F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Compartilhe

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1678
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Jefté em Ter 24 Mar 2015, 22:10

Olá Rasabino

Embora o irmão considere minha postagem como uma "salada"...
Gostaria de explicar:
Embora na lei se estabelecesse a remissão de pecados, esses eram pouquíssimos, e estão listados em levíticos 5, junto ao verso trazido por você, vejamos:
Pecados esses que eram por: ouvir a voz de blasfêmia de alguém (sendo então testemunha)...
ou por tocar em alguma coisa imunda, ou corpo morto de fera imunda ou réptil...
ou quando tocasse a imundícia de um homem...
ou por jurar temerariamente, tanto p/ fazer mal ou bem...
então para estes pecados se traria um cordeiro por expiação do pecado e lhe seria perdoado! (Lev. 5:1-10)

Acontece que na lei está dito:
Não matarás... não cobiçarás... não adulterarás... não roubarás... etc., mas todo o homem na face da terra, todo o filho de Adão n vezes no seu viver transgride e quebranta n vezes vários mandamentos da lei fazendo o mal perante o Senhor; mesmo que não tenha sido pego em flagrante; mas quem o livrará do juízo divido, estando a lei acusando-o por quebrantá-la e ainda exigindo que se pague olho por olho e dente por dente; quebradura por quebradura, e se lhe dê em paga tudo o que fez a outros e a a Deus ??????
Meu irmão, quem os irá perdoar por todas as transgressões cometidas quebrantando a lei; sendo que os que sem lei pecaram sem lei perecerão; e os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados ????? (Rom. 2:12)  

Por isso mesmo Jesus disse aos judeus:
"Não cuideis que eu vos hei de acusar para com o Pai. Há um que vos acusa, Moisés, em quem vós esperais." (Jo. 5:42)
Por isso também está escrito:
De tudo o que se tem ouvido o fim é: teme a Deus e guarda os seus mandamentos. Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até aquilo que está encoberto; quer seja bom quer seja mal. (Ecl. 12:13-14)
Minha é a vingança, eu recompensarei, diz o Senhor. (Deut. 32:35 - Rom. 12:19 - Heb. 10:30)

Portanto, não há remissão tampouco perdão aos homens, a nenhum, antes da paga dos pecados por Cristo - mediante a fé em Seu Nome.
Portanto diz:
"E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos." (At. 4:12)
A lei não é nenhuma brincadeirinha de Deus para c/ os homens; e ela requererá (mesmo que o homem esteja morto) tudo o que ele roubou,  ou danificou, ou corrompeu ou destruiu e fez-lhe mal das mãos dos homens.
Por isso mesmo Jesus disse: Não cuideis que vim destruir a lei e os profetas; não vim abrogar, mas cumprir.
Porque em verdade vos digo que até que o céu e a terra passem, nem um j ou til se omitirá da lei sem que seja cumprido.
Então os homens não de pagar tintim por tintim, conforme diz:
Deus não se deixa escarnecer, porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. (Gal. 6:7)
E outra vez:
E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma, temei aquele que pode fazer perecer no inferno o corpo e a alma. (Mat. 10:28)

Digo isso quanto ao perdão ou remissão debaixo da lei; e para completar diz ainda: Não há um justo nem um sequer....
e outra vez completa São Paulo: Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.
Portanto, conforme mesmo atesta o Novo Testamento; somente pela graça é que somos e podemos ser salvos; e isso é porque Cristo nos tirou da lei; porquanto estando debaixo dela, não há como pecador alguma alcançar salvação; ressurreição, perdão e remissão de pecados.
Quanto a isso, Davi dizia:
"Oh, se de Sião tivera já vindo a redenção de Israel! Quando o SENHOR fizer voltar os cativos do seu povo, se regozijará Jacó e se alegrará Israel."

Depois posto mais.
Um abraço!


Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1995
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Edison em Qua 25 Mar 2015, 10:25

Ernesto,

Ernesto responde;

Suposições e mais suposições, mas, eu te parabenizo pela tua a sinceridade, Que não procuras fazer os outros engulir coisas que não estão escritas.

Não é suposição dizer que Cristo ressuscitou a Moisés só porque diz a Bíblia que o arcanjo disputava o corpo de com satanás? Por que Deus então não o levou como fez com o Elias? -questionaria o raciocínio lógico.
De igual maneira é supor que Cristo seja um arcanjo. Você não tem Bíblia para isso.
Agora, você considera que Moisés foi ressuscitado só porque ele apareceu lá no Monte Tabor e essa ressurreição suposta justificaria a presença dele lá.

Quando digo penso eu, é exatamente porque não tenho Escrituras explícitas sobre aquilo e eu não sou profeta como Paulo, por exemplo, que tinha comissão Divina para dizer: "digo eu e não o Senhor", ou "Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados" contradizendo os ensinos de Jesus que na parábola das dez virgens disse que todas dormiram (morreram). Entendeu?
Mas me diga; Se Elias foi no corpo físico Deus quebrou Sua Palavra que diz que carne, sangue e corrupção não herdam o Reino?
Se Moisés ressuscitou antes do calvário foi quebrada a Lei das primícias, onde Cristo Jesus é a primícia dos que dormem?
Veja que não tenho uma Escritura explícita dizendo que Elias deixou seu corpo físico na terra, mas pelo menos abro uma linha de raciocínio para seguirmos.

Está escrito que Cristo é o arcanjo Miguel? Não, contudo você crê.
Está escrito que o arcanjo ressuscitou a Moisés? Não, contudo você crê.


Edison; Eu gostaria que me expliques as contradições que eu encontro nas tuas interpretações bíblicas. Veja: Vc, toma II Cor.5:2, e dizes que os mortos em Cristo vão ao céu logo ao morrerem, Mas eu te pergunto, Como tu podes afirmar que Jesus desceu ao inferno para tirar os santos dali e levá-los ao céu?
Ora, se eles já foram ao céu por ocasião da morte deles, como podem estar no inferno?

Ernesto, quando Paulo escreveu a segunda carta aos corintos o calvário já tinha consumado sua obra redentora?
Aquele cativeiro teve um fim com o advento do calvário. É por isso que o calvário não é apenas um exemplo. O calvário foi um divisor no tempo de Deus. Foi um divisor na relação de Deus com seus filhos. com os ímpios, com a terra, com o céu e com o inferno.

Hoje nós os salvos pelo calvário -quando digo "o calvário" estou me referindo a plenitude daquilo que consistiu o calvário, incluindo a ressurreição e o Pentecostes- ainda somos cativos, nos ainda somos prisioneiros, mas prisioneiros da Liberdade que há em Cristo Jesus (Ef 3:1, Fil 1:8-9, II Tim 1:8.......). Ele subindo ao Alto, levou cativo o cativeiro. O cativeiro está em outra dimensão e em outra condição de liberdade. Estamos escondido numa cidade refúgio, numa Ramote-Gileade, cujo governador é Cristo.

Então, antes do calvário os salvos estavam cativos de satanás por causa do pecado no Edem, mas o Grande Libertador, o Senhor Jesus Cristo, arrancou-os de lá e subindo ao Alto levou cativo o cativeiro.
Ninguém teve a alma salva ali no inferno. Os rebeldes dos dias de Noé continuaram e estão lá até hoje, mas os santos patriarcas e profetas foram resgatados e hoje a s chaves do inferno e da morte estão sob os domínios de Jesus.
"E eu, quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último;
E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno."
(Apo. 1:17-18).

Mais outro ponto; Eu conheço a tua crença sobre os salvos e os impios,tu dizes que os salvos irão ao céu ao morrer, e, somente os impios ficarão no inferno, Pergunto; Jesus buscou quem do inferno?

Já respondi acima.

avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 940
Idade : 41
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1737
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Clébio em Qua 25 Mar 2015, 13:17

Edison escreveu:Como não foi cumprida? Samuel disse que "tu e teus filhos" ele não disse "todos os teus filhos".
Além disso teria Is-Bosete idade suficiente para estar na guerra nos dias que Saul morreu? Eu não sei.

Prezado irmão Edison, essa necessidade do texto usar a expressão "todos os teus filhos" quem tá colocando é você.

Is-Bosete era filho de Saul ou não?

Além do mais, o Ser não disse que Is-Bosete deveria estar na guerra para que a predição cumprisse, disse? Claro que não!!!

Assim sendo, mais uma necessidade que você põe sobre o texto...

Edison escreveu:Realmente Deus condena essa prática de comunicação com os mortos. Ele tanto condena que o proibiu. E porquê proibiu se tal prática seria impossível? Foi Deus incoerente ou foi realista?

Se você mesmo já assinalou que ele proibiu, não faria sentido Deus falar um coisa e fazer outra. Que confiança teríamos nele nesse caso?

Ademais, qualquer que procurar interceção com o espírito dos mortos, será enganado pelo demônio, pois só ele aparece como um espírito de mentira, (I Reis 22.22). Imita aquele cujo espírito está sendo invocado, conforme a doutrina dos demônios. (I Tm 4.1).

Perceba o que o suposto Samuel pronunciou: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde mais, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso te chamei a ti, para que me faças saber o que hei de fazer. (1 Samuel 28.15)

Veja que, se Deus não respondeu acabou. Como é que o Profeta Samuel sendo um homem de Deus, já morto, poderia responder? Sendo que o próprio Deus não quis falar nada a Saul? Percebeu???

Não poderia ele voltar, porque os espíritos dos mortos são imateriais e não podem interceder ou orar pelos que vivem na terra ou no céu, há somente um mediador (I Tm 2.5). E quem é este Mediador?

Edison escreveu:O Samuel disse "estareis comigo", ou seja, estareis aqui no inferno. Agora, se eles integrariam ou não o grupo de salvos eu não sei. De qualquer maneira a profecia estava correta.

Prezado Edison, consultar espíritos de pessoas já falecidas é condenável pela bíblia (Dt. 18.10-14). Deus rejeita os tais que assim procedem e não podemos aceitar que essa profecia foi mesma de Samuel. Se aceitarmos, cria-se uma nova doutrina, que Deus pode usar o homem ímpio para revelar as coisas divinas. Por que então deixemos de buscar a Deus?

A Bíblia diz que toda profecia deve ser julgada (I Jo 4). E se julgassem essa profecia, certamente não passaria. Vemos vários pontos na passagem que lemos que a profecia não se cumpriu verdadeiramente. Por exemplo, a resposta de Samuel a Saul. A profecia disse que o rei seria entregue aos Filisteus, coisa que não aconteceu, ele se suicidou. Outra coisa interessante também foi que a profecia falou no outro dia: “amanhã" você e seus filhos vão estar junto comigo”.

