse "nada" criar alguma coisa,,, mas isso acaba por ser conflitante com a lógica,
pois ele mesmo afirma que a criação esteja contida em DEUS...

Além de que,, "CRIAR o NADA" é algo de irracional, pois não se cria o "NADA",, e se alguém
criar alguma coisa isso não pode ser chamado de "NADA" por ter sido criado..


Adauto escreveu:A ideia de  Deus criando um nada dentro de si mesma é muito estranho.

Não só estranho como inconcebível,, algo criado é alguma coisa...


Adauto escreveu:Quando se cria, se cria algo.

Exato, e na "visão" do Maicon DEUS teria retirado "um pedaço" de dentro dele
mesmo para tornar isso em um espaço sem nada lá dentro, para depois dai
ir então fazer uma nova criação supostamente com algo vindo desse nada.

Nem explica para onde foi a parte de DEUS que ocupava o tal  "vácuo".

Quando o lógico seria DEUS usar de si mesmo para fazer essa criação,
e é isso mesmo que faz sentido, pois está escrito que DEUS é o PAI
dos espíritos de toda a carne...


Conteúdo patrocinado

Re: Estudo sobre a criação

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sex 14 Dez 2018, 11:47