F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Compartilhe
avatar
Benedito Bernal
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2592
Idade : 52
Cidade/Estado : Extrema - MG
Religião : Agnóstico (creio em Deus e só)
Igreja : Deus não é religião e nem autor de livros
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 34
Pontos de participação : 5382
Data de inscrição : 09/12/2014

As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Benedito Bernal em Qui 01 Set 2016, 02:56


A Bíblia Sagrada foi dividida em capítulos no século XIII (entre 1234 e 1242), pelo teólogo Stephen Langhton, então Bispo de Canterbury, na Inglaterra, e professor da Universidade de Paris, na França.

A divisão do Antigo Testamento em versículos foi estabelecida por estudiosos judeus das Escrituras Sagradas, chamados de massoretas. Com hábitos monásticos e ascéticos, os massoretas dedicavam suas vidas à recitação e cópia das Escrituras, bem como à formulação da gramática hebraica e técnicas didáticas de ensino do texto bíblico. Foram eles que, entre os séculos IX e X, primeiro dividiram o texto hebraico (do Antigo Testamento) em versículos. Influenciado pelo trabalho dos massoretas no Antigo Testamento, um impressor francês chamado Robert d´Etiénne, dividiu o Novo Testamento em versículos no ano de 1551.

Até boa parte do século XVI, as Bíblias eram publicadas somente com os capítulos. Foi assim, por exemplo, com a Bíblia que Lutero traduziu para o Alemão, por volta de 1530. A primeira Bíblia a ser publicada incluindo integralmente a divisão de capítulos e versículos foi a Bíblia de Genebra, lançada em 1560, na Suíça. Os primeiros editores da Bíblia de Genebra optaram pelos capítulos e versículos vendo nisto grande utilidade para a memorização, localização e comparação de passagens bíblicas. Em Português, a primeira edição do Novo Testamento de João Ferreira de Almeida (1681) foi publicada com a divisão de capítulos e versículos.

http://www.ebiuniversal.com.br/?p=14830


Porque Deus que é perfeito já não facilitou a leitura dos livros sagrados dividindo-os em capitulos, versiculos e epigrafes desde o inicio ?

Ou NÃO ERA para dividir em capitulos e versiculos ?


Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;
E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.
Apocalipse 22:18,19


Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1582
Idade : 50
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 55
Pontos de participação : 3131
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Chico Costa em Qui 01 Set 2016, 07:19

Porque Deus não nos entregou a Biblia já impressa, numa tiragem inicial de ao menos 1000 exemplares?

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Jefté em Qui 01 Set 2016, 09:58

Olá irmãos

No princípio criou o Senhor Deus os céus e a terra.
E, a terra, após criada, Deus forma o homem do pó da terra, e o incumbe em cuidá-la; e a Adão coube em dar nomes aos animais, e a própria Eva; e assim foi.
Tudo então na terra, é feito pelos homens - até mesmo as pirâmides do Egito, que os de hoje não conseguem saber como se fez.

Por que então as Escrituras Sagradas (uma maravilhosa obra) se haveria de privar-lhe a participação (sua escrita, confecção, elaboração, divisão, guarda, cuidado em melhor fazer) para uma melhor utilização, conhecimento, memorização, e aplicação em suas vidas ????!!!!!
Eis aí o resultado:
Dividida em capítulos e em versículos - completamente mapeada para melhor absorção e aprendizado.
Amém!
avatar
Benedito Bernal
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2592
Idade : 52
Cidade/Estado : Extrema - MG
Religião : Agnóstico (creio em Deus e só)
Igreja : Deus não é religião e nem autor de livros
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 34
Pontos de participação : 5382
Data de inscrição : 09/12/2014

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Benedito Bernal em Qui 01 Set 2016, 10:02

@Jefté


Tudo então na terra, é feito pelos homens - até mesmo as pirâmides do Egito, que os de hoje não conseguem saber como se fez.

Inclusive a biblia !


Dividida em capítulos e em versículos - completamente mapeada para sua melhor absorção e aprendizado.

Ou seja, o HOMEM fez MELHOR QUE Deus !
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Gleison Elias em Qui 01 Set 2016, 19:27

--

Primeiro, Deus não criou nenhuma bíblia. É o conhecimento dos homens a respeito de Deus que foram escritos e demos nome de bíblia.

