F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Compartilhe

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 2318
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Edison em Seg 05 Mar 2018, 11:29

Washington Ruiz,

Washington Ruiz escreveu:Olá, Edison,

Não compartilho do entendimento que você dá e tem sobre a Colheita Final, tirada de um livro extra-bíblia, pelo contrário.

Acho que precisamos afinar o conceito de colheita.
As pessoas que já morreram e durante a sua vida terrena foram alcançados pela Graça, se converteram e nasceram de novo (conversão da alma), de alguma maneira estão no celeiro de Deus (na região dos salvos), portanto já foram colhidos.

Lá no Trono Branco de Apoc. 20:11 acontece a colheita final. Neste Trono Branco, a Igreja-Noiva, (agora Esposa) estará com Jesus no Trono (Apoc. 3:21). Ela foi colhida durante as eras e se reúne com a Igreja-Noiva remanescente por ocasião da primeira ressurreição (I Cor. 15:51-52).
Na primeira ressurreição, os salvos nas eras passadas ressuscitam, os salvos que estarão vivos na Terra são transformados (isso é uma colheita) e então os dois grupos (ressuscitados e transformados) se reúnem em algum lugar deste planeta e TODOS JUNTOS sobem para irem encontrar o Noivo em algum lugar dos ares, da atmosfera terrestre, ou fora da atmosfera terrestre em algum lugar do cosmos.

Isso não extrabíblico. Isso é 100% Bíblia.
O que Deus nos revelou através do ministério profético de William Branham, é que aquelas sete igrejas de Apoc. 2 e 3 apontam para sete períodos da história de Igreja gentia. Aliás, esse também é o entendimento de boa parte do mundo acadêmico teológico, o que para nós os crentes da última hora, não acrescenta em nada a nossa fé.
A fé do Senhor Jesus Cristo não depende da aquiescência da fé teológica do dia. Jesus não dependeu da aquiescência do Anás, do Caifás, dos "Gamalieis", dos doutores da Lei, dos escribas, dos fariseus, dos saduceus, dos herodianos, dos essênios, dos magos astrólogos, etc., etc., etc. Concorda???
Igualmente a fé do Senhor Jesus (Gal. 2:20), que Ele colocou no apóstolo Paulo, deu à Paulo a independência, digamos teológica, dos fariseus que era a antiga denominação do apóstolo Paulo.


É possível que na versão da bíblia que você tenha em seu computador o termo “século” esteja grafado no plural, porém não nas versões que eu pesquisei, mas, tudo bem.

Bem, consultei minha Bíblia de mão, uma JFA Edição Revista e Corrigida - Editora Vida - 1981, que também "consumação DOS SÉCULOS".

Agora, não sei porque você está encasquetando com esse detalhe. Na carta aos hebreus 9:26 está escrito:

"De outra maneira, necessário lhe fora padecer muitas vezes desde a fundação do mundo. Mas agora na consumação dos séculos uma vez se manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo"

Eu acredito que essa carta foi escrita pelo apóstolo Paulo, mas independente disso, note que o texto diz: "mas agora na CONSUMAÇÃO DOS SÉCULOS uma vez se manifestou..........."

Quem se manifestou??? Ora, o texto está falando de Jesus. E, o escritor está dizendo: "mas agora na CONSUMAÇÃO DOS SÉCULOS". Esse "agora" foi a 2.000 anos atrás e já era considerado consumação dos séculos.

Percebe???



Que bom que você aceita que Jesus tenha descido aos infernos. Tem irmãos daqui que negam esses escritos e ainda buscam ofender os que não pensam como eles, porém,

Eu considero que Jesus, homem, que tinha ESPÍRITO, ALMA e CORPO, desceu aos infernos exclusivamente com a sua ALMA. E você, concorda comigo ou não?

Na verdade, pelo menos, acho que inconscientemente sempre cri assim. E, quando conheci a Mensagem de William Branham em 1975 (eu era da CCB), essa revelação apenas trouxe mais LUZ àquilo que na subconsciência já cria.
Quem desceu às partes mais baixas da Terra, testemunhar aos espíritos em prisão, foi a alma de Jesus, FOI A SUA TEOFANIA. A nossa alma também é uma "teofania", é o nosso corpo celestial de II Cor. 5:1-8. A nossa alma é uma partícula de Deus. Nós fomos criados à semelhança Dele e à imagem Dele, ou seja, uma alma, uma teofania. Uma Teofania é uma imagem de Deus. E assim fomos criados (Gen. 1:26-27).
O corpo de Jesus ficou lá no túmulo do José de Arimatéia (Mat. 27:57-60), seu espírito subiu a Deus (Luc. 23:46) e a Sua alma foi resgatar os santos que estavam no inferno (Ef. 4:8-9).


Creio que todas as almas, de todos os tempos, que desceram ao Inferno tenham vivido primeiro na Terra, em corpos físicos, em corpos humanos, passando pelo PLANO DA RECONCILIAÇÃO, pois creio que a razão existência do homem aqui na Terra seja ESSE PLANO, que todos nós estamos vivendo agora, isto é, nós nascemos e existimos por causa do Plano da Reconciliação.

Eu interpreto que as perguntas: “Quem somos” ou “De onde viemos” ou “Por que existimos” ou “Para onde vamos”, estejam correlacionadas com o Plano da Reconciliação, que só faz sentido ter sido elaborado, depois de ter havido a Quebra da Conciliação dos filhos com o Pai, senão, por que Deus teria elaborado o Plano da Reconciliação?

Quando, porém, ou em que lugar, houve a quebra da conciliação dos filhos com o Pai?

Observe que a primeira vez que a palavra “RECONCILIAÇÃO” (dos filhos com o Pai) aparece escrita, em toda a bíblia, é em Rm 5.11 (e não apenas isto, mas também nos gloriamos em Deus por nosso Senhor Jesus Cristo, por intermédio de quem recebemos, agora, a RECONCILIAÇÃO), isto é,

Para o PECADO ter entrado no mundo, implica que a quebra da conciliação já tinha de ter acontecido, pois o pecado é o ato que caracteriza essa quebra, não é? Por isso,

Como só existe um lugar possível (além da Terra e do Inferno) onde haja filhos de Deus, que é o Céu, onde Deus colocou os seus primeiros filhos, OS ANJOS, ainda sem pecado nenhum, então,

A quebra da conciliação tem de ter acontecido no Céu, quando houve o pecado (a desobediência) de Satanás, e não quando houve a desobediência (o PECADO) de Adão, na Terra.


Este assunto é um tanto controverso mas creio assim também.

Quando aquele querubim provocou um rebelião pregando para os filhos de Deus que era possível ser igual a Deus, ou até mesmo superior a Deus, pelo menos 1/3 dos anjos creram. Na verdade dentre esses anjos, ou a totalidade, eram almas e lá pecaram e foram lançadas fora da Vida Eterna e condenados ao extermínio.
Existem almas que não creem. Elas não tem essa capacidade porque foram cortadas de Deus. São almas caídas. São demônios participantes de outro reino, um reino vencido por Cristo no calvário. O máximo que conseguem é ser religiosos e muitas vezes fanáticos tentando alcançar aquilo que rejeitaram na eternidade. São estrelas errantes (Judas 13)

Ali no Edem, houve a "materialização" daquilo que aconteceu no céu. A serpente era o agente físico (um ser quase humano, só não tinha alma), que inspirado por satanás, que era a árvore da ciência do bem e do mal, que também habitava o jardim, AO LADO DA ÁRVORE DA VIDA (Cristo), veio com a mesma mensagem que usou lá no céu, ou seja, ser igual a Deus (Gen. 3:5). E a Eva creu nisso, foi seduzida, enganada e creu, fazendo com Deus cortasse o acesso à Árvore da Vida e então ficamos sujeitos à morte.
DETALHE: As duas árvores estavam no meio do Jardim aqui na Terra, assim como CRISTO E SATANÁS estavam juntos lá no céu.

Então o homem passou a morrer fisicamente e sua alma ir para o inferno após a morte física.

Mas Deus tinha os filhos que não caíram. Deus teve almas que se mantiveram fieis lá no céu. A estes filhos Ele elegeu antes da fundação do mundo, não só elegeu mas também predestinou e então providenciou a Graça que teve seu ponto alto, seu ápice, sua consumação na RECONCILIAÇÃO DO CALVÁRIO (Rom. 8:9, Ef. 1:4-5, I Pe 1:2).

"Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.
E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação;
Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação"
(2 Cor. 5:17-19).



Está escrito que todo ensinamento de Jesus foi feito por parábolas (Mt 13.34 Todas estas cousas disse Jesus às multidões por parábolas E SEM PARÁBOLAS NADA LHES DIZIA), e isso significa que as suas palavras tinham (têm), além do sentido material, físico, que é o sentido literal, o sentido FIGURADO, que ele mesmo chamou de PARABÓLICO.
=
Não acho que as cinco virgens néscias que ADORMECERAM tenham sofrido a morte física, que foi como você disse: "Jesus disse que todas as virgens adormeceram, ou seja MORRERAM e não tocou mais nisso", pois se elas tivessem morrido, quem as teria ressuscitado para terem ido ao encontro de seu noivo?
=
As palavras: “Eis que vos digo um mistério”, de 1Co 15.51, na verdade (parabolicamente), têm de ser entendidas como se Jesus nos estivesse REVELANDO ou DESVENDANDO um mistério, EXPLICANDO um mistério relacionado com a ressurreição do corpo físico, que é a RESSURREIÇÃO DA CARNE, porém,

Antes da ressurreição da carne, haverá primeiro a ressurreição da ALMA, a ressurreição do corpo espiritual.
=
Depois continuo a responder sobre o que falta dessa sua postagem, para não ficar longo demais. Um abraço!

Até mais!

Sim, o novo nascimento ocorre na alma. O novo nascimento da alma reflete no espírito e consequentemente no corpo.

O novo nascimento é a troca de natureza da nossa alma. É aquilo que Jesus disse ao Nicodemos; "nascer do Espírito" (Jo 3:5) Nascer do Espírito é nascer de Deus, é ser gerado pela Palavra (I Pe 1:23, I Jo 3:9 e 5:18) é ser participante da natureza Divina (II Pe 1:4).
A nossa alma veio do céu. Jesus disse que ninguém sobe ao céu se não veio do céu (Jo 3:13). Jesus disse que eramos de Deus antes de nos levar a Cristo e a estes Ele manifestou o Nome de Deus. O Nome do Pai veio no Filho que por consequência foi colocado em nós por ocasião do nosso batismo da justificação para perdão dos pecados (Jo 17:6, Atos 2:38).




