F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Por que Jesus quebrantava o sábado?

Compartilhe

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1696
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 38
Pontos de participação : 4088
Data de inscrição : 27/12/2008

Por que Jesus quebrantava o sábado?

Mensagem por Jefté em Seg 01 Jun 2009, 13:44

.
Por: Jefté

Por que Jesus quebrantava o sábado?

João 5:18: "Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não só quebrantava o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus".

Segundo a Bíblia, no Velho Testamento, em Êxodo 35:3 diz: "Não acendereis fogo em nenhuma das vossas moradas no dia do sábado".

E em Números 28:9-10 diz: "Porém, no dia de sábado, oferecerás dois cordeiros de um ano, sem defeito, e duas décimas de flor de farinha, misturada com azeite, em oferta de alimentos, com a sua libação. Holocausto é de cada sábado, além do holocausto contínuo, e a sua libação."

Podemos ver conforme os versos acima que no Velho Testamento, no sábado, não se fazia obra nenhuma, mas os sacerdotes aos sábados, no templo, ofereciam dois cordeiros e ofertas de manjares como holocausto do sábado, isto, mais o holocausto contínuo que era oferecido todo dia (inclusive no sábado), um pela manhã e outro pela tarde.
Ou seja, nos sete dias da semana eram oferecidos um cordeiro pela manhã e outro pela tarde (holocausto contínuo).
Porém, no sábado, alem do holocausto contínuo, eram oferecidos mais dois cordeiros - holocausto do sábado, em suma, o dobro do trabalho dos demais dias.

Jesus, no Novo Testamento chamou atenção aos escribas e fariseus, a esse ponto da Lei, quando os judeus queriam forçá-lo a guardar o sábado.
Disse Jesus: "Ou não tendes lido na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?"
E naquele mesmo sábado em que os judeus o questionavam, os sacerdotes o estavam por fazer, afinal era ordem da lei

O Senhor disse que na Lei, aos sábados, os sacerdotes no templo violavam o sábado, e ficavam sem culpa; como podemos ver nos versos acima (Números 28:9-10).

Interessante, os judeus nunca ousaram ou intentaram parar o trabalho dos sacerdotes no templo - para que eles não violassem o sábado por causa da própria Lei que os mandava violar pelo trabalho do templo, oferecendo os sacrifícios diários.
Mas queriam parar à força o Filho de Deus (o próprio Deus) ou, o Sumo Sacerdote Eterno (segundo a ordem de Melquisedeque) ou, o próprio Cordeiro de Deus (que tira os pecados do mundo).

Então por que haveria de parar a Sua obra por causa do sábado? Isso seria o mesmo que considerar os rituais dos sacerdotes no templo (lei cerimonial), mais importante do que o Senhor e Seu sacrifício. Sendo que, Ele ofereceu Sua vida inteira por nós, tendo como recompensa injuriosa e dolorosa morte, por nossos pecados.
E por que deveria guardar o sábado se os outros deviam violá-lo?
Acaso Ele seria menor que os levitas? e Seu sacrifício inferior ao de animais?

Então o Senhor diz-lhes que observassem a sua própria Lei: "Ou não tendes lido na lei que, aos sábados, os sacerdotes no templo violam o sábado, e ficam sem culpa?" (Mat. 12:5)
O Senhor nos deu a entender que: Se na Lei, os sacerdotes no templo violavam o sábado e ficavam sem culpa, muito mais Ele, pois, além de ser verdadeiro Sumo Sacerdote Eternamente (Sal. 110:4); de também ser o próprio Cordeiro de Deus (Is. 53:7b - João1:29b), ainda era o próprio Deus (Sal. 110:1).
Então, até perante a Lei do Antigo Testamento que já o constituia Sacerdote eternamente (Sal.110:4), Jesus que é maior do que os sacerdotes levitas, maior do que o Templo (Mat.12:6), e mais sublime do que os céus (Heb. 7:26b), não necessita guardar o sábado. Pois o Senhor trazendo a Nova Aliança, em sua vinda, era também a suma e o cumprimento da Velha Aliança.
Então, se os judeus ou quem quer que seja, não deviam parar os sacerdotes no templo no sábado (pelo respaldo da própria Lei), porque ofereciam sacrifícios de animais (os quais jamais podem salvar o pecador), não purificam a alma, não apagam os pecados nem dão vida eterna.

Também não poderiam querer parar ou acusar a Jesus por fazer qualquer coisa no sábado, pois o Senhor tem maior e mais firme respaldo perante a Lei para ser livre no sábado - pois, sendo Senhor até do sábado, também se ofereceu santo e puro, imaculado e incontaminado, sem pecados, para morrer por nossos pecados, para nos purificar, expiar nossas iniquidades, nos tirar do aguilhão da morte, do poder e do império de Satanás; morrendo por nós, tomando nosso lugar, recebendo o salário do pecado por nós.
Para, em Sua ressurreição, nos ressuscitar juntamente consigo para habitarmos nas regiões celestiais em Cristo Jesus.
E também com Sua morte, sem pecado, introduzir no mundo, no homem, trazendo ao homem, a ressurreição, a ressurreição dos mortos; e um dia, nos levantar do pó, e nos levar a Deus, ao Seu Deus. Amém!

E a nós, ou a todos os que estão em Cristo. Todos quantos fazem parte nesta palavra: "Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo". (II Cor. 5:17)
Ou nesta: "Paz seja com todos vós que estais em Cristo Jesus." (I Ped. 5:14b)

Todos os que estão em Cristo Jesus, sendo o Senhor infinitamente maior do que o templo; e tendo um sacerdócio eterno, levando muitos filhos à luz; nos fazendo reis e sacerdotes para Deus, pelo mesmo ministério do Senhor e amparo da Lei, também não precisamos guardar o sábado, pois Ele nos fez sacerdotes para Deus e seu Pai. (I Ped. 2:5, Apc. 1:6)
"Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo". (I Ped. 2:5)
"E nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém". (Apc. 1:6; Apc. 5:10)

Por isso, sabemos que o Senhor não proibiu seus discípulos por colherem espigas no sábado, pois o Senhor (com Seu ministério, muito sublime e eterno, com melhores promessas, e sendo Ele muito maior do que o templo) os dava amparo. (Mat. 12:1-6)
"Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente, quanto é mediador de uma melhor aliança que está confirmada em melhores promessas". (Heb. 8:6)

Assim seja.
Paz de Cristo!

    Data/hora atual: Ter 21 Nov 2017, 10:06