Pois não aconteceu no dia seguinte e sim dias depois. Com toda esta história podemos ver que Deus permite que satanás engane aqueles que não querem seguir a verdade (I Ts 2.11-12). Porém todo aquele que anda nos caminhos do Senhor, este é abençoado, Deus fala com ele e não através dos mortos.

Edison escreveu:Quanto a proibição de tal prática os cristãos são cientes. Deus sempre condenou isso.

Se Deus condenou, então aceite isso...

“Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua vontade”. (Filipenses 2.13).  

Que Deus te abençoe...

Clébio

Rasabino
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1266
Idade : 49
Cidade/Estado : Cianorte
Religião : não tem
Igreja : eu
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 14
Pontos de participação : 2761
Data de inscrição : 03/01/2014

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Rasabino em Qua 25 Mar 2015, 15:34

Graça e Paz Jefté!

Jefté escreveu:Embora na lei se estabelecesse a remissão de pecados, esses eram pouquíssimos, e estão listados em levíticos 5, junto ao verso trazido por você, vejamos...então para estes pecados se traria um cordeiro por expiação do pecado e lhe seria perdoado! (Lev. 5:1-10)

Que bom! Então havia remissão de pecados antes da Cruz, certo? Quanto a ser "pouquíssimos"... bem aí vc abre uma grande questão: Será que Deus concede perdão para uns pecados e para outros não?



Jefté escreveu:Acontece que na lei está dito:
Não matarás... não cobiçarás... não adulterarás... não roubarás... etc., mas todo o homem na face da terra, todo o filho de Adão n vezes no seu viver transgride e quebranta n vezes vários mandamentos da lei fazendo o mal perante o Senhor

Inclusive nós, enquanto estivermos neste corpo corruptível, concordas?

Jefté escreveu:mesmo que não tenha sido pego em flagrante; mas quem o livrará do juízo divido, estando a lei acusando-o por quebrantá-la e ainda exigindo que se pague olho por olho e dente por dente; quebradura por quebradura, e se lhe dê em paga tudo o que fez a outros e a a Deus ??????

Vamos por partes!

Segundo a velha aliança (Lei), um dos 10 mandamentos cai na subjetividade por carregar em si mesmo a impossibilidade do flagrante: "Não cobiçarás..." Só mesmo um Deus onisciente pode constatar a cobiça que permeia o coração de todos os homens, e por isso mesmo, todos os descendentes de Adão são pecadores perante Deus e perante a Lei! Assim está dito:

"Na verdade que não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque. Eclesiastes 7:20"

Assim Jefté, mesmo que haja remissão de pecados, tanto na antiga como na nova Lei, com ou sem flagrante, isso não muda a condição espiritual de todos os homens: PECADORES! Todos nós somos pecadores; e mesmo conhecendo o Evangelho e dando razão ao Evangelho, SOMOS PECADORES! Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus!

Jefté escreveu:Meu irmão, quem os irá perdoar por todas as transgressões cometidas quebrantando a lei; sendo que os que sem lei pecaram sem lei perecerão; e os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados ????? (Rom. 2:12)

A grande verdade do Evangelho, é que sob o ponto de vista de "PECADORES", nenhum homem poderá ser condenado!

No VT, dois animais pela manhã e pela tarde, eram sacrificados diariamente justamente porque todos os homens são pecadores e necessitam do perdão de Deus. Assim, o sumo-sacerdote, uma vez por ano, fazia expiação de pecados por todos, independente de confissão ou não, e isto resultava numa remissão coletiva!

Mas vindo Cristo, o sumo-sacerdote dos bens futuros:

Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo. Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles. Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus; que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo. Hebreus 7:24-27

E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos (pecados) de todo o mundo. 1 João 2:2


Pronto! Todos perdoados! Incrível não? Então vc dirá: "Ora, se todos estão perdoados, por que então há distinção entre aqueles que hão de gozar a vida eterna e aqueles que irão para a morte eterna?

Simples: FÉ!

É a Fé que nos justifica e nos salva da morte eterna! Ouça:

Temamos, pois, que, porventura, deixada a promessa de entrar no seu repouso, pareça que algum de vós fica para trás. Porque também a nós foram pregadas as boas novas, como a eles, mas a palavra da pregação nada lhes aproveitou, porquanto não estava misturada com a fé naqueles que a ouviram. Porque nós, os que temos crido, entramos no repouso, tal como disse:Assim jurei na minha ira Que não entrarão no meu repouso; embora as suas obras estivessem acabadas desde a fundação do mundo. Hebreus 4:1-3

"Porque nós, os que temos crido, entramos no repouso, "

Percebe? Não tem a ver com pecados, tem a ver com a Fé! Os pecados já estão pagos, purgados, expiados, perdoados! Todos estão reconciliados com Deus! O problema é que nem todos sabem disto, e nem todos que sabem creem nisto!

Jefté escreveu:Portanto, não há remissão tampouco perdão aos homens, a nenhum, antes da paga dos pecados por Cristo - mediante a fé em Seu Nome.

Desculpe meu irmão, você pode continuar a insistir nisto, mas a verdade é que acerca dos pecados de toda humanidade não há mais condenação de morte, porque Cristo cancelou todo escrito de dívida. Fica apenas para ser constada se o pecador crê no perdão e tem Fé na ressurreição, somente isto!

Porque pela graça sois salvos (remissão dos pecados), por meio da fé (na ressurreição); e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie...Efésios 2:8-9

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1995
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5036
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Edison em Qua 25 Mar 2015, 15:40

Olá Clébio,
Prezado irmão Edison, essa necessidade do texto usar a expressão "todos os teus filhos" quem tá colocando é você.

Is-Bosete era filho de Saul ou não?

Além do mais, o Ser não disse que Is-Bosete deveria estar na guerra para que a predição cumprisse, disse? Claro que não!!!

Assim sendo, mais uma necessidade que você põe sobre o texto...

Tu e teus filhos não necessariamente significa todos os filhos. Morreram os que estavam guerreando com o Saul. O Is-Bosete estava onde? Se ele não estava no campo de batalha com seu pai e demais irmãos como os filisteus o mataria?

Se você mesmo já assinalou que ele proibiu, não faria sentido Deus falar um coisa e fazer outra. Que confiança teríamos nele nesse caso?

Clébio, você precisa considerar que há proibição é porque há possibilidade.
Você não colocar uma placa de limite máximo de velocidade de 110 km/h se naquela via você mal consegue andar a 20 km/h. Percebe?

Ademais, qualquer que procurar interceção com o espírito dos mortos, será enganado pelo demônio, pois só ele aparece como um espírito de mentira, (I Reis 22.22). Imita aquele cujo espírito está sendo invocado, conforme a doutrina dos demônios. (I Tm 4.1).

Esse é pressuposto que nos os crentes criamos no afã de combater o espiritismo e no caso dos adventistas também para dar base a crença de que somos apenas um saco de carne e ossos.

Perceba o que o suposto Samuel pronunciou: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde mais, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso te chamei a ti, para que me faças saber o que hei de fazer. (1 Samuel 28.15)

Veja que, se Deus não respondeu acabou. Como é que o Profeta Samuel sendo um homem de Deus, já morto, poderia responder? Sendo que o próprio Deus não quis falar nada a Saul? Percebeu???

Deus tinha cortado as relações com o Saul e não com o Samuel.
Clébio você precisa saber que a morte apenas nos muda de lugar. Só isso. A morte não muda nosso caráter, nossa índole, nossa fé, nossas crenças, etc. O profeta continua profeta, a pitonisa continua pitonisa, um pentecostal continua pentecostal, um adventista continua adventista, um católico continua católico, um sambista continua sambista, um adúltero continua adúltero e assim por diante.
A morte é apenas uma porta pela qual mudamos de lugar.
Vou te dar um exemplo em Mat. 7:21-23.
Note esse pessoal que "naquele dia" (no dia de entrar no Reino do Céu) ao serem reprovados por Jesus dirão: profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
Eles morreram crendo que aquelas obras os salvariam. Eles estavam firmados naquilo. Morreram crendo naquilo. A morte não os mudou.
Outro exemplo é esse pessoal de Apoc. 6:9.
Eles tinham sido mortos, João os viu lá no céu num lugar que João chamou de almas sob o Altar, e reivindicavam vingança. É muito provável que eram judeus que morreram crendo na Lei crendo no "aquele que com ferro fere com ferro será ferido", ou algo assim.
O cristão teria uma postura diferente. O cristão conhece a Graça. O cristão morre com a alma nascida de novo. O cristão, se necessário fosse, diria como Estevam: "Senhor, não lhes imputes esse pecado".

Não poderia ele voltar, porque os espíritos dos mortos são imateriais e não podem interceder ou orar pelos que vivem na terra ou no céu, há somente um mediador (I Tm 2.5). E quem é este Mediador?

São imateriais mas existem e estão vivos. Reconhecer isso na Bíblia não nos faz espíritas e sim espirituais, o que é diferente.
O Mediador foi estabelecido depois do calvário. E Samuel não foi mediador no sentido de interceder por salvação a Saul, como o nosso Mediador faz para nós no contexto de I Tim. 2:5.
O Saul queria uma posição de Deus a seu respeito e a respeito de Israel. E Saul sabia que a boca de Deus na terra sempre foi um profeta.


Prezado Edison, consultar espíritos de pessoas já falecidas é condenável pela bíblia (Dt. 18.10-14). Deus rejeita os tais que assim procedem e não podemos aceitar que essa profecia foi mesma de Samuel. Se aceitarmos, cria-se uma nova doutrina, que Deus pode usar o homem ímpio para revelar as coisas divinas. Por que então deixemos de buscar a Deus?

Clébio, isso que a pitonisa fez foi possível até ao calvário. Após o calvário não é mais possível.
Tanto a pitonisa quanto o Saul fizeram algo abominável por Deus. Mas fizeram descumprindo uma ordem de Deus. A ordem para não consultar estava posta porque a possibilidade existia. Isso é lógica.

A Bíblia diz que toda profecia deve ser julgada (I Jo 4). E se julgassem essa profecia, certamente não passaria. Vemos vários pontos na passagem que lemos que a profecia não se cumpriu verdadeiramente. Por exemplo, a resposta de Samuel a Saul. A profecia disse que o rei seria entregue aos Filisteus, coisa que não aconteceu, ele se suicidou.

Ele foi entregue aos filisteus e tentou o suicídio lançado-se sobre sua lança, MAS NÃO MORREU.
Um amalequita o encontrou vivo, muito ferido e pediu que o matasse. Então o amalequita o matou em meio a guerra onde carros e cavalaria dos filisteus o apertava (II Sam 1).


Outra coisa interessante também foi que a profecia falou no outro dia: “amanhã" você e seus filhos vão estar junto comigo”.

