F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Compartilhe

Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Número de Mensagens : 575
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Gerson Witezak em Ter 26 Nov 2013, 13:00

Gleison escreveu:Essa "eternidade" da língua portuguesa não existe nem no hebraico nem no grego.

O que existe, e é traduzido como tal, é algo como "perpetuidade".

A eternidade bíblica portanto, pode ao máximo significar algo sem fim, para sempre, perpétuo, mas não algo sem começo.

Se assim não fora, seria impossível, Deus ser pai da eternidade.

Não existe uma eternidade não Bíblica, e outra Bíblica Gleison Elias...

Estamos falando sobre a verdadeira Eternidade, a qual é Eterna. Não consegue ver isso?

Para nós, homens que estamos presos a um raciocínio no "tempo", é impossível pensar que Deus seja o Pai da Eternidade, algo sem começo nem fim. Exatamente porque esse tipo de raciocínio sai fora dos nossos parâmetros.
Nunca diga: "Seria impossível".
Oque para nós é impossível, para Deus é possível!

Vejo que você tem apenas 18 anos, e esta interessado em saber muitas coisas, mais te dou um concelho, busque a Deus em orações, se santifique mais, se consagre mais, pois quando eu era jovem como você, eu buscava Deus com toda minha alma, força e entendimento, e hoje estou colhendo os frutos do que plantei na minha mocidade!

Deus abençoe!

Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Número de Mensagens : 575
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Gerson Witezak em Ter 26 Nov 2013, 13:31

Lúcio Monteiro escreveu:Caro Gleison e demais colegas

Não há necessidade de polemizar sobre o que está explícito na revelação. O argumento de Gleison Elias está amparado no próprio texto abaixo transcrito:
“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: “Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai Eterno, Príncipe da Paz. Do aumento do seu governo e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o estabelecer e o fortificar em retidão e em justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor [Jeová] dos exércitos fará isso.” (Isaías 9:6-7 – Almeida Revisada).
Olá Lúcio.
Você não está errado! Quando se fala em interpretação de texto!

Oque o amigo Gleison e você ainda não conseguiram entender, é que não estou interpretando o texto de Isaías.
Usei o verso acima para demonstrar ao nosso amigo Clayton Lima que existe o Pai da Eternidade!
Entendes???

Mais no decorrer do debate, Gleison pegou o bonde andando e polemizou a minha linha de raciocínio.


Lúcio Monteiro escreveu:Sobre o governo de Jesus sobre a terra, que terá princípio, Isaías diz que “não haverá fim”.
Sobre a paz que esse governo trará, se diz que terá princípio, mas “não haverá fim”.
A eternidade dos filhos, do governo e da paz, segundo Isaías, começa “desde agora e para sempre”.

Nada, no contexto de Isaías 9:6, indica que a expressão “Pai da Eternidade” ou "Pai Eterno" signifique a eternidade passada e futura.
Sim! Entendo perfeitamente!
Mais aqui neste tópico: "Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?"
Não estávamos falando sobre a eternidade dos filhos, que sei perfeitamente que têm um começo e nunca terá fim!
Estávamos falando Sobre a Eternidade do Eterno (Deus) e a do seu filho (Jesus Cristo), o qual foi gerado pelo próprio Pai. Essa geração do unigênito Filho de Deus, foi em algum tempo na eternidade, ou foi Eterna?
Consegue compreender agora a minha reflexão?



Lúcio Monteiro escreveu:Quando se raciocina a partir da bíblia, vê-se claramente que aquele que é “Pai eterno” ou “Pai da eternidade” é anterior à eternidade a que está o texto se referindo, não podendo estar incluída a eternidade anterior à existência desse Pai, que também é Filho.

Em vez de enquadrar a revelação na filosofia, é mais sábio filosofar, ou pensar à luz da revelação, que claramente distingue a eternidade passada e a futura, quando diz:

“”Senhor [Jeová], tu tens sido o nosso refúgio de geração em geração. Antes que nascessem os montes, ou que tivesses formado a terra e o mundo, sim, de eternidade a eternidade tu és Deus.” (Salmo 90:1-2 - Almeida Revisada).
E quando se raciocina a partir da Fé, Lúcio?