Segundo, que dividir em capítulos e versículos foi um retrocesso enorme. Eu mesmo prefiro citar mencionando autor, do que fazer lista exaustiva de versículos. Quando se cita apenas o livro, como era antigamente, o leitor tende a ler o CONTEXTO, e isso é de uma importância enorme.

avatar
Benedito Bernal
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2592
Idade : 52
Cidade/Estado : Extrema - MG
Religião : Agnóstico (creio em Deus e só)
Igreja : Deus não é religião e nem autor de livros
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 34
Pontos de participação : 5382
Data de inscrição : 09/12/2014

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Benedito Bernal em Qui 01 Set 2016, 20:22

@Gleison Elias


o leitor tende a ler o CONTEXTO, e isso é de uma importância enorme.

Isso mesmo ! Na época sem capitulos e versiculos, com certeza, não se fazia caminhos de rato para sustentar uma interpretação possivelmente tendenciosa !
Capitulos e versiculos favorece e MUITO a montar outros contextos que não o verdadeiro !

Max Sensi
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 254
Idade : 32
Cidade/Estado : Rio de Janeiro/RJ
Religião : Evangélico
Igreja : IEAD
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 14
Pontos de participação : 529
Data de inscrição : 07/10/2013

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Max Sensi em Qui 01 Set 2016, 21:27

Gleison, você fala com base no que você aprendeu. Mas os pentecostais, por exemplo, acreditam que Deus é o autor genuíno da Bíblia, uma vez que o Espírito Santo guiou os homens que a escreveram, como o próprio Moíses. E encontra-se base inclusive dentro da Própria Bíblia, como em 2 Timóteo 3:16.

E se nem os originais da Bíblia Deus nos deixou, pois o que temos são copias, ainda que de muitas copias dos textos originais —o que sustenta a confiabilidade da mesma. menos ainda Deus iria interferir na evolução do homem nas letras, pois na época não existia sinais de pontuação. A própria Vírgula nem existia.
avatar
Benedito Bernal
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2592
Idade : 52
Cidade/Estado : Extrema - MG
Religião : Agnóstico (creio em Deus e só)
Igreja : Deus não é religião e nem autor de livros
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 34
Pontos de participação : 5382
Data de inscrição : 09/12/2014

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Benedito Bernal em Qui 01 Set 2016, 21:41

@Max Sensi


Deus é o autor genuíno da Bíblia, uma vez que o Espírito Santo guiou os homens que a escreveram, como o próprio Moíses. E encontra-se base inclusive dentro da Própria Bíblia, como em 2 Timóteo 3:16.

As escrituras antecedem à biblia... E se Deus fosse autor, escreveria POR ELE MESMO ! Inspiração não é Deus ditando ao pé do ouvido.


E se nem os originais da Bíblia Deus nos deixou, pois o que temos são copias, ainda que de muitas copias dos textos originais —o que sustenta a confiabilidade da mesma. menos ainda Deus iria interferir na evolução do homem nas letras, pois na época não existia sinais de pontuação. A própria Vírgula nem existia.

Então quer dizer que Deus não É ONIPOTENTE ? Seu poder tem limite ?
Melhor seria usar seu poder para capacitar o homem a sempre ter acesso a lingua nativa com a qual foi escrito as escrituras, NO ORIGINAL !

avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Gleison Elias em Sex 02 Set 2016, 00:39

--

2 Timóteo 3:16 não fala da bíblia, fala dos livros que Timóteo lia. E sabe lá que livros são esses. Se for a Septuaginta, inclui Macabeus que nem você e nenhum pentecostal lê.

E, esse verso não qualifica todas escrituras como inspiradas, mas diz que Timóteo lia toda escritura [que é] inspirada.
São dois sentidos bem diferentes, e é justamente por causa da divisão de versos que as pessoas isolam o 16 e ficam com o sentido errôneo que você usa.
O primeiro sentido, o errado, dá aval para dizer que a bíblia toda e qualquer outro livro que eu quiser é inspirado.
O segundo sentido, o contextualizado, dá aval para dizer que nem todo livro é inspirado mas que devemos ler todos que são.