Pois não aconteceu no dia seguinte e sim dias depois. Com toda esta história podemos ver que Deus permite que satanás engane aqueles que não querem seguir a verdade (I Ts 2.11-12). Porém todo aquele que anda nos caminhos do Senhor, este é abençoado, Deus fala com ele e não através dos mortos.

Você tem o texto onde diz que o Saul morreu vários dias depois que ele saiu da casa da pitonisa?

Se Deus condenou, então aceite isso...

“Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua vontade”. (Filipenses 2.13).

Que Deus te abençoe...

Ué!, mas onde eu disse que concordo com essa prática. Só estou relatando o que realmente aconteceu e que isso era possível antes do calvário.
Quem pratica isso hoje pratica abominação ao Senhor. Se são enganados todas as vezes ou se algum espírito de morto realmente faz contato via médiuns eu não sei. O que sei é que vivo uma fé estabelecida a milhões de anos luz distante disso.


avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 940
Idade : 41
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1737
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Clébio em Qua 25 Mar 2015, 16:40

Edison escreveu:Tu e teus filhos não necessariamente significa todos os filhos. Morreram os que estavam guerreando com o Saul. O Is-Bosete estava onde? Se ele não estava no campo de batalha com seu pai e demais irmãos como os filisteus o mataria?

E desde quando para morrer teria necessariamente que estar num campo de batalha?

A resposta foi: Tu e teus filhos. Quantos filhos Saul tinha?

A título de exemplo você têm 3 filhos. Alguém te pergunta quantos filhos tens. Você diria dois?

Edison escreveu:Clébio, você precisa considerar que há proibição é porque há possibilidade.
Você não colocar uma placa de limite máximo de velocidade de 110 km/h se naquela via você mal consegue andar a 20 km/h. Percebe?

Não podemos generalizar as coisas querido irmão. A velocidade não poderá ser equiparada como respaldo para apoiar uma atitude não bíblica e condenada pela Palavra de Deus.

Edison escreveu:Esse é pressuposto que nos os crentes criamos no afã de combater o espiritismo e no caso dos adventistas também para dar base a crença de que somos apenas um saco de carne e ossos.

Não somos apenas um saco de ossos, somos Templo do Espírito Santo, esqueceu????

Edison escreveu:Deus tinha cortado as relações com o Saul e não com o Samuel.

É bem verdade que Deus cortou as relações com Saul, mas Samuel se encontrava morto e segundo Salmos 115:17, os mortos não falam com Deus e Eclesiastes 9:5, os mortos não sabem coisa alguma.

Assim sendo, como poderia ser Samuel? Impossível...

Os seres humanos não possuem imortalidade. Esse atributo é somente de Deus, veja 1 Tm 6:16.

Edison escreveu:São imateriais mas existem e estão vivos. Reconhecer isso na Bíblia não nos faz espíritas e sim espirituais, o que é diferente.
O Mediador foi estabelecido depois do calvário. E Samuel não foi mediador no sentido de interceder por salvação a Saul, como o nosso Mediador faz para nós no contexto de I Tim. 2:5.
O Saul queria uma posição de Deus a seu respeito e a respeito de Israel. E Saul sabia que a boca de Deus na terra sempre foi um profeta

Como você bem disse que Saul queria uma posição de Deus, mas Deus se calou, esqueceu? Se Deus se calou, por que então o suposto profeta quando iniciou sua fala não disse que essa mensagem vinha da parte de Deus? Forma esta comum quando se falava as mensagens vindas de Deus.

Pessoas são assim enganadas porque não buscam a Deus verdadeiramente.

Além do mais, se profetas vivos não o respondiam, por que logo responderia um profeta morto, sendo esta prática condenada pelo próprio Deus? Sem sentido isso...

Se nem pelo Urim que é a revelação sacerdotal, e nem por sonhos, que é a revelação pessoal, e nem pelos Profetas que é a revelação inspirada, poderia agora Samuel lhe responder? Jamais.

Na verdade, na interpretação Bíblica, vemos que Urim que é a revelação sacerdotal, ou sonhos, ou profecias eram os meios do homem receber orientação de Deus. Mas Deus não falou e não falava mais com o Rei Saul, porque ele e o seu reino já haviam sido reprovados pelo Senhor.

Edison escreveu:Clébio, isso que a pitonisa fez foi possível até ao calvário. Após o calvário não é mais possível.
Tanto a pitonisa quanto o Saul fizeram algo abominável por Deus. Mas fizeram descumprindo uma ordem de Deus. A ordem para não consultar estava posta porque a possibilidade existia. Isso é lógica.

Amigo, mas Deus não pactua com aquilo que ele proibiu. Medite nisso!!!

Que Deus seja contigo...

Clébio

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1995
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5036
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Edison em Qua 25 Mar 2015, 20:51

Clébio,

E desde quando para morrer teria necessariamente que estar num campo de batalha?

A resposta foi: Tu e teus filhos. Quantos filhos Saul tinha?

A título de exemplo você têm 3 filhos. Alguém te pergunta quantos filhos tens. Você diria dois?

O contexto da situação presente do Saul era a guerra. O que ele queria saber de Deus era sobre a guerra. Então os filhos que estavam com ele na guerreando contra os filisteus morreram.
A precisão de Deus não é a nossa. Eu já te disse isso. Deus disse num momento que Israel ficaria 400 anos em cativeiro, mas quando Moisés o tirou de lá já tinha completado 430 anos.
O Deus que profetizou 400 anos era falso?

Não podemos generalizar as coisas querido irmão. A velocidade não poderá ser equiparada como respaldo para apoiar uma atitude não bíblica e condenada pela Palavra de Deus.

Você não quer admitir que a proibição de Deus afirma que consultar espíritos de mortos é possível.

Não somos apenas um saco de ossos, somos Templo do Espírito Santo, esqueceu????

E quando o Espírito Santo sai o que resta de você????
Segundo sua fé, resta apenas um saco de carne e ossos, não é?
É esta a sua dificuldade em aceitar o que aconteceu na casa da pitonisa. Aqui está o cerne da sua questão.
Aproveito para perguntar-lhe como o Espírito testifica com o nosso espírito?

"O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus" (Rom 8:16).

É bem verdade que Deus cortou as relações com Saul, mas Samuel se encontrava morto e segundo Salmos 115:17, os mortos não falam com Deus e Eclesiastes 9:5, os mortos não sabem coisa alguma.
Assim sendo, como poderia ser Samuel? Impossível...

"Os mortos não louvam ao Senhor, nem os que descem ao silêncio" (Salmos 115:17).

Samuel não estava louvando ao Senhor. Então.......

"Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento.
Também o seu amor, o seu ódio, e a sua inveja já pereceram, e já não têm parte alguma para sempre, em coisa alguma do que se faz debaixo do sol"
(Ecl 9:5-6).

Os mortos não tem recompensa?

"Regozijem-se nesse dia e saltem de alegria, porque grande é a sua recompensa no céu. Pois assim os antepassados deles trataram os profetas" (Luc. 6:23).

Todos os santos que morreram em obediência a Deus não terão recompensa?
Se você responder sim, então temos de entender o contexto do versículo de Ecl. 9:5-6.

Os seres humanos não possuem imortalidade. Esse atributo é somente de Deus, veja 1 Tm 6:16.

Misture I Tim 6:16 com I Jo 5:2 + Jo 3:36 + Jo 5:24 e veja onde você está. É aí que você está meu irmão. A promessa não é para o futuro. É fato consumado.
Jesus foi claro "Quem ouve a minha Palavra e crê Naquele que Me enviou, TEM A VIDA ETERNA e não entrará em condenação, mas PASSOU da morte para a vida".

Creia nisso irmão; Você TEM (presente do indicativo) a vida eterna e já PASSOU (pretérito perfeito) da morte para a Vida.

Note que Jesus não conjugou nenhum verbo no futuro.

Como você bem disse que Saul queria uma posição de Deus, mas Deus se calou, esqueceu? Se Deus se calou, por que então o suposto profeta quando iniciou sua fala não disse que essa mensagem vinha da parte de Deus? Forma esta comum quando se falava as mensagens vindas de Deus.
Pessoas são assim enganadas porque não buscam a Deus verdadeiramente.

Nem sempre os profetas usavam a expressão "Assim diz o Senhor". E mesmo que ele tivesse usado você não creria. Creria?

Além do mais, se profetas vivos não o respondiam, por que logo responderia um profeta morto, sendo esta prática condenada pelo próprio Deus? Sem sentido isso...

Havia profeta em Israel naquele dia?
Se Natã já estivesse desempenhando seu ministério por certo ele teria procurado a Natã.

Se nem pelo Urim que é a revelação sacerdotal, e nem por sonhos, que é a revelação pessoal, e nem pelos Profetas que é a revelação inspirada, poderia agora Samuel lhe responder? Jamais.

Saul estava apostatado, apavorado e desesperado.

Na verdade, na interpretação Bíblica, vemos que Urim que é a revelação sacerdotal, ou sonhos, ou profecias eram os meios do homem receber orientação de Deus. Mas Deus não falou e não falava mais com o Rei Saul, porque ele e o seu reino já haviam sido reprovados pelo Senhor.

E continuou não falando com ele.

Agora Clébio nos diga; Por que a Bíblia (Deus) não desmascarou a satanás e testificou a nos o que, na sua interpretação, aconteceu ali na casa da pitonisa?
Por que ninguém retificou o que Samuel Natã e Gade escreveu no livro de I Samuel?
Por que Jesus nunca tocou nisso?
Por que o apóstolo Paulo um erudito e conhecedor profundo das Escrituras nunca usou o acontecimento para alertar a Igreja quanto ao engano de satanás?





avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 940
Idade : 41
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1737
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Clébio em Qui 26 Mar 2015, 09:12

Edison escreveu:O contexto da situação presente do Saul era a guerra. O que ele queria saber de Deus era sobre a guerra. Então os filhos que estavam com ele na guerreando contra os filisteus morreram.

Tudo bem, se você quer se apegar ao local onde se instalou a guerra, também devemos levar em consideração que nas ocorrências dos acontecimentos, pois dava a entender que naquela peleja Saul iria ser derrotado e que seus filhos sofreria as mesmas implicações. Um dos fatos mais evidente era exatamente sua rebeldia para com Deus e não a profecia do suposto Samuel.

Outra coisa interessante também foi que a profecia falou no outro dia -  “amanhã" você e seus filhos vão estar junto comigo”.

Bem, nós sabemos qual o caminho que  o justo segue , e também qual o caminho que  o ímpio toma.

Ademais, ficaram vivos pelo menos três filhos de Saul: Is-Bosete (2 Sam. 2:8-10), Armoni e Mefibosete (2 Sam. 21:Cool

Outro equívoco da profecia...

Edison escreveu:Você não quer admitir que a proibição de Deus afirma que consultar espíritos de mortos é possível.