Washington Ruiz
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Número de Mensagens : 597
Data de inscrição : 15/10/2014

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Washington Ruiz em Seg 05 Mar 2018, 13:30

Olá, Edison,

Sim, irmãos, os anjos ceifeiros fazem DIARIAMENTE a colheita das ALMAS que saem dos corpos dos homens que morrem, porém,

Nessa colheita diária, as almas são levadas ao Inferno pelos ceifeiros e colocadas a dormir ou no Seio de Abraão ou no Lugar de Tormento (e isso acontece desde a morte de Abel, que foi a primeira alma a ser colocada a dormir no Seio de Abraão), enquanto não termina o Plano da Reconciliação para todos, no entanto,

Quando terminar o Plano da Reconciliação, que será quando haverá a CONSUMAÇÃO DO SÉCULO, que será o fim de todas as ações humanas, é que haverá a Colheita Final, porém,

Como não será mais preciso que os ceifeiros botem (levem) essas últimas almas a dormir no Seio de Abraão, então, as almas que serão salvas não serão mais levadas ao Inferno a dormir (não haverá necessidade disso), afinal está escrito: NEM TODOS DORMIREMOS (lembra?), mas permanecerão aqui mesmo na terra, mas terão de ser levadas pelos ceifeiros ao celeiro de Deus, que é um lugar que fica aqui mesmo na terra, e que com certeza esse lugar é o Paraíso.

Antes, porém, dos anjos levarem as almas que serão salvas ao celeiro de Deus, para elas verem de lá as almas dos que tiverem morrido antes da Colheita Final subirem até ás nuvens (de modo algum precederemos os que dormem), aos ares, ao encontro de Jesus, que estará dentro da Nova Jerusalém, que será onde o Julgamento de Justificação será realizado, e com a presença do Pai, então,

As almas que tiverem de ser condenadas serão levadas PRIMEIRO ao Inferno (lembra do “AJUNTAI PRIMEIRO O JOIO”?), pois ainda têm de ser colocadas a dormir lá, no Lugar de Tormento, onde permanecerão dormindo (sem ter lembrança de nada) por mais mil anos, esperando chegar o tempo do Julgamento de Condenação, esperando os mil anos passarem, que será quando todas as almas dos injustos, inclusive a de Satanás, serão condenadas, e enfim, exterminadas.
=
Acho que devemos nos ater a responder apenas a uma questão por vez, para o tamanho das postagens não ficar tão longo, ok?

Até mais!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2318
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5965
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Edison em Seg 05 Mar 2018, 14:43

Washington, as almas dos santos que estavam no inferno já foram resgatadas de lá por Jesus.

Isso já aconteceu. Ele subiu ao Alto e levou cativo o cativeiro. (Ef. 4).

O que é cativeiro??? Cativeiro é uma prisão sem a obrigação de servidão.

Aliás, muitos deles antes de subirem deram uma passada por Jerusalém e foram muitos por lá (Mat. 27:52-53).

João viu uma parte deles lá na região dos salvos em Apoc. 6:9.

Hoje, após o calvário, as almas dos salvos não vão mais para o inferno. O preço foi pago. Nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.

Já os não salvos que vão morrendo continuam indo para o inferno mesmo depois do calvário. Estes de alguma maneira, se atados em feixes ou não, estão no inferno.

O que você não está captando é que essa separação de trigo e joio está em pleno processo. Há uma união espiritual entre o trigo e uma união espiritual entre o joio.
Você está esperando um acontecimento natural. Isso virá. Mas você sabe que primeiro acontece no espiritual e depois no natural. É como o pecado que teve origem no céu.

Então, temos de saber hoje de que lado estamos espiritualmente.

Jesus disse que as águias de Deus se ajuntam onde está o Corpo de Cristo. Você precisa identificar isso.

Eu diria que hoje, cada denominação quer protestante, católica, espírita, budista e outros ismos que existam já representam de alguma forma os feixes.

Eu acho que você precisa se aperceber nas Escrituras para conhecer o que está acontecendo à nossa volta hoje.

Deus tem Se escondido e Se revelado na simplicidade do Evangelho apostólico.

Para a Igreja de Deus, o Corpo Místico de Jesus, a reconciliação com Deus já é passado.

Quem vai ficar para o Dia do Julgamento é a igreja natural e o resto do mundo.

A Igreja-Noiva, o Corpo Místico de Jesus, tem outro tratamento, tem outro destino, está inserida em outro contexto.
A Igreja-Noiva está preocupada, está se ataviando, se separando para estar na primeira ressurreição.
Ela não considera estar na segunda ressurreição. Segunda ressurreição é para quem poderá alcançar misericórdia na abertura dos livros, quando então as obras poderão, a juízo de Deus, conceder Vida Eterna. Há pessoas que por causa de um copo de água poderão ser salvas.

Mas a Igreja-Noiva está fora disso. Ela já foi comprada e resgatada no calvário. No calvário Deus resgatou a Sua Igreja com Seu próprio sangue (At. 20:28).






Washington Ruiz
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 597
Idade : 67
Cidade/Estado : Manaus/Amazonas
Religião : Cristã
Igreja : Igreja do CRENTE
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -41
Pontos de participação : 1419
Data de inscrição : 15/10/2014

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Washington Ruiz em Seg 05 Mar 2018, 19:22

Olá, Edison,

As ALMAS (corpos espirituais) que receberam de Jesus a pregação do seu Evangelho no Inferno, e que foram levadas cativas, depois que Cristo foi ascendido dos infernos, não foram as que serão SALVAS, e que estavam dormindo no Seio de Abraão, nem, tampouco, foram as que serão CONDENADAS, que estavam no Lugar de Tormento, também dormindo, posto que essas almas estavam e AINDA ESTÃO DORMINDO, isto é,

Jesus desceu aos infernos específica e exclusivamente para pregar o seu Evangelho às ALMAS que estavam no lugar chamado de PRISÃO, ALMAS essas que não estavam dormindo, mas esperando a chegada de Jesus lá. para que elas também pudessem ter dele o direito a sua salvação ou não.

A Prisão, o Seio de Abraão, o Lugar de Tormento, o Abismo e o Lago de Fogo, são lugares distintos que existem no Inferno, Inferno esse que deixará de existir depois do Julgamento de Condenação, que será quando as ALMAS do enganador e todas as almas dos anjos e dos homens que não conseguiram sair desse engano, serao, enfim, exterminadas.

Eu entendo a razão dessa sua confusão interpretativa, e sei que a culpa de você estar tendo essa interpretação não é sua, porém, compete a você aceitar o seu erro ou não.

Até mais!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2318
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5965
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Edison em Ter 06 Mar 2018, 11:25

Washington Ruiz,

Então quer dizer que há salvação depois que a pessoa morre???

Você tem Bíblia prá isso???

Jesus não foi ao inferno pregar, anunciar, oferecer salvação para os perdidos. Os perdidos que ali estavam, estavam ali por terem rejeitado a salvação pregada pela Lei e pelos profetas nos seus dias de vivência aqui na terra.

Foi isso o que Jesus disse ao rico da parábola (Luc. 16:29-31).

Aqueles perdidos do inferno já havia rejeitado ao Messias que esteve por séculos operando na Lei e nos profetas. Jesus foi sim testemunhar que nos seus dias quando eles rejeitaram a Lei, os santos e profetas, na verdade estavam rejeitando a Ele.

Ele resgatou do inferno apenas os eleitos desde Adão que por causa da queda no Edem estavam lá como prisioneiros. Mas quando Ele subiu ao Alto, Ele levou cativo o cativeiro (EF, 4).

Após o calvário, os perdidos do inferno estão lá porque de alguma maneira rejeitaram o Evangelho. Se alguma chance terão ainda, isso é lá no Trono Branco.

Quanto ao sono das almas tem um tópico específico sobre isso.

Washington Ruiz
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 597
Idade : 67
Cidade/Estado : Manaus/Amazonas
Religião : Cristã
Igreja : Igreja do CRENTE
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -41
Pontos de participação : 1419
Data de inscrição : 15/10/2014

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Washington Ruiz em Qua 07 Mar 2018, 10:22

Olá, Edison,

É compreensível você não me entender. Realmente não é fácil você entender como vejo os escritos de Deus, mas posso explicar.
=
Sim, irmão, está ordenado aos homens que nasceram de mulher morrerem uma única vez (Hb 9.27), porém, as ALMAS dos homens que morreram e que foram levadas pelos ceifeiros e colocadas na PRISÃO eram almas de homens que NÃO TINHAM NASCIDOS DE MULHER.

As ALMAS dos homens nascidos de mulher que morrem são colocadas a dormir ou no Seio de Abraão ou no Lugar de Tormento, porém, as almas dos homens que não nasceram de mulher foram colocadas todas na Prisão.

Homens não nascidos de mulher? Como pode ser isso?

Para nós existirmos, Edison, temos de nascer de mulher, temos de passar pelo nascimento carnal, porém, entre os dias de Adão até Noé, apareceram entre nós homens que não tinham nascido de mulher.

Os dois homens que chegaram à Sodoma e que foram à casa de Ló eram anjos em missão MATERIALIZADOS em homens, eram ANJOS/HOMENS, porém, eram homens não-nascidos de mulher, homens que não tinham passado pelo nascimento carnal, afinal podiam ser e foram vistos (como homens e não como anjos) na cidade por muitos.

Os anjos filhos de Deus, de Gn 6.2, semelhantemente aos anjos de Sodoma (Gn 19.1-5), também não passaram pelo nascimento carnal, mas também se MATERIALIZARAM, também se TRANSFORMARAM em homens sem terem nascidos de mulher, no entanto,

Por terem tomado para si as mulheres que escolheram, por terem copulado, por terem “entrado” às filhas dos homens, gerando nelas filhos, por deliberadamente terem pendido para a materialidade, atraídos e corrompidos pela formosura das mulheres filhas dos homens naturais, nascidas de mulher, PERDERAM a capacidade de voltar à sua CONDIÇÃO DE ANJO, e não puderam mais se desmaterializar e se transformar novamente em anjos.

Os HOMENS/ANJOS de Sodoma que não se deixaram enganar, que não provaram os prazeres da carne, voltaram, depois de cumprida a sua missão, a se desmaterializar, voltaram à sua condição de anjo, voltaram ao seu ESTADO NATURAL, porém,

Os homens/anjos dos dias de Noé, pela pendência à materialidade, não puderam voltar a ser anjos, mas viveram como homens de corpos “híbridos” (nem anjos nem homens), se assim podemos dizer, até o seu corpo físico desfalecer.