E na minha sincera opinião, as Escrituras que são inspiradas são as que dependem do AMOR, fora do Amor descarto tudo. Pois Deus é Amor, o que é inspirado nele tem Amor.
Como o próprio Cristo disse:

"Amai ao próximo como a ti mesmo." Disso depende toda Lei e Profetas (isto é, todas escrituras sagradas) !
avatar
Benedito Bernal
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2592
Idade : 52
Cidade/Estado : Extrema - MG
Religião : Agnóstico (creio em Deus e só)
Igreja : Deus não é religião e nem autor de livros
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 34
Pontos de participação : 5382
Data de inscrição : 09/12/2014

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Benedito Bernal em Sex 02 Set 2016, 07:47

@Adauto


E, esse verso não qualifica todas escrituras como inspiradas, mas diz que Timóteo lia toda escritura [que é] inspirada.
São dois sentidos bem diferentes, e é justamente por causa da divisão de versos que as pessoas isolam o 16 e ficam com o sentido errôneo que você usa.


Exato ! Está ai um bom exemplo do lado negativo de separar o texto em capitulos e versiculos.

Lembrando ainda que, Timóteo LIA AS ESCRITURAS e não a biblia !

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Jefté em Sex 02 Set 2016, 10:01

Na mensagem 4:
Benedito Bernal escreveu:
Jefté escreveu:Tudo então na terra, é feito pelos homens - até mesmo as pirâmides do Egito, que os de hoje não conseguem saber como se fez.
Inclusive a biblia !

Olá Benedito Bernal
Como vai?
Tudo bem?!
Sim, os homens é que fizeram tudo na terra, inclusive a Bíblia Sagrada - um livro um tanto histórico mas também profético - aliás, mais profético do que histórico.
Mas os homens não a escreveram sós; por exemplo, como poderia conter em toda a Escritura (desde os primórdios) coisas futuras, coisas a se ocorrerem neste mundo, como por exemplo se escreve de Enoque, o quinto depois de Adão:
Dizendo assim:
"E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos;" Judas 1.14

E também Noé - que construiu uma enorme arca, mediante a qual, condenou o mundo e se tornou herdeiro da justiça que é segundo a fé? (Heb. 11:5)
E, até o próprio Filho de Deus - para fazer em pessoa algo neste mundo teve que se fazer também homem, nascido entre eles.
E também o próprio Diabo, ao tomar as rédeas neste mundo se fará homem, o anticristo...


Benedito Bernal escreveu:
Jefté escreveu:Dividida em capítulos e em versículos - completamente mapeada para sua melhor absorção e aprendizado.
Ou seja, o HOMEM fez MELHOR QUE Deus !
Não seria essa a questão!
Deus fez o homem a sua imagem e semelhança.
E lhe muniu de capacidade e inteligência.
E são capazes de fazer múltiplas coisas e até obras complexas - embora se gloriem nas mesmas, mas toda a sua capacidade provém de um só: o Criador.
"Porque ele é tido por digno de tanto maior glória do que Moisés, quanto maior honra do que a casa tem aquele que a edificou. Porque toda a casa é edificada por alguém, mas o que edificou todas as coisas é Deus." (Heb. 3:3-4)
Assim sendo: Deus inspirou aos homens a escreverem a Escritura.
Quando a sua divisão, se é proibido por Deus alterar/tirar/acrescentar qualquer parte; mas dividi-la em capítulos e em versículos - é uma liberdade que o mesmo possui se assim concluir que é benéfico para seu estudo e aprendizado.
E, mesmo assim, toda essa capacidade também se provém do Senhor.
Se nós tanto utilizamos nossa inteligência para fazermos coisas prejudiciais, maléficas, e mortais porque não a podemos usar p/ o bem - ainda que a nós mesmos, quiçá não o desfrutemos?!!
Creio que isso se deu - hoje, nós, neste mundo de correria, sem tempo para fazermos as coisas - devido as muitas ocupações que já invadiram a nossa vida nos tomando de conta (as tecnologias, etc) como a divisão bíblica em capítulos e versículos nos é tão preciosa - embora aqueles que a desenvolveram praticamente quase não se beneficiaram da sua própria obra, como nós hoje.  

