F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Compartilhe
avatar
Maria Madalena
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Feminino
Número de Mensagens : 1777
Idade : 54
Cidade/Estado : Sorocaba/SP
Religião : Cristã
Igreja : Congregação Cristã no Brasil
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 8
Pontos de participação : 7079
Data de inscrição : 06/03/2009

Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Maria Madalena em Sab 19 Maio 2012, 14:56

ApdD

Gostaria saber como vocês compreendem a respeito dessa diferença (ou igualdade).
E: Por quê, no Sacerdócio Levítico, a salvação não era, nem de graça e nem pela graça.

Considerações:
1) Jesus pagou um alto preço pela nossa salvação.
2) Se é "de graça", então, onde entra a renúncia pessoal diária e perseverante até o fim, em santidade e caridade?

Respostas sucintas!
Grta
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4296
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17341
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Norberto em Seg 21 Maio 2012, 21:39

.
Maria Madalena,

Abaixo segue uma resposta de um irmão que participa da "Lista dos Irmãos do Fórum Evangelho - LIFE".

Não sei se você é cadastrada lá, mas trago para todos a resposta a esse tema que publiquei lá na LIFE.

Norberto



----- Original Message -----
From: Jafer Gomes Ferreira betjafer@yahoo.com.br
To: "irmaos_do_fe@yahoogrupos.com.br"
Sent: Seg 21/05/12 15:01
Subject: Re: [LIFE] Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Graça e Paz do Senhor Jesus a Todos!!!

Suas perguntas irmã são muito interessantes. Vamos tentar responder cada pergunta e tentar ser breves pra não enfadar o leitor. Não julgo que a minha resposta seja a mais correta porque cada irmão poderá contribuir expondo uma visão bem mais aguçada que a minha e responder com mais propriedade, tudo para Honra e Glória de Deus.

Diferença entre salvação " de graça" e "pela graça".

Sabemos que a expressão comercial de graça ou grátis significa que você não teve que pagar nada para obter determinado produto, foi uma cortesia. Não houve esforço algum, foi um presente oferecido ao cliente. No fundo as duas expressões tem o mesmo sentido mas eu considero que o segundo termo é teologicamente mais profundo enquanto o termo "de graça" caiu na banalidade devido ao seu tom comercial e barato. Graça aqui vem do grego Charis que significa favor, generosidade. Vários estudiosos enxergam de forma mais ampla esse conceito como favor imerecido. Nós não mereciamos a salvação porque estavamos separados de Deus pela desobediência, eramos filhos da ira de Deus (Ef.2:3), estávamos mortos em nosso delitos e pecados (Ef.2:1-5). Eramos incapazes de nos submetermos a Deus e agradar-lhe (Rm.8:7 e 8 ) e de aceitarmos o Evangelho (Ef.4:18 e ICo.2:14). Como amávamos as obras das trevas e odiávamos a Luz, Deus veio em socorro de sua criação contaminada pelo pecado e iniciou o processo de salvação. Não fomos nós quem escolhemos Deus, foi antes Ele quem escolheu a nós, o primeiro passo foi dEle e isso é claro em Efésios 2:5 que diz que nós estavamos mortos e fomos vivificados com Cristo. Nos versículos 8 e 9 é revelado que a nossa salvação só ocorre pela generosidade de Deus (Graça, Charis) mediante a fé em Cristo Jesus e isso não vem de nós, é dom de Deus, não pelas obras pra que ninguém se glorie. É muito forte isso! O próprio ato de crer em Cristo só se dá pelo operar do Espírito Santo em nossas vidas para que não pensemos que fomos nós mesmos que produzimos a nossa salvação, que dependeu do nosso esforço. Não foi! Foi presente de Deus!!! Infelizmente minha irmã não dá pra ser sucinto demais na resposta porque o próprio conceito de Graça é teologicamente muito profundo e a tentativa de reduzir as explicações dessa doutrina gerou muitos ensinamentos deficientes e errados sobre a Graça de Deus, descambando pra uma irresponsabilidade dos crentes quanto a santificação, prática das boas obras e justiça. Quando somos salvos pela Graça somos capacitados e ordenados a uma vida santa, íntegra, cheia do temor e poder de Deus, aprendendo a sermos moderados em tudo e sóbrios no nosso comportamento dando bom testemunho aos homens diante de Deus. Se não vivermos para a santa vocação para qual fomos chamados cairemos na condenação prescrita em Mateus 25:31-41 onde muitos que fazem a obra até expulsando demônios, curando, pregando, profetizando ouvirão apartai-vos de mim malditos vós que praticais a iniquidade porque tive fome e não me destes de comer, tive sede e não me destes de beber, etc... porque desamparar os pequeninos é negar a Jesus nestas coisas. Em 2Pedro 2:20 -22 diz que aquele que conheceu o Senhor e voltou ao mundo, seu estado se torna pior do que antes e é melhor não ter conhecido o caminho da justiça. É como o cão que volta ao próprio vômito e a porca que retorna ao lamaçal.

