F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Compartilhe

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 2130
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Sex 14 Abr 2017, 13:54

ODEBRECHT PEDIU A PASTOR EVERALDO PARA AJUDAR AÉCIO EM DEBATE DE 2014






O executivo Fernando Reis afirmou em depoimento de delação premiada que a empreiteira Odebrecht orientou em 2014 o então candidato a presidente Pastor Everaldo (PSC) a ajudar o candidato do PSDB, Aécio Neves, em um debate entre os presidenciáveis realizado durante a campanha.

Reis não informa qual foi o debate nem se Aécio tinha conhecimento do pedido. Segundo ele, o objetivo da empresa com a manobra foi “dar mais visibilidade” para o candidato tucano durante o debate e ajudá-lo a garantir vaga no segundo turno para disputar com a então presidente Dilma Rousseff, que concorria à reeleição.

Em nota enviada nesta sexta-feira (14), o Pastor Everaldo afirma que sua campanha "foi bastante modesta, com gastos de R$ 1,4 milhão" e que as doações "obedeceram a legislação vigente". "A campanha deixou dívidas que estão sendo pagas até hoje", diz o texto.

A nota afirma ainda: "A atuação política do Pastor Everaldo sempre foi pautada pela defesa do Estado mínimo e da família. É absolutamente fantasiosa a afirmação de que as bandeiras da campanha de 2014, ou a participação do Pastor, em qualquer debate, tenham sido influenciadas por uma empresa."


Valor

Fernando Reis afirmou que a Odebrecht repassou R$ 6 milhões para a campanha de Pastor Everaldo, a quem disse ter sido apresentado pelo ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

De acordo com o delator, após a morte de Eduardo Campos, candidato a presidente pelo PSB, os votos da comunidade evangélica migraram para Marina Silva, que o sucedeu como candidata. "Aí, ele [Everaldo] praticamente desapareceu nas pesquisas", disse.

Segundo Reis, Pastor Everaldo “tinha uma rixa com o PT”, partido de Dilma Rousseff, e “a ideia” da Odebrecht com o pedido de ajuda foi “ajudar Aécio a chegar num segundo turno”.

"Como a gente se sentia credor por ter contribuído tanto para a campanha dele, nós sugerimos a ele que usasse o debate sempre para perguntar ao candidato Aécio porque aí daria mais tempo ao Aécio. E analisando a transcrição do debate do primeiro turno se nota que ele fez perguntas absolutamente simples e inócuas para que o candidato Aécio pudesse ter tempo na televisão", afirmou.


Reis disse que a Odebrecht não tinha um candidato de preferência, "mas existia a intenção de ajudar aos dois [Dilma e Aécio] e eu acho que a ideia nesse momento era ajudar o Aécio a chegar ao segundo turno".

O delator afirma que a empresa concluiu depois que a contribuição à campanha de Everaldo foi “muito grande para quem tem muito pouco para dar”.

“A gente achou que ele poderia ter uma grande quantidade de votos. Mas foi uma avaliação completamente errada”, disse.


Em nota, o senador Aécio Neves afirmou que participou de todos os debates, respondendo todas as perguntas de candidatos. Ressaltou que não tinha informações sobre doações feitas pela Odebrecht a outras campanhas.

"Registramos ainda que, em suas delações, Marcelo Odebrecht e Benedicto Júnior afirmaram que o candidato do PSDB não recebeu uma contribuição da empresa no valor de R$ 15 milhões porque se recusou a receber recursos no exterior.

Na delação, Marcelo declarou também que doações eleitorais feitas ao senador Aécio Neves não tiveram qualquer tipo de contrapartida", informou a assessoria do senador.


http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/odebrecht-pediu-ajuda-de-pastor-everardo-a-aecio-durante-debate-de-2014-diz-delator.ghtml

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1605
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Chico Costa em Seg 17 Abr 2017, 09:05

Adauto escreveu:Dilma é a reserva moral? A situação então, é complicadíssima.

O PT se resume a figura do Lula. Acabou o Lula, acabou o PT.