A Escritura Sagrada na antiguidade se encontrava num rolo (Salmos 40.7 - diz: "Então disse: Eis aqui venho; no rolo do livro de mim está escrito.")
Somente a partir do Cristianismo - devido a necessidade à leitura que os cristãos primitivos tinham, é que se deu origem ao livro na forma em que conhecemos hoje; os chamados "códices" de antigamente, e eram várias folhas de papel recortadas e postas uma por cima da outra, costuradas numa das bordas.
Assim conforme a humanidade vai caminhando sempre terá outras formas na apresentação aos livros, como o livro eletrônico, hoje e o e-book.

avatar
Benedito Bernal
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2592
Idade : 52
Cidade/Estado : Extrema - MG
Religião : Agnóstico (creio em Deus e só)
Igreja : Deus não é religião e nem autor de livros
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 34
Pontos de participação : 5382
Data de inscrição : 09/12/2014

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Benedito Bernal em Sex 02 Set 2016, 10:23

@Jefté

Tudo bem sim !

Você mesmo está AFIRMANDO e REAFIRMANDO que o HOMEM é INTELIGENTE para fazer coisas complexas que até outros não sabem como foi feito !
Inspiração, NÃO É DEUS DITANDO ao pé do ouvido, todos nós pensando nele somos INSPIRADOS a dizer ou refletir sobre ele e suas coisas ! Mas, se VEIO MESMO de Deus, é outra coisa, não tem como provar, por isto, praticamos FÉ que não É EVIDÊNCIA, COMPROVAÇÃO !

O que ESTÁ EVIDENTE é que as escrituras (que não é a biblia) foram ESCRITAS por HOMENS INSPIRADOS razão porque O AUTOR destas escrituras são Moisés, Lucas, Mateus, João, Paulo e etc... E NÃO DEUS  ! Deus POR ELE MESMO, ASSINARIA, não daria créditos a autores humanos !

As escrituras sagradas (que não é a biblia), CONTÉM experiências HUMANAS sobre Deus e de como os homens entendiam a Deus. Até HÁ palavras escritas que podem coincidir com o julgo e pensamento de Deus mas, DA BOCA DE DEUS não saiu um til sequer !

A biblia surgiu DEPOS DE DOIS MIL ANOS ou MAIS desde Moisés... A biblia NASCEU nos concilios católicos num clima que particularmente é sinistro por estar a politica também envolvida ! Depois de tantas cópias, traduções E TRANSLITERAÇÕES, não há como estar HOJE exatamente como foi escrito nos originais.


Faço das palavras do Viana as minhas no quote abaixo:


Viana escreveu:
Não entendo como que um "DEUS" QUE É TÃO PODEROSO, CAPAZ DE CRIAR OS CÉUS E A TERRA, NÃO PENSOU EM DEIXAR ALGO MAIS FÁCIL, MAIS ACESSÍVEL, MAIS COMPREENSÍVEL E DE FÁCIL ENTENDIMENTO, PARA TODOS OS POVOS, SIMPLES E HUMILDES (alguns até analfabetos), SEM QUE NECESSITASSE DE "INTERPRETES"?


Walker
- Adão / Eva -
- Adão / Eva -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 21
Idade : 45
Cidade/Estado : VNG
Religião : Católico
Igreja : Católica
País : Portugal
Mensagens Curtidas : 1
Pontos de participação : 53
Data de inscrição : 01/09/2016

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Walker em Sex 02 Set 2016, 11:30

Benedito Bernal escreveu:

Porque Deus que é perfeito já não facilitou a leitura dos livros sagrados dividindo-os em capitulos, versiculos e epigrafes desde o inicio ?

Ou NÃO ERA para dividir em capitulos e versiculos ?


Não era para dividir, até porque cada autor sagrado escreveu a sua obra isoladamente, não na perspectiva de que fizessem parte de um livro único. Mas com decisão, e acção, da Igreja Católica de agregar um conjunto escolhido de livros inspirados numa só obra, esta organização em capítulos e versículos serviu para facilitar a citação das passagens bíblicas. Como em tudo, há o verso da medalha e a tendência foi a referência isolada às passagens pelo trinómio livro-capítulo-versículo, que muitas das vezes leva a interpretações erradas da mensagem por estar descontextualizada. Por exemplo, as TJ usam e abusam dessa abordagem nas suas análises bíblicas, algumas das vezes com interpretações contrárias ao sentido geral do texto.