Esses anjos que ENGANADAMENTE aceitaram pender para a carne são os anjos que não guardaram o seu ESTADO ORIGINAL, o seu próprio domicílio (Jd 1.6 e a anjos, os que não guardaram o seu ESTADO ORIGINAL, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem GUARDADO sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia); são os anjos que depois de transformados em homens PECARAM, por terem copulado com as filhas dos homens nascidos de mulher (Gn 6.2);

São os seres que, depois da morte de seu corpo físico, os ceifeiros não puderam levar as suas ALMAS nem para o Seio de Abraão nem para o Lugar de Tormento, como faziam com todas as almas dos homens que tinham passado pelo Plano da Reconciliação, posto que o Plano da Reconciliação foi elaborado somente para os nascidos de mulher, e eles não tinham nascido assim.

São as almas que os ceifeiros sabiam que tinham colocá-las noutro lugar, lugar esse que foi a PRISÃO, que foi o lugar onde essas almas, que não tinham passado na Terra pelo Plano da Reconciliação, tinham, no Inferno, de ficar esperando que Jesus, depois da sua morte, fosse até lá para lhes pregar não a Lei de Moisés, que já não vigorava mais (nem mais vigora), mas o seu Evangelho, a Lei de Cristo, que era o ensino que esses anjos ansiavam, cobiçavam, anelavam perscrutar (ouvir) (1Pe 1.12 A eles foi revelado que, não para si mesmos, mas para vós outros, ministravam as cousas que, agora, vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho, cousas essas que anjos ANELAM perscrutar).

Os escritos de 2Pe 2.4: “Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo”, estão se referindo aos anjos que pecaram quando materializados em homens; aos anjos que não guardaram o seu estado original; aos anjos que foram precipitados no Inferno (levados pelos ceifeiros); são as almas que, esperando Jesus ir até alas, estavam reservadas para juízo.

Durante a sua materialização aqui na Terra, os anjos tinham de viver na CONDIÇÃO DE HOMENS, propensos às vontades da carne, por isso é que as mulheres filhas dos homens lhe pareciam formosas.

Foi na condição de homens comuns que os anjos filhos de Deus copularam com as mulheres filhas dos homens.

A pendência voluntária à matéria impediu dos homens/anjos voltarem à sua condição natural de anjos, ao seu ESTADO ORIGINAL de anjos, porém, os filhos que eles passariam a gerar nas mulheres nasceriam com características genéticas herdadas deles, com os GENES DE ETERNIDADE que o corpo material deles tinha de possuir, fazendo com que os seus filhos tivessem uma expectativa de vida muito superior a dos filhos dos homens naturais nascidos de mulher.

Depois que os anjos, na condição de homens, pecaram, depois de um determinado e consentido tempo, Deus não mais permitiu (Gn 6.6 arrependeu-se o SENHOR de haver feito o homem) que nenhum outro anjo materializado em homem pudesse pecar (copular).

Deus não se arrependeu de ter feito os homens que têm de nascer de mulher, mas os homens que passaram a existir sem terem nascidos de mulher, que foram, com exceção de oito deles, exterminados por ocasião do dilúvio, porém,

Esse arrependimento de Deus não significa que ele tenha feito algo que não devesse ter feito, mas sim que, a partir daí, ele não mais permitiria que nenhum anjo pecasse quando materializado.

A partir daí, os filhos dos anjos filhos de Deus perderiam, GRADATIVAMENTE, de pai para filho, a sua alta LONGEVIDADE, até que os seus genes de eternidade perdessem o seu vigor, e a expectativa de vida dos homens naturais se estabilizasse em 120 anos, conforme o limite de vida que Deus tinha determinado ao homem natural.

Enfim, os GIGANTES pré-diluvianos não eram homens de alta estatura, mas de alta LONGEVIDADE, quer dizer, o termo gigante, constante nessa expressão, é uma METÁFORA, uma figura de linguagem, muita usada por Deus.

Espero ter respondido as duas perguntas suas: Então quer dizer que há salvação depois que a pessoa morre??? e: Você tem Bíblia prá isso???

Até mais!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2318
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5965
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Edison em Qua 07 Mar 2018, 12:45

Washington Ruiz,

Washington Ruiz escreveu:Olá, Edison,

É compreensível você não me entender. Realmente não é fácil você entender como vejo os escritos de Deus, mas posso explicar.
=
Sim, irmão, está ordenado aos homens que nasceram de mulher morrerem uma única vez (Hb 9.27), porém, as ALMAS dos homens que morreram e que foram levadas pelos ceifeiros e colocadas na PRISÃO eram almas de homens que NÃO TINHAM NASCIDOS DE MULHER.

Você ainda não disse quem são os ceifeiros.

Samuel era homem nascido de mulher e estava no inferno (I Sam. 28).



As ALMAS dos homens nascidos de mulher que morrem são colocadas a dormir ou no Seio de Abraão ou no Lugar de Tormento, porém, as almas dos homens que não nasceram de mulher foram colocadas todas na Prisão.

Esse "dormir" é metafórico porque a Bíblia os mostram acordados. Vemos Moisés e Elias no monte em Mar. 9 os judeus mortos porem ativos e conscientes em Apoc. 6:9, alem da parábola do rico e o Lázaro que mesmo mortos continuavam conscientes.


Homens não nascidos de mulher? Como pode ser isso?

Para nós existirmos, Edison, temos de nascer de mulher, temos de passar pelo nascimento carnal, porém, entre os dias de Adão até Noé, apareceram entre nós homens que não tinham nascido de mulher.

Os dois homens que chegaram à Sodoma e que foram à casa de Ló eram anjos em missão MATERIALIZADOS em homens, eram ANJOS/HOMENS, porém, eram homens não-nascidos de mulher, homens que não tinham passado pelo nascimento carnal, afinal podiam ser e foram vistos (como homens e não como anjos) na cidade por muitos.


Eram anjos celestes materializados e não homens propriamente dito, como também era Melquisedeque. Aliás Melquisedeque não era anjo e sim o próprio Elohim (sem princípio de dia e nem fim de vida - Heb. 7:3) que ficou com Abraão no episódio de Gen. 18.
Estes que desceram até Sodoma eram diferentes de João Batista que também era um anjo, porem anjo terrestre (Mal. 3).


Os anjos filhos de Deus, de Gn 6.2, semelhantemente aos anjos de Sodoma (Gn 19.1-5), também não passaram pelo nascimento carnal, mas também se MATERIALIZARAM, também se TRANSFORMARAM em homens sem terem nascidos de mulher, no entanto,

Por terem tomado para si as mulheres que escolheram, por terem copulado, por terem “entrado” às filhas dos homens, gerando nelas filhos, por deliberadamente terem pendido para a materialidade, atraídos e corrompidos pela formosura das mulheres filhas dos homens naturais, nascidas de mulher, PERDERAM a capacidade de voltar à sua CONDIÇÃO DE ANJO, e não puderam mais se desmaterializar e se transformar novamente em anjos.

Os HOMENS/ANJOS de Sodoma que não se deixaram enganar, que não provaram os prazeres da carne, voltaram, depois de cumprida a sua missão, a se desmaterializar, voltaram à sua condição de anjo, voltaram ao seu ESTADO NATURAL, porém,

Os homens/anjos dos dias de Noé, pela pendência à materialidade, não puderam voltar a ser anjos, mas viveram como homens de corpos “híbridos” (nem anjos nem homens), se assim podemos dizer, até o seu corpo físico desfalecer.

Esses anjos que ENGANADAMENTE aceitaram pender para a carne são os anjos que não guardaram o seu ESTADO ORIGINAL, o seu próprio domicílio (Jd 1.6 e a anjos, os que não guardaram o seu ESTADO ORIGINAL, mas abandonaram o seu próprio domicílio, ele tem GUARDADO sob trevas, em algemas eternas, para o juízo do grande Dia); são os anjos que depois de transformados em homens PECARAM, por terem copulado com as filhas dos homens nascidos de mulher (Gn 6.2);

São os seres que, depois da morte de seu corpo físico, os ceifeiros não puderam levar as suas ALMAS nem para o Seio de Abraão nem para o Lugar de Tormento, como faziam com todas as almas dos homens que tinham passado pelo Plano da Reconciliação, posto que o Plano da Reconciliação foi elaborado somente para os nascidos de mulher, e eles não tinham nascido assim.

São as almas que os ceifeiros sabiam que tinham colocá-las noutro lugar, lugar esse que foi a PRISÃO, que foi o lugar onde essas almas, que não tinham passado na Terra pelo Plano da Reconciliação, tinham, no Inferno, de ficar esperando que Jesus, depois da sua morte, fosse até lá para lhes pregar não a Lei de Moisés, que já não vigorava mais (nem mais vigora), mas o seu Evangelho, a Lei de Cristo, que era o ensino que esses anjos ansiavam, cobiçavam, anelavam perscrutar (ouvir) (1Pe 1.12 A eles foi revelado que, não para si mesmos, mas para vós outros, ministravam as cousas que, agora, vos foram anunciadas por aqueles que, pelo Espírito Santo enviado do céu, vos pregaram o evangelho, cousas essas que anjos ANELAM perscrutar).

Os escritos de 2Pe 2.4: “Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo”, estão se referindo aos anjos que pecaram quando materializados em homens; aos anjos que não guardaram o seu estado original; aos anjos que foram precipitados no Inferno (levados pelos ceifeiros); são as almas que, esperando Jesus ir até alas, estavam reservadas para juízo.

Durante a sua materialização aqui na Terra, os anjos tinham de viver na CONDIÇÃO DE HOMENS, propensos às vontades da carne, por isso é que as mulheres filhas dos homens lhe pareciam formosas.

Foi na condição de homens comuns que os anjos filhos de Deus copularam com as mulheres filhas dos homens.

A pendência voluntária à matéria impediu dos homens/anjos voltarem à sua condição natural de anjos, ao seu ESTADO ORIGINAL de anjos, porém, os filhos que eles passariam a gerar nas mulheres nasceriam com características genéticas herdadas deles, com os GENES DE ETERNIDADE que o corpo material deles tinha de possuir, fazendo com que os seus filhos tivessem uma expectativa de vida muito superior a dos filhos dos homens naturais nascidos de mulher.

Depois que os anjos, na condição de homens, pecaram, depois de um determinado e consentido tempo, Deus não mais permitiu (Gn 6.6 arrependeu-se o SENHOR de haver feito o homem) que nenhum outro anjo materializado em homem pudesse pecar (copular).

Deus não se arrependeu de ter feito os homens que têm de nascer de mulher, mas os homens que passaram a existir sem terem nascidos de mulher, que foram, com exceção de oito deles, exterminados por ocasião do dilúvio, porém,

Esse arrependimento de Deus não significa que ele tenha feito algo que não devesse ter feito, mas sim que, a partir daí, ele não mais permitiria que nenhum anjo pecasse quando materializado.

