F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Deve-se servir ao Exército de Cristo à própria custa?

Compartilhe

MateusAlcântara
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Número de Mensagens : 369
Data de inscrição : 22/01/2013

Re: Deve-se servir ao Exército de Cristo à própria custa?

Mensagem por MateusAlcântara em Seg 09 Fev 2015, 15:51

Gerson, a palavra "piedade" no novo testamento vem do grego "theosebos", que significa devoção a Deus. Por isso você vê expressões em como "homens piedosos" no novo testamento.

O que Paulo quis dizer aí é o que hoje vivenciamos nas igrejas: a chamada Teologia da Prosperidade. Paulo está condenando a ideia de que alguém enriqueça materialmente por causa da piedade (devoção a Deus). Em outras palavras, não é porque sou piedoso a Deus que terei lucro, muito dinheiro, muitos bens etc. Mas sim, pela minha piedade (devoção) meu lucro deverá ser com contentamento. Ou seja, devo me contentar com os bens que tenho sem esperar que vou enriquecer por isso, como os gananciosos Valdemiro Santiago, Edir Macedo e outros fazem.

O que Paulo quis ensinar nessa passagem é o que vemos o autor de Hebreus sumarizando: "Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes, porque Ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei". (Hb 13:6)

Quanto à burocracia, bem, poderia ser mais árduo pra Igreja, mas pelo menos os "soldados de frente" estariam segurados.

Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Número de Mensagens : 4295
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: Deve-se servir ao Exército de Cristo à própria custa?

Mensagem por Norberto em Seg 09 Fev 2015, 17:00

.
Participação do Abraão Pereira de Sousa, sobre o tema, publicada em:
https://br.groups.yahoo.com/neo/groups/forumevangelho/conversations/messages/29060



Todas a armas, recursos.. Vem do proprio exercito q o alistou..

Abraão Pereira de Sousa

.
avatar
Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 575
Idade : 38
Cidade/Estado : Varzea Grande MT
Religião : Cristão
Igreja : Congregação Cristã no Brasil CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 1108
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Deve-se servir ao Exército de Cristo à própria custa?

Mensagem por Gerson Witezak em Ter 10 Fev 2015, 15:50

A paz de Deus MateusAlcântara.

Temos que entender a "piedade" conforme o texto nos apresenta!
Vou te responder conforme o entendimento do texto, de 1 Timóteo cap.6
Usei esse texto (cap.6) para mostrar o significado do contexto (cap.5) onde fala sobre a duplicada honra.

De certa forma seu entendimento não está errado, mais não pode julgar que Paulo esta falando somente da "teologia da prosperidade".
Esse assunto abrange muito mais que só a teologia da prosperidade; a teologia da prosperidade é apenas uma peça do quebra cabeça!

Quando Paulo fala sobre: "Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade"

A doutrina que Cristo nos deixou é segundo o operar da piedade!
Como Cristo mesmo disse: "de graça recebestes, de graça dai."
E João testificou: "E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça."

Porque se alguém anuncia Cristo querendo receber algo em Troca, o tal esta conforme Paulo descreveu: "É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas,
Perversas contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais."


Se eu anuncio a Cristo, sou um pregador, sou um ministro, e busco receber algo em troca disso, estou privado da verdade, cuidando que a "doutrina que é segundo o operar da piedade" seja causa de Ganhar, de Lucrar, de ter direitos sobre todos; E nisso está a soberbia do homem, onde nasce questões e contendas, invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas.

Mais os que anuncian a Cristo pregando a palavra sem o sentimento de receber nada em troca, antes dar de graça o que de graça recebeu, então o tal ministro está enquadrado na "doutrina que é segundo a piedade", e pela mesma piedade, e pela mesma doutrina, esse ministro encaixa-se nos seguintes versos: "Mas é grande ganho a piedade com contentamento. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.
Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.
Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão.
Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas."


Espero ter ajudado numa pequena porção do que é "doutrina segundo a piedade".
avatar
Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 575
Idade : 38
Cidade/Estado : Varzea Grande MT
Religião : Cristão
Igreja : Congregação Cristã no Brasil CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 1108
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Deve-se servir ao Exército de Cristo à própria custa?

Mensagem por Gerson Witezak em Ter 10 Fev 2015, 16:02

A paz Norbeto.

Sobre: Todas a armas, recursos.. Vem do proprio exercito q o alistou..

Abraão Pereira de Sousa


Todas as armas vem do Senhor dos exercitos:
Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.

Efésios 6:11-13


Se as Armas vem de Deus, que díremos pois do recursos?

Gerson Witezak.
avatar
Luiz da Rocha
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 157
Idade : 37
Cidade/Estado : Nenhum/Nenhum
Religião : Cristã
Igreja : 1 Timóteo 3:15
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 4
Pontos de participação : 228
Data de inscrição : 18/11/2014

Re: Deve-se servir ao Exército de Cristo à própria custa?

Mensagem por Luiz da Rocha em Dom 15 Fev 2015, 13:55

Gerson escreveu:Mas é grande ganho a piedade com contentamento.
Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele.
Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.
Mas os que querem ser ricos caem em tentação, 

A honra (o honorário) não é estipulada, é adquirida segundo a doutrina da piedade!