Para finalizar, quanto a sua pergunta sobre o sacerdócio levítico, ouso dizer que havia Graça sim naqueles dias. Em II Timóteo 1:9 diz que nós fomos chamados com uma santa vocação segundo seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Jesus Cristo antes dos tempos eternos. Em Hebreus 11:13 diz que Noé, Abraão, Sara, Abel e tantos outros morreram na fé sem terem recebido as promessas, mas vendo-as de longe crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos nessa terra. Esta é a mesma Fé e Graça que são dons de Deus e que não vem de nós. Ela já operava naqueles dias, inclusive entre os levitas. A questão é que o Sacerdocio Levitico era apenas sombra de uma realidade espiritual que viria a ser concretizada em Cristo, o sacrificio perfeito. Cristo, segundo a ordem de Melquisedec se tornou o eterno e sumo sacerdote, dispensando o sistema levítico humano que existia somente como cumprimento da Lei, que é incapaz de salvar pois sua função é apenas mostrar o pecado. A Graça realmente não vinha pelo cumprimento dos ritos sacerdotais que de ano em ano tinham que ser renovados através do cordeiro sacrificado como oferta pelo pecado, mas pela determinação de Deus desde os tempos eternos em Cristo. A salvação já havia sido decretada pela onisciência de Deus antes mesmo da fundação do mundo! Por isso quando o homem caiu no Éden Deus já havia anunciado que viria aquele que esmagaria a cabeça da serpente.

Perdoe-me se não conseguir ser tão breve quanto a irmã pediu, está é minha contribuição,

Em Cristo,

Jáfer Gomes Ferreira
.


avatar
Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 575
Idade : 38
Cidade/Estado : Varzea Grande MT
Religião : Cristão
Igreja : Congregação Cristã no Brasil CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 1108
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Gerson Witezak em Seg 21 Maio 2012, 22:17

A paz de Deus irmã Maria Madalena.

Sua pergunta é interessante, e a resposta do Jáfer Gomes Ferreira está correta com meu entendimento.

"DE GRAÇA"

É porque não existe "NADA" no homem que lhe faz merecedor da GRAÇA.

Por isso creio piamente no que Paulo diz em Romanos 9.16: "Assim, pois, *ISTO* não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece."

*ISTO* é a GRAÇA, que Deus dá de GRAÇA a quem quer dar.










"PELA GRAÇA"

É porque nós, que já recebemos de Deus a GRAÇA de GRAÇA, temos que LUTAR *pela GRAÇA* até ao fim.

Por isso creio piamente no que Judas disse em sua única carta, antes do Apocalipse:

1 Judas, servo de Jesus Cristo, e irmão de Tiago, aos chamados, santificados em Deus Pai, e conservados por Jesus Cristo:
2 Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados. Contra os falsos mestres
3 Amados, procurando eu escrever-vos com toda a diligência acerca da salvação comum, tive por necessidade escrever-vos, e exortar-vos a batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos.




Paulo também diz o mesmo aos Hebreus 3.12-14:

12 Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo.
13 Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado;
14 Porque nos tornamos participantes de Cristo, se retivermos firmemente o princípio da nossa confiança até ao fim.



é por isso que creio na Predestinação em Jesus Cristo, e depois que chegamos ao nosso alvo (Cristo) que é segundo o propósito de Deus, então ai temos Livre-arbítrio nas coisas eternas, e se permanecermos na FÉ até ao fim, receberemos de Deus o galardão e a coroa de Vida eterna nos Céus, mais se recuarmos e enterrarmos o DOM da Fé, então seremos lançados nas trevas exteriores, e no inferno qual foi preparado para santanás e seus anjos.