Então pode me dizer por que Deus havia claramente cortado a comunicação com Saul (vs. 6) e agora ele toma uma atitude impensável mudando de opinião, resolvendo que valeria a pena realizar tal comunicação, sobretudo por meio de uma representante do grupo que Ele ordenou que devia morrer por causa exatamente da atividade de buscar estabelecer esse tipo de comunicação proibida?

Entenda que se Deus quis comunicar-se com Saul por aquele meio, Ele terminou TRAINDO ao rei! Como podemos imaginar um Deus traiçoeiro assim?! Pois além de ser volúvel—que determina algo e muda de ideia, passando por cima de Suas próprias regras—ainda castiga com morte o rei justamente por que foi em busca de uma comunicação proibida, mas propiciada por Deus mesmo! Esse Deus dos dualistas certamente não é o Deus das Escrituras (1 Crôn. 10:13 diz: “ . . . morreu Saul por causa da sua infidelidade para com o Senhor, porque não havia guardado a palavra do Senhor; e também porque buscou a adivinhadora para a consultar”).

Medite nisso...

Edison escreveu:E quando o Espírito Santo sai o que resta de você????
Segundo sua fé, resta apenas um saco de carne e ossos, não é?
É esta a sua dificuldade em aceitar o que aconteceu na casa da pitonisa. Aqui está o cerne da sua questão.

Pois bem, vou mais longe, quando morremos o que volta para Deus?

Bom, a própria Palavra de Deus nos dá a resposta, veja?

"E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito".(Atos 7:59)

A partir dessa afirmação, o que seria recebido pelo Senhor Jesus?

A vida a partir de então continuava independente do Espírito? Certamente que não.

Não bastasse, o que o próprio Jesus entregou quando estava pregado na cruz antes da sua morte?

Veja:

E, clamando Jesus com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isto, expirou. (Lucas 23:46)

Precisa dizer algo mais?

Edison escreveu:"Os mortos não louvam ao Senhor, nem os que descem ao silêncio" (Salmos 115:17).

Samuel não estava louvando ao Senhor. Então.......

"Porque os vivos sabem que hão de morrer, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco terão eles recompensa, mas a sua memória fica entregue ao esquecimento.
Também o seu amor, o seu ódio, e a sua inveja já pereceram, e já não têm parte alguma para sempre, em coisa alguma do que se faz debaixo do sol" (Ecl 9:5-6).

Os mortos não tem recompensa?

"Regozijem-se nesse dia e saltem de alegria, porque grande é a sua recompensa no céu. Pois assim os antepassados deles trataram os profetas" (Luc. 6:23).

Todos os santos que morreram em obediência a Deus não terão recompensa?

Se você responder sim, então temos de entender o contexto do versículo de Ecl. 9:5-6.

Todos que morreram e foram obedientes a Deus certamente terão a sua recompensa, mas isso se dará quando da volta do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Bíblia é clara a esse respeito!!!

Edison escreveu:Misture I Tim 6:16 com I Jo 5:2 + Jo 3:36 + Jo 5:24 e veja onde você está. É aí que você está meu irmão. A promessa não é para o futuro. É fato consumado.
Jesus foi claro "Quem ouve a minha Palavra e crê Naquele que Me enviou, TEM A VIDA ETERNA e não entrará em condenação, mas PASSOU da morte para a vida".

Creia nisso irmão; Você TEM (presente do indicativo) a vida eterna e já PASSOU (pretérito perfeito) da morte para a Vida.

Note que Jesus não conjugou nenhum verbo no futuro.

Você precisa antes entender uma coisa querido irmão Edison, herdaremos a vida eterna, sim, mas quando Jesus retornar, não agora quando morremos. É inegável isso!!!

Edison escreveu:Nem sempre os profetas usavam a expressão "Assim diz o Senhor". E mesmo que ele tivesse usado você não creria. Creria?

Essa não é a questão principal. O próprio Jesus não usou, mas sempre dizia: "Eu porém, vos digo".

Pode me dizer por que estranhamente o ser que apareceu à feiticeira “sobe de dentro da terra”, quando a Bíblia nunca diz que os seres divinos vêm de tal parte, e sim do alto?  (ver Gên. 22:11 e 15; 2a. Reis 2:11; Isa. 6:1, 2; 32:15; Luc. 2:13; Mat. 3:16, 17; Apo. 14:6).

Também percebe-se que Saul adiciona ao seu erro de consultar uma feiticeira o pecado do juramento em nome de Deus (Ver Mat. 5:34-36; Tia. 5:12), pronunciando o santo divino nome em vão em violação do 3o. mandamento, num ambiente de quem operava contrariando as regras divinas. E ao entender que seria Samuel que apareceu prostrou-se-lhe “em reverência”, noutro ato contrário à Palavra de Deus.

Valendo ressaltar que estranhamente também “Samuel” não repreendeu Saul por inclinar-se em adoração a ele, o que mostra significativa diferença com relação a outros personagens bíblicos a que alguns tentaram prestar indevida reverência (ver Atos 10:25, 26; Apo. 19:10).

Edison escreveu:Havia profeta em Israel naquele dia?
Se Natã já estivesse desempenhando seu ministério por certo ele teria procurado a Natã.

De qualquer forma, isso não daria o direito de consultar feiticeira. Você consultaria?

Edison escreveu:Saul estava apostatado, apavorado e desesperado.

O melhor caminho seria buscar a Deus, não a necromantes, e valendo ressaltar, esses não farão parte do salvos.

Edison escreveu:Agora Clébio nos diga; Por que a Bíblia (Deus) não desmascarou a satanás e testificou a nos o que, na sua interpretação, aconteceu ali na casa da pitonisa?
Por que ninguém retificou o que Samuel Natã e Gade escreveu no livro de I Samuel?
Por que Jesus nunca tocou nisso?
Por que o apóstolo Paulo um erudito e conhecedor profundo das Escrituras nunca usou o acontecimento para alertar a Igreja quanto ao engano de satanás?

De qualquer forma aonde Paulo e o próprio Jessus então aprova esse tipo de comportamento?

Fico no aguardo...

Clébio
avatar
Ernesto
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1076
Idade : 87
Cidade/Estado : Limeira. SP
Religião : crista
Igreja : evangelica
País : brasil
Mensagens Curtidas : 162
Pontos de participação : 2954
Data de inscrição : 26/11/2014

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Ernesto em Qui 26 Mar 2015, 21:42

Edson diz:

Então, antes do calvário os salvos estavam cativos de satanás por causa do pecado no Edem, mas o Grande Libertador, o Senhor Jesus Cristo, arrancou-os de lá e subindo ao Alto levou cativo o cativeiro.
Ninguém teve a alma salva ali no inferno. Os rebeldes dos dias de Noé continuaram e estão lá até hoje, mas os santos patriarcas e profetas foram resgatados e hoje a s chaves do inferno e da morte estão sob os domínios de Jesus.
"E eu, quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último;

Ernesto responde;

Leia Heb.11:13,Todos estes morreram na fé sem terem, recebido as promessas; mas, vendo-as de longe, e crendo nelas, e abraçando-as, confessaram que eram peregrinos na terra.
Eu peço que me mostres na bíblia que estes homens de fé passaram os milênios, (até a morte de Jesus) no inferno, e que Jesus os levou ao céu.
Heb.11;39-40, E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa, provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles, sem nós, não fossem aperfeiçoados.
Segundo a bíblia; Hoje eles ainda permanecem na sepultura, não estão no céu, estão aguardando a bem aventurada esperança E O APARECIMENTO da gloria do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo Tito 2:13, Paulo estava se referindo a segunda vinda de Jesus.
Os santos que ressuscitaram por ocasião da morte de Jesus foi um grupo especial, os quais Jesus levou ao céu como um troféu de vitoria; Mateus 27:52-53, disse; E, ABRIRAM-SE OS SEPULCROS, e, muitos CORPOS,ali diz; CORPOS DE SANTOS QUE DORMIAM. Preste atenção: Quem dormia eram os corpos de santos, e, estes foram ressuscitados,
Eu peço que me mostre na bíblia que algum espirito desses mortos tenham vindo de
qualquer lugar para encarnar nestes corpos, Leia novamente; corpos de santos que dormiam. Para Deus, esses santos não estavam mortos, estavam apenas DORMINDO, e, sendo que estavam dormindo; então não estavam sob o domínio de Satanás, e muito menos tinham as suas camas num tal de inferno de fogo, ninguém dorme estando queimando, por isso o inferno é a sepultura, assim como Mateus dissera no verso 52.
Explique por favor o sono dos santos num inferno de fogo.

Abraços Ernesto













Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1995
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5036
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Edison em Sex 27 Mar 2015, 14:55

Clébio,

Tudo bem, se você quer se apegar ao local onde se instalou a guerra, também devemos levar em consideração que nas ocorrências dos acontecimentos, pois dava a entender que naquela peleja Saul iria ser derrotado e que seus filhos sofreria as mesmas implicações. Um dos fatos mais evidente era exatamente sua rebeldia para com Deus e não a profecia do suposto Samuel.

Outra coisa interessante também foi que a profecia falou no outro dia - “amanhã" você e seus filhos vão estar junto comigo”.

Bem, nós sabemos qual o caminho que o justo segue , e também qual o caminho que o ímpio toma.

Ademais, ficaram vivos pelo menos três filhos de Saul: Is-Bosete (2 Sam. 2:8-10), Armoni e Mefibosete (2 Sam. 21:Cool

Outro equívoco da profecia.

Já tratamos disso.
Mas, todos os filhos estavam naquela batalha?
Quantos dias após a profecia o Saul morreu?
O "estarás comigo" prova que os santos estavam em cativeiro no inferno. Agora se Saul e seus filhos estariam integrados no cativeiro dos santos não sei. O que sei é que o inferno era o destino de quem morria.

Então pode me dizer por que Deus havia claramente cortado a comunicação com Saul (vs. 6) e agora ele toma uma atitude impensável mudando de opinião, resolvendo que valeria a pena realizar tal comunicação, sobretudo por meio de uma representante do grupo que Ele ordenou que devia morrer por causa exatamente da atividade de buscar estabelecer esse tipo de comunicação proibida?

Entenda que se Deus quis comunicar-se com Saul por aquele meio, Ele terminou TRAINDO ao rei! Como podemos imaginar um Deus traiçoeiro assim?! Pois além de ser volúvel—que determina algo e muda de ideia, passando por cima de Suas próprias regras—ainda castiga com morte o rei justamente por que foi em busca de uma comunicação proibida, mas propiciada por Deus mesmo! Esse Deus dos dualistas certamente não é o Deus das Escrituras (1 Crôn. 10:13 diz: “ . . . morreu Saul por causa da sua infidelidade para com o Senhor, porque não havia guardado a palavra do Senhor; e também porque buscou a adivinhadora para a consultar”).