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1605
Idade : 51
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 56
Pontos de participação : 3185
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Chico Costa em Seg 17 Abr 2017, 14:07

"E como o Temer não tem nada a ver com isso? Na campanha, ele arrecadou R$ 20 milhões de um total de R$ 350 milhões. Nós pagamos integralmente todas as despesas dele. Jatinhos, salários de assessores, advogados, hotéis, material gráfico, inserções na TV”. (Dilma Rousseff, em entrevista à Folha, confessando que roubou, mas que atropelou o Código Penal com Michel Temer como co-piloto)

http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/sanatoriogeral-abraco-da-afogada/

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1605
Idade : 51
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 56
Pontos de participação : 3185
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Chico Costa em Seg 17 Abr 2017, 15:23

E Paulinho-inho Henrique Amorim, cheio de filistinina, chuta Lula

http://www.imprensaviva.com/2017/04/petistas-comecam-abandonar-lula-apos.html

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2130
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5408
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Seg 17 Abr 2017, 16:35

Não vou dizer que o Conversa Afiada não seja de esquerda. É sim e também anti tucano principalmente.

Mas volta e meia ela se posiciona contra o PT, contra a Dilma, contra o Lula não é a primeira vez, contra os desacertos do PT, do Lula, da Dilma, do tal Zé da Justiça, etc. etc. etc.

As pessoas deveriam ter leituras mais diversas para se posicionarem melhor.

Pouco leio e ultimamente nem leio blogs petistas como também não leio Veja, Época, Globo e seus jornais.

Eu ia postar esse vídeo do PHA sobre o Lula, não o fiz por falta de tempo. Mas aí está a isenção do jornalista.




Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1605
Idade : 51
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 56
Pontos de participação : 3185
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Chico Costa em Seg 17 Abr 2017, 16:39

Isenção ou falta de pagamento?

Para manter um site tão tolo no ar, queimando o filme como profissional, só com muita grana.

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2130
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5408
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Seg 17 Abr 2017, 16:55

Temer, à vontade, diz que golpe saiu por chantagem não atendida.

A confissão de Michel Temer – feita para que se acredite no inacreditável, que o presidente da Câmara agiu isoladamente no golpe – de que Eduardo Cunha colocou em votação o processo de impeachment da Presidenta da República apenas porque o PT (ele não diz, mas também Dilma) se recusaram a dar três votos que o absolveriam no Conselho de Ética do parlamento é estarrecedora.

Um homem de algum caráter, ainda mais porque era o beneficiário direto de um impedimento da Presidente, não tinha o direito de tratar de algo tão grave como se fosse uma conversinha íntima destas que a gente tem, não concorda, mas deixa para lá, por desimportante.

O que Temer está dizendo é que se rompeu o processo democrático por simples mera chantagem para beneficiar um escroque, flagrado de posse de contas obscuras na Suíça. E ele diz isso candidamente, como se fosse um episódio normal, até um folclore da política.

Michel Temer porta-se como quem tem a canalhice como naturalidade. Não tem padrão moral para dirigir um boteco, o que dirá o quinto maior país do mundo.

Ganha a companhia de uma crônica política, na grande mídia que partilha, contra seus inimigos, deste mesmo padrão ético: “é, isso é triste, mas nos deu a alegria do impeachment”. É ela que permite que um desclassificado moral faça isso impunemente.

Sabe aquilo tudo que você teve de ouvir sobre “pedaladas fiscais”, operações de crédito em desacordo com a Lei de Responsabilidade Social, tudo isso servido ao molho de Lava Jato? Conversa fiada, o impeachment , nas palavras de Temer, é fruto da retaliação de um corrupto a quem não lhe quis ceder à chantagem e garantir sua impunidade.

Assista o trecho de sua entrevista á Band e veja que não há exagero em dizer a Temer, de fato, cabe a frase sobre a ousadia dos canalhas.






http://www.tijolaco.com.br


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2130
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5408
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Seg 17 Abr 2017, 17:08

Cada vez mais, sinais de que a Odebrecht conspirou contra Dilma


POR FERNANDO BRITO · 17/04/2017


A matéria, hoje, no Congresso em Foco (http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/marcelo-odebrecht-mandou-recado-a-dilma-ela-cai-eu-caio/), na qual o ex-diretor da Odebrecht João Nogueira diz que o empresário Marcelo Odebrecht, ex-presidente do grupo, fez ameaças a Dilma Rousseff para tentar frear as investigações da Operação Lava Jato, é mais um sinal de que há, entre a empresa e o PT uma relação de ódio, não de cumplicidade como se transmitiu à opinião pública.