Já sobre a autoria, é de facto inspirada. Cada um dos autores escreve a partir da sua reflexão sobre a deidade e da oração. É dessa comunhão que Deus, através do Espírito Santo, inspira cada um dos autores a complementar a Revelação. Com as devidas ressalvas, poderíamos considerar Einstein um autor inspirado pois toda a sua descrição da natureza das coisas criadas (e conhecer esta é conhecer um pouco mais o nosso Deus), estava intrinsecamente ligada ao seu diálogo com Deus e à sua crença em encontrar a harmonia divina nos processos físicos.
avatar
Benedito Bernal
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2592
Idade : 52
Cidade/Estado : Extrema - MG
Religião : Agnóstico (creio em Deus e só)
Igreja : Deus não é religião e nem autor de livros
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 34
Pontos de participação : 5382
Data de inscrição : 09/12/2014

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Benedito Bernal em Sex 02 Set 2016, 11:38

@Walker

Gostei da sua conclusão moderada. Você captou muito bem o que é inspiração !

Max Sensi
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 254
Idade : 32
Cidade/Estado : Rio de Janeiro/RJ
Religião : Evangélico
Igreja : IEAD
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 14
Pontos de participação : 529
Data de inscrição : 07/10/2013

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Max Sensi em Sab 03 Set 2016, 19:02

Gleison, se essa passagem não serve para concluírmos que Deus não é o autor da Bíblia. Esta analise aqui, sim. Esse autor do texto, abaixo, fez uma bela análise.

A Origem da Bíblia

A Bíblia é a revelação de Deus aos homens: o Todo-Poderoso revelou-se à humanidade plenamente através de seu Filho Jesus Cristo – palavra viva; tornou-se homem para dar ao gênero humano uma idéia concreta, definida e palpável do que seja a pessoa que devemos ter em mente quando pensamos em Deus – Deus é tal qual Jesus.

Toda a Bíblia se desenvolve ao redor da bela história de Cristo e de sua promessa de vida eterna. Seu aparecimento na terra, indubitavelmente, é o acontecimento central de toda a história. Cristo é o Verbo Divino, a Palavra de Deus em ação, tema unificador: o assunto central da Bíblia.

O Antigo Testamento forneceu o cenário para o surgimento do Messias. O Novo, descreve-o com perfeição. Assim, Cristo se esconde no Antigo Testamento e é desvendado no Novo.

Os crentes anteriores a Cristo olhavam adiante com grande expectativa, ao passo que os crentes de nossos dias vêem em Cristo a concretização dos planos de Deus: o perfeito e harmonioso cumprimento da Bíblia.

Quem é o autor da Bíblia? Quem é seu real interprete?

Deus é o autor da Bíblia por excelência, e o Espírito Santo, seu real intérprete. Embora Deus seja o genuíno autor da Bíblia, inspirou cerca de 40 homens para escrevê-la. Esses homens tinham diferentes atividades, viviam distantes uns dos outros, tinham estilos e características distintas e eram provenientes de três continentes. O trabalho de todos levou pelo menos uns 1.500 anos – de Moisés ao apóstolo João.

Independente dessas circunstâncias, na Bíblia há um só plano, que de fato mostra que há um só autor divino, guiando os humanos. Isto é o que garante a unidade da revelação bíblica.

A formação do cânon sagrado

Você conhece a origem da Bíblia? Sabe como, em quanto tempo e, em quais condições ela foi formada? Sabe o que ela representa e sempre representará para a humanidade? A palavra “cânon”, expressão latina, deriva-se do termo grego kanõn, que significa literalmente “vara reta de medir” ou “régua de carpinteiro”. Em outras palavras, este termo denota um padrão de medida excelente e rigoroso. Aplicado às Escrituras o Cânon significa aquilo que serve de norma, regra de fé e prática. Deste modo, o Cânon Sagrado é uma coleção de livros que foram aceitos por sua autenticidade e autoridade divinas. Isto significa que os livros que hoje formam a Bíblia satisfizeram o padrão, ou seja, foram dignos de serem aceitos e incluídos. Os livros da Bíblia são denominados canônicos para não serem confundidos com os apócrifos, escritos não inspirados e não autorizados por Deus. O emprego do termo “cânon” foi primeiramente aplicado aos livros da Bíblia por Orígenes (185-254 d.C).