Medite nisso...

É por estas e outras questões que rompe a mente humana, como na sua mente, é que Deus proibiu a consulta de espíritos de pessoas que já haviam morrido.
A verdade é que Deus proíbe consultar espíritos de mortos. Por que proíbe? Ué! Porque é possível.
É esse o teu nó para desatar sem ferir sua doutrina do saco de carne e ossos.

Percebe? Por que Deus em Sua sentença contra a serpente disse que ela passaria a andar rastejando sobre o ventre dela? Qual é a dedução lógica dessa sentença? Ué! É que ela andava em pé, era um animal bípede.
Faria sentido Deus sentencia-la assim se ela já andava se rastejando?

É a mesma coisa com relação a consulta de espírito de mortos. Se isso fosse impossível Deus não proibiria.

Como eu disse este é o nó da doutrina que afirma que o homem é somente um ajuntamento de elementos químicos e que recebe de Deus um fôlego, uma porção de ar e esse ar milagrosamente faz funcionar os sistemas do corpo.




Pois bem, vou mais longe, quando morremos o que volta para Deus?

Bom, a própria Palavra de Deus nos dá a resposta, veja?

"E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito".(Atos 7:59)

A partir dessa afirmação, o que seria recebido pelo Senhor Jesus?

A vida a partir de então continuava independente do Espírito? Certamente que não.

Não bastasse, o que o próprio Jesus entregou quando estava pregado na cruz antes da sua morte?

Veja:

E, clamando Jesus com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isto, expirou. (Lucas 23:46)

Precisa dizer algo mais?

Este teu trecho está um pouco confuso.
Tanto Jesus quanto a Estevão clamaram para que Deus recebesse, amparasse, tomasse no Seu Reino, o seu espírito. Não é o seu fôlego, o seu hálito, ou a porção de ar que o fazia vivo aqui.

"E o Espírito do Senhor se retirou de Saul,....." (1 Sam 16:14).

O Saul morreu após o Espírito sair dele?

"e desde aquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi" (I Sam. 16:13).

Davi era morto antes desse dia?



Ecl. 9:5-6.

Todos que morreram e foram obedientes a Deus certamente terão a sua recompensa, mas isso se dará quando da volta do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Bíblia é clara a esse respeito!!!

Você precisa antes entender uma coisa querido irmão Edison, herdaremos a vida eterna, sim, mas quando Jesus retornar, não agora quando morremos. É inegável isso!!!

Concorda então que a Escritura de Ecl. 9:5-6 precisa apura-la em outro contexto?



Essa não é a questão principal. O próprio Jesus não usou, mas sempre dizia: "Eu porém, vos digo".

Pode me dizer por que estranhamente o ser que apareceu à feiticeira “sobe de dentro da terra”, quando a Bíblia nunca diz que os seres divinos vêm de tal parte, e sim do alto? (ver Gên. 22:11 e 15; 2a. Reis 2:11; Isa. 6:1, 2; 32:15; Luc. 2:13; Mat. 3:16, 17; Apo. 14:6).

Já expliquei isso diversas vezes.


Também percebe-se que Saul adiciona ao seu erro de consultar uma feiticeira o pecado do juramento em nome de Deus (Ver Mat. 5:34-36; Tia. 5:12), pronunciando o santo divino nome em vão em violação do 3o. mandamento, num ambiente de quem operava contrariando as regras divinas. E ao entender que seria Samuel que apareceu prostrou-se-lhe “em reverência”, noutro ato contrário à Palavra de Deus.

Valendo ressaltar que estranhamente também “Samuel” não repreendeu Saul por inclinar-se em adoração a ele, o que mostra significativa diferença com relação a outros personagens bíblicos a que alguns tentaram prestar indevida reverência (ver Atos 10:25, 26; Apo. 19:10).

Saul adorou????? Tá forçando irmão.
Eu não sei se Samuel viu ele se prostrar. A pitonisa viu, já Samuel não sei. Eu não entendo que o espírito de Samuel incorporou na pitonisa. Não. A pitonisa era uma vidente, assim como os profetas de Deus eram videntes. Cada um pertence a um reino distinto. O vidente vê o sobrenatural (independente do reino a que pertença) e de alguma forma se comunica com o sobrenatural e transmite o que vê ou o que ouve para o mundo natural. A pitonisa era uma interlocutora, ou intermediadora no caso.

O mundo maligno, o reino das trevas pode enganar seus videntes, suas pitonisas, seus profetas e transmitir engano para o povo e levar o povo a uma decepção e a um grande desapontamento???
Eu não tenho a menor dúvida quanto a isso.

No entanto Jesus tirou esses santos patriarcas e profetas daquela jurisdição infernal. O cativeiro foi removido, foi resgatado, foi levado ao Alto.
Hoje não há a menor possibilidade de algum vidente, pitonisa, cartomante, médium se comunicar com as almas que foram resgatadas para o Reino do Céu. Nem mesmo nós os crentes salvos como eles não temos acesso a menos que Deus de alguma forma leve um de nós até lá.

De qualquer forma, isso não daria o direito de consultar feiticeira. Você consultaria?

Não, lógico que não. A proibição permanece até hoje e não tenho a menor necessidade disso. E mesmo que tivesse o meu temor a Deus me impede. Lembre-se que hoje somos prisioneiros de Cristo igualmente a Paulo.

O melhor caminho seria buscar a Deus, não a necromantes, e valendo ressaltar, esses não farão parte do salvos.

Sim, mas ele tinha se apostatado.

Edison escreveu:
Agora Clébio nos diga; Por que a Bíblia (Deus) não desmascarou a satanás e testificou a nos o que, na sua interpretação, aconteceu ali na casa da pitonisa?
Por que ninguém retificou o que Samuel Natã e Gade escreveu no livro de I Samuel?
Por que Jesus nunca tocou nisso?
Por que o apóstolo Paulo um erudito e conhecedor profundo das Escrituras nunca usou o acontecimento para alertar a Igreja quanto ao engano de satanás?

Clébio responde:
De qualquer forma aonde Paulo e o próprio Jesus então aprova esse tipo de comportamento?

Fico no aguardo...

Clébio

O Clébio não estamos tratando da aprovação ou não. Estamos tratando da possibilidade ou não.

E a verdade é que nem Jesus, nem os apóstolos e nenhum dos patriarcas e profetas retificaram a narrativa de I Samuel 28.

O apóstolo Paulo, o profeta designado para ser Luz dos gentios, teria detalhadamente elucidado o engano dos escritores do livro I Samuel e negado a possibilidade de se consultar espíritos de pessoas mortas que o texto revelou.

Concluindo gostaria de trazer um depoimento da profetiza Ellen White sobre os habitantes de outros mundos;

"Uma Visão Dada por Ellen White de Outros Mundos — O Senhor me proporcionou uma visão de outros mundos. Asas foram dadas a mim, e um anjo me acompanhou da cidade a um lugar magnífico e glorioso … Os habitantes do lugar eram de todas as estaturas; nobres, majestosos e formosos … Então fui levada a um mundo que tinha sete luas. Vi ali o bom e velho Enoque, que tinha sido transladado … Pedi ao meu anjo assistente que me deixasse ficar ali …

Disse então o anjo: “Deves voltar e, se fores fiel, juntamente com os 144.000 terás o privilégio de visitar todos os mundos e ver a obra das mãos de Deus”. PE, págs. 39-40 (1882)."


Note que ela viu as pessoas lá, inclusive o Enoque que de alguma maneira ela o identificou.

Lembre-se também que ela sonhou um dia com seu marido já morto e o sonho lhe foi tão real que ela obedeceu a orientação dele em não participar de certa conferencia, ou algo assim.

Veja, Ellen White era uma vidente (profetiza) e como tal sabia que sonho é uma maneira (não primaria) que nós temos de nos comunicar com o mundo sobrenatural.

avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 940
Idade : 41
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1737
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Clébio em Seg 30 Mar 2015, 11:11

Edison escreveu:O "estarás comigo" prova que os santos estavam em cativeiro no inferno. Agora se Saul e seus filhos estariam integrados no cativeiro dos santos não sei. O que sei é que o inferno era o destino de quem morria.

Concordo que inferno é o destino de quem morre e pronto, lá fica até a volta de Cristo.

Edison escreveu:É por estas e outras questões que rompe a mente humana, como na sua mente, é que Deus proibiu a consulta de espíritos de pessoas que já haviam morrido.
A verdade é que Deus proíbe consultar espíritos de mortos. Por que proíbe? Ué! Porque é possível.
É esse o teu nó para desatar sem ferir sua doutrina do saco de carne e ossos.

Não, não é meu nó para desatar. Você está equivocado, muito equivocado.

Agora veja a responsabilidade e carga que você põe sobre Deus. Ele proíbe a consulta aos mortos e depois ele mesmo não dá o exemplo.

Dá para acreditar numa coisa dessas?

Se o próprio Satanás atua disfarçadamente como Anjo de Luz, como vamos ter a certeza que foi realmente Samuel que falava com Saul?

Não ponha essa carga sobre Deus, pois isso faz dele um mentiroso usando essa concepção. Medite nisso!!!

Edison escreveu:Este teu trecho está um pouco confuso.
Tanto Jesus quanto a Estevão clamaram para que Deus recebesse, amparasse, tomasse no Seu Reino, o seu espírito. Não é o seu fôlego, o seu hálito, ou a porção de ar que o fazia vivo aqui.

"E o Espírito do Senhor se retirou de Saul,....." (1 Sam 16:14).

O Saul morreu após o Espírito sair dele?

Você aqui está fazendo confusão do termo "espírito". Você sabe muito bem que espírito tem vários significados.

O que me refiro e você sabe muito bem que trato do espírito que foi dado para que Ele tivesse vida, não outro, que segundo você, está se apoiando para defender uma prática condenada por Deus.

Edison escreveu:Concorda então que a Escritura de Ecl. 9:5-6 precisa apura-la em outro contexto?

E qual é a tua interpretação?

Eu já te disse que todos que morreram e foram obedientes a Deus certamente terão a sua recompensa, mas isso se dará quando da volta do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Bíblia é clara a esse respeito!!!

E a recompensa será a vida eterna ou você discorda disso?

Edison escreveu:Já expliquei isso diversas vezes.

Por eu não ver o apoio bíblico é por isso que continuo te indagando e te levando a uma melhor reflexão.

Edison escreveu:O mundo maligno, o reino das trevas pode enganar seus videntes, suas pitonisas, seus profetas e transmitir engano para o povo e levar o povo a uma decepção e a um grande desapontamento???
Eu não tenho a menor dúvida quanto a isso.

Então o melhor caminho é aceitar que toda a informação trazida pelo suposto Samuel é objeto de engano, querido amigo.