A partir daí, os filhos dos anjos filhos de Deus perderiam, GRADATIVAMENTE, de pai para filho, a sua alta LONGEVIDADE, até que os seus genes de eternidade perdessem o seu vigor, e a expectativa de vida dos homens naturais se estabilizasse em 120 anos, conforme o limite de vida que Deus tinha determinado ao homem natural.

Enfim, os GIGANTES pré-diluvianos não eram homens de alta estatura, mas de alta LONGEVIDADE, quer dizer, o termo gigante, constante nessa expressão, é uma METÁFORA, uma figura de linguagem, muita usada por Deus.

Espero ter respondido as duas perguntas suas: Então quer dizer que há salvação depois que a pessoa morre??? e: Você tem Bíblia prá isso???

Até mais!

Bem, aqui há uma grande controvérsia e eu não comungo com essa linha de seres celestiais mantendo conjunção carnal com humanos.

Eu creio no livro de Gênesis que nos revela quem era a serpente (um homem sem alma) e a conjunção carnal havido entre ela e Eva gerando Caim e sua linhagem.

A posteridade de Adão se iniciou com Sete cuja linhagem era chamada de "filhos de Deus".

Caim se afasta de Adão após o assassinado de Abel e cria uma linhagem que lá em Gen. 6 é chamada de filhos dos homens/filhas dos homens.

O que houve em Gen. 6 é que as duas linhagens se encontram e os filhos de Adão tomam as filhas de Caim por esposas misturando as linhagens. Isso aborreceu terrivelmente a Deus que acabou por consumir tal geração no dilúvio.

Essa crença de almas não encarnadas que precisavam do Evangelho para serem salvas carece de amparo bíblico.

É como eu disse; Há anjos celestes e anjos terrestres.

Os anjos celestes nunca serão homens e os anjos terrestres fatalmente passam pela encarnação e carecem pela salvação. O pecado do primeiro Adão corrompeu a sua alma e consequentemente as almas contadas a partir dele (I Cor. 15:22). De igual modo encarnação corrompe o homem porque a matéria prima do seu corpo, a terra, está amaldiçoada (Gen. 3:17)

Um abraço.




Washington Ruiz
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 597
Idade : 67
Cidade/Estado : Manaus/Amazonas
Religião : Cristã
Igreja : Igreja do CRENTE
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -41
Pontos de participação : 1419
Data de inscrição : 15/10/2014

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Washington Ruiz em Qua 07 Mar 2018, 20:12

Olá, Edison,

Os ceifeiros são os anjos vindos da parte dos 2/3 que não se deixaram enganar no Céu. Já lhe tinha dito isso, sim.
=
Sim, Samuel (a alma dele) ainda está no Inferno, mas não pode ter sido a alma dele que falou com a feiticeira, posto que as almas que estão no Seio de Abraão estão todas dormindo, sem consciência nenhuma.
=
O dialogo da parábola do rico e Lázaro se deu ANTES das almas deles serem colocadas a dormir.
=
Está escrito que a serpente representa a figura do demônio, que foi expulso do Céu por ter cometido lá, no Céu, a blasfêmia contra o Espírito Santo, que é o pecado IMPERDOÁVEL, o pecado deliberado, e foi ele, Satanás, quem enganou Eva a desobedecer a Deus, porém,

Não tem a menor coerência (não se ofenda, por favor) você crer que tenha havido uma cópula entre Eva e a serpente, para Caim ter nascido, e não entre Adão e Eva, pois você disse ter havido “a conjunção carnal havido entre ela e Eva gerando Caim e sua linhagem”, no entanto,

Os filhos nascidos da relação Adão e Eva provém, sim, da semente de Satanás, sim, pois está escrito que todas as ALMAS dos filhos que nasceriam a partir daí viriam da semente de Satanás (Gn 3.15), e que nasceriam carnalmente para terem a chance de reconciliação com o Pai.

Eu interpreto que nós, os homens, somos as almas dos 1/3 dos anjos que foram enganados no Céu, e estamos tendo aqui na Terra a nossa chance de reconciliação com o Pai.

Até mais!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2318
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5965
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Edison em Qui 08 Mar 2018, 12:56

Washington Ruiz,

Washington Ruiz escreveu:Olá, Edison,

Os ceifeiros são os anjos vindos da parte dos 2/3 que não se deixaram enganar no Céu. Já lhe tinha dito isso, sim.

Sim, mas como lhe disse, existem anjos celestes e anjos terrestres. Eu tenho conhecimento dos sete anjos terrestres que ajuntam os trigo durante as sete eras da Igreja (Apoc. 2 e 3).
Neste caso, o joio é ajuntado por consequência, ao rejeitar cada um desses anjos.
Inclusive o arrebatamento, que é o tema deste tópico, tem a interferência direta no trigo da última era, porque o alarido é a sua Mensagem restauradora (mensagem/trombeta do anjo precursor da 2a vinda) alicerçada em Mal. 4:5-6, Mat. 17:11 e Apoc. 10:7).



Sim, Samuel (a alma dele) ainda está no Inferno, mas não pode ter sido a alma dele que falou com a feiticeira, posto que as almas que estão no Seio de Abraão estão todas dormindo, sem consciência nenhuma.

Bem, a Bíblia diz textualmente que era Samuel.
Para afirmarmos que era um outro qualquer, temos de admitir que alem desse espírito enganar a pitonisa e ao Saul, ele também enganou o escritor do livro (Bíblia) e absurdamente o próprio Autor do livro que em síntese é Deus.
Como já disse, não acredito em sono dos santos. Acredito em descanso (sábado) dos santos que está na 6a dimensão, onde vivem ativos e conscientes aguardando a 1a ressurreição para ida as Bodas do Cordeiro.


O dialogo da parábola do rico e Lázaro se deu ANTES das almas deles serem colocadas a dormir.

Bem, ...............???????? A parábola retrato que momento então????? Seria o momento do chek-in para entrada nas outras dimensões (5a dimensão rico - 6a dimensão Lázaro)???

Desculpe-me foi apenas um pouco de humor.



Está escrito que a serpente representa a figura do demônio, que foi expulso do Céu por ter cometido lá, no Céu, a blasfêmia contra o Espírito Santo, que é o pecado IMPERDOÁVEL, o pecado deliberado, e foi ele, Satanás, quem enganou Eva a desobedecer a Deus, porém,

Não tem a menor coerência (não se ofenda, por favor) você crer que tenha havido uma cópula entre Eva e a serpente, para Caim ter nascido, e não entre Adão e Eva, pois você disse ter havido “a conjunção carnal havido entre ela e Eva gerando Caim e sua linhagem”, no entanto,

O quadro no Edem era o seguinte: Árvore da Vida (Cristo) - Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal (satanás) - Adão (primeiro homem criado e encarnado) - Eva (sub produto do homem formada a partir do homem) - Serpente (um animal -o elo perdido reclamado pela ciência- era extremamente semelhante ao homem. Um ser erecto, inteligentíssimo (a mais astuta das alimárias da Terra - Gen. 3:1), conhecia e falava o idioma do homem, tinha capacidade de argumentação, interagia cotidianamente com o casal, enfim era um amigo próximo, tanto é que não causou espanto nenhum na Eva quando ela veio lhe falar, o que fazia todos os dias). Adão era o seu "chefe" (dominador).


Os filhos nascidos da relação Adão e Eva provém, sim, da semente de Satanás, sim, pois está escrito que todas as ALMAS dos filhos que nasceriam a partir daí viriam da semente de Satanás (Gn 3.15), e que nasceriam carnalmente para terem a chance de reconciliação com o Pai.

Não é isso o que está escrito. Gen. 3:15 menciona duas sementes. A semente da qual a Eva era originária e a semente da serpente da qual originaria sua posteridade. As duas sementes seriam inimigas e a primeira manifestação de inimizade ocorreu em Gen. 4:1-Cool.
O Caim não era semente de Adão. Ele nem sequer é contado na genealogia e Enoque somente é o sétimo depois do Adão (Judas 14) desconsiderando o Caim na genealogia.
O conhecimento desse fato relatado nas Escrituras faz parte da restauração prometida em Mat. 17:11 (restauração de TODAS as coisas).
O Adão teve UM "conhecimento" e ela gerou dois filhos Caim e Abel (Gen. 4:1-2). O segundo "conhecimento" ocorre em Gen. 4:25). Então temos dois "conhecimentos" e três filhos.
A Eva não era virgem quando Adão a "conheceu". Ela já tinha concebido da Serpente.
Compare isso com II Cor. 11:1-3. Veja a preocupação do apóstolo em preservar a virgindade da Igreja, neste caso virgindade espiritual (corrupção dos sentidos) e então o apóstolo cita o acontecido no Edem. Ele relaciona a virgindade da Igreja com a virgindade da Eva.

Por isso na parábola de Mat. 25, as dez mulheres citadas por Jesus eram virgens. A virgindade nos arremete a algo puro imaculado. A algo que não teve seu estado físico ou moral alterado, corrompido.

Então, a Eva aponta para uma Igreja que se corrompeu antes de conhecer o marido Cristo. Uma igreja que abriu suas entranhas para credos, dogmas, crenças e interpretações anti-Palavra, exatamente como fez a Eva do Edem. A Eva do Edem creu numa mentira. A mentira é que ela seria como Deus e não morreria. O sexo foi consequência dessa sedução.


Eu interpreto que nós, os homens, somos as almas dos 1/3 dos anjos que foram enganados no Céu, e estamos tendo aqui na Terra a nossa chance de reconciliação com o Pai.
Até mais!

Não, não, não. O homem terreno é a obra prima de Deus. O homem é o ápice da inteligência, da capacidade de Deus e o maior instrumento criado para que Ele pudesse manifestar o Seu Grande e imutável Amor Divino e o Seu eterno poder em dar e tornar a tomar.
É só notar como Deus tratou a criação dentro de um processo evolutivo. Vem lá do reino vegetal, depois o reino animal, no reino animal veio criando, criando até chegar nos primatas, veio vindo, veio vindo criando elos, chegou no chipanzé, depois a serpente (o elo perdido porque Deus mudou sua estrutura física) e então chegou ao ápice, o Adão.

Os filhos de Deus fazem parte dos 2/3 que se mantiveram fieis lá em cima e continuam fieis aqui em baixo.