É Deus quem opera nos corações!

Gerson, A passagem é uma admoestação para aqueles que "querem ser ricos" e "amam ao dinheiro", querendo enriquecer pessoalmente da obra. Obviamente, numa carta que especifica funções na Igreja essa passagem fala da renda financeira na Igreja, e daqueles que querem receber mais para ganho enriquecimento pessoal, ou seja, não estão satisfeitos com seus honorários na Igreja. Querem estar na Obra por dinheiro. A sua tese de não estipular salário específico é inclusive o que promove o enriquecimento, pois os pregadores que ganham fortunas, ganham de porcentagem das ofertas e não do dízimo. Este último que geralmente é utilizado pelas Igrejas como sustento para as Igrejas e não para bonus para os pregadores. 


E o trabalho secular que você tem não é para ganhar dinheiro? Você trabalha para o mundo por dinheiro! E você servindo ao mundo não paga 30% de imposto obrigatórios sobre o seu salário para o governo (E se for uma empresa, um comércio, também não paga impostos? E não tem funcionários?), e nesse caso estaria provado que todo dízimo vem por fé mesmo, já que legalmente o único trízimo (ou mais) que vc é obrigado a pagar são os impostos seculares, o dízimo da Igreja quem dá da por fé e não por obrigação. 

E vc não trabalha mundanamente para ganhar além do simples sustento e vestimenta, ou é só isso que vc tem na sua casa? E ainda que você assumisse que essa passagem se refere apenas ao que é provido pela Igreja já estaria confirmando que a passagem afirma que a Igreja provia sustento e vestimenta. Portanto, se você busca trabalho secular muito provavelmente vc recebe e possui mais do que a passagem indica como o limite de contentamento. Ou seja, o que é pior, trabalhar na obra e ganhar o sustento dela ou trabalhar no mundo por dinheiro para si, dedicando o seu tempo a esse trabalho e se vangloriar por ter um trabalho dedicado ao ganho financeiro? Mais uma vez:

Aquele que supre a semente ao que semeia e o pão ao que come, também lhes suprirá e multiplicará a semente e fará crescer os frutos da sua justiça.
(2 Corintio 9:10 NVI)

E ainda:

O serviço ministerial que vocês estão realizando não está apenas suprindo as necessidades do povo de Deus, mas também transbordando em muitas expressões de gratidão a Deus. Por meio dessa prova de serviço ministerial, outros louvarão a Deus pela obediência que acompanha a confissão que vocês fazem do evangelho de Cristo e pela generosidade de vocês em compartilhar seus bens com eles e com todos os outros.
(2 Corintios 9:12-13 NVI)

Cada um contribui da forma como lhe é dado e possível, para a obra de fé. Se vc trabalha secularmente, que você trabalhe para o proveito do Reino dos Céus. Se você trabalha evangelizando, que você se dedique nisso para o proveito do Reino dos Céus. O que você acha que isso aqui quer dizer: "Milita a boa milícia da fé"? Será que quer dizer, se dedique a um emprego mundano para ganhar dinheiro para si mesmo?

E o que realmente você quer dizer com doutrina da Piedade? Pois piedade é se devotar a uma vida santa, a Deus, não ao mundo por dinheiro. DA mesma forma que vc tenta estabelecer uma moral para o ganho na obra, a mesma seria atribuída para o trabalho secular. Pois se não vale ganhar dinheiro na obra, como alguém justifica trabalhar secularmente por dinheiro?

Mais uma vez, ninguém está defendendo o enriquecimento próprio de pregadores, para viver no luxo. Mas alguém que evangeliza pode precisar de recursos não apenas para o seu sustento, mas para evangelizar, para dedicar a obra em si! E você defende que os pregadores virem comerciantes...

Sobre a honra na passagem de Timóteo, é estipulada em dobro, não é um valor financeiro específico, é o dobro do que os outros recebem, como está escrito.

Outra coisa que me causa estranheza, é você combater tanto o dízimo (que você julga como sendo algointrinsicamente obrigatório,) para a Igreja, pois prega a Graça, ou seja, vida pela fé, e ao mesmo tempo levanta a maldição de Adão (de trabalhar na terra!), como sendo obrigatória? Me parece contraditório e confuso. Porque não procura defender o interesse do evangelho, e a dedicação, da forma que for possível, dos recursos para isso?

Gerson escreveu:Se as Armas vem de Deus, que díremos pois do recursos?

Gerson, reflita, e você trabalha por dinheiro porque então? Porque não larga esse emprego que te provém os recursos e vai evangelizar?

Márcio
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1142
Idade : 44
Cidade/Estado : Porto Alegre - RS
Religião : Cristão
Igreja : Batista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 51
Pontos de participação : 2808
Data de inscrição : 17/04/2010

Re: Deve-se servir ao Exército de Cristo à própria custa?

Mensagem por Márcio em Ter 21 Abr 2015, 11:15

Paulo questionou: "Quem serve num exército à sua própria custa?" 1 Corintios 9:7

Deve-se servir ao exército de Cristo à própria custa?


Cristo tem um exército?

Márcio


Conteúdo patrocinado

Re: Deve-se servir ao Exército de Cristo à própria custa?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Qui 29 Jun 2017, 13:00