Segundo o delator, Marcelo sinalizou que revelaria documentos sobre repasses ao caixa dois da campanha de 2014, na qual Dilma e Temer se reelegeram. “Ela cai, eu caio”, teria dito o empresário em mensagem de celular em poder dos investigadores.

Ora, Marcelo foi preso quase um ano antes da deposição de Dilma e, portanto, a mensagem é anterior á sua prisão, pois não poderia tê-la mandado desde o cárcere. A ordem do raciocínio, pois, é inversa: “eu caio, ela cai”.

Na versão do delator, o herdeiro da Odebrecht queria que Dilma interferisse no caso, induzindo o STF a afastar o caso de Sérgio Moro. E está claro que que se irritou com o fato de que ela não o fez. Ou seja, Dilma não tomou – e quem a conhece sabe que não o faria, qualquer iniciativa para obstruir a Justiça, mesmo que uma justiça caolha e autoritária como a que se faz na Lava Jato.

A pergunta – que as fartas contribuições aos adversários da ex-presidente (o interno, Temer, e o externo, Aécio) só fazem tornar mais instigante – é o quanto as delações, que vieram após a deposição de Dilma, contêm de vingança e de retaliação a quem, na visão deles, poderia ter travado o processo que os incriminou.

Outras indagações ocorrem – aliás, só não ocorrem, aparentemente, à mídia e aos procuradores e ao juiz Moro – se havia uma relação de promiscuidade financeira pesada, da ordem de, pelo menos, dezenas de milhões de dólares, é que não houvesse, para o mesmo fim, um canal de comunicação do Michel Temer.

A Odebrecht vai, cada vez mais, assemelhando -se a um papel de Cunha-2: formalmente, uma aliada; na prática, uma conspiradora que saiu tosquiada de todo este processo e, agora, dá seu abraço de afogado a seus desafetos.

Ou, no mínimo, se presta a boneco de ventríloquo, que articula, falsamente, aquilo que seus manipuladores querem que seja dito.


http://www.tijolaco.com.br

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2130
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5408
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Seg 17 Abr 2017, 17:26

É pior: Temer presidiu, em seu escritório, sessão para tomar US$ 40 mi

Por Fernando Brito


Escritório político de Temer, na Avenida Antônio Batuíra (para quem não se lembra era Batuíra um dos apelidos de Eliseu Resende na planilha da Odebrecht) em São Paulo, no Alto de Pinheiros, no dia 15 de julho de 2010, às 11h30.

Esse foi o momento do roubo que Dilma Rousseff desconfiava, segundo o depoimento de Marcelo Odebrecht, enfocado no post anterior.
Leia aqui: http://www.tijolaco.com.br/blog/odebrecht-avisou-temer-que-dilma-desconfiava-que-ele-roubava/

Michel Temer estava à cabeceira da mesa em que se acertou o pagamento de US$ 40 milhões de propina relativos a 5% de um contrato da empreiteira com a Petrobras.
Leia aqui: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/04/1875185-temer-foi-a-reuniao-em-que-se-cobrou-propina-de-us-40-mi-diz-delator.shtml

Em volta dele, Rogério Araújo, outro executivo da Odebrecht, e os então deputados federais Eduardo Cunha (RJ) e Henrique Eduardo Alves (RN), todos do PMDB, além do lobista João Augusto Henriques.

O ex-executivo, então presidente da Odebrecht Engenharia Industrial, Márcio Faria da Silva diz que ali se acertou o tal contrato da Petrobras que despertou as suspeitas de Graça Foster e de Dilma Rousseff , que seria adjudicado em favor da companhia e que o PMDB contaria com ajuda financeira para campanha política, o que foi concordado por Temer”, escreveu no termo escrito que entregou.

O valor? Nada menos que o equivalente da US$ 40 milhões, ou R$ 120 milhões.