DEUS ABENÇOE
GERSON WITEZAK
avatar
Maria Madalena
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Feminino
Número de Mensagens : 1777
Idade : 54
Cidade/Estado : Sorocaba/SP
Religião : Cristã
Igreja : Congregação Cristã no Brasil
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 8
Pontos de participação : 7079
Data de inscrição : 06/03/2009

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Maria Madalena em Ter 22 Maio 2012, 01:14

I. Noberto
I. Gerson
ApdD
Obrigada pelas explicações. Consegui assimilar parcialmente, por enquanto.
Se não vivermos para a santa vocação para qual fomos chamados cairemos na condenação prescrita em Mateus 25:31-41
12 Vede, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e infiel, para se apartar do Deus vivo.
13 Antes, exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado;
Ok. Numa linguagem figurativa, seria assim: Salvação é pela graça, de graça, no sentido de que "Alguém" pagou nossas dívidas. Mas, temos de ficar atentos para não contrairmos outras tantas, pois se morrermos endividados, seremos condenados. Aí entra uma outra questão: perdão das novas dívidas ou colheita? Pois continuamos errando em muitas coisas.

Sad



avatar
Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 575
Idade : 38
Cidade/Estado : Varzea Grande MT
Religião : Cristão
Igreja : Congregação Cristã no Brasil CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 1108
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Gerson Witezak em Qua 23 Maio 2012, 18:55

A paz de Deus irmã Maria.

Sua pergunta foi:
Ok. Numa linguagem figurativa, seria assim: Salvação é pela graça, de graça, no sentido de que "Alguém" pagou nossas dívidas. Mas, temos de ficar atentos para não contrairmos outras tantas, pois se morrermos endividados, seremos condenados. Aí entra uma outra questão: perdão das novas dívidas ou colheita? Pois continuamos errando em muitas coisas.


O Apóstolo Paulo diz assim em Colossenses 2:

12 Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos.
13 E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas,
14 Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
15 E, despojando os principados e potestades, os expós publicamente e deles triunfou em si mesmo.



O verso 14 fala que havia uma cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira era contra nos. Mais Cristo riscou essa cédula (declaração de divida), e tirou do meio de nós, e a cravou na cruz.

Como voce mesmo disse: Nossas dividas foi pagas por "alguém" (Cristo).

E agora?

Agora o nosso nome está escrito no Livro da Vida.
E existe no Céu, um livro para cada VIVO que VIVE no Filho de Deus, e no seu livro é escrito segundo as suas obras.
Bem aventurado é o nome de quem não é riscado do livro da Vida.
E o nome que for riscado, porque morto está, e os livros abrirão, e os mortos serão julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.

Comforme João viu em APOCALIPSE 20:12

E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.


Quem está Vivo, lute pela Fé, pela misericórdia, e pelo Amor de Deus, para que não morra no pecado e seja encontrado como Adão, nú na presença de Deus!

Quem tem ouvidos para ouvir ouça, oque o Espírito diz à Igreja!

DEUS ABENÇOE
GERSON WITEZAK!
avatar
Maria Madalena
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Feminino
Número de Mensagens : 1777
Idade : 54
Cidade/Estado : Sorocaba/SP
Religião : Cristã
Igreja : Congregação Cristã no Brasil
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 8
Pontos de participação : 7079
Data de inscrição : 06/03/2009

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Maria Madalena em Qui 24 Maio 2012, 15:38

Agora o nosso nome está escrito no Livro da Vida.
E existe no Céu, um livro para cada VIVO que VIVE no Filho de Deus, e no seu livro é escrito segundo as suas obras.
Bem aventurado é o nome de quem não é riscado do livro da Vida.
E o nome que for riscado, porque morto está, e os livros abrirão, e os mortos serão julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.

Gerson
ApdD

Considerando que os que tem seus nome arrolados no livro da vida tiveram suas dívidas pagas, porém continuam errando em muitas coisas, pergunto:
Esses pecados geram novas dívidas? O que pensa sobre isso? Não há pagamento para estas?
Colher o que plantou não é um pagamento? Qual a relação "da graça", "na graça" ou "de graça" com os pecados cometidos posterior ao novo nascimento?

MM
avatar
Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 575
Idade : 38
Cidade/Estado : Varzea Grande MT
Religião : Cristão
Igreja : Congregação Cristã no Brasil CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 1108
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Gerson Witezak em Sex 25 Maio 2012, 18:28

A paz de Deus irmã Maria.


Acredito que João estava falando sobre isso mesmo em sua primeira carta cap 1. Vejamos:

5 E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas.
6 Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade.
7 Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.
8 Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.
9 Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.
10 Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.



João nos anuncia, a mensagem que de Cristo ele ouviu, dizendo que Deus é luz, e não há trevas nele, e que todos os que dizem, ter comunhão com Deus, e andam nas trevas, é mentiroso, e não pratica a verdade. Mas, se andamos na luz com Deus, temos comunhão com os irmãos, e o sangue de Jesus Cristo purifica todo pecado.