E outra coisa: Não creio em um Deus Eterno, que esteja sujeito a Eternidade, como nós estamos sujeitos ao tempo.
Creio em um Deus que Tudo criou e Tudo lhe é sujeito, até mesmo a Eternidade Eterna!


Gerson Witezak
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Gleison Elias em Ter 26 Nov 2013, 15:39

não, não existe a palavra eternidade no hebraico, não é ideia minha, é fato.

e leia o que lúcio disse, sobre eternidade. embora ele creia que quem é o pai é jesus, a concepção de eternidade é a mesma.

Clayton Lima
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 908
Idade : 36
Cidade/Estado : Guarulhos/SP
Religião : Cristã
Igreja : Casa
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 141
Pontos de participação : 1965
Data de inscrição : 13/11/2013

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Clayton Lima em Ter 26 Nov 2013, 16:04

Obrigado Gleison e Lúcio assim como Gerson...

Entendo esta eternidade do qual Jesus é o Pai, da forma que foi apresentada pelo Lúcio, uma que teve princípio...
Da mesma forma entendo Jesus, com princípio, pois senão teríamos simplesmente que esquecer que ele é o filho...E um filho necessariamente é depois do Pai..a menos que desejemos não atribuir mais significados as palavras...
Mas da mesma forma Lúcio, continuando dando significado a palavra Filho, entendo que Jesus é naturalmente Deus, pois é filho de Deus, filho gerado de Deus, não criado, mas gerado.
Gostaria se achar por bem, que discorresse sobre isto.



Graça e paz.
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Gleison Elias em Ter 26 Nov 2013, 16:16

creio que no aspecto DEUS, nada do que foi feito se fez deforma externa. isto é, a criação também é gerada assim como cristo.
não há diferença.
o que faz de jesus ser especialmente filho, é "seu chamado", digamos assim.
embora tendo forma de deus, o serviu como deveria agindo como os demais homens.
ser "filho de deus" é justamente ter a forma dele, ser perfeito., sem pecado.


tem a ver com o contraste de sua missão, não de sua geração.
avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4296
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17341
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Norberto em Ter 26 Nov 2013, 16:31

.
Gerson Witezak,

Citarei alguns trechos das participações de alguns usuários, inclusive um trecho seu. Farei algumas perguntas ao final.

Acima, você pergunta: "Essa geração do unigênito Filho de Deus, foi em algum tempo na eternidade, ou foi Eterna?"

Aqui depende. Se cremos na deidade de Jesus e entendemos que a geração dele em algum tempo é um problema para sustentar sua a deidade, resta apenas, e por fé, crê na geração eterna.


"Quando se raciocina a partir da bíblia,..." (Lúcio Monteiro)

"E quando se raciocina a partir da Fé, Lúcio?" (Gerson Witezak)

"...entendo que Jesus é naturalmente Deus, pois é filho de Deus, filho gerado de Deus, não criado, mas gerado." (Clayton Lima)


Gerson Witezak, te pergunto:

1) Quando você diz que é pela fé que crê na geração eterna, não seria na verdade, crê por fé, para se adequar a um ponto doutrinário, à Trindade, por exemplo?

2) Poderia eu, igualmente por fé, crê que a questão geração eterna não procede?

3) Já teremos aí duas crenças "pessoais", ambas por fé, e nem por isso a fé pode validar e mostrar a terceiros qual é a correta.

4) Já o Clayton Lima, nos apresenta, por fé, um terceira crença que é não crê na geração eterna de Jesus, mas não deixar de crê em sua deidade. Já temos três crenças por fé.

5) Podemos concluir que o argumento "fé estar na crença" não tem validade, mas sim, como bem afirmou o Lúcio Monteiro, vale raciocinarmos a partir do conteúdo bíblico, não desprezando a fé é claro. Parece aqui que dá na mesma, mas não pois a Bíblia será o filtro.
.
avatar
Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 575
Idade : 38
Cidade/Estado : Varzea Grande MT
Religião : Cristão
Igreja : Congregação Cristã no Brasil CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 1108
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Gerson Witezak em Ter 26 Nov 2013, 17:43

Clayton Lima escreveu:Obrigado Gleison e Lúcio assim como Gerson...