Washington Ruiz
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 597
Idade : 67
Cidade/Estado : Manaus/Amazonas
Religião : Cristã
Igreja : Igreja do CRENTE
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -41
Pontos de participação : 1419
Data de inscrição : 15/10/2014

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Washington Ruiz em Sex 09 Mar 2018, 11:47

Olá, Edison,

Temos credos distintos do ensino que está escrito, e isso faz com que não nos entendamos, mas tudo bem.
=
Eu creio assim, meu irmão:

Para mim, quando Deus, o Pai, criou os seus filhos, os anjos, que ele chamou de LUMINARES, e os colocou no Céu (não podia ser noutro lugar), ele já sabia que 1/3 desses filhos espirituais, que não tinham corpo físico, apenas corpo espiritual (ALMA e FÔLEGO), iriam ser ENGANADOS por Satanás a pecar, no entanto,

A maioria dos outros luminares, 2/3, chamados de LUMINAR MAIOR, não se deixariam enganar e, por isso, ganharam o direito de viver eternamente no Céu, porém,

Os 1/3 dos luminares ENGANADOS, chamados de LUMINAR MENOR, perderam, consequentemente, por causa do pecado cometido, mesmo que tenha sido não-deliberado, o direito de viver no Céu.

Sabendo Deus que esses seus filhos tinham cometido um pecado não-deliberado, posto que tinham sido ENGANADOS, não seria justo não dar a eles uma chance de retratação deles com o Pai, no entanto,

Como Deus só criou três lugares onde ele pudesse colocar os seus filhos, o Céu, a Terra e o Inferno, tinha de ser a Terra o lugar onde esses filhos iriam ter a chance de retratação com o Pai, chance essa que foi chamada de PLANO DA RECONCILIAÇÃO.

Como a Terra não é um lugar espiritual, mas material, as almas dos 1/3 dos filhos espirituais que pecaram no Céu (as almas de todos os anjos que foram enganados), para poderem viver material e naturalmente aqui na Terra, tinham de ser colocadas em corpos físicos, que já tinham CORPO e assopro/FÔLEGO, a fim de se adequarem a ter aqui uma vida material, vida física.

Quando a ALMA de Caim foi colocada por Deus dentro do corpo físico do primeiro filho CONCEBIDO da relação carnal dos dois primeiros seres (Adão e Eva) que podiam compreender o que Deus lhes dizia, foi que teve início o Plano da Reconciliação, posto que esse plano foi concebido exclusivamente para todos os que tinham pecado antes de nascerem carnalmente e que estavam carentes da misericórdia de Deus (Rm 3.23 pois TODOS PECARAM e carecem da glória de Deus).

Observe que a expressão: A TUA SEMENTE, de Gn 3.15 (E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre A TUA SEMENTE e a sua semente), tem de estar se referindo aos 1/3 dos anjos que tinham sido enganados no Céu a ficar contra Deus, isto é,

Quando alma do primeiro anjo carente da reconciliação com o Pai foi colocada dentro do primeiro ser concebido da relação Adão e Eva, teve início, para todos os que a partir daí iriam “NASCER DE MULHER”, o Plano da Reconciliação.

Nós somos, na minha visão, Edison, parte dos 1/3 dos anjos que se deixaram enganar no Céu e que, graças à misericórdia de Deus, estamos tendo aqui na Terra a nossa individual chance de retratação com o Pai.

E para você, irmão, qual terá sido a razão da nossa existência? Para mim, existimos devido o pecado cometido no Céu, que foi o primeiro pecado cometido por um filho de Deus, pecado esse que selou a quebra da conciliação dos filhos com o Pai, mas,

Segundo a católica, nós existimos devido o pecado de Adão. E você, concorda com a católica ou não?

Até mais!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2318
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5965
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Edison em Sex 09 Mar 2018, 13:32

Washington Ruiz,

Enquanto preparo minhas respostas, por favor nos diga: Em que consiste o PLANO DA RECONCILIAÇÃO.

Grato.

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2318
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5965
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Edison em Sex 09 Mar 2018, 17:33

WASHINGTON RUIZ,

Washington Ruiz escreveu:Olá, Edison,

Temos credos distintos do ensino que está escrito, e isso faz com que não nos entendamos, mas tudo bem.
=
Eu creio assim, meu irmão:

Para mim, quando Deus, o Pai, criou os seus filhos, os anjos, que ele chamou de LUMINARES, e os colocou no Céu (não podia ser noutro lugar), ele já sabia que 1/3 desses filhos espirituais, que não tinham corpo físico, apenas corpo espiritual (ALMA e FÔLEGO), iriam ser ENGANADOS por Satanás a pecar, no entanto,

A maioria dos outros luminares, 2/3, chamados de LUMINAR MAIOR, não se deixariam enganar e, por isso, ganharam o direito de viver eternamente no Céu, porém,

Os 1/3 dos luminares ENGANADOS, chamados de LUMINAR MENOR, perderam, consequentemente, por causa do pecado cometido, mesmo que tenha sido não-deliberado, o direito de viver no Céu.

Sabendo Deus que esses seus filhos tinham cometido um pecado não-deliberado, posto que tinham sido ENGANADOS, não seria justo não dar a eles uma chance de retratação deles com o Pai, no entanto,

Como Deus só criou três lugares onde ele pudesse colocar os seus filhos, o Céu, a Terra e o Inferno, tinha de ser a Terra o lugar onde esses filhos iriam ter a chance de retratação com o Pai, chance essa que foi chamada de PLANO DA RECONCILIAÇÃO.

Como a Terra não é um lugar espiritual, mas material, as almas dos 1/3 dos filhos espirituais que pecaram no Céu (as almas de todos os anjos que foram enganados), para poderem viver material e naturalmente aqui na Terra, tinham de ser colocadas em corpos físicos, que já tinham CORPO e assopro/FÔLEGO, a fim de se adequarem a ter aqui uma vida material, vida física.


Eu não tenho dificuldades em digerir essa analogia ou essa associação de pessoas (potenciais seres humanos em sua primeira fase) com estrelas.
Vemos isso em Isaias 14:13, Apoc. 12:4, Salm 148:3, Judas 1:13, Apoc. 1:20, Jó 38:7, etc. etc. etc.
Para mim as estrelas de Apoc. 1:20 é a interpretação mais clara dessa associação anjo/homem/estrela.


Quando a ALMA de Caim foi colocada por Deus dentro do corpo físico do primeiro filho CONCEBIDO da relação carnal dos dois primeiros seres (Adão e Eva) que podiam compreender o que Deus lhes dizia, foi que teve início o Plano da Reconciliação, posto que esse plano foi concebido exclusivamente para todos os que tinham pecado antes de nascerem carnalmente e que estavam carentes da misericórdia de Deus (Rm 3.23 pois TODOS PECARAM e carecem da glória de Deus).

Observe que a expressão: A TUA SEMENTE, de Gn 3.15 (E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre A TUA SEMENTE e a sua semente), tem de estar se referindo aos 1/3 dos anjos que tinham sido enganados no Céu a ficar contra Deus, isto é,

Quando alma do primeiro anjo carente da reconciliação com o Pai foi colocada dentro do primeiro ser concebido da relação Adão e Eva, teve início, para todos os que a partir daí iriam “NASCER DE MULHER”, o Plano da Reconciliação.


Bem Washington existem aí vários "pingos nos iiisss".

Dos 3/3 de estrelas, um 1/3 delas caíram. Caíram porque decidiram por cair. Creram na Mensagem errada. Creram no mensageiro errado. Optaram pela infidelidade ao Todo Poderoso.


Os outros 2/3 também foram abordados e seduzidos porem não cederam e rejeitaram aquele "evangelho" falacioso.
Para estes 2/3 a Bíblia (implicitamente) nos diz que seus nomes foram escritos no Livro da Vida ANTES DA FUNDAÇÃO DO MUNDO. Independente do caminho que deveriam trilhar dentro do Plano da Reconciliação, Deus os elegeram e escreveu seus nomes no Livro da Vida do Cordeiro, pois por presciência sabia que na reprise material do que houvera lá no espiritual, eles continuariam fieis. Ele viu isso pela Sua presciência.
A Bíblia diz que Deus DANTES os conheceu e os predestinou (Rom. 8:29).

Agora, com certeza a alma do Caim era uma alma caída e não acredito que era uma alma cujo nome estava no Livro da Vida antes da fundação do mundo.

Como lhe disse, o Caim não era filho do Adão. O Abel sim, porem o Caim não. Foi uma gestação de gêmeos, porem gêmeos maternos oriundos de pais diferentes, o que é perfeitamente possível e existem centenas e relatos a respeito.

Jesus disse que uma árvore boa não pode dar fruto mau (Mat. 7:18). Adão era árvore boa criada e formada pelo próprio Deus a partir da Palavra Falada de Deus.
Assim sendo, como seria possível o Adão gerar um assassino??? Percebe???

Os eleitos, aqueles cujos nomes estão escritos no Livro da Vida desde antes da fundação do mundo, trazem em suas almas, algo que as almas do 1/3 não traz.

O que é? É a semente da Vida Eterna.

Essa semente faz a diferença na vida terrena. Essa Vida Eterna nos dota de revelação, que chamamos fé.

A fé genuína está dentro da alma eleita e predestinada para a reconciliação (estou usando a sua linguagem).

A fé genuína levou o Abel a oferecer o sacrifício correto que estava de acordo com o Plano da Reconciliação.

Deus não falou textualmente para o Abel oferecer o animal. Aquilo estava dentro da alma do Abel.

Já o Caim, uma alma caída, não tinha o nome no livro, portanto não tinha a semente de Deus representada na fé, na revelação do Plano da Reconciliação.

Então o Caim ofereceu frutas, legumes, hortaliças, flores, etc.

A fé do Caim, era uma fé intelectual, uma fé baseada na lógica, na razão e pensou; "O Todo Poderoso gostara de receber algo suntuoso, algo bonito, colorido, cheiroso, pois a meu ver tudo isso tem a ver com a Sua majestade". Ele arrazoou.

Por certo o Abel captou o que significava a troca dos aventais intelectuais de folhas de figueira de seus pais por túnicas de peles de animais.

Talvez para o Caim aquela troca alem de não significar nada era de muito mal gosto. Ele não tinha fé (revelação) do Plano da Reconciliação.

Já o Abel tinha essa revelação. Não porque ele arrazoou em si mesmo e optou por aquele tipo de oferta. Aquilo foi uma inspiração Divina oriunda da semente de Deus que estava em sua alma.

A reconciliação é garantida pelo próprio Deus àqueles que Ele dantes conheceu e os encaminhou para dentro do Plano de Reconciliação que está em Cristo.

Jesus disse que NINGUÉM vem à Ele se o Pai não o trouxer (Jo 6:44). Ninguém entra no Plano de Reconciliação a não ser que o Pai o coloque nele. Tem de ter eleição e predestinação para alcançar a Graça do Plano de Reconciliação.



Nós somos, na minha visão, Edison, parte dos 1/3 dos anjos que se deixaram enganar no Céu e que, graças à misericórdia de Deus, estamos tendo aqui na Terra a nossa individual chance de retratação com o Pai.