Até o verso 7 João fala que temos que andar na luz, e apartir do verso 8 João começa dizer assim: Se dissermos que não temos pecado, estamos enganando a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Mas, se confessarmos os nossos pecados, Jesus Cristo é fiel e justo para nos perdoar e nos purificar de todo pecado e injustiça.


Minha conclusão é esta:

Por causa deste tabernáculo de carne, o pecado ainda tem poder sobre nós, e por isso, quem dizer que não peca, se faz mentiroso, e a palavra de Deus não está nele.

Mais quem confessar seus pecados, e lutar contra o pecado, perseverar contra este corpo carnal, contra os seus dejesos, e se abster das coisas deste mundo, mais perto de Deus ele está, e mais longe do pecado ele fica; e se vier pecar, tem um advogado que o justifica, Jesus Cristo o justo e fiel.


avatar
Vasuilvan
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3182
Idade : 47
Cidade/Estado : BRASÍLIA
Religião : CRISTÄO
Igreja : ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 147
Pontos de participação : 10444
Data de inscrição : 17/11/2011

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Vasuilvan em Sab 26 Maio 2012, 18:04


Irmão NORBERTO, muito bela esta sua postagem trazida do outro FORUM, concordo plenamente com ela e queria enriquecê-la com algumas ponderações e acrescentos.

A lei é dada para que a Graça possa ser alcançada; a Graça é concedida para que a lei possa ser cumprida. Se a graça que você tem recebido não tem te capacitado a obedecer a LEI DE DEUS, procure melhorar esta sintonia com o Salvador.

Os judeus, querendo ser salvos pela lei, sem a Graça, erraram; hoje, os cristãos querem ser salvos pela Graça, sem a lei, erram também. As duas que juntas começaram a agir à entrada do pecado, juntas agirão, até a eliminação do mesmo.

A salvação unicamente pela Graça de Deus é oferecida aos que a aceitam pela fé. Mas a genuína experiência de Graça e fé resulta sempre em obediência à Lei de Deus.
A Graça encarnada deu-se com o advento de Jesus. Portanto, a Graça jamais deve ser comercializada, tem é que ser apresentada graciosamente.

A santa Lei de Deus tem sido desprezada hoje em dia, por boa parte de irmãos bondosos e sinceros, pelo desconhecimento de seu eterno papel, afirmando que a Graça inutilizou-a, tornando-a sem nenhum efeito. Essa crença originou-se da leitura destes textos:
João 1: 17 – “Porque a lei foi dada por Moisés; a Graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.”
Romanos 6: 15 – “...não estamos debaixo da lei, mas debaixo da Graça...”

Assevera-se assim que a Graça veio de Jesus para cá e portanto não devemos obediência à Lei Moral. Será assim mesmo?

É ensino óbvio das Sagradas Escrituras que a salvação dos homens é somente por meio da Graça (Efé. 2:Cool. Assim sendo, cabe de primeira mão uma pergunta: Se a Graça existiu apenas de Jesus para cá, como se afirma, que será dos homens do Antigo Testamento? Os grandes amigos de Deus, patriarcas, profetas e demais crentes que aguardavam a vinda do Messias! Certamente, se a Graça não existiu antes de Jesus, estão perdidos! Este é um raciocínio absurdo, porém cabível, dentro da aceitação de que a Graça só veio depois de Jesus que, segundo se pensa, cancelou a lei e estabeleceu a Graça.

Tenho certeza que todos os cristãos aceitam que estes santos do Antigo Testamento estão salvos. Agora, note: Se não existia Graça, foram salvos por quê? Lógico, se a Graça se manifesta através da fé em Jesus, e se Jesus só veio no Novo Testamento, estes homens foram salvos, então, pelas suas obras. Se assim é, como será no Céu? Haverá duas classes de santos? Os que se salvaram pelas obras (Velho Testamento) e os que se salvaram pela Graça (Novo Testamento)? Absurdo! Um grupo pelos seus próprios méritos e esforços se salvaram; o outro, pelos méritos de Cristo (Graça). Isso é uma blasfêmia, reduz o sacrifício de Jesus a uma posição bastante insólita. Não, A Graça antecede o advento de Jesus, veja:
“Ora, Aquele que é poderoso para vos confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério que desde tempos eternos esteve oculto.” Romanos 16: 25.

“E adoraram-na todos os que habitam sobre a Terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.” Apocalipse 13: 8.

“Que nos salvou, e nos chamou com uma santa vocação; não segundo as nossas obras, mas segundo o Seu próprio propósito e Graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos.” II Timóteo 1: 9.