Entendo esta eternidade do qual Jesus é o Pai, da forma que foi apresentada pelo Lúcio, uma que teve princípio...
Tudo Bem!!! Como eu disse no post anterior ao Lúcio:
Gerson Witezak escreveu:Olá Lúcio.
Você não está errado! Quando se fala em interpretação de texto!
Lúcio interpretou corretamente o Texto de Isaías; Não estou contestando que a eternidade que Jesus Cristo nos deu, seja uma eternidade sem um princípio, sem um começo.

Oque estou contestando, é:
A Eternidade do Filho de Deus teve um princípio? Ou é Eterna?


Clayton Lima escreveu:Da mesma forma entendo Jesus, com princípio, pois senão teríamos simplesmente que esquecer que ele é o filho...E um filho necessariamente é depois do Pai..a menos que desejemos não atribuir mais significados as palavras...
Mas da mesma forma Lúcio, continuando dando significado a palavra Filho, entendo que Jesus é naturalmente Deus, pois é filho de Deus, filho gerado de Deus, não criado, mas gerado.
Gostaria se achar por bem, que discorresse sobre isto.
Ok Clayton!

Vamos raciocinar dando significados as palavras:

Se o Filho de Deus teve um principio na Eternidade, logo o Filho trás consigo a mesma natureza do Pai, então concluiremos que o Pai teve também um Principio na Eternidade???

Se você entende que Jesus Cristo é naturalmente Deus, entenderia oque estou falando, pois estou usando um argumento segundo a natureza de Deus que é Eterno!

Pense nisso!





Clayton Lima
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 908
Idade : 36
Cidade/Estado : Guarulhos/SP
Religião : Cristã
Igreja : Casa
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 141
Pontos de participação : 1965
Data de inscrição : 13/11/2013

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Clayton Lima em Ter 26 Nov 2013, 17:52

Norberto diz:

4) Já o Clayton Lima, nos apresenta, por fé, um terceira crença que é não crê na geração eterna de Jesus, mas não deixar de crê em sua deidade. Já temos três crenças por fé.


O "não deixa de crer na sua deidade", não é pela fé, é pelo filtro, a menos que eu diga que filho gerado de Deus não signifique filho gerado de Deus.
Assim acredito que pela fé seria crer que filho de Deus não é Deus, tem que ter fé para negar que filho de Deus não é Deus.
Dizer que o filho de Deus é Deus, é natural, não requer fé, é constatação de fatos, e tudo isso passa pelo filtro bíblico.


Muito obrigado irmão Norberto pela intervenção, já sabe que não creio na trindade e nem no unicismo, e tenho a intervenção unitarista como a mais valiosa pra mim particularmente, já declarei isto abertamente, e faço outra vez, por isso mesmo que pedi também ao Lúcio que discorresse o assunto, não é uma questão de debater, e sim de esclarecer....


A graça e a paz.
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Gleison Elias em Ter 26 Nov 2013, 18:09

No PC! Agora tem como escrever direito.

Em Gênesis 6 fala de Filhos de Deus, mas lá não diz que foram gerados de modo especial por Deus.

O que faz de Jesus ser chamado Filho de Deus, de mesmo modo, é seu estado, sua condição.

Os judeus não acreditavam que o Messias seria "gerado" de Deus. Então como pode, reconhecê-lo como Filho de Deus?

Filho de Deus seria sua condição: Um homem perfeito e escolhido por Deus para salvar o mundo.

avatar
Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 575
Idade : 38
Cidade/Estado : Varzea Grande MT
Religião : Cristão
Igreja : Congregação Cristã no Brasil CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 1108
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Gerson Witezak em Ter 26 Nov 2013, 18:39

Norberto escreveu:Gerson Witezak, te pergunto:

1) Quando você diz que é pela fé que crê na geração eterna, não seria na verdade, crê por fé, para se adequar a um ponto doutrinário, à Trindade, por exemplo?
Olá Norberto.
Na verdade não creio para se adequar a um ponto doutrinário.
A Verdade é que o creio porque assim me apresentou a mim, quando na dispensação do Espírito, visitou a minha alma, e no sentimento da revelação fez-me crer e entender pela fé que Ele é o meu verdadeiro Deus!


Norberto escreveu:2) Poderia eu, igualmente por fé, crê que a questão geração eterna não procede?
Sim, mais não se esqueça, que pela mesma Fé alcançamos condições para exercer a ciência da Palavra. E é por isso que aqui estamos, provando-nos uns aos outros, instruindo-nos uns aos outros, e buscando pela fé um denominado comum!