Eu faço parte dos 2/3.


E para você, irmão, qual terá sido a razão da nossa existência? Para mim, existimos devido o pecado cometido no Céu, que foi o primeiro pecado cometido por um filho de Deus, pecado esse que selou a quebra da conciliação dos filhos com o Pai, mas,

Segundo a católica, nós existimos devido o pecado de Adão. E você, concorda com a católica ou não?

Até mais!


Primeiramente nos existimos porque Deus, quando ainda não era Deus ainda (explico; não havia nada que O adorasse. Deus significa também "objeto de adoração"), havia em seus pensamentos, em seu Ser, muitos e muitos atributos e uma determinação que a Seu tempo esses atributos seria revelados e exercidos.

Dentre eles estavam: o atributo de Criador; o atributo de Pai, o atributo de Filho, o atributo de Consolador, o atributo de Advogado, o atributo de Rei, o atributo de Senhor dos Exércitos, o atributo de Sacerdote, o atributo de Salvador, o atributo de Redentor, o atributo de Curador, o atributo de irmão, o atributo de Juiz, o atributo de Esposo, o atributo de Senhor, etc. etc. etc.,
e em função disso Ele trouxe à existência tudo aquilo que seria necessário para Ele manifestar cada um dos Seus atributos. E aqui estamos nos no planeta Terra.

O pecado do Adão permitiu que Ele manifestasse o atributo de Advogado, Redentor, Libertador, Curador, Salvador, Reconciliador, etc., etc., etc.

Washington Ruiz
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 597
Idade : 67
Cidade/Estado : Manaus/Amazonas
Religião : Cristã
Igreja : Igreja do CRENTE
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -41
Pontos de participação : 1419
Data de inscrição : 15/10/2014

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Washington Ruiz em Sex 09 Mar 2018, 22:42

Olá, Edison,

No engano do Céu, houve a figura: 1) Do anjo enganador, que é Satanás; 2) Dos anjos que ajudaram Satanás a enganar seus irmãos, que foram os anjos que participaram ATIVAMENTE do engano, e;

3) Dos anjos que foram ENGANADOS, que foi a grande maioria dos 1/3 daqueles anjos, que foram os que participaram PASSIVAMENTE daquele engano.

Os 1/3 dos anjos que pecaram no Céu pecaram, sim, mas pecaram porque foram ENGANADOS a pecar, isto é, a culpa deles terem errado não foi TOTALMENTE deles, e foi por causa do engano que eles sofreram que Deus, o que é somente o Pai, elaborou para eles o Plano da Reconciliação.

Não seria justo Deus condenar 1/3 de seus filhos, sabendo ele que a deliberação de pecar não tinha partido deles.
=
Satanás, o enganador, e os anjos que o ajudaram a enganar os seus irmãos, NÃO PODEM NASCER DE MULHER, como os enganados podem, portanto, não têm chance nenhuma de alcançar a sua justificação, posto que cometeram o pecado imperdoável, que foi o pecado deliberado.

Outra coisa, os anjos enganados não são os ANJOS CAÍDOS, que é como você está pensando, pois os anjos caídos são Satanás e os anjos que o ajudaram a promover o engano, sendo esses os que NÃO PODEM NASCER DE MULHER, mas que já foram todos expulsos do Céu para a Terra.
=
Os nomes constantes do Livro da Vida são apenas os das almas dos anjos que tiverem vindo viver na Terra, nascidos de mulher, para passarem pelo Plano da Reconciliação, quer dizer, qual seria a razão dos anjos que não pecaram no Céu virem nascer aqui na Terra?
=
A alma de Caim, que foi a primeira alma a nascer de mulher, não tem o seu nome escrito no Livro da Vida, que foi como você disse, mas no Livro dos Mortos.

Quando o corpo de Caim morreu, a alma dele foi colocada não no Seio de Abraão, que é o lugar onde estão os que têm os seus nomes escritos no Livro da Vida, mas no Lugar de Tormento, que é o lugar onde estão os que têm os seus nomes escritos no Livro dos Mortos.
=
Está escrito, irmão, que os homens que serão salvos foram escolhidos para serem dados a Jesus antes mesmo da FUNDAÇÃO da Terra, quer dizer, antes do homem ser colocado na Terra, isto é,

Esse lugar que existe antes da Terra tem de ser o Céu, posto que Deus só criou três lugares, por isso, o único lugar onde Deus possa nos ter escolhido para sermos dados a Jesus antes da fundação da Terra tem de ter sido o Céu.
=
Lembre-se, irmão, que Deus não faz acepção de pessoas, por isso, se não tivermos vindo do Céu para a Terra, Deus teria feito acepção de pessoas quando da criação de seus filhos, criando uns para viver no Céu e outros na Terra, afinal o Céu é melhor que a Terra, não é?

Foi quando ainda vivíamos no Céu, antes de sermos enganados, que Deus nos escolheu para sermos dados a Jesus, que é o que rezam os escritos de Ef 1.4 (assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele, e em amor).
=
Não faz sentido, pelo menos para mim, crer que o pai de Caim não tenha sido Adão, mas outro homem, afinal, como poderia existir um homem antes de Adão?
=
Adão não nasceu de mulher, isto é, nem ele nem Eva passaram pelo nascimento carnal que todos têm de passar, por isso, eles não faziam nem fizeram parte dos seres a quem Deus tinha elaborado o Plano da Reconciliação.
=
Você está se esquecendo que o Pai de Satanás é Deus, meu irmão, que foi quem criou todas as coisas, todos os filhos, isto é,

Assim como do Pai pôde nascer um filho mau, assim também de Adão pôde nascer Caim, quer dizer, esse seu argumento de que um pai bom não pode gerar um filho ruim não condiz com a verdade, conforme a minha visão.
=
Você não pode ser um dos 2/3 dos anjos do Céu porque os anjos dos 2/3 são os anjos que não pecaram no Céu, e, esses anjos, por não terem sido enganados, são MAIORES EM HONRA do que qualquer um de nós que tiver nascido de mulher, quer dizer,

Nem mesmo João Batista, que foi o maior de todos os homens que já nasceram de mulher, é maior que qualquer anjo que não tiver sido enganado, e que está nos céus, quer dizer,

Se você fosse um dos anjos dos 2/3 seria maior que João Batista (Mt 11.11 Em verdade vos digo: Entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista; mas o menor no reino dos céus é maior do que ele), bem, pelo menos é como eu interpreto.

Até mais!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2318
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5965
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Edison em Sab 10 Mar 2018, 10:28

Washington Ruiz, notou que saímos totalmente do tema do tópico??? Vamos conduzir nossa conversa no sentido de retornarmos ao tema. Ok?


Washington Ruiz escreveu:Olá, Edison,

No engano do Céu, houve a figura: 1) Do anjo enganador, que é Satanás; 2) Dos anjos que ajudaram Satanás a enganar seus irmãos, que foram os anjos que participaram ATIVAMENTE do engano, e;

3) Dos anjos que foram ENGANADOS, que foi a grande maioria dos 1/3 daqueles anjos, que foram os que participaram PASSIVAMENTE daquele engano.

Os 1/3 dos anjos que pecaram no Céu pecaram, sim, mas pecaram porque foram ENGANADOS a pecar, isto é, a culpa deles terem errado não foi TOTALMENTE deles, e foi por causa do engano que eles sofreram que Deus, o que é somente o Pai, elaborou para eles o Plano da Reconciliação.

Washington, este é um terreno de imaginações. A Bíblia só dá alguns toques tênues sobre o que aconteceu sem nos revelar detalhes. Eu vou até onde a imaginação não fere à Palavra escrita para me manter seguro.


Não seria justo Deus condenar 1/3 de seus filhos, sabendo ele que a deliberação de pecar não tinha partido deles.

Tinham livre arbítrio???
II Pedro 2:4 diz simplesmente que Deus não perdoou os anjos que pecaram.
Não conhecemos as circunstâncias que levaram a Deus não lhes perdoar. Não se arrependeram?? Foi-lhes dado oportunidade para arrependimento?? NÃO SABEMOS.
Então ficamos com a Palavra escrita lembrando sempre que existe a Soberania de Deus. Ele pode do mesmo barro fazer vaso para honra e vaso para desonra (Rom. 9:21-22).


Satanás, o enganador, e os anjos que o ajudaram a enganar os seus irmãos, NÃO PODEM NASCER DE MULHER, como os enganados podem, portanto, não têm chance nenhuma de alcançar a sua justificação, posto que cometeram o pecado imperdoável, que foi o pecado deliberado.

Deus teve dentro da Sua Soberania os motivos para a condenação.


[quote]Outra coisa, os anjos enganados não são os ANJOS CAÍDOS, que é como você está pensando, pois os anjos caídos são Satanás e os anjos que o ajudaram a promover o engano, sendo esses os que NÃO PODEM NASCER DE MULHER, mas que já foram todos expulsos do Céu para a Terra.


Bem, não sei se você já percebeu que existem pessoas que não se arrependem e nem sequer passa por sua mente um dia se arrepender e se reconciliar com Deus. Ela não tem o menor interesse, preocupação, motivação nenhuma para retornar a Deus. Essas são almas caídas. Não existe representação delas no Reino dos Céu. Ela está cortada, por isso "não perdem tempo com salvação" (na linguagem deles).
Você pode pregar o tanto que for para eles. Eles podem ver o tanto que for de milagres. Eles podem ver o Sobrenatural operando e mesmo assim não desperta neles nenhum interesse de se aproximar de Deus.
O que é isso? Almas/anjos caídos, cortados da misericórdia.
Veja Judas Iscariotes. Esteve na fronteira para entrar na redenção, mas sua alma era caída. Jesus o conhecia e disse "um de vós é um diabo". E diz a Bíblia que ele se desviou do apostolado para ir ao seu lugar (Atos 1:25).



[quote]Os nomes constantes do Livro da Vida são apenas os das almas dos anjos que tiverem vindo viver na Terra, nascidos de mulher, para passarem pelo Plano da Reconciliação, quer dizer, qual seria a razão dos anjos que não pecaram no Céu virem nascer aqui na Terra?

Não foram criados para isso.


A alma de Caim, que foi a primeira alma a nascer de mulher, não tem o seu nome escrito no Livro da Vida, que foi como você disse, mas no Livro dos Mortos.

Não sei se há livro dos mortos. Existem aqueles nomes que não são achados no Livro da Vida. É tudo o que eu sei.


Quando o corpo de Caim morreu, a alma dele foi colocada não no Seio de Abraão, que é o lugar onde estão os que têm os seus nomes escritos no Livro da Vida, mas no Lugar de Tormento, que é o lugar onde estão os que têm os seus nomes escritos no Livro dos Mortos.