É portanto a Graça uma verdade reiterada pelos apóstolos, e Paulo consolida o assunto de maneira clara e definida, afirmando categoricamente que a Graça é estendida a todos os homens em sentido genérico, e em todos os tempos, antes ou depois de Cristo, com estas palavras:
Tito 2: 11 – “Porque a Graça de Deus se há manifestada, trazendo salvação a todos os homens.”

Por conseguinte, todos serão salvos, só e exclusivamente pela Graça, e nada mais; desta forma não se pode acreditar na pregação de que ela só veio depois de Jesus, baseando-se em um versículo isolado.

A Graça já era plano de Deus antes mesmo da queda do homem, e a primeira revelação escrita da mesma, encontra-se em Gênesis 3:15, que foi a promessa de um Salvador. A partir daí os homens passaram a esperá-Lo pela fé. Portanto, desde o início da humanidade, precisamente com o primeiro casal, teve começo a operação da Graça. Noé também foi alvo da Graça de Deus. Gênesis 6:8.

Os que morreram antes de Cristo, que foram salvos, o foram pela fé no Salvador que havia de vir. Isso ia sendo lançado a débito de Cristo. Quando Cristo morreu, Seu sangue saldou essa velha dívida. Se foram salvos pela fé, óbvio é que foi pela Graça, não é?.

Hebreus 11 é a galeria dos salvos pela Graça (fé). Sim, porque a Graça é manifesta quando o homem exerce fé no sacrifício de Jesus.

Efésios 2: 8 – “Porque pela Graça sois salvos, por meio da fé...”
Assim sendo, no Céu só haverá uma classe de remidos. Qual? A dos salvos pela Graça, mediante sua fé no sacrifício expiatório de Jesus; patriarcas, profetas, discípulos e os crentes de todas as épocas.

Jó 19: 25 – “Porque eu sei que o meu redentor vive, e que por fim Se levantará sobre a Terra.”
Esta magistral declaração foi expressa milênios antes de Jesus nascer, e revela a clareza desta doutrina. Fica claro, então, que todos os que morreram antes de Cristo, sendo salvos, o serão exclusivamente pela Graça, mediante à fé sempre viva, demonstrada na esperança de um Salvador que havia de vir.

Não há, portanto, como se vê, o conflito entre Lei e Graça que hoje vêem muitos irmãos. Graça e Lei subsistiram juntas, e juntas co-existirão enquanto houver pecado; sabe por quê? A Lei e a Graça andam de mãos dadas, assim como dois namorados bem apaixonados.

Por que existe a Graça?
Você terá que responder: porque existe o pecado! Não há outra resposta. Certamente para haver Graça é mister que exista pecado. Porque caso contrário a Graça seria desnecessária. Como sabemos que existe pecado?
Paulo responde:
Romanos 5: 13 – “...mas o pecado não é imputado, não havendo lei.”
Romanos 4: 15 – “Porque onde não há lei também não há pecado.”

Consequentemente, se não houvesse uma lei que apontasse, mostrasse, revelasse o pecado, ele não existiria. Não é simples? Efetivamente a lei e a Graça estão irmanadas, caminhando juntas: A lei revelando o pecado na vida do homem, e a Graça trazendo o remédio para este pecado.

Fica claro, então, que a Graça antecede a presença física de Jesus nesta Terra. Ela passou a vigorar, após a transgressão à vontade expressa do Criador no Éden, por nossos primeiros pais.

Por isso, a Graça não nos exclui de guardar a Lei de Deus. Pelo contrário, sendo que é a lei que aponta o pecado, certamente se transgredirmos qualquer um de seus mandamentos, estaremos incorrendo no pecado (I S.João 3:4). Agradeçamos a Deus pela Graça que nos foi outorgada, mas vivamos de maneira que a lei em nada nos acuse.

UM CONSELHO – Os santos terão no fechamento da porta da Graça o caráter de Jesus, mas aqui na Terra, não no Céu. Assim é necessário que o moldemos aqui e agora. E qual é o elemento aferidor? A Lei de Deus dos Dez Mandamentos! Isaías 8: 20. Tiago 2: 10-12.

UMA CURIOSIDADE – Quando a Bíblia menciona que os remidos entoarão o cântico de Moisés e do Cordeiro (Apoc. 15: 3), você nunca se perguntou porque o cântico não é de João, Pedro ou Paulo? – Não é, porque é o cântico da Lei de DEUS(Moisés) e da Graça (Cordeiro). E assim, até neste detalhe Lei e Graça estão juntas!

UMA CERTEZA – O sangue de Cristo é o único meio de salvação, e a Lei Moral eternamente será o padrão de conduta do ser humano.