Norberto escreveu:3) Já teremos aí duas crenças "pessoais", ambas por fé, e nem por isso a fé pode validar e mostrar a terceiros qual é a correta.
Tudo depende se a tua Fé pode alcançar a ciência da palavra!
Como existe hoje vários cientistas, buscando explicações para várias coisas, assim nós pela ciência da palavra de Deus, por meio da fé estamos buscando explicações para a geração do Filho de Deus! Usando as ferramentas que nos é proposta!

A fé...A Bíblia...
Alguns pelo Dom, outros pelo conhecimento!


Norberto escreveu:4) Já o Clayton Lima, nos apresenta, por fé, um terceira crença que é não crê na geração eterna de Jesus, mas não deixar de crê em sua deidade. Já temos três crenças por fé.
Ele ainda está em cima do muro...kkk, com todo respeito!


Norberto escreveu:5) Podemos concluir que o argumento "fé estar na crença" não tem validade, mas sim, como bem afirmou o Lúcio Monteiro, vale raciocinarmos a partir do conteúdo bíblico, não desprezando a fé é claro. Parece aqui que dá na mesma, mas não pois a Bíblia será o filtro.
Sim Norberto, ter fé na crença não é a mesma coisa que cremos pela fé.
Até porque a fé não é nossa!

Todos podem ter o filtro na mão, e usa-lo como quiser.
Mais a Fé, essa provém de Deus, e só a têm, quem Deus nele a manifestar!



Clayton Lima
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 908
Idade : 36
Cidade/Estado : Guarulhos/SP
Religião : Cristã
Igreja : Casa
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 141
Pontos de participação : 1965
Data de inscrição : 13/11/2013

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Clayton Lima em Ter 26 Nov 2013, 19:05

Ele ainda está em cima do muro...kkk, com todo respeito!


Obrigado pelo respeito.

Lúcio Monteiro
(in memorian)

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 254
Idade : 65
Cidade/Estado : Recife - PE
Religião : Testemunha de Jeová
Igreja : Testemunha de Jeová
País : Brasil.
Mensagens Curtidas : 56
Pontos de participação : 448
Data de inscrição : 18/08/2012

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Lúcio Monteiro em Ter 26 Nov 2013, 20:56

Prezado Clayton

Clayton escreveu:Entendo que Jesus é naturalmente Deus, pois é filho de Deus, filho gerado de Deus, não criado, mas gerado.
Pensamos em comum quando, em vista da polissemia do termo theos,  afirmamos que Jesus é Deus. Todavia, os que valorizam mais a revelação do que a filosofia se dão conta de que Jesus não é eterno, onipotente e onisciente como o [verdadeiro] Deus que o gerou. Segundo o entendimento de milhões de cristãos, essa afirmação pode ser comprovada de modo robusto nas escrituras, exceto quando barradas por contestações filosóficas que aprofundam o tema a um nível que os simples como as pombas não alcançam.

Há os que acreditam que Jesus é o Todo-poderoso pela fé, e não pela revelação nem pelo raciocínio à luz da revelação. É preciso distinguir que a fé só é uma boa conselheira quando respaldada na revelação das escrituras inspiradas, e não em revelações extrabíblicas, inclusive na revelação particular ou intuição pessoal que alguém julga ter recebido de Deus. Sobre o assunto, apreciei as reflexões do amigo Gerson Witezak, que responderei com carinho oportunamente.

Quanto aos que valorizam a filosofia quando julgam a revelação insuficiente para esclarecer o tema - o que, na opinião de milhões,  não é o caso - a argumentação de maior valor que costumam alegar é a que diz que "filho de peixe, peixinho é", e, portanto, Jesus é o Deus Todo-poderoso. No entanto, a Bíblia não ensina que o filho unigênito de Deus é uma réplica de Deus assim como um filho humano é uma réplica de um pai humano.  