Não há outra verdade a não ser a Palavra de Deus...

Edison escreveu:Não, lógico que não. A proibição permanece até hoje e não tenho a menor necessidade disso. E mesmo que tivesse o meu temor a Deus me impede. Lembre-se que hoje somos prisioneiros de Cristo igualmente a Paulo.

Amém...

Edison escreveu:O Clébio não estamos tratando da aprovação ou não. Estamos tratando da possibilidade ou não.

E a verdade é que nem Jesus, nem os apóstolos e nenhum dos patriarcas e profetas retificaram a narrativa de I Samuel 28.

Aí é que mora o problema. Se não retificaram, então significa que aceitam essa prática?

Aí é você quem tá forçando o texto.

Entenda uma coisa - o simples fato de não haver comentários entre Jesus e o apóstolo Paulo, não significa que concordaram ou não, sobre determinado assunto.

Quando lemos por exemplo um texto bíblico, temos que prestar atenção no que ele diz, mas também no que ele não diz. Percebeu?!?!?!

Oportunamente comento o restante...

Fique na paz...

Clébio[
avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 940
Idade : 41
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1737
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Clébio em Seg 30 Mar 2015, 13:26

Edison escreveu:Tanto Jesus quanto a Estevão clamaram para que Deus recebesse, amparasse, tomasse no Seu Reino, o seu espírito. Não é o seu fôlego, o seu hálito, ou a porção de ar que o fazia vivo aqui.

"E o Espírito do Senhor se retirou de Saul,....." (1 Sam 16:14).

O Saul morreu após o Espírito sair dele?

Voltando a esse seu entendimento, então como ficaria o texto abaixo?

"Enquanto Jesus ainda estava falando, chegou alguém da casa de Jairo, o dirigente da sinagoga, e disse: "Sua filha morreu. Não incomode mais o Mestre".

Ouvindo isso, Jesus disse a Jairo: "Não tenha medo; tão-somente creia, e ela será curada".

Quando chegou à casa de Jairo, não deixou ninguém entrar com ele, exceto Pedro, João, Tiago e o pai e a mãe da criança.

Enquanto isso, todo o povo estava se lamentando e chorando por ela. "Não chorem", disse Jesus.

"Ela não está morta, mas dorme".

Todos começaram a rir dele, pois sabiam que ela estava morta.

Mas ele a tomou pela mão e disse: "Menina, levante-se! "

O espírito dela voltou, e ela se levantou imediatamente. Então Jesus lhes ordenou que lhe dessem de comer. (Lucas 8:49-55)

Esse é o mesmo espírito que retirou-se de Saul?

Com certeza, não!!!

Ademais, o Espírito de Deus não se apartou arbitrariamente do Saul, mas porque Saul rebelou-se contra a direção divina e deliberadamente fugiu à influência do Espírito. Isto deve ser entendido em harmonia com Salmo139:7 (abaixo) e com o princípio fundamental da livre escolha. Se Deus, por meio de seu Espírito, houvesse imposto sua vontade a Saul contra os desejos dele, Deus teria feito do rei uma mera máquina.[/size]

[size=13]"Para onde me irei do teu espírito, ou para onde fugirei da tua face?" (Salmos 139:7)

[size=16]Pense nisso...

Clébio

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Jefté em Seg 30 Mar 2015, 13:51

Olá Rasabino

A Paz!
Você diz:

Que bom! Então havia remissão de pecados antes da Cruz, certo? Quanto a ser "pouquíssimos"... bem aí vc abre uma grande questão: Será que Deus concede perdão para uns pecados e para outros não?

Claro que sim!
Até hoje acontece isso, acaso não está escrito no Novo Testamento (mesmo depois da morte e ressurreição do Senhor p/ remissão dos pecados) que há pecado para morte (e por esse, diz o apóstolo) não digo nem que ore? (I Jo. 5:16)

Assim e muito mais na lei teve e ainda tem condenação (e jamais perdão) para os inúmeros pecados cometidos pelo pecador, nos quais a lei além de não perdoá-los ainda exige que que pague p/ eles olho por olho e dente por dente; ou seja, ele deverá sofrer punição merecida e justa pelos seus delitos (e Jesus ainda diz assim no Novo Testamento: em verdade vos digo que não sairás dali enquanto não tiveres pagado o último ceitil (devedor); aliás a lei não foi dada para propósito de perdão de pecados (nem poderia fazê-lo, pois não existe nela base ou ato que traga perdão aos homens; é bem o contrário, ela veio para condenar o pecador, e não para justificá-lo ou perdoá-lo.
Espero que entenda.

Jefté escreveu:
Acontece que na lei está dito:
Não matarás... não cobiçarás... não adulterarás... não roubarás... etc., mas todo o homem na face da terra, todo o filho de Adão n vezes no seu viver transgride e quebranta n vezes vários mandamentos da lei fazendo o mal perante o Senhor
Inclusive nós, enquanto estivermos neste corpo corruptível, concordas?
Concordo, que, inclusive nós, enquanto estivermos neste corpo corruptível quebrantamos n vezes vários mandamentos da lei fazendo o mal perante o Senhor; porém há uma premissa estabelecida hoje por Cristo, homem e Salvador dos homens, dos pecadores, a qual nos redime de sermos, pela lei, condenados: a Sua vinda; e Sua vida, e Sua morte, e Sua Ressurreição para nossa justificação e redenção, e o perdão de todos os nossos pecados e nossa salvação, pela fé, conforme está escrito: Jer. 31:34 - Heb. 10:18 etc.

Coisa que na lei era impossível de sequer se existir, pois o pecado de Adão só havia estabelecido isto: a condenação e a ira e a perdição aos pecadores, todos, conforme está escrito: porquanto fizeste isto, maldita é a terra, e com dor comerás dela todos os dias da tua vida; no suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tu voltes ao pó, porquanto és pó e ao pó tornarás. (Gen. 3:17-19)

Então, irmão, se na lei havia atos, motivos e mandamentos para exigir e estabelecer a morte e condenação e também punição para nos advir; de maneira tal que pelo pecado de Adão (o comer da árvore proibida) por este pecado simplesmente eu me tornara um ser pecador (todos os segundos e minutos e horas e dias e anos de minha vida) não tendo em momento algum durante o meu viver um segundo sequer em que eu deixava de ser pecador; pois também o estado de meu ser: isto é, o feito de Adão me tornava diante de Deus um pecador tanto no passado quanto no presente - até que a morte, a minha pagasse pelo meu pecado - e também o de Adão, pois eu nele estava, pois fui gerado dele.
Muito mais hoje, após o Ato de Cristo, o feito de Cristo em favor de pecadores os justificará - pela fé  Nele, no seu Nome e em seu Sangue,  plenamente os torna perdoados e justificados diante de Deus, diante da lei; afinal, Cristo viveu e sofreu e morreu no nosso lugar, conforme diz: o Justo pelos injustos, a fim de nos remir.
Acontece que isso se opera em mim pela fé.
De maneira que, se o pecado de Adão (e também os meus) me fizera um pecador instantâneo durante todo o meu viver, e no tempo que se chama hoje, até que a minha morte me pagasse os meus pecados me mantendo morto (pois ela é a única paga dos pecados perante a lei) e isso era uma lei natural - de forma que jamais a lei estabelecia qualquer ato a me justificar em todos os seus mandamentos, porquanto tendo ela afirmado que não era p/ eu fazer aqueles males todos listados por ela, de maneira que tendo eu feito vários e vários durante todo o meu viver, isso só me acumularia mais culpa e delitos diante de Deus; de maneira tal que ao pagar-se olho por olho e mão por mão, pé por pé e vida por vida, isso me traria condenação em cima de condenação - e na lei hão há misericórdia alguma - e eu era um constante pecador e condenado.

Assim e muito mais agora, depois de o Novo Testamento ser estabelecido pela paga do Senhor pelos pecados dos pecadores, e me dar gratuitamente o perdão e a justificação dos meus pecados, pelo seu sangue e pelo seu nome, eu os recebe tendo e crido; então embora (perante a lei) eu cometa vários delitos (os quais são impossíveis de a carne de pecado deixar de os cumprir) contudo sou justificado pelo sangue de Cristo, desde quando eu cri como meu Salvador, e Redentor único e suficiente de toda a minha alma; conforme diz São Paulo, pela graça sois salvos, por meio da fé, e isso não vem de vós, é dom de Deus, não vem pelas obras para que ninguém se glorie.
Vamos por partes!

Segundo a velha aliança (Lei), um dos 10 mandamentos cai na subjetividade por carregar em si mesmo a impossibilidade do flagrante: "Não cobiçarás..." Só mesmo um Deus onisciente pode constatar a cobiça que permeia o coração de todos os homens, e por isso mesmo, todos os descendentes de Adão são pecadores perante Deus e perante a Lei! Assim está dito:

"Na verdade que não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque. Eclesiastes 7:20"

Assim Jefté, mesmo que haja remissão de pecados, tanto na antiga como na nova Lei, com ou sem flagrante, isso não muda a condição espiritual de todos os homens: PECADORES! Todos nós somos pecadores; e mesmo conhecendo o Evangelho e dando razão ao Evangelho, SOMOS PECADORES! Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus!
Realmente!
Porém na lei não havia ainda não há, para quem está debaixo dela (Rom. 7:1 - Rom. 10:4) remissão alguma pelos seus pecados, conforme mesmo diz Tiago, que aquele que quebrantou apenas um mandamento da lei, tornou-se culpado de todos.
Porém, hoje, embora temos os nossos pecados e o de Adão nos tornando culpados perante a lei; também temos o feito de Cristo (sua vida inteira e sua morte e ressurreição) nos justificando TAMBÉM perante a lei (pois foi ela que estabeleceu o Salvador dos pecadores, vide Isaías 53), então de agora em diante nos diz: o justo viverá pela fé (Hab. 2:4 - Rom. 1:17 - Gal. 3:11 - Heb. 10:38 )


A grande verdade do Evangelho, é que sob o ponto de vista de "PECADORES", nenhum homem poderá ser condenado!

No VT, dois animais pela manhã e pela tarde, eram sacrificados diariamente justamente porque todos os homens são pecadores e necessitam do perdão de Deus. Assim, o sumo-sacerdote, uma vez por ano, fazia expiação de pecados por todos, independente de confissão ou não, e isto resultava numa remissão coletiva!