Com certeza.


Está escrito, irmão, que os homens que serão salvos foram escolhidos para serem dados a Jesus antes mesmo da FUNDAÇÃO da Terra, quer dizer, antes do homem ser colocado na Terra, isto é,

Sim


Esse lugar que existe antes da Terra tem de ser o Céu, posto que Deus só criou três lugares, por isso, o único lugar onde Deus possa nos ter escolhido para sermos dados a Jesus antes da fundação da Terra tem de ter sido o Céu.

É vago dizer que Deus criou só três lugares. O cosmos é infinito para nós.



Lembre-se, irmão, que Deus não faz acepção de pessoas, por isso, se não tivermos vindo do Céu para a Terra, Deus teria feito acepção de pessoas quando da criação de seus filhos, criando uns para viver no Céu e outros na Terra, afinal o Céu é melhor que a Terra, não é?

Pois é nos estamos aqui para manifestarmos a Ele. Estamos aqui como embaixadores Dele, do Seu Reino. Estamos aqui para O revelarmos e assim alcançarmos o último eleito para que o arrebatamento ocorra. (estou voltando para o tema - rsrsrsrs)


Foi quando ainda vivíamos no Céu, antes de sermos enganados, que Deus nos escolheu para sermos dados a Jesus, que é o que rezam os escritos de Ef 1.4 (assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele, e em amor).

Sim, foi o que eu escrevi no post anterior.



Não faz sentido, pelo menos para mim, crer que o pai de Caim não tenha sido Adão, mas outro homem, afinal, como poderia existir um homem antes de Adão?


Bem, você tem rejeitado a revelação. Manifestou isso no início dessa nossa prosa. Você tem ignorado a sétima estrela de Apoc. 1:20. Você nem sequer despertou curiosidade.
Já te dei algumas Escrituras que provam que Caim não era filho de Adão. Se você foi examina-las não sei.
Te dou mais uma que estou me lembrando; Lá na parábola do Trigo e o Joio (Mat. 13) de onde você tem tirado sua base para falar dos ceifeiros, está escrito no verso 25 que o inimigo semeou uma outra semente no campo. A boa semente são os filhos do Reino, o joio são os filhos do malígno e o campo é o mundo (v. 38-39).
Caim era do malígno (I João 3:12).



Adão não nasceu de mulher, isto é, nem ele nem Eva passaram pelo nascimento carnal que todos têm de passar, por isso, eles não faziam nem fizeram parte dos seres a quem Deus tinha elaborado o Plano da Reconciliação.
=
Você está se esquecendo que o Pai de Satanás é Deus, meu irmão, que foi quem criou todas as coisas, todos os filhos, isto é,

Assim como do Pai pôde nascer um filho mau, assim também de Adão pôde nascer Caim, quer dizer, esse seu argumento de que um pai bom não pode gerar um filho ruim não condiz com a verdade, conforme a minha visão.

Deus tem UM filho que o revelou, se encarnou e manifestou-nos o Seu Nome. Nome Único pelo qual somos salvos (At. 4:12). E nós alcançamos o poder de sermos feitos filhos de Deus Nele e tão somente Nele (João 1:12).
Aliás Washington, você tomou esse Nome por ocasião do seu batismo na etapa da justificação?
Esse batismo também faz parte da restauração promovida pela sétima estrela de Apoc. 1:20.

Satanás é criatura. Filho de Deus é Cristo que ao se encarnar tomou o Nome do seu Pai = SENHOR JESUS CRISTO - SENHOR (pai) JESUS (filho) CRISTO (Espírito Santo).

Esse Nome foi invocado sobre o seu batismo??? (Atos 2:38, 15:17, 22:16, Tiago 2:7).

Lembre-se: "E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro NOME há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos" (Atos 4:12).

De nada vale conhecermos os detalhes do que supostamente aconteceu no céu se aqui na Terra não temos a revelação do NOME do Filho.



Você não pode ser um dos 2/3 dos anjos do Céu porque os anjos dos 2/3 são os anjos que não pecaram no Céu, e, esses anjos, por não terem sido enganados, são MAIORES EM HONRA do que qualquer um de nós que tiver nascido de mulher, quer dizer,

Nem mesmo João Batista, que foi o maior de todos os homens que já nasceram de mulher, é maior que qualquer anjo que não tiver sido enganado, e que está nos céus, quer dizer,

Se você fosse um dos anjos dos 2/3 seria maior que João Batista (Mt 11.11 Em verdade vos digo: Entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista; mas o menor no reino dos céus é maior do que ele), bem, pelo menos é como eu interpreto.

Até mais!

Bem, eu não fui arrastado pela cauda do dragão (Apoc. 12:4).

Aguardo a sua informação sobre no que consiste o Plano da Reconciliação.


Washington Ruiz
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 597
Idade : 67
Cidade/Estado : Manaus/Amazonas
Religião : Cristã
Igreja : Igreja do CRENTE
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -41
Pontos de participação : 1419
Data de inscrição : 15/10/2014

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Washington Ruiz em Dom 11 Mar 2018, 10:33

Olá, Edison,

Saimos do tema, sim, mas foi necessário, acho. Vou responder algumas questões ainda fora do tema, e depois, você, se ainda quiser, é claro, reinicia o debate com assuntos do tema, ou não, ok?
=
Sim, irmão, os anjos dos 1/3 tinham livre arbítrio QUANDO PECARAM, como os dos 2/3 que NÃO PECARAM também tinham, porém,

Se Deus não pudesse perdoar a quem ele tivesse dado livre arbítrio de escolha, QUE É COMO VOCÊ QUER, como ficariam os escritos de Rm 9.15 (Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão)?

Se nós que também pecamos e que também temos livre arbítrio não pudéssemos ser por Deus perdoado, como ficaria o Plano da Reconciliação? Se nós aqui na Terra, que somos menores que os anjos, estamos tendo a nossa chance de nos reconciliarmos com o Pai, por que que os anjos que pecaram no Céu não teriam? Pensar que Deus não possa perdoar quem ele achar que deve é que é “atropelar” o ensino que está escrito, na minha visão.

Você, quando disse: "II Pedro 2:4 diz simplesmente que Deus não perdoou os anjos que pecaram”, está usando um acontecimento ocorrido na Terra, nos tempos pré-diluvianos, para justificar a sua interpretação, porém, esse seu argumento está fora de questão, pois não diz respeito ao engano que Satanás promoveu NO CÉU.
=
Quem não se arrepender durante o tempo que nos resta de vida, de maneira nenhuma poderá ser justificado, no entanto, nenhum nascido de mulher deve ser considerado como um anjo caído, pois os anjos caídos não podem nascer de mulher.
=
Jesus não só chamou Judas Iscariotes de demônio, mas também todos os judeus da obediência à Lei que não aceitaram crer no ensino FALADO, na Lei de Cristo, no Evangelho, que ele estava lhes dando (Jo 8.44), preferindo ficar com os já invigentes ensinos da Lei de Moisés.
=
Quando alguém não quer ser salvo, não devemos considerar tal pessoa como uma “alma caída”, que é como você quer, mas como um “cego que não quer ver”. Eu acho!
=
Você se esqueceu dos escritos de Ap 20.12, quando disse: “Não sei se há livro dos mortos”, que é onde está escrito que há DOIS LIVROS, sendo um o Livro da Vida, que é onde estão escritos os nomes e as ações dos que serão salvos, e o Livro dos Mortos, que é onde está contido os nomes e as ações dos que serão condenados

Veja como interpreto os escritos de Ap 20.12: “Vi também os mortos, os GRANDES (que são SATANÁS e os ANJOS CAÍDOS (QUE NÃO SÃO OS ANJOS ENGANADOS), que não nasceram de mulher mas que participaram ATIVAMENTE do engano) e os PEQUENOS (que são os homens que nasceram de mulher, mas que não aceitaram crer nas verdades contidas no Evangelho, que é a Lei de Cristo), posto em pé diante do trono. Então, se abriram OS LIVROS. Ainda outro livro, o livro da vida, foi aberto (o outro livro além do Livro da Vida AQUI DESCRITO tem de ser o LIVRO DOS MORTOS). E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros).
=
Quando lhe perguntei qual seria a razão dos anjos dos 2/3 que não pecaram no Céu terem vindo nascer aqui na Terra, você respondeu: Não foram criados para isso, porém, se os anjos dos 2/3 não foram criados para vir nascer aqui (o que é verdade), por que, então, você disse: Eu faço parte dos 2/3?
=
Está escrito que Deus só criou três lugares (At 4.24): 1) O CÉU, que é o melhor desses três lugares, e que é um lugar espiritual, não-físico, e que foi um lugar criado para os filhos de Deus que jamais pecaram;

2) A TERRA, que não é um lugar espiritual, mas físico, lugar esse que representa ser o nosso infinito universo, que foi um lugar criado para os filhos de Deus que iriam cometer um pecado no Céu, e que, por isso, teriam de vir nascer nesse lugar, na Terra, em corpos físicos, a fim de terem, cada pecador, a chance de reconciliação com o Pai, e;

3) O INFERNO, que é o pior desses três lugares, mas que também é um lugar não-físico, mas que foi criado para ter existência provisória, para receber (guardar) todas as almas dos anjos filhos de Deus que tiverem passado pelo Plano da Reconciliação na Terra, tanto os que serão salvos como os que não.
=
O Céu, que é o lugar dos seres espirituais, não faz parte do cosmos terrestre, que é como você está pensando, ou seja, tudo o que existe no nosso cosmos foi criado no terceiro dia e, por isso, pertence ao nosso infinito universo físico.

O Céu, que é o UNIVERSO ESPIRITUAL, foi criado antes da criação e existência do nosso infinito universo, que, esse sim, é repleto de infinitas galáxias, estrelas e planetas.
=
Acho que já respondi muito, isto é, acho que basta, mas se você ainda quiser continuar apresentando contrargumentações ao que escrevi, fique à vontade, no entanto, se quiser voltar ao tema do tópico, tudo bem! Um abraço!

Até mais!

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2318
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5965
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Edison em Dom 11 Mar 2018, 13:05

Washington Ruiz,

Washington Ruiz escreveu:Olá, Edison,

Saimos do tema, sim, mas foi necessário, acho. Vou responder algumas questões ainda fora do tema, e depois, você, se ainda quiser, é claro, reinicia o debate com assuntos do tema, ou não, ok?
=
Sim, irmão, os anjos dos 1/3 tinham livre arbítrio QUANDO PECARAM, como os dos 2/3 que NÃO PECARAM também tinham, porém,

Se Deus não pudesse perdoar a quem ele tivesse dado livre arbítrio de escolha, QUE É COMO VOCÊ QUER, como ficariam os escritos de Rm 9.15 (Terei misericórdia de quem me aprouver ter misericórdia e compadecer-me-ei de quem me aprouver ter compaixão)?