O tópico já discorreu sobejamente sobre diversos argumentos de ambos os lados e aprecio que você, zelosamente,  já tenha se informado de alguns deles. No entanto, em vista da verdade incontestável de que "O SENHOR [Jeová] nosso Deus é o único SENHOR [Jeová]" (Deuteronômio 6:4), cabe a quem alega o contrário - que existe outro Deus além de Jeová - fundamentar primeiro seu argumento. Pelo que li do que você anteriormente escreveu, você acredita em um único Deus.  Devolvo-lhe então a palavra, Clayton, solicitando a gentileza de explicar em que sentido você concluiu que "Jesus é naturalmente Deus, pelo fato de ter sido gerado e não criado por Deus." Sua resposta será importante para entendermos com exatidão os conceitos um do outro, a fim de podermos refinar o nosso entendimento segundo a mente de Deus ora detectável ora escondida ou bem guardada nas entrelinhas das escrituras.

Bem vindo ao Fórum, prezado Clayton! Apreciamos suas contribuições iniciais.

Lúcio

Clayton Lima
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 908
Idade : 36
Cidade/Estado : Guarulhos/SP
Religião : Cristã
Igreja : Casa
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 141
Pontos de participação : 1965
Data de inscrição : 13/11/2013

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Clayton Lima em Qua 27 Nov 2013, 11:36

Me sinto bem-vindo Lúcio, obrigado por isso, e obrigado por apreciar minhas contribuições iniciais...

Embora não creio ter contribuído, eu não trouxe nada de novo, vi que tudo já foi discutido neste tópico, inclusive o que trago, talvez o que seja estranho é o fato de eu afirmar entender que Deus é um, o Pai, e ao mesmo tempo afirmar entender que Ele tem um filho. Não penso diferente de você quando procuramos identificar aquele que as escrituras dizem ser o único Deus e nesta procura identificamos o Pai de Jesus, o próprio Jesus identifica o Pai dele como o único Deus. João 17:3
Sendo portanto as diferenças em nossos raciocínios, quando procuramos identificar quem é Jesus. Neste caso, eu e você provavelmente o identificamos como o filho gerado de Deus...

Mas como encarar esta informação dada pelas escrituras?

E aí reside nossas diferenças...

Quando João diz:

Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos. 1 João 4:9

Eu honestamente, não consigo interpretar este texto dizendo que Deus manifestou seu amor para conosco enviando o seu primeiro criado para que nele vivamos.
O amor de Deus neste texto e em outros consiste no entregar a um considerado filho, e este que é considerado filho, é considerado filho gerado, não adotivo.

Reside portanto aí, o que basicamente difere nosso entendimento deste assunto, não na pessoa do Pai, mas na natureza do filho.


A graça e a paz.
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Gleison Elias em Qua 27 Nov 2013, 12:20

você está confuso ou já está posicionado (pois isso é que está dando a entender) ?
avatar
Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 575
Idade : 38
Cidade/Estado : Varzea Grande MT
Religião : Cristão
Igreja : Congregação Cristã no Brasil CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 1108
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Gerson Witezak em Qua 27 Nov 2013, 13:56

Olá Lúcio Monteiro.

Lúcio Monteiro escreveu:Há os que acreditam que Jesus é o Todo-poderoso pela fé, e não pela revelação nem pelo raciocínio à luz da revelação. É preciso distinguir que a fé só é uma boa conselheira quando respaldada na revelação das escrituras inspiradas, e não em revelações extrabíblicas, inclusive na revelação particular ou intuição pessoal que alguém julga ter recebido de Deus. Sobre o assunto, apreciei as reflexões do amigo Gerson Witezak, que responderei com carinho oportunamente.

Realmente o testemunho das escrituras nos serve de fonte para distinguirmos se a Fé que em nós habita é verdadeira!

Sobre o assunto "Eternidade", é uma reflexão, eu nunca quis colocar esta reflexão como verdade absoluta.
Sabemos que a Eternidade é Eterna, não tendo princípio, nem fim!
E partindo deste princípio, comecei minhas reflexões e cheguei a seguinte Conclusão:

Isaías diz:
"Isaías 9:
6 Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.
7 Do aumento deste principado e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar com juizo e com justiça, desde agora e para sempre; o zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto."


E como o Lúcio disse:
Adão foi pai mortal de filhos mortais. Jesus se torna Pai Eterno de filhos eternos. Êsses têm princípio mas não têm fim.