O apóstolo Pedro negou a Cristo, bem como fez de tudo para esconder sua própria identidade. Lembra-se? (Mateus 26: 31-35, 69-75). Nesse caso, a fé de Pedro, sem as obras (testemunho pessoal), foi absolutamente morta.


CRESÇAMOS NESTE ENTENDIMENTO A PAZ...
avatar
irmão Edson
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 271
Idade : 59
Cidade/Estado : Santo Andre- Sp
Religião : Filho de Deus
Igreja : meu teclado do computador
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -15
Pontos de participação : 287
Data de inscrição : 31/07/2010

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por irmão Edson em Dom 27 Maio 2012, 12:45

Paz , para todos os irmãos , gostaria de me contrapor , postando meus argumentos contrario a postagem do Jafer

Como amávamos as obras das trevas e odiávamos a Luz, Deus veio em socorro de sua criação contaminada pelo pecado e iniciou o processo de salvação. Não fomos nós quem escolhemos Deus, foi antes Ele quem escolheu a nós, o primeiro passo foi dEle e isso é claro em Efésios 2:5 que diz que nós

O engraçado de tudo isso que conforme todos pensam o Pai veio salvar o homem do pecado que ele mesmo julgou ,e condenou .
No Eden , segundo a concepção do Jafer , ele julgou a humanidade em Adão e a condenou a morte pelo pecado de Adão , como agora ele vem ao encontro dos pecadores? E os que morreram no dilúvio ?, E os demais que morreram ,? Jesus veio ao encontro dos que estavam mortos pela lei do Sinai , estavam mortos no seus pecados , porque pela lei se conhece o pecado , Jesus sim veio nos resgatar da lei que era o ministério da morte, O PAI , nunca falou com ninguém é invisível só aparece no n.t apresentado por Jesus .

Quando somos salvos pela Graça somos capacitados e ordenados a uma vida santa, íntegra, cheia do temor e poder de Deus, aprendendo a sermos moderados em tudo e sóbrios no nosso comportamento dando bom testemunho aos homens diante de Deus.

Palavras bonitas mas isso não é uma realidade , ninguém será justificado perante Deus por nenhuma obra , Deus encerrou todos na desobediência para usar de misericórdia com todos
Então a graça é um mérito nosso, somos então salvos porque somos santos , engraçado Paulo não diz isso , ele diz que sempre faz o que não quer.
De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim.
Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem.
Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço.
Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim.

Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo.
Romanos 7:17-21

não vivermos para a santa vocação para qual fomos chamados cairemos na condenação prescrita em Mateus 25:31-41

Ai que ér duro , esse versículo se trata de uma historia de um rei e seus súditos , parábolas não é uma realidade no reino dos céus , se Jesus condena quem não faz de assistencialismos coitado doss pobre e dos doentes , Paulo disse que se não tivermos amor ,ou seja, a mudança no nosso interior , mesmo se dermos a nossa fortuna para ser dividida aos pobres isso não valeria nada .
O Jafer acredita mais numa parábola do que na palavra de Jesus que disse que não veio para julgar o mundo mas sim para saLva-lo
Não seremos salvos por obras mas sim pelo amor incondicional de Deus .


Esta é a mesma Fé e Graça que são dons de Deus e que não vem de nós. Ela já operava naqueles dias, inclusive entre os levitas.

Pelo que eu sei Deus é imutável , no velho testamento ele era irado , vingativo , para perdoar os pecados tinha que aspergir sangue de animais , quantos milhões de animais foram sacrificados para esse deus ?, Esse era a fé que se tinha no sacerdócio levitas , que ele manda não matar mas tem uma na sua contabilidade milhões de mortes , ele fala para não adulterar e da as virgens dos despojos de guerras paras os soldados Israelitas . Me poupe desta fé !
avatar
irmão Edson
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 271
Idade : 59
Cidade/Estado : Santo Andre- Sp
Religião : Filho de Deus
Igreja : meu teclado do computador
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -15
Pontos de participação : 287
Data de inscrição : 31/07/2010

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por irmão Edson em Dom 27 Maio 2012, 12:52

.
Pecado de Adão versus a Graça de Jesus .