Como se formou, e em quanto tempo se completou o Cânon do Antigo Testamento?

O Cânon do Antigo Testamento foi formado num período aproximado de 1.046 anos – de Moisés a Esdras. Moisés começou a escrever o Pentateuco cerca de 1491 a.C., Esdras surge por volta de 445 a.C. Esdras, segundo a literatura judaica, na qualidade de escriba e sacerdote, presidiu um conselho formado por 120 membros chamado Grande Sinagoga. A Grande Sinagoga selecionou e preservou os rolos sagrados, determinando naquele tempo o cânon das Escrituras do Antigo Testamento (Ed 7.10,14). Foi essa mesma entidade que reorganizou a vida religiosa nacional dos repatriados e, mais tarde, deu origem ao supremo tribunal judaico denominado sinédrio.

A formação do Cânon se deu gradualmente

Antes mesmo de Deus ter ordenado a Moisés que escrevesse, pela primeira vez, um memorial a respeito da vitória de seu povo sobre os amalequitas, a Palavra de Deus já circulava entre os homens sob o método da transmissão oral: “Escuta-me, mostrar-te-ei; e o que tenho visto te contarei; o que os sábios anunciaram, ouvindo-o de seus pais, e o não ocultaram…” (Jó 15.17,18). Agora observe as evidências da formação do cânon na própria narrativa bíblica.

Moisés

Moisés começou a escrever o Pentateuco cerca de 1491 a.C., concluindo-o por volta de 1451 a.C. Não há evidência de que o homem tivesse a palavra de Deus escrita antes do dia em que Jeová disse a Moisés: “Escreve isto para memória num livro, e relata-o aos ouvidos de Josué…” (Êx 17.14). A memória de Amaleque seria riscada para sempre. Esse foi o juramento que fez o Senhor. O Todo-Poderoso queria que aquela vitória fosse registrada num livro para que Israel jamais se esquecesse daquele livramento, provisão e justiça divinos. Mais tarde, Deus haveria de configurar o Livro santo e reafirmar seus propósitos a Moisés: “Escreve estas palavras; porque conforme o teor destas palavras tenho feito aliança contigo e com Israel” (Êx 34.27). [grifo nosso]

Josué e Samuel

Josué (1443 a.C), sucessor de Moisés, escreveu uma obra que colocou “perante o Senhor” (Js 24.26). Samuel (1095 a.C), último juiz e profeta, também escreveu, pondo seus escritos “perante o Senhor” (1 Sm 10.25). Afinal de contas, o que significa escrever e colocar “perante o Senhor”? Sobre isto, Deus já havia instruído a Moisés: “E porás o propiciatório em cima da arca, depois que houver posto na arca o testemunho que te darei” (Êx 25.21). Tudo nos leva a crer que, naquele tempo, os livros sagrados eram depositados na Arca do Concerto à medida que iam sendo escritos. Deste modo, quem intentaria pelo menos tocar na santíssima Arca, onde o Altíssimo fulgurava sua glória? Deus havia arrumado uma forma bem original de preservar as Sagradas Escrituras.

Isaías

Isaías (770 a.C), profeta e conselheiro de confiança do rei Ezequias, afirma que suas inspiradas profecias se cumpririam cabalmente e estariam registradas por escrito no “Livro de Jeová”. Trata-se de explícita referência às Escrituras na sua formação: “Buscai no livro do Senhor, e lede…” (Is 34.16).

Salmos

Em 726 a.C. os Salmos já eram cantados: “Então o rei Ezequias e os príncipes disseram aos levitas que louvassem ao Senhor com as palavras de Davi, e de Asafe. E o louvaram com alegria e se inclinaram e adoraram” (2 Cr 29.30).