Corretíssimo!
Um Pai Mortal para filhos mortais, um Pai Eterno para filhos eternos (por adoção).
Agora um Pai Sempiterno (Eterno eternamente), para um filho?

Já cogitei nas minhas Reflexões que a Eternidade eterna é o próprio Filho gerado por Deus Pai.

Ele é a Eternidade, pois só por meio dEle alcançamos Vida Eterna.

Não sei se estou indo longe demais para com alguns, é apenas uma reflexão!


Deixo este verso:
Miqueias 5:2
E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade.



Gerson Witezak

Lúcio Monteiro
(in memorian)

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 254
Idade : 65
Cidade/Estado : Recife - PE
Religião : Testemunha de Jeová
Igreja : Testemunha de Jeová
País : Brasil.
Mensagens Curtidas : 56
Pontos de participação : 448
Data de inscrição : 18/08/2012

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Lúcio Monteiro em Qua 27 Nov 2013, 15:37

Prezado Clayton

A maneira dócil, inteligente e respeitosa de suas intervenções até agora, caro Clayton, já está sendo uma contribuição importante, não acha?
Clayton escreveu:Quando João diz: Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos. 1 João 4:9 Eu honestamente, não consigo interpretar este texto dizendo que Deus manifestou seu amor para conosco enviando o seu primeiro criado para que nele vivamos. O amor de Deus neste texto e em outros consiste no entregar a um considerado filho, e este que é considerado filho, é considerado filho gerado, não adotivo. Nosso entendimento difere ...  na natureza do filho.
Muitos sentem o assunto da mesma maneira que você, prezado Clayton. Que acha: o entendimento e sentimento dessas pessoas  sobre o significado dos termos gerar e criar originam-se do que aprenderam em dicionários, em fontes religiosas ou nas escrituras?

O Credo de Nicéia, retocado em Constantinopla em 381 EC,  impregnou no inconsciente coletivo uma frase controversa  ao fazer as pessoas repetirem diuturnamente que Jesus foi “gerado, mas não criado”. Esta frase de efeito gerou dúvidas na mente da posteridade quanto a se Jesus foi gerado ou criado. Por outro lado, criou uma certeza de que Jesus ou foi gerado ou foi criado. A opção que restou esquecida no debate é a única que tem respaldo nas escrituras:  Jesus foi gerado  e  criado.

Em várias ocasiões, as escrituras mostram que o ato de geração é pontual, mas o de criação é processual.  Em Mateus 1:20, disse o anjo a José: "O que nela [em Maria] está gerado é do Espírito Santo”. E em Hebreus 1:5, Paulo repete o que  Deus disse sobre o Filho: : “Tu és meu Filho, hoje te gerei?  E outra vez: Eu lhe serei por Pai, e ele me será por Filho”.

Portanto, Clayton, biblicamente falando, pode-se analiticamente afirmar-se que gerar é conceber, e criar é desenvolver o que foi gerado ou concebido. Na cultura judaica,  é o homem que gera. Vide as genealogias de Mateus e de Lucas. O homem gera a vida de uma pessoa  no ventre de uma mulher, e a mulher permite que essa vida se desenvolva e que seja criado um bebê. É por isso que dizemos que foi Deus quem nos criou. “Bem-aventurado o ventre que vos trouxe e os seios que vos amamentaram”, disse uma mulher a Jesus. Ela não se referiu ao  ventre que gerou o gerou, mas que o trouxe.

Além de informar em várias ocasiões que o Filho foi gerado, a Bíblia também inform claramente que Jesus é o princípio da criação de Deus  (Apocalipse  3:14)  e  “o primogênito de toda a criação” (Colossenses 1:15). Quando comparado à sabedoria, que Paulo diz ser Jesus, o texto de Provérbios 8:22 diz:

O Senhor ["Jeová", Versão Brasileira] me criou como a primeira das suas obras, o princípio dos seus feitos mais antigos (Versão Almeida, Edição Revisada).
 
Quando João diz que o amor de Deus para conosco se manifestou no fato de Deus ter enviado seu Filho unigênito (monogenes, único em sua espécie) ao mundo, sua  intenção clara é de realçar o amor de Deus por nós, por destacar não apenas  aquilo que há de mais significativo e precioso em sua dádiva, mas sua singularidade. Se João tivesse dito que o amor de Deus se manifestou por nos enviar o primogênito de sua criação ao mundo, ainda que fosse a primeira e a mais importante entre muitíssimas outras,  restaria apenas implícita em outros textos  a singularidade de seu filho unigênito.