Diz a Folha:

Segundo seu relato, Temer afirmou que qualquer problema com ela seria resolvido pelos “rapazes”, Eduardo Cunha e Henrique Alves. “Sinalizando para o colo dele, disse que os dois rapazes iam resolver os assuntos necessários de interesse do PMDB.”

Outros delatores da Odebrecht confirmaram a versão de Márcio Faria, com a apresentação de documentos de pagamentos no Brasil e no exterior.


Michel Temer está morto. E a autópsia mostra como Eduardo Cunha chegou à presidência da Câmara e ele à presidência da República.




www.tijolaço.com.br


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2130
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5408
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Seg 17 Abr 2017, 17:38

Odebrecht avisou Temer que Dilma desconfiava que ele roubava




“Eu pedi para o Cláudio Mello (executivo de Relações Institucionais da Odebrecht e promotor do jantar com Michel no Jaburu), que tinha relação com os caciques do PMDB, para avisar lá, faça chegar no ouvido de Temer que ela (Dilma Rousseff) está desconfiada de que algumas pessoas do PMDB – inclusive ela pode estar desconfiada dele – de que recebeu valores. Eu falei: Cláudio, eu não sei quem foi, agora faça chegar nos ouvidos dele só para ele ficar avisado”

Esta é a declaração – literal – de Marcelo Odebrecht sobre uma complicada história de propinas pagas ao PMDB (Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, os achacadores) num contrato da Odebrecht com a Petrobras, vinculado à Diretoria Internacional da empresa.

Marcelo diz que José Sergio Gabrielli, em 2010, aprovou o contrato, mas abriu uma sindicãncia interna que, na gestão de Graça Foster, teve seus resultados enviados para o Ministério Público.

Marcelo diz que isso originou uma violenta briga entre ele e a presidente da empresa, que foi parar nos ouvidos de Dilma Rousseff, que o interpelou para saber quem estava roubando. E ele saiu pela tangente – e mandou dar o recado a Temer – dizendo que também havia gente do PT envolvida, informação que só depois obteve ou encomendou.


Basta o episódio para mostrar que não é em Dilma que uma investigação séria deve mirar. Marcelo Odebrecht, em suas próprias palavras, agiu como cúmplice do então vice-presidente, até porque só poderia mandar avisar alguém que supusesse ser o chefe dos achacadores.

Gabrielli e Graça fizeram a investigação e esta a remeteu para o Ministério Público.

Não foi “pedido de ajuda” para a campanha, foi achaque.

Que teve dinheiro para a política vindo da Odebrecht, claro, ninguém é besta de negar.

O que está evidente, pelas palavras de Odebrecht, é que Dilma – e seus diretores na Petrobras – tentaram apurar. E ele, com o aviso a Temer, tentou esconder.


www.tijolaço.com.br

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2130
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5408
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Seg 17 Abr 2017, 17:51

"Entrevista: Luis Nassif comenta 1 ano do golpe"




Em 17 de abril de 2016, tem início a última fase do golpe parlamentar-midiático-jurídico no país com a votação, na câmara dos deputados, do impeachment da presidente Dilma Roussef, eleita com mais de 54 milhões de votos. Nessa ocasião, a consolidação do processo de impeachment culminou com o sequestro dos votos de eleitores, brasileiros, que acreditavam na democracia recém conquistada no país e, por isso, compareciam diante das urnas periodicamente a fim de eleger seus representantes.

Esse princípio foi traído e o resultado imediato desse golpe, após a usurpação do voto, foi o início da pauperização e a retirada relâmpago de direitos fundamentais da maioria da população brasileira, que já vivia em condições precárias e limites antes do golpe.

Sem o mínimo de decência, competência e coragem para redistribuir entre os mais ricos os custos da crise nacional, o governo Temer e sua equipe econômica ameaçam a população com mais perdas, caso o pacote de destruição de direitos das classes trabalhadoras não seja aprovado na íntegra.

“Se a reforma da Previdência não sair, tchau, Bolsa Família“, estampava o site oficial do PMDB.

Não se envergonham ao sugerir:

“Olhem, se vocês não aceitarem a chibata teremos de bater com cabo de aço. Aí sim vocês vão ver como dói! Pelo bem do país, e de vocês mesmos, ofereçam docilmente seus lombos!”