Mas vindo Cristo, o sumo-sacerdote dos bens futuros:

Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo. Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles. Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus; que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo. Hebreus 7:24-27
A lei era um remendo!
Era sombra das coisas; e nada aperfeiçoou.
Tanto é assim que o salário do pecado é a morte.
Então todos os homens, todos os pecadores, até mesmo os da fé, estavam encerrados na morte; morreram para pagar pelos seus pecados.
E não havia possibilidade alguma de se haver p/ eles ressurreição para a vida c/ Deus; porquanto a morte era a única sina e paga aos homens pelos seus pecados.
Então, se pela lei havia a morte de cordeiros e bodes todos os dias para perdão de pecados, mesmo assim, é como diz São Paulo: "porque é impossível que o sangue de bodes e touros tire os pecados."
E outra vez:
"Que é uma alegoria para o tempo presente, em que se oferecem dons e sacrifícios que, quanto à consciência, não podem aperfeiçoar aquele que faz o serviço;" (Heb. 9:9)
Ou seja, a lei era sombra, não pode remir os pecados, não pode justificar os pecadores, não pode pelo sangue de bodes e touros e cordeiros pagar pelos pecados dos seres conscientes e inteligentes, que somos todos.

Só mesmo o homem o poderia pagar; por isso o Senhor se fez homem.
Quanto a isso, São Paulo explica:
Hebreus 7.19
"( Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou ) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus."

Hebreus 10.14
"Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados."


Jefté escreveu:
Portanto, não há remissão tampouco perdão aos homens, a nenhum, antes da paga dos pecados por Cristo - mediante a fé em Seu Nome.

Desculpe meu irmão, você pode continuar a insistir nisto, mas a verdade é que acerca dos pecados de toda humanidade não há mais condenação de morte, porque Cristo cancelou todo escrito de dívida. Fica apenas para ser constada se o pecador crê no perdão e tem Fé na ressurreição, somente isto!
Rasabino
Não creio nisto, irmão.
O Senhor pagou pelo pecado do mundo; porém é necessário ao pecador, crê-lo.
João 8.24
"Por isso vos disse que morrereis em vossos pecados, porque se não crerdes que eu sou, morrereis em vossos pecados."

Jesus não veio anular a lei; veio cumpri-la.
Assim sendo, para os que não estão em Cristo, a lei ainda sobre eles vigora, e se pagará até o último ceitil, e de todos os js e tis da lei, nenhum sequer cairá por terra sem que seja cumprido.
É por isso mesmo que se prega que a ira de Deus ainda virá sobre o mundo, sobre os impíos.
Conforme diz todo o Novo Testamento:
"Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece." (Jo. 3:36)

"Porque, se ao madeiro verde fazem isto, que se fará ao seco?" (Luc. 23:31)

I Tessalonicenses 1.10
"E esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dentre os mortos, a saber, Jesus, que nos livra da ira futura."

Apocalipse 15.1
"E VI outro grande e admirável sinal no céu: sete anjos, que tinham as sete últimas pragas; porque nelas é consumada a ira de Deus."

Apocalipse 6.16
"E diziam aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós, e escondei-nos do rosto daquele que está assentado sobre o trono, e da ira do Cordeiro;"

E uma reflexão:
Sabe porque virá o fim deste mundo de pecado e o fim de todos os pecadores ???
Para cumprimento da lei!
Porque Jesus salvará os Dele; ou seja, os que Lhe creram; quanto aos demais, a justiça da lei cairá sobre eles, pois não há como tirá-los desta condição e condenação; a menos que confessem Seu Nome.
Um abraço.

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1995
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5036
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Edison em Seg 30 Mar 2015, 16:07

Ernesto,

Ernesto responde;

Leia Heb.11:13,Todos estes morreram na fé sem terem, recebido as promessas; mas, vendo-as de longe, e crendo nelas, e abraçando-as, confessaram que eram peregrinos na terra.
Eu peço que me mostres na bíblia que estes homens de fé passaram os milênios, (até a morte de Jesus) no inferno, e que Jesus os levou ao céu.
Heb.11;39-40, E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa, provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles, sem nós, não fossem aperfeiçoados.
Segundo a bíblia; Hoje eles ainda permanecem na sepultura, não estão no céu, estão aguardando a bem aventurada esperança E O APARECIMENTO da gloria do grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo Tito 2:13, Paulo estava se referindo a segunda vinda de Jesus.

Eles morreram crendo e vendo pela fé, ao longe, a nova Jerusalém.

Ernesto, todo o raciocínio adventista com relação a vida após a morte é limitado pela crença de que somos apenas um saco de carne e ossos. Este é teu prisma. Mas há vida após a morte sim. Moisés e Elias no monte Tabor é prova disso.
Você diz: "É, mas Elias foi arrebatado".
É verdade Elias foi arrebatado e não passou pela morte.
Mas eu pergunto: "Carne e sangue entram no céu?"
Eu não estou afirmando nada. Contudo lembre-se, a redenção do nosso corpo físico dependia do calvário.

E o Moisés? A Bíblia é muito clara e relatar o que aconteceu com o Moisés.

"Assim morreu ali Moisés, servo do Senhor, na terra de Moabe, conforme a palavra do Senhor.
E o sepultou num vale, na terra de Moabe, em frente de Bete-Peor; e ninguém soube até hoje o lugar da sua sepultura.
Era Moisés da idade de cento e vinte anos quando morreu; os seus olhos nunca se escureceram, nem perdeu o seu vigor.
E os filhos de Israel prantearam a Moisés trinta dias, nas campinas de Moabe; e os dias do pranto no luto de Moisés se cumpriram"
(Deut 34:5-Cool.

Agora, eu sei de onde você tirou a ideia de que o arcanjo Miguel era Cristo e que este, sendo Cristo, ressuscitou o Moisés.

PRIMEIROS ESCRITOS PG 164 - POR ELLEN WHITE

"Satanás tinha estado a procurar algo com que acusar Moisés perante os anjos. Exultou com seu êxito em levá-lo a desagradar a Deus, e disse aos anjos que ele poderia vencer ao Salvador do mundo quando Este viesse para remir o homem. Pela sua transgressão Moisés veio a ficar sob o poder de Satanás — o domínio da morte. Tivesse ele permanecido firme, e o Senhor o teria levado à terra prometida, e o teria então trasladado para o Céu sem ver a morte.
Moisés passou pela morte, mas Cristo desceu e lhe deu vida antes que seu corpo visse a corrupção. Satanás procurou reter o corpo, pretendendo-o como seu; mas Miguel ressuscitou Moisés e levou-o ao Céu. Satanás maldisse amargamente a Deus, acusando-O de injusto por permitir que sua presa lhe fosse tirada; Cristo, porém, não repreendeu a Seu adversário, embora fosse por sua tentação que o servo de Deus houvesse caído. Mansamente remeteu-o a Seu Pai, dizendo: “O Senhor te repreenda...................."

(http://egwtext.whiteestate.org/publication.php?pubtype=Book&bookCode=PE&lang=pt&collection=65§ion=all&pagenumber=164)

Isto é o que afirma a profetiza Ellen White uma irmã que você acredita que tinha o espírito de Profecia. Eu não duvido disso. Contudo a profecia tem de ter por base as Escrituras, o que não é o caso.
Neste caso eu acho mais grave afirmar que Cristo é um arcanjo, quando Cristo é o Filho de Deus e o arcanjo é servo de Deus.

Eu já lhe disse e você concorda que, o fato de você acreditar que após a tua morte você se tornará tão somente pó de elementos químicos (enxofre, potássio, ferro, oxigênio, nitrogênio, cálcio, carbono..........cerca de 60 elementos, que no teu caso foi usado produtos químicos de altíssima qualidade pois você com 85 anos está firme e forte, Graças a Deus - rsrsrsrs) e eu acreditar que quando deixarmos este corpo temos um outro pronto nos esperando conforme II Cor. 5:1-8, em nada altera o nosso destino eterno.
A única coisa que acontecerá é que você se surpreenderá ao vê-lo vivo, caminhando com os demais santos, num corpo jovem tipo 18/20 anos. Então você ficará muito feliz em saber que não é só um punhado de pó. rsrsrsrs

Os santos que ressuscitaram por ocasião da morte de Jesus foi um grupo especial, os quais Jesus levou ao céu como um troféu de vitoria; Mateus 27:52-53, disse; E, ABRIRAM-SE OS SEPULCROS, e, muitos CORPOS,ali diz; CORPOS DE SANTOS QUE DORMIAM. Preste atenção: Quem dormia eram os corpos de santos, e, estes foram ressuscitados,
Eu peço que me mostre na bíblia que algum espirito desses mortos tenham vindo de
qualquer lugar para encarnar nestes corpos, Leia novamente; corpos de santos que dormiam.

Leia com atenção comigo Ernesto "muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados".

Os corpos dos santos é que dormiam no pó.
Era realmente um grupo especial. Dentre todas as pessoas que tinham morrido desde Adão, comparativamente, os santos era um grupo especial.


Para Deus, esses santos não estavam mortos, estavam apenas DORMINDO, e, sendo que estavam dormindo; então não estavam sob o domínio de Satanás, e muito menos tinham as suas camas num tal de inferno de fogo, ninguém dorme estando queimando, por isso o inferno é a sepultura, assim como Mateus dissera no verso 52.
Explique por favor o sono dos santos num inferno de fogo.

Abraços Ernesto

Ernesto, os mortos perdidos não estão queimando. Essa é uma alegoria. Lá na segunda morte, aí sim algo consumidor, quiçá um fogo consumidor aniquilará o diabo, seus anjos e todos os ímpios condenados no Trono Branco.
Mas hoje, a condição é de tormento, é de sofrimento, pois estão cientes que perderam a salvação enquanto vivos aqui.
Os santos que estavam em cativeiro não estavam em tormento e nem obrigados a servidão apesar de estarem sob, digamos, a jurisdição de satanás.
A chave da morte esta sob domínio de satanás. Ele os mantinham retidos de alguma maneira, mas não estavam em tormento e nem em regime de servidão.
Então Jesus, o Filho de Deus, fez aquilo que o arcanjo Miguel não conseguiria fazer. O Filho de Deus fez o resgate porque sangue, o sangue remidor do Salvador tinha sido derramado no calvário.
Aquele sangue foi sangue de Deus, sangue Divino, porque seu corpo não tinha sido feito por mãos de homem, isto é, não desta criação (Heb. 9:11-12).
Somente esse sangue restauraria o Caminho de acesso a Árvore da Vida bloqueados por querubins lá no passado Gen. 3:24).

"E eu, quando o vi, caí a seus pés como morto; e ele pôs sobre mim a sua destra, dizendo-me: Não temas; Eu sou o primeiro e o último;
E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno"
(Apocalipse 1:17-18).

Este que falou com João era nada menos que o mesmo que falou com Isaías:

"Assim diz o Senhor, Rei de Israel, e seu Redentor, o Senhor dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus (Isaías 44:6).

É este Senhor dos Exércitos em Cristo quem resgatou os santos que ali estavam no inferno.




