F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


  • Novo Tópico
  • Responder ao tópico

Deus Não Está Morto 2: elenco fala sobre o desafio de ser cristão

Compartilhe
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4295
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17339
Data de inscrição : 17/11/2008

Deus Não Está Morto 2: elenco fala sobre o desafio de ser cristão

Mensagem por Norberto em Seg 04 Abr 2016, 10:13

.
Deus Não Está Morto 2: elenco fala sobre o desafio de ser cristão


“Muitas vezes, como cristã eu sinto que se eu fosse de uma religião diferente haveria mais respeito pelos meus valores, minha fé e minha igreja”, Melissa Joan Hart.


Na próxima quinta-feira (07/04) estreia o filme Deus Não Está Morto 2 nos cinemas. Distribuído pela California Filmes a produção propõe ao cristão a importância de defender sua crença e encorajar as pessoas para que “Antes, santifiquem Cristo como Senhor no coração. Estejam sempre preparados para responder a qualquer que lhes pedir a razão da esperança que há em vocês”, como está escrito em 1 Pedro 3:15.

Além disso, traz no elenco nomes como Melissa Joan Hart (Sabrina – Aprendiz de Feiticeira), Jesse Metcalfe (Dallas), Hayley Orrantia (Os Goldbergs), Ernie Hudson (Os Caça-Fantasmas), Sadie Robertson (Os Reis dos Patos), Fred Dalton Thompson (Lei & Ordem), Maria Canals-Barrera (Os Feiticeiros de Waverly Place) e Ray Wise (RoboCop e Star Trek).
“Estamos a cerca de um passo à frente das manchetes”, diz Chuck Konzelman, co-roteirista do longa-metragem, pois para ele é uma questão de tempo a ficção se tornar realidade. No entanto, a expectativa de todos os envolvidos no filme é exatamente mudar essa perspectiva.

Hayley Orrantia, que interpreta Brooke Thawley, a aluna que faz a Grace a pergunta sobre Jesus e desencadeia o processo legal, diz que ela está satisfeita “finalmente estamos falando sobre esse assunto polêmico e perguntando: ‘Por que não podemos falar sobre esses tipos de coisas na sala de aula?’”

Melissa Joan Hart, que estrela o longa, declara “Muitas vezes, como cristã eu sinto que se eu fosse de uma religião diferente haveria mais respeito pelos meus valores, minha fé e minha igreja”.

Jesse Metcalfe, que interpreta o advogado de defesa de Grace nomeado pelo tribunal, Tom Endler, concorda com sua colega que a questão que retratam no filme está presente no cotidiano da sociedade. E ele também concorda que é um problema e diz, “eu não acho que qualquer tipo de doutrina religiosa deva ser forçada à ninguém, mas ao mesmo tempo eu não acho que nós devemos reagir com tanto exagero e sermos tão sensíveis diante da simples menção do nome de Deus em um espaço público”.

Maria Canals-Barrera, declara “é assustadoramente realista ter uma história na qual a fé de alguém é levada a julgamento, infelizmente. Eu acho que a tolerância verdadeira e sincero respeito é: ‘Eu não concordo com você, mas eu respeito a sua escolha, e eu vou coexistir pacificamente com você porque vivemos em um país que honra a liberdade, incluindo a liberdade religiosa’”.

Canals-Barrera sabe o que está falando. Assim como acontece com Hart. Embora, elas nunca tenham sido levadas ao tribunal por terem expressado a fé cristã, elas – como atrizes de Hollywood – já passaram por situações de desconfiança e sofreram ‘censuras’ por suas crenças.

Hart diz ter uma cruz tatuada na parte de trás de seu pescoço e que, dependendo do tipo de reunião que ela precisa participar, ela cobre a tatuagem com seu cabelo. “Eu não quero ofender ninguém”, diz ela, “mas eu também não quero fugir de quem eu sou”. Ela acrescenta “precisamos lembrar as pessoas de nossos valores fundamentais e realmente nos agarrarmos a isso”.

Solomon, co-roteirista de Deus Não Está Morto 2, concorda e diz “o que estamos tentando explicar às pessoas nesses filmes é: ‘Olha, nós somos 60% a 85% do país. Se você apenas continuar cedendo o tempo todo, eles vão tomar esse espaço, e esta cultura, que é supostamente inclusiva vai nos excluir e vai tentar livrar-se de nós’”.

No entanto, o produtor do longa Michael Scott declara “a minha esperança é desenvolver um exército de pessoas que podem falar sobre sua fé de forma inteligente, e realmente levar isso para o mundo”.

Os exibidores estão abrindo ao público a possibilidade de fazer reservas de sessões exclusivas para grupos, com valores especiais para o filme Deus Não Está Morto 2. Basta enviar um e-mail para deusnaoestamorto2@californiafilmes.com.br

Fonte: GospelPrime

.
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4295
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17339
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: Deus Não Está Morto 2: elenco fala sobre o desafio de ser cristão

Mensagem por Norberto em Sex 09 Set 2016, 12:33

.
Protagonista de “Deus Não Está Morto” conclui filme sobre ateu que se converte


Let There Be Light é considerado a sequência não oficial da franquia


O ator Kevin Sorbo, cuja carreira ficou marcada pelo papel de Hércules na televisão, teve um recomeço de carreira em 2014. Após o grande sucesso de “Deus Não Está Morto”, ele se tornou um dos grandes nomes nos filmes cristãos.

Tanto Deus Não Está Morto quanto a sequência Deus Não Está Morto II foram filmados com orçamentos pequenos e deram grandes retornos. O primeiro arrecadou mais de US$ 60 milhões e custou apenas US$ 2 mi. A segunda parte, lançada em 2016, custou US$ 5 mi e rendeu US$ 20 milhões nas bilheterias.

Ambos abordam o conflito entre as pessoas de fé e as instituições ateístas que procuram ridicularizá-los. Sorbo acabou de filmar seu terceiro filme com temática cristã seguido: Let There Be Light [Haja Luz]. Sua esposa, Sam Sorbo, foi a coautora da história que fala sobre um famoso ateu que se converte a Jesus após uma experiência de quase-morte.

Sam acredita que o novo longa é quase um “Deus não está morto 3”, pois é um fruto direto. Afinal, no primeiro filme Sorbo interpreta o Dr. Radisson, professor de filosofia ateu que força seus alunos a assinarem uma declaração dizendo: “Deus está morto”.

A esposa de Kevin explicou que a ideia de escrever sobre isso veio após o sucesso do marido nos dois filmes da franquia “Deus está morto”. “Certo dia eu fiquei pensando: o que aconteceria se o maior ateu do mundo viesse a conhecer a Jesus?”.

Para o casal, conta ela, “Foi uma surpresa entender o tanto de apoio que uma história de fé podia receber”. Também causou impacto em suas vidas o encontro que Kevin teve com uma mulher em um aeroporto. Ela veio até ele e disse: “Esse filme mudou minha vida. Eu era muçulmana, mas agora sou cristã. Recentemente fui batizada com minha filha”.

A roteirista diz que naquele momento entendeu: “Temos de fazer mais esse tipo de filme”. Let There be Light custou 3 milhões de dólares e seu lançamento está previsto para dezembro de 2017. Com informações de AL

Fonte: GospelPrime

.
  • Novo Tópico
  • Responder ao tópico

Data/hora atual: Qui 22 Jun 2017, 20:56