Trata-se de mais um pacote de violências que sempre acompanha historicamente as chamadas medidas econômicas no país, mas agora o governo não se envergonha, ao contrário, se orgulha em manifestar abertamente que caberá exclusivamente ao trabalhador os custos da crise e do golpe. Sim, um golpe custa caro, porque é preciso recompensar todas as forças que o apoiaram e, de todas elas, a única excluída explicitamente foi a dos despossuídos, fora dos circuitos da acumulação e da riqueza e dependentes de sua própria força de trabalho.

A oikonomia gerencial dos que aparentemente estão apenas administrando a crise promete gerar um acúmulo de capital sem precedentes nas mãos de poucos, à espera de converter isso em poder político sem legitimidade.

Isso encontra hoje, no parlamento, uma usina de criação de mecanismos de acúmulo de fortunas, formas especulativas de patrimonialização de verbas e bens públicos que consagraram e institucionalizaram a submissão de boa parte da população brasileira à hordas de criminosos de terno que, ou roubam e não fazem ou fazem para roubar. Não existe, nunca existiu, o tão propalado e resignado ‘rouba mas faz.’

A votação do impeachment no dia 17 de abril de 2016 foi um espetáculo infame, mas flagrou de maneira extraordinária, quais as forças que ainda devemos enfrentar.

Hoje, o governo Temer já manifestou claramente à que veio. Ele aprofundará a crise, estancará a tímida distribuição de renda, alijará os trabalhadores de direitos e arrancará, de boa parte da população, a possibilidade de viver e sonhar. Milhões serão condenados ao trabalho em troca da mera sobrevivência. (AQUI)

Sen em governos anteriore,s avaliávamos as conquistas sociais como ainda tímidas para uma das nações mais desiguais do mundo, hoje tudo foi reduzido drasticamente a zero.

Em poucos meses, assistimos o retrocesso da população pobre à estágios anteriores de miserabilidade, o aumento do número de desempregados da ordem de milhões, o desrespeito aos direitos humanos se esparramando em todo país e projetos de venda de patrimônios nacionais sem precedentes (AQUI).

Antes do golpe, muitos já adiantavam que ele seria mais profundo e devastador do que o golpe civil-militar de 1964. Eles estavam certos. Ao longo dos últimos 14 anos de democracia, o país provou ser capaz de sair de sua condição de subalternidade diante dos países ricos, estabeleceu novos acordos e alianças capazes de empalidecer as relações de mera subserviência entre norte e sul e principiou um processo de crescimento que previa, ainda que lentamente, o combate ao abismo econômico e social entre classes.

Hoje isso acabou. Hoje, fora do país, a imagem do Brasil e dos brasileiros gera desconfiança e suspeita como país. Somos um país sem democracia, sem justiça, sem futuro. De líder inconteste da América do Sul o país retorna à sua irônica posição da República das Bananas conferido pelo olhar estrangeiro. Aturdido pelo mesmo golpe que recentemente sofreu o Paraguai.

Todavia, é fundamental destacar que no lugar onde tudo termina, nasceram e se fortaleceram movimentos, grupos, instituições e indivíduos que se insurgiram lá onde não havia esperança e onde a descrença medrava. Muitos já existiam, mas suas ações foram investidas de sentido e importância inconteste e crescente.

Não desistiram, mesmo quando o golpe se concluiu e um vazio e silêncio pairou sobre os resistentes. Mesmo assim continuaram a representar a esperança, a avançar nas redes, nas ruas e continuaram a existir como sinais de esperança cujos lampejos apontam caminhos.

Após um ano todos estão vivos, outros surgiram, muitos se fortaleceram.

Psicanalistas pela Democracia homenageia alguns deles – são muitos – postando semanalmente, a partir de hoje – 17 de abril -, dia oficial do Golpe, as conversas e entrevistas realizadas com alguns desses atores que representam hoje os contrafogos do incêndio que todos os dias se prepara.

Desejamos que nossos leitores, colaboradores e parceiros se sintam contemplados e presenteados com essa iniciativa e os estimulamos a seguir nossos homenageados nas ruas, propostas, iniciativas, sites, blogs e páginas que alimentam, e a somar com eles e com outros, na esperança de repor e aprofundar a democracia recém usurpada, mas ainda profundamente desejada por muitos de nós.