Por exemplo, Clayton: se um pai tem um único filho e cem netos e bilhões de descendentes, quem é mais precioso para o Pai: seu único filho ou seus bilhões de descendentes? João destacou que Deus nos amou tanto que nos deu aquele que é mais importante de que a soma de todos nós; seu filho unigênito, por meio de quem todos nós nos originamos.

Em vez de refletir mais sobre o tema, permita-me aguardar suas considerações a fim de encontrarmos outras áreas que precisem ser mais exploradas. Estou precisando refletir também nas considerações do Gerson, Gleison e Norberto, que estão nos acompanhando e interagindo nesse tão importante assunto.

João 17:3

Lúcio

Clayton Lima
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 908
Idade : 36
Cidade/Estado : Guarulhos/SP
Religião : Cristã
Igreja : Casa
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 141
Pontos de participação : 1965
Data de inscrição : 13/11/2013

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Clayton Lima em Qui 28 Nov 2013, 13:10

Olá amigo Lúcio, obrigado pelos elogios...és muito gentil também comigo e espero que continuemos assim mesmo que se evidencie nossa diferente forma de refletir os assuntos.

Talvez muitos possam sim ter contrastado os termos "criado e gerado" por causa dos credos... Mas não me incluo nestes muitos.

Filho é atribuído a Jesus junto com o termo gerado...um dá significado ao outro, eu só compreendo precisamente o porque Jesus é chamado filho, por causa do gerado, e eu só compreendo precisamente o gerado por causa do filho. Da mesma forma, Deus passou a ser chamado de Pai, da forma que é agora chamado, por causa que gerou um filho, nunca podemos desassociar nas nossas reflexões, o Filho do Pai...Não trata-se, para nós cristãos, de Criador e criatura, mas de Pai e Filho.

Entendemos (eu e você) perfeitamente a clara distinção entre os dois personagens, você concorda e eu concordo, que um teve início e o outro não, um deu origem ao outro, um deu vida ao outro...

O que foi profetizado aconteceu: Cristo veio. Mas algo mais aconteceu, quem veio a ser o Cristo foi o próprio filho de Deus...

Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,
Hebreus 1:1-2

O filho já era filho, e foi ele próprio quem veio e por ele que Deus falou nestes últimos dias...
O filho não se tornou filho quando veio...
Duas coisas surpreendentes aconteceram, e nelas cremos:

1 - Cristo nasceu de uma virgem.
2 - O ser que nasceu e veio a ser o Cristo, já existia.

A primeira coisa surpreendente levanta a pergunta: como?
Resposta bíblica: pela ação do Espírito Santo de Deus.

A segunda coisa surpreendente levanta a pergunta: quem?
Resposta bíblica: o Filho de Deus.

Estas são as duas respostas simples que a bíblia fornece.

Se eu considerar que quando Jesus é chamado de o filho de Deus devemos entender este "filho" metaforicamente, então eu também tenho que entender que Deus não tem um filho... E a partir dai, toda a relação necessária, ensinada pelas escrituras, que devemos aprender entre Deus e seu filho, deve ser entendida, entre Deus e sua primeira criatura...
A relação portanto ensinada na bíblia por Jesus, para com Deus, passa a ser de Filho para com Pai, para uma relação da criatura para com seu criador. Mas eu não vejo assim Lúcio, os textos (e são muitos) demonstram que Jesus é o filho de Deus, e não um filho de Deus. Veja o contraste:

Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,
Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos.
E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai.
Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo.

Gálatas 4:4-7

Veja o contraste entre nós ( filhos adotivos) e Jesus (filho natural)...
Este texto mostra que não se trata de uma árvore genealógica, onde temos o Pai depois o filho e dai por diante... E sim duas famílias distintas, onde uma é composta pelo Pai e o Filho, e estes adotam muitos outros filhos...


São essas algumas reflexões que respeitosamente faço Lúcio...


A graça e a paz.

Conteúdo patrocinado

Re: Trindade, Unicismo ou Unitarismo - se eu erradamente crer em um, afeta minha salvação?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Ter 12 Dez 2017, 08:21