Adão foi o primeiro homem feito em carne , que pecou e por esse ato contaminou a humanidade com o pecado e por conseqüência a morte .
Jesus foi o primeiro homem que embora fosse feito em carne como Adão , mas que gerou com a sua morte a geração de homens espirituais .
Conseqüências dos atos de Jesus e Adão
Romanos 9 :15
Adão : Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa. Porque, se pela ofensa de um morreram muitos,
Jesus : muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça, que é de um só homem, Jesus Cristo, abundou sobre muitos.
Romanos 9:16
Adão: E não foi assim o dom como a ofensa, por um só que pecou. Porque o juízo veio de uma só ofensa, na verdade, para condenação,
Jesus : mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação.
Romanos 9:17
Adão : Porque, se pela ofensa de um só, a morte reinou por esse,
Jesus ; muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.
Romanos 9:18
Adão : Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação,
Jesus : assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida.
Romanos 9 :19
Adão ; Porque, como pela desobediência de um só homem,
Jesus ; muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.
Romanos 9 :20
Adão : Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse;
Jesus : mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça;
Romanos 9 :21
Adão : Para que, assim como o pecado reinou na morte,
Jesus: também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor

I Corintos 15 :21-22
Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem.
Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo
É óbvio a TODOS os que morrem em Adão são os mesmos que TODOS que serão vivificados em Cristo ! Sem pré – exigencia é mencionado para a todos que serão vivificados em Cristo , isso confirma a sua apresentação de salvador do mundo .

Deduções : Se o pecado de Adão atingiu toda a humanidade , independente da fé , ou querer , o sacrifício de Jesus na CRUZ , e em grau e intensidade , maior que transgressão de Adão , ele SUPER ABUNDOU , ou seja o sacrifício de Jesus pagou o preço dos pecados de todos com bastante sobra , não havendo pecado não há condenação , o corpo ressuscitado foi o corpo que Jesus comprou esse não herda nenhum pecado do corpo carnal , ou melhor , todos pecado do corpo carnal é pago com a morte , agora se o corpo ressuscitado paga pelos pecados do carnal , e uma dupla penalização , visto que a penalização é a mais cruel imaginaria , o corpo ressuscitado agora eterno peca eternamente , atormentado no inferno , pelo pecado do corpo carnal , que viveu poucos anos , no mínimo Absurdo !



Fé não deixa de ser um SACRIFÍCIO IDEOLÓGICO ,mais um tipo de obra humana pra salvação qe ja foi concebida
.
avatar
Vasuilvan
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3182
Idade : 47
Cidade/Estado : BRASÍLIA
Religião : CRISTÄO
Igreja : ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 147
Pontos de participação : 10444
Data de inscrição : 17/11/2011

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Vasuilvan em Sab 02 Jun 2012, 17:55


apesar de termos sido salvos pela maior graça, que foi o sacrifício de Yeshua, precisamos da lei para nos conduzir, capacitar, orientar, nos ensinar, nos adestrar, nos corrigir. Por quê? Porque Yeshua é a Palavra, o Verbo, a Lei que fala e trata do pecado.


A PAZ...
avatar
irmão Edson
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 271
Idade : 59
Cidade/Estado : Santo Andre- Sp
Religião : Filho de Deus
Igreja : meu teclado do computador
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -15
Pontos de participação : 287
Data de inscrição : 31/07/2010

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por irmão Edson em Sab 02 Jun 2012, 22:18

Vasuilvan
Veja bem irmão , a Paulo foi revelado o evangelho da graça , na estrada de Damasco , ali ele rompeu com a lei e com o dono dela , ele diz que o fim da lei é Cristo , que a lei é uma maldição e que tudo que ele aprendeu do judaísmo é um lixo ,a graça não é um extensão da lei ,ou uma nova compreensão dela ,mas sim sua extinção
avatar
Vasuilvan
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3182
Idade : 47
Cidade/Estado : BRASÍLIA
Religião : CRISTÄO
Igreja : ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 147
Pontos de participação : 10444
Data de inscrição : 17/11/2011

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Vasuilvan em Dom 03 Jun 2012, 08:41


Irmão Edson, algumas considerações a respeito do que postasse. queira DEUS consiga eu te expressar somente a verdade genuína de DEUS e não a minha.

Concordo contigo, pois acredito que ali, Paulo rompeu com aquilo que era provisório. cerimônias e sacrifícios para expiação dos pecados. Com os Mandamentos de DEUS jamais romperia Paulo, pois o seu próprio mestre assim não o fez como expresso em Mateus 5.

Num estudo mais acurado. Quando você diz, que o fim da lei é CRISTO. Esta passagem não quer te dizer isso, pois a palavra fim neste contexto não significa término, assim como você imagina. no seu original significa ( finalidade, alvo,foco, objetivo), faça uma releitura e contextualize corretamente e verá o que ainda não viu.

Para mim acreditar que Paulo está chamando os DEZ MANDAMENTOS de maldito, eu teria que acreditar que o evangelho de PAULO é cheio de contradições e equívocos. Pois ele mesmo cita que o Mandamento é SANTO e a lei é SANTA JUSTA E BOA.