Jeremias

O Senhor ordenou a Jeremias (626 a.C) que registrasse sua promessa de trazer seu povo do cativeiro: “A palavra que do Senhor veio a Jeremias dizendo: assim diz o Senhor Deus de Israel: Escreve num livro todas as palavras que te tenho falado” (Jr 30.1,2).

Josias

No tempo do rei Josias (621 a.C), época em que o templo estava sendo reparado, o sacerdote Hilquias achou o “Livro da Lei” (2 Rs 22.8-10). Quando o Livro santo foi lido perante o rei, o grande monarca percebeu quanto o povo estava fora da vontade de Deus e renovou a aliança com o Senhor.

Este episódio é uma evidência da formação do cânon naquela época, porém, também patenteia-nos uma grande lição para os nossos dias. Quando a Palavra de Deus é relegada, o povo se corrompe.

Daniel

Daniel (553 a.C) refere-se aos “livros” (Dn 9.2). Eram os rolos sagrados das Escrituras de então.

Zacarias

Zacarias (520 a.C) declara que os profetas que o precederam falaram da parte do Espírito Santo (7.12). Não há aqui referências direta a escritos, mas há inferências. Zacarias foi o penúltimo profeta do Antigo Testamento, isto é, profeta literário.

Neemias

Neemias nos seus dias (445 a.C), achou o livro das genealogias dos judeus que já haviam regressado do exílio (7.5). Certamente havia outros livros.

Ester

Nos dias de Ester, o Livro Sagrado estava sendo escrito. Ester e Mardoqueu foram usados por Deus para livrar Israel do extermínio, intentado pelo maléfico Hamã. Para que esse feito fosse lembrado perpetuamente, instituíram e registraram “no livro” a festa de Purim: “… e escreveu-se no livro” (Et 9.32).

Nos dias de Jesus

Na época de Jesus, os 39 livros do Antigo Testamento já eram plenamente aceitos pelo judaísmo como divinamente inspirados. O Senhor referiu-se repetidas vezes ao Antigo Testamento, reconhecendo-o como a Palavra de Deus (Mt 19.4 e 22.29). Para se conferir a confiança que os escritores do Novo Testamento tinham do Antigo, basta conferir as centenas de citações da Lei, dos profetas e dos escritos feitos por eles.

Concluímos que, começando por Moisés, à proporção que os livros iam sendo escritos, eram postos no tabernáculo, junto ao grupo de livros sagrados. Esdras, como já dissemos, após a volta do cativeiro, reuniu os diversos livros e os colocou em ordem, como coleção completa. Destes originais eram feitas cópias para as sinagogas largamente disseminadas.

O Cânon do Antigo Testamento só foi realmente reconhecido e fixado no Concílio de Jâmnia em 90 d.C. Houve muitos debates acerca da aprovação de certos livros, porém, o trabalho desse Concílio foi apenas ratificar aquilo que já era aceito por todos os judeus através dos séculos.

Os livros apócrifos do Antigo Testamento

A palavra “apócrifo” significa, literalmente “escondido”, “oculto”, isto em referência a livros que tratem de coisas secretas, misteriosas, ocultas. No sentido religioso, o termo significa não genuíno, espúrio, suposto, ilegítimo. Os livros apócrifos foram escritos entre Malaquias e Mateus, ou seja, entre o Antigo e o Novo Testamento, numa época em que cessara por completo a revelação divina. Nunca foram reconhecidos pelos judeus como parte do cânon hebraico. Jamais foram citados por Jesus nem foram reconhecidos pela igreja primitiva. Apareceram pela primeira vez na Septuaginta, a tradução do Antigo Testamento feita do hebraico para o grego. Quando Jerônimo traduziu a famosa Vulgata, no início do século V, incluiu os apócrifos oriundos da septuaginta. São 11 os escritos apócrifos: sete livros e quatro acréscimos a livros. Os sete livros apócrifos constantes das Bíblias de edição católico-romana são: Tobias, Judite, Sabedoria de Salomão, Eclesiástico, Baruque, 1 Macabeus, 2 Macabeus. Os quatro acréscimos ou apêndices são: Ester (a Ester 10.4–16.24); Cânticos dos três santos filhos (a Daniel 3.24-90); História de Suzana (a Daniel cap.13); Bel e o Dragão (a Daniel cap.14). Em 1546, no concílio de Trento, a Igreja Romana aprovou os apócrifos (escritos que apoiavam seus falsos ensinos) para combater o movimento da Reforma Protestante.