Se nós que também pecamos e que também temos livre arbítrio não pudéssemos ser por Deus perdoado, como ficaria o Plano da Reconciliação? Se nós aqui na Terra, que somos menores que os anjos, estamos tendo a nossa chance de nos reconciliarmos com o Pai, por que que os anjos que pecaram no Céu não teriam? Pensar que Deus não possa perdoar quem ele achar que deve é que é “atropelar” o ensino que está escrito, na minha visão.

O que tenho depreendido nessa nossa conversa é que você tem algumas teorias sem sustentação bíblica. Essa sua intenção de conceder salvação para os anjos caídos não tem amparo na Bíblia. A Bíblia que está em vigência neste apagar das luzes é essa Bíblia escrita por inspiração do Espírito Santo através de santos e profetas.
Então se quisermos segurança na nossa fé temos de alicerça-la na Bíblia Sagrada.

Dentro do programa de Deus desde a criação de todas as coisas até a consumação dos séculos, nos nos vemos hoje inseridos num fragmento dessa historia. E sendo nos participantes dessa história de Deus o que é primordial sabermos, É O QUE DEUS ESTÁ FAZENDO AGORA.
O inimigo das nossas almas não se importa que saibamos o QUE DEUS FEZ E NEM O QUE DEUS FARÁ AINDA. O que ele faz incessantemente é tentar impedir que saibamos o que DEUS ESTÁ FAZENDO AGORA no tempo da nossa manifestação aqui.

TEMOS DE ESTAR ATENTOS A ISSO.


Você, quando disse: "II Pedro 2:4 diz simplesmente que Deus não perdoou os anjos que pecaram”, está usando um acontecimento ocorrido na Terra, nos tempos pré-diluvianos, para justificar a sua interpretação, porém, esse seu argumento está fora de questão, pois não diz respeito ao engano que Satanás promoveu NO CÉU.

Pedro, em sua fala, está exemplificando os pré-diluvianos e também os anjos que caíra. Deus não perdoou nenhum dos dois grupos. (II Pe 2:4-5).



Quem não se arrepender durante o tempo que nos resta de vida, de maneira nenhuma poderá ser justificado, no entanto, nenhum nascido de mulher deve ser considerado como um anjo caído, pois os anjos caídos não podem nascer de mulher.

Na minha linguagem, anjos caídos são também aquelas pessoas cujas almas caíram do céu. Suas almas foram cortadas da Vida Eterna. São estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas (Judas 1:13).



Jesus não só chamou Judas Iscariotes de demônio, mas também todos os judeus da obediência à Lei que não aceitaram crer no ensino FALADO, na Lei de Cristo, no Evangelho, que ele estava lhes dando (Jo 8.44), preferindo ficar com os já invigentes ensinos da Lei de Moisés.
=
Quando alguém não quer ser salvo, não devemos considerar tal pessoa como uma “alma caída”, que é como você quer, mas como um “cego que não quer ver”. Eu acho!

Jesus disse que eles tinham por pai ao diabo. Apesar de toda a sua religiosidade espiritualmente eram filhos do diabo. Aliás, os filhos do diabo em sua maioria são muito religiosos.
Os filhos naturais, carnais do diabo, sucumbiram no dilúvio, mas espiritualmente eles atravessaram o diluvio. A atitude do Cão diante da fragilidade do pai é suspeita. (??????????????????)



Você se esqueceu dos escritos de Ap 20.12, quando disse: “Não sei se há livro dos mortos”, que é onde está escrito que há DOIS LIVROS, sendo um o Livro da Vida, que é onde estão escritos os nomes e as ações dos que serão salvos, e o Livro dos Mortos, que é onde está contido os nomes e as ações dos que serão condenados

Veja como interpreto os escritos de Ap 20.12: “Vi também os mortos, os GRANDES (que são SATANÁS e os ANJOS CAÍDOS (QUE NÃO SÃO OS ANJOS ENGANADOS), que não nasceram de mulher mas que participaram ATIVAMENTE do engano) e os PEQUENOS (que são os homens que nasceram de mulher, mas que não aceitaram crer nas verdades contidas no Evangelho, que é a Lei de Cristo), posto em pé diante do trono. Então, se abriram OS LIVROS. Ainda outro livro, o livro da vida, foi aberto (o outro livro além do Livro da Vida AQUI DESCRITO tem de ser o LIVRO DOS MORTOS). E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros).

Existem milhares de livros. Temos o Livro da Vida do Cordeiro e mais os livros da vida de cada pessoa que passa pelo julgamento do Trono Branco.
Se há ou haverá um Livro dos Mortos ele será escrito depois do julgamento do Trono Branco.
Se os nomes que não estão escrito no Livro da Vida desde antes da fundação do mundo estão escrito em outro não sabemos e nem sabemos que importância teria esse livro tendo em vista o extermínio que sofrem aqueles que forem lançados no lago de fogo.
Onde ficaria esse Livro dos Mortos após o extermínio dos seus inscritos???
Teria Deus interesse em manter isso com Ele???
Percebe???


Quando lhe perguntei qual seria a razão dos anjos dos 2/3 que não pecaram no Céu terem vindo nascer aqui na Terra, você respondeu: Não foram criados para isso, porém, se os anjos dos 2/3 não foram criados para vir nascer aqui (o que é verdade), por que, então, você disse: Eu faço parte dos 2/3?

Veja, houve uma queda que se iniciou no céu. Porem essas almas de filhos de Deus nunca perderam a salvação porque eles são parte de Deus. Há um contingente especial de pessoas e esses compõem o Corpo de Cristo, que não perdem a salvação porque estão sob uma eleição e uma predestinação. Estes cujos nomes estão escritos numa secção do Livro da Vida, aos quais Jesus se referiu declarando que "DE MANEIRA NENHUMA OS LANÇAREI FORA OU RISCAREI SEU NOME DO LIVRO DA VIDA" (Jo 6:37, Apoc. 3:5).
Já, dentro do próprio Livro da Vida há outra secção, cujos nomes ali escritos podem serem riscados. A estes Ele diz: "guarda bem o que tens para que ninguém tome a tua coroa" (Apoc. 3:11). Veja, o risco de perder a salvação existe. (Essa abordagem de secções no Livro da Vida é dedução lógica com base nos fatos).

Em Lucas 10:17-20 vemos que os discípulos voltaram de uma campanha muito exitosa e estavam maravilhados pelo que tinham feito. Porem Jesus disse:
"Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus" (Lucas 10:20).

Agora, quem era integrante dos discípulos de Jesus??? Judas Iscariotes. E, segundo as palavras de Jesus o seu nome estava escrito no céu, o que podemos considerar escrito no Livro da Vida.

No entanto o que aconteceu com ele??? Podemos dizer que ele não teve seu nome riscado??? Jesus disse que ele se perdeu porque era filho da perdição (Jo 17:12, At. 1:25).

Mas voltando ao arrebatamento, podemos garantir que as almas que ressuscitam na primeira ressurreição e as que estiverem vivas são transformadas e sobem a encontrar o Senhor nos ares, fazem parte daqueles eleitos, predestinados, que Jesus garantiu que não riscaria os seus nomes do Livro da Vida.



Está escrito que Deus só criou três lugares (At 4.24): 1) O CÉU, que é o melhor desses três lugares, e que é um lugar espiritual, não-físico, e que foi um lugar criado para os filhos de Deus que jamais pecaram;

2) A TERRA, que não é um lugar espiritual, mas físico, lugar esse que representa ser o nosso infinito universo, que foi um lugar criado para os filhos de Deus que iriam cometer um pecado no Céu, e que, por isso, teriam de vir nascer nesse lugar, na Terra, em corpos físicos, a fim de terem, cada pecador, a chance de reconciliação com o Pai, e;

3) O INFERNO, que é o pior desses três lugares, mas que também é um lugar não-físico, mas que foi criado para ter existência provisória, para receber (guardar) todas as almas dos anjos filhos de Deus que tiverem passado pelo Plano da Reconciliação na Terra, tanto os que serão salvos como os que não.
=
O Céu, que é o lugar dos seres espirituais, não faz parte do cosmos terrestre, que é como você está pensando, ou seja, tudo o que existe no nosso cosmos foi criado no terceiro dia e, por isso, pertence ao nosso infinito universo físico.

O Céu, que é o UNIVERSO ESPIRITUAL, foi criado antes da criação e existência do nosso infinito universo, que, esse sim, é repleto de infinitas galáxias, estrelas e planetas.
=
Acho que já respondi muito, isto é, acho que basta, mas se você ainda quiser continuar apresentando contrargumentações ao que escrevi, fique à vontade, no entanto, se quiser voltar ao tema do tópico, tudo bem! Um abraço!

Até mais!

Tudo bem, Deus criou (preparou) inclusive o inferno (Mat. 25:41).

Obs.- Washington continuo aguardando a sua explicação no que consiste o Plano da Reconciliação.

Abraço.

Washington Ruiz
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 597
Idade : 67
Cidade/Estado : Manaus/Amazonas
Religião : Cristã
Igreja : Igreja do CRENTE
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -41
Pontos de participação : 1419
Data de inscrição : 15/10/2014

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Washington Ruiz em Seg 12 Mar 2018, 12:45

Olá, Edison,

Se eu continuar respondendo as suas contrargumentações, jamais voltaremos ao assunto do tópico, e poderemos ser punidos pela moderação, por isso, vou me ater somente ao assunto do tema, ok?)
=
Eu entendo que o arrebatamento será assim:

Quando a última trombeta soar, não na Terra, mas no Céu, pois são os de lá que a ouvirão, a ordem do Pai para o retorno da PESSOA do Filho, que não é a mesma pessoa do Pai, terá sido dada. Será aí que Jesus descerá do Céu, trazendo a Nova Jerusalém e todos os anjos que puderem vir com ele.

Ao soar da trombeta, todas as pessoas que estiverem vivas na Terra morrerão instantaneamente, pois os seus ASSOPROS subirão ao Pai, ficando os seus CORPOS estirados no chão, mortos, aos abutres, e,

Será aí que Jesus, já estando nos ares, dentro da Nova Jerusalém, nas nuvens da Terra, mandará que seus anjos, os ceifeiros, desçam de lá e, no solo da terra, façam a última colheita de todo o que tiver sido plantado no campo, quer dizer, separem as almas dos justos das almas dos injustos.

E você, irmão, como acha que será?

Até mais!

Conteúdo patrocinado

Re: Arrebatamento e segunda vinda; dois eventos distintos?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Dom 24 Jun 2018, 06:25