CONCLUSÃO. As cerimonias para expiação dos pecados são malditas e passageiras e os Mandamentos que têm caráter eterno foram Santificados por DEUS. jamais DEUS retiraria uma bênção sua.

Para acreditar na extinção dos DEZ MANDAMENTOS DE DEUS, terei que acreditar que o pecado já não existe, pois o Mandamento só foi necessário por ocasião do pecado.

A PAZ...
avatar
irmão Edson
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 271
Idade : 59
Cidade/Estado : Santo Andre- Sp
Religião : Filho de Deus
Igreja : meu teclado do computador
País : Brasil
Mensagens Curtidas : -15
Pontos de participação : 287
Data de inscrição : 31/07/2010

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por irmão Edson em Dom 03 Jun 2012, 21:02

Para mim acreditar que Paulo está chamando os DEZ MANDAMENTOS de maldito, eu teria que acreditar que o evangelho de PAULO é cheio de contradições e equívocos. Pois ele mesmo cita que o Mandamento é SANTO e a lei é SANTA JUSTA E BOA.

A mesma Lei de que ele julga ser santa, justa e boa por não poder cumpri-la... vide: Romanos 7:12;

- Fora Jesus, ninguém é capaz de cumprir a Lei... porque fora Jesus, todos pecaram na condição de incapazes de cumprirem a Lei... vide: Romanos 3:5; 3:20; 4:14; 5:17; 6:20; 7:16.19; 8:3; 9:22; Hebreus 9:24-26.28; 10:2.10.12.14.18;
- Não há nenhum justo... todos são pecadores, ou seja, descumprem a Lei... exceto Jesus... pois se todos morrem, todos pecaram... vide: Romanos 2:12-13.23.25; 3:9-10.12.19; 4:14.25; 5:7.12.14; 7:10.14-15.17-19.25; 8:7; 10:5; Gálatas 3:11-12;

Assim sendo, Paulo afirma que Jesus libertou aos que nele crêem da morte, porque em Jesus não há pecado nem transgressão da Lei uma vez que através dele não há mais Lei para transgredir... vide: Romanos 5:8; 6:6-7; 8:2; I João 3:8; Gálatas 4:31;

Logo, se o homem é incapaz de cumprir a Lei, este se torna um pecador, pois o pecado é o descumprimento da Lei... Assim sendo, Hebreus 10:17, unicamente pode referir-se à abolição daquilo que tornava o homem pecador, a saber, a Lei que ele transgredia consecutivamente por ser incapaz de cumprir; além do mais, para quê Lei uma vez que os pecados não serão mais levados em consideração? Assim sendo, Romanos 2:25.27.29; 3:3.21.27-31; 7:14; 6:2-3; 8:6; 8:3-4.10; 9:30-31; 10:4; Gálatas 3:2-3.13.16-19.21-25; 4:4-5.31 e Hebreus 7:11.15-16.18-19.22; 8:13, é o fim da lei de toda a TORACH

Resumo ; como uma lei pode ser boa se é impossível de ser comprida , Pedro em atos 15 , descobriu que os gentis não podem ser sobrecarregados pela lei do Sinai , o problema dos ez mandamentos e que eles tinham penas para quem as transgredissem , ai vem a pergunta , quem tirou as penas do dez mandamentos ???


avatar
Vasuilvan
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3182
Idade : 47
Cidade/Estado : BRASÍLIA
Religião : CRISTÄO
Igreja : ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 147
Pontos de participação : 10444
Data de inscrição : 17/11/2011

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Vasuilvan em Dom 03 Jun 2012, 21:48


Amigo, fico feliz por suas considerações, li toda ela e poderia discorrer sobre cada item seu defendido e apresentar um outro entendimento completamente oposto do que você acredita, mas tão somente resolvi pegar uma passagem aleatoriamente e tentei analisá-la sob sua perspectiva.

Olha, amigo, te digo. SÓ JESUS NA CAUSA. por exemplo HEBREUS 10.17. Nem se eu me esforçar muito, não consigo ver ligação entre o que é tratado aqui com OS DEZ MANDAMENTOS. Se você tivesse lido o verso 18, veria claramente do assunto deste capitulo. exclusivamente cerimônias, sombras dos bens futuros, como diz no verso 1.

Na minha bíblia, continua a afirmação de que o salário do pecado é a morte. Se assim não fosse não constaria ali.

A PAZ...

Conteúdo patrocinado

Re: Qual a diferença entre salvação "de graça" e "pela graça"

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Qui 23 Nov 2017, 23:56