O Cânon do Novo Testamento

Como no Antigo Testamento, homens inspirados por Deus escreveram aos poucos os livros que compõem o cânon do Novo Testamento. Sua formação levou apenas duas gerações: quase 100 anos. Em 100 d.C. todos os livros do Novo Testamento estavam escritos. O que demorou foi o reconhecimento canônico, isto motivado pelo cuidado e escrúpulo das igrejas de então, que exigiam provas concludentes da inspiração divina de cada um desses livros. Outra coisa que motivou a demora na canonização foi o surgimento de escritos heréticos e espúrios com pretensão de autoridade apostólica. Trata-se dos livros apócrifos do Novo Testamento.

Por que formar um cânon para o Novo Testamento?

Jesus foi o redentor de quem o Antigo Testamento deu testemunho. Suas palavras, segundo eles, não podiam ter menos autoridade do que a Lei e os Profetas. Convencidos disto, os cristãos as repetiam sempre e as colocaram na forma escrita que se tornou o núcleo do cânon.

O tempo estava passando. Enquanto a regra tradicional da “doutrina apostólica baseada nos ensinos de Cristo e na interpretação do seu trabalho” foi mantida, não houve necessidade de escrevê-la. Mas, com a morte dos apóstolos, um a um, a tradição oral tornou-se insuficiente. As dissensões nas igrejas também tornaram o apelo à palavra escrita tanto natural quanto necessário.

Nenhum livro podia ser declarado Escritura, se não contivesse as ênfases que o tornasse como tal. Prevalecia uma unanimidade surpreendente entre as igrejas quanto aos escritos que falavam convincentemente de Deus.

O cânon do Novo Testamento aumentou sob a orientação de um instinto espiritual, em lugar da imposição de uma autoridade externa. Os escritos aceitos eram de autoria daqueles honrados pela Igreja – Mateus, João, Paulo, Pedro – assim como de pessoas menos conhecidas, apoiadas por uma autoridade apostólica – Pedro por trás de Marcos, Paulo por trás de Lucas. Alguns livros levaram mais tempo para alcançar a canonicidade. O Cânon do Novo Testamento se fixou de forma quase universal no século IV d.C., com Atanásio de Alexandria (325 d.C.). No ano de 367 d.C. Atanásio enviou uma carta estabelecendo a lista dos livros sagrados que deviam ser lidos nas igrejas. Essa lista era exatamente a mesma que contém os atuais vinte e sete livros do Novo Testamento. Porém, o cânon neotestamentário só foi definitivamente reconhecido e fixado, quando uma lista idêntica a de Atanásio foi aprovada no concílio de Cartago em 397 d.C.

A Bíblia é fruto da mente de Deus

Concluímos que a Bíblia é como a construção de um grande prédio, em que há muitos operários empregados. Cada um sabe bem o seu ofício, porém todos dependem do plano do arquiteto. Ela é perfeita e harmoniosa. Embora tivesse havido tantos autores humanos, a unidade, simplicidade e singularidade da Bíblia indicam que houve uma só mente por trás de todas, a mente de Deus. Os autores humanos fornecem variedade de estilo e matéria. O autor divino garante unidade de revelação e ensino. Teólogos liberais, através da danosa Alta Crítica, fazem de tudo para colocar a Bíblia em descrédito. Chegam a sustentar que ela é uma espécie de história secular do esforço do homem por encontrar a Deus. Rejeitamos essa idéia com repugnância! A Bíblia é a Palavra viva de Deus que narra o esforço do Todo-Poderoso por revelar-se e salvar o homem perdido.

Marcos Tuler é pedagogo, bacharel em teologia, pós-graduado em docência superior, conferencista, articulista, professor e orientador pedagógico do Seminário Evangélico Boa Esperança no Rio de Janeiro.


Última edição por Max Sensi em Sab 03 Set 2016, 19:04, editado 1 vez(es)

Conteúdo patrocinado

Re: As escrituras sagradas não eram dividias em capítulos e versículos !

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sex 18 Ago 2017, 15:07