Saudações,

Psicanalistas pela Democracia (Organizadores)


http://contrapontopig.blogspot.com.br/

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1605
Idade : 51
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 56
Pontos de participação : 3185
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Chico Costa em Ter 18 Abr 2017, 07:57

Edison escreveu:Odebrecht avisou Temer que Dilma desconfiava que ele roubava



desconfiava tanto que, só de pensar, tinha surtos de diarreia.

"Dilma ignorou aviso de Marcelo ao justificar 'pressa', após sair do banheiro"

http://br.blastingnews.com/politica/2017/04/dilma-ignorou-aviso-de-marcelo-ao-justificar-pressa-apos-sair-do-banheiro-001604169.html

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1605
Idade : 51
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 56
Pontos de participação : 3185
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Chico Costa em Ter 18 Abr 2017, 08:00

Edison escreveu:
Pouco leio e ultimamente nem leio blogs petistas como também não leio Veja, Época, Globo e seus jornais.



E o pior de tudo é o seguinte:

Parece que o pouco que você lê se resume a esgotosfera de sites pelegos do PT.

Vide as centenas de mensagens que postou do tal de tijolaço.

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2130
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5408
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Ter 18 Abr 2017, 10:14

Os personagens são os de sempre…

Por Fernando Brito





Reparem os personagens do maior escândalo de corrupção do século passado, que está na árvore genealógica deste que estamos vivendo.(Aliás, a reeleição é um motivo a mais para precisar de “caixa”)

Na hora de contar com quem ia “abafar” a compra de votos para aprovar a reeleição, não tem prá niguém: Michel Temer, Eliseu Padilha, Geddel Vieira Lima.

Íris Rezende está, aos 83 anos, em Goiânia, onde é prefeito. e só foi lembrado como um dos menores da lista da Odebrecht, onde era identificado pelo apelido de “Babão”.

Mas o núcleo está intocado, há mais de 20 anos.

De onde vinha o dinheiro para comprar votos, a R$ 200 mil ( R$340 mil, hoje, corrigidos pelo IPCA) ?

A Odebrecht contribuiu ou foi algum outro grupo “agradecido” om as privatizações.

Há vinte anos atrás, decerto, ainda não havia Ministério Público, Polícia Federal e jornais no Brasil, não é?

Ah, já tinha?

Ainda bem que ficamos todos escandalizados e, afinal, restauramos a moralidade, não é?


http://www.tijolaco.com.br

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2130
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5408
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Ter 18 Abr 2017, 10:28

Cunha deixa desculpas de Temer nuas na praça





A Folha publica os dois pontos da “nota oficial” de Eduardo Cunha, diretamente da cadeia curitibana. Ambos deixam sem chão as desculpas usadas por Michel Temer para fugir da delação da Odebrecht que o apontou como o “presidente” de um acerto de US$ 40 milhões por um contrato na Petrobras e a segunda em que, “casualmente”, ficou sabendo que Cunha decidira aceitar os pedidos e por em marcha o impeachment de Dilma Rousseff.

Sobre a reunião, claro que sem se inculpar no achaque, o ex-presidente da Câmara diz que foi Temer quem marcou a reunião com os executivos da Odebrecht, dando a entender que o então candidato a vice-presidente sabia tudo o que envolvia a gorduchíssima “contribuição financeira ao PMDB.

Na questão do impeachment, é ainda pior: Cunha diz que os termos do despacho que autorizou o início dos ritos de impedimento foram “preparado por advogados de confiança mútua, foi debatido e considerado por ele (Temer) correto do ponto de vista jurídico”.

“O verdadeiro diálogo ocorrido sobre o impeachment com o então vice-presidente, às 14 horas da segunda-feira, 30 de novembro de 2015, na varanda do Palácio do Jaburu, 48 horas antes da aceitação da abertura do processo de impeachment foi submeter a ele o parecer que aceitava o impeachment”

Temer é um cínico desmascarado. Tão vil que, a rigor, não merece sequer a confiança de seus cúmplices. Nem mesmo a ética dos bandidos tem.


http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/04/1876245-cunha-diz-que-reuniao-com-odebrecht-foi-agendada-diretamente-com-temer.shtml

www.tijolaço.com.br

Chico Costa
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1605
Idade : 51
Cidade/Estado : Gravataí/RS
Religião : Sem Religião
Igreja : Sem Igreja
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 56
Pontos de participação : 3185
Data de inscrição : 02/01/2012

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Chico Costa em Ter 18 Abr 2017, 11:06

Não entendo esse pessoal. Parece que se pegar um estuprador hoje, não vale prende-lo se ele já estuprava mulheres ha 20 anos atras e estava impune até então.

É uma indignação meu esquisito, para não dizer outra coisa.


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2130
Idade : 66
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5408
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Edison em Ter 18 Abr 2017, 12:03

Tucano hipócrita: “Quanta honra o destino me reservou”, disse deputado em voto decisivo; um ano depois, é acusado de lavagem de dinheiro e corrupção




Delação da Odebrecht: Bruno Araújo é suspeito de lavagem de dinheiro e corrupção passiva e ativa

Ministro das Cidades é citado em inquérito em que é suspeito de ter recebido R$ 600 mil da Odebrecht. Em nota, ele afirma que pediu doações de empresas e manteve ‘relação institucional’ com elas.


O ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB-PE), será investigado pela Procuradoria Geral da República (PGR) pelos crimes de corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro no âmbito da operação Lava Jato. Ele é suspeito de ter recebido R$ 600 mil da empreiteira Odebrecht para agir em favor da empresa no Congresso quando era deputado federal.

Araújo está na lista de políticos que serão alvos de novos inquéritos após o ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizar a investigação com base nas delações de ex-executivos da Odebrecht. Na lista, aparecem 9 ministros, 29 senadores, 42 deputados e 3 governadores.

Segundo o depoimento de quatro delatores da Odebrecht – João Antônio Pacífico Ferreira, Benedicto Barbosa da Silva Júnior, Cláudio Melo Filho e Luiz Eduardo da Rocha Soares – o ministro das Cidades recebeu repasses em dinheiro não contabilizados no valor de R$ 600 mil da empreiteira Odebrecht entre 2010 e 2012, quando ainda era deputado federal.

Os valores, ainda segundo as denúncias, foram entregues a pretexto de doação eleitoral. De acordo com o inquérito, o então deputado agiu em defesa dos interesses da empreiteira no Congresso Nacional. No pedido de abertura de inquérito feito pelo Procurador-Geral da República, há indícios de que Araújo praticou os crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e corrupção ativa.

Em nota enviada pelo ministério das Cidades, Araújo afirma que pediu doações para diversas empresas conforme a lei eleitoral, inclusive para a Odebrecht e que manteve uma “relação institucional com todas essas empresas”. “Em todo o meu mandato, sempre atuei em prol de interesses coletivos. Atuei de acordo com a minha consciência”, disse no comunicado.

Araújo foi escolhido para assumir a pasta de Cidades no governo de Michel Temer em maio de 2016. O político e advogado pernambucano já foi eleito deputado federal três vezes e foi líder da oposição e do PSDB na Câmara.

Na Câmara dos Deputados, Araújo ganhou projeção em 2015, quando se tornou líder da oposição. Forte opositor de Dilma, ele usava as redes sociais constantemente para criticar o governo petista. Ele foi o responsável por dar o voto decisivo, de número 342, que autorizou o prosseguimento para o Senado do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Segue..........http://www.viomundo.com.br/galeria-dos-hipocritas/depois-quanta-honra-o-destino-me-reservou-disse-deputado-que-deu-voto-decisivo-no-impeachment-e-agora-e-acusado-de-lavagem-de-dinheiro-e-corrupcao-ativa-e-passiva.html


http://g1.globo.com/politica/operacao-lava-jato/noticia/delacao-da-odebrecht-bruno-araujo-e-suspeito-de-lavagem-de-dinheiro-e-corrupcao-passiva-e-ativa.ghtml

Conteúdo patrocinado

Re: IMPEACHMENT da Presidente DILMA Vana Rousseff - Relatório da Comissão e demais fases do julgamento

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Qua 13 Dez 2017, 07:14