Rasabino
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1266
Idade : 49
Cidade/Estado : Cianorte
Religião : não tem
Igreja : eu
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 14
Pontos de participação : 2761
Data de inscrição : 03/01/2014

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Rasabino em Seg 30 Mar 2015, 19:24

Graça e Paz Jefté!
Jefté escreveu:Era sombra das coisas; e nada aperfeiçoou. Tanto é assim que o salário do pecado é a morte.
Então todos os homens, todos os pecadores, até mesmo os da fé, estavam encerrados na morte; morreram para pagar pelos seus pecados.

Irmão, eu entendo perfeitamente o teu raciocínio e já tive esse entendimento.

Quando porém tive o discernimento sobre o que "a Lei não pôde aperfeiçoar" foi que mudei minha visão sobre a expiação (perdão) dos pecados no AT.

Porque tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam. Doutra maneira, teriam deixado de se oferecer, porque, purificados uma vez os ministrantes, nunca mais teriam consciência de pecado. Hebreus 10:1-2

Isto é muito simples, mas está tão "perto dos olhos" que não se pode enxergar, a menos que se afaste um pouco!

A questão do "aperfeiçoar" está ligado a renovação da consciência e com a vida eterna num corpo glorificado. A Lei da expiação dos pecados não podia aperfeiçoar os homens, ou seja, lhes mudar a consciência e lhes conceder uma vida eterna, mas isto não significa que a Lei da expiação dos pecados e da culpa não conquistasse o perdão de Deus acerca dos mesmos:

E a sua expiação trará ao Senhor: um carneiro sem defeito do rebanho, conforme à tua estimação, para expiação da culpa trará ao sacerdote; e o sacerdote fará expiação por ela diante do Senhor, e será perdoada de qualquer das coisas que fez, tornando-se culpada. Levítico 6:6-7

Não temos como negar esta verdade que está na Lei!

Falou mais o SENHOR a Moisés, dizendo: Dá ordem aos filhos de Israel, e dize-lhes: Da minha oferta, do meu alimento para as minhas ofertas queimadas, do meu cheiro suave, tereis cuidado, para me oferecê-las ao seu tempo determinado. E dir-lhes-ás: Esta é a oferta queimada que oferecereis ao Senhor: dois cordeiros de um ano, sem defeito, cada dia, em contínuo holocausto; um cordeiro sacrificarás pela manhã, e o outro cordeiro sacrificarás à tarde; e a décima parte de um efa de flor de farinha em oferta de alimentos, misturada com a quarta parte de um him de azeite batido. Este é o holocausto contínuo, instituído no monte Sinai, em cheiro suave, oferta queimada ao Senhor.

Jefté escreveu:E não havia possibilidade alguma de se haver p/ eles ressurreição para a vida c/ Deus; porquanto a morte era a única sina e paga aos homens pelos seus pecados.

Não aperfeiçoou ninguém! No entanto, muitos morreram perdoados e aguardando a promessa:

E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa, provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles sem nós não fossem aperfeiçoados. Hebreus 11:39-40

Enquanto Cristo não cumpria a Sua própria morte e ressurreição, eles, depois de mortos, aguardam ser aperfeiçoados!

Se não fora assim, não haveria salvação nem para Abraão!



Jefté escreveu:Então, se pela lei havia a morte de cordeiros e bodes todos os dias para perdão de pecados, mesmo assim, é como diz São Paulo: "porque é impossível que o sangue de bodes e touros tire os pecados."

Jefté, aqui está a confusão toda: O sangue de animais não tinha poder de tirar os pecados,

E assim todo o sacerdote aparece cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados; Hebreus 10:11

Mas os mesmos sacrifícios, que o próprio Senhor instruiu, apontavam para o sangue do Cordeiro que tira o percado DO MUNDO:

No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. João 1:29

Mas na mente de Deus, enquanto não vinha a plenitude dos tempos, era o Seu Cordeiro que estava sendo sacrificado todos os dias!

Eles alcançaram, não só o perdão, mas também a retirada definitiva dos pecados MEDIANTE A FÉ no sacrifício daqueles animais que figuravam Cristo!

Pela fé Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e por ela, depois de morto, ainda fala. Hebreus 11:4

Jefté escreveu:
Jefté escreveu:
Portanto, não há remissão tampouco perdão aos homens, a nenhum, antes da paga dos pecados por Cristo - mediante a fé em Seu Nome.

Desculpe meu irmão, você pode continuar a insistir nisto, mas a verdade é que acerca dos pecados de toda humanidade não há mais condenação de morte, porque Cristo cancelou todo escrito de dívida. Fica apenas para ser constada se o pecador crê no perdão e tem Fé na ressurreição, somente isto!
[color=#000099]Rasabino
Não creio nisto, irmão.

Tudo bem, sem problemas!

Jefté escreveu:O Senhor pagou pelo pecado do mundo; porém é necessário ao pecador, crê-lo.

Da mesma forma que no AT também era necessário CRER na expiação de pecados por meio de sacrifícios de animais

Temamos, pois, que, porventura, deixada a promessa de entrar no seu repouso, pareça que algum de vós fica para trás. Porque também a nós foram pregadas as boas novas, como a eles, mas a palavra da pregação nada lhes aproveitou, porquanto não estava misturada com a fé naqueles que a ouviram. Hebreus 4:1-2


Jefté escreveu:Sabe porque virá o fim deste mundo de pecado e o fim de todos os pecadores ???
Para cumprimento da lei!

Discordo!

O fim virá porque não haverá mais Fé na terra, e sem Fé é impossível que o homem acesse a Deus para rever a sua condição de morte!

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1678
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4033
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Jefté em Seg 30 Mar 2015, 21:51

Olá Rasabino
A paz irmão!

Que entre muitas coisas diz:

Irmão, eu entendo perfeitamente o teu raciocínio e já tive esse entendimento.Aquestão do "aperfeiçoar" está ligado a renovação da consciência e com a vida eterna num corpo glorificado. A Lei da expiação dos pecados não podia aperfeiçoar os homens, ou seja, lhes mudar a consciência e lhes conceder uma vida eterna, mas isto não significa que a Lei da expiação dos pecados e da culpa não conquistasse o perdão de Deus acerca dos mesmos:

Irmão, a questão da consciência é extremamente importante; por exemplo sem a consciência sem fruto não pode haver perdão; o perdão traz consigo a paz; a reconciliação; a renovação; coisas que a lei não podia trazer; da mesma forma que a consciência do pecado da qual fez Adão e Eva fugirem e se esconderem da face do Senhor, devido a sua própria consciência; da mesma forma não pode haver perdão pela ignorância da mesma; pois fica embrutecido.

Natan disse a Davi: Também o Senhor já traspassou o seu pecado e não morrerás. Isso é perdão. Tanto é que Davi o manifesta em seu salmos, pois louva ao Senhor nas mais diversas adversidades e faltas.

E a sua expiação trará ao Senhor: um carneiro sem defeito do rebanho, conforme à tua estimação, para expiação da culpa trará ao sacerdote; e o sacerdote fará expiação por ela diante do Senhor, e será perdoada de qualquer das coisas que fez, tornando-se culpada. Levítico 6:6-7

Não temos como negar esta verdade que está na Lei!
Irmão
Levíticos 6
Vejamos o que diz:
FALOU mais o SENHOR a Moisés, dizendo:
2 Quando alguma pessoa pecar, e transgredir contra o SENHOR, e negar ao seu próximo o que lhe deu em guarda, ou o que deixou na sua mão, ou o roubo, ou o que reteve violentamente ao seu próximo,
3 Ou que achou o perdido, e o negar com falso juramento, ou fizer alguma outra coisa de todas em que o homem costuma pecar;
4 Será pois que, como pecou e tornou-se culpado, restituirá o que roubou, ou o que reteve violentamente, ou o depósito que lhe foi dado em guarda, ou o perdido que achou,
5 Ou tudo aquilo sobre que jurou falsamente; e o restituirá no seu todo, e ainda sobre isso acrescentará o quinto; àquele de quem é o dará no dia de sua expiação.
6 E a sua expiação trará ao SENHOR: um carneiro sem defeito do rebanho, conforme à tua estimação, para expiação da culpa trará ao sacerdote;
7 E o sacerdote fará expiação por ela diante do SENHOR, e será perdoada de qualquer das coisas que fez, tornando-se culpada.
(Lev. 6:1-7)

Ora, o que está relatado aqui é concernente a estas questões acertadas, e, após cometê-las, deveria então restituí-las ao que fora logrado, c/ o seu quíntuplo, no dia da sua expiação, e então ao oferecer por seu pecado o cordeiro, este pecado seria perdoado (mas isso não quer dizer na questão de nenhum dos 10 mandamentos; por exemplo, não havia perdão p/ a quebra do sábado; devendo ser morto.
Ou seja, só nestas pequeninas questões se remediava um perdão; e não aos noutros dezenas de pecados.

Não aperfeiçoou ninguém! No entanto, muitos morreram perdoados e aguardando a promessa:
E todos estes, tendo tido testemunho pela fé, não alcançaram a promessa, provendo Deus alguma coisa melhor a nosso respeito, para que eles sem nós não fossem aperfeiçoados. Hebreus 11:39-40
Enquanto Cristo não cumpria a Sua própria morte e ressurreição, eles, depois de mortos, aguardam ser aperfeiçoados!
Se não fora assim, não haveria salvação nem para Abraão!
Não o creio, não concordo.
Ninguém no Antigo Testamento morreu perdoado; pelo contrário, morreram culpados!
E a morte (ou seja, por estar morto então seu pecado fora pago, está pago - mas sem qualquer chance ou direito a ressurreição - porquanto era a morte e ainda é, a única paga do pecado) não tendo por si mesmo ou pelo sangue de bodes direito algum à ressurreição; ou seja, está pago o pecado contanto morto; pois se ressuscita, então a dívida se estabelece novamente porquanto é a MORTE e nunca a RESSURREIÇÃO que paga pelo pecado.
POr isso mesmo, Jesus é o ÚNICO SALVADOR E REDENTOR dos homens; de todos, anteriores ou posteriores a Sua vinda.

Além do mais, a lei exigia todo um ritual a ser seguido para se haver aquele perdão de Levitico 6, mas somente aqueles pouquíssimos exemplificados; e repito: se alguém apenas quebrantasse o sábado, fazendo algum trabalho, a sentença era:
"Seis dias se trabalhará, porém o sétimo dia é o sábado do descanso, santo ao SENHOR; qualquer que no dia do sábado fizer algum trabalho, certamente morrerá." (Exodo 31:15)

Jefté escreveu:
O Senhor pagou pelo pecado do mundo; porém é necessário ao pecador, crê-lo.
Da mesma forma que no AT também era necessário CRER na expiação de pecados por meio de sacrifícios de animais
Irmão
A lei não exigia aos hebreus a fé p/ c/ os sacrifícios; a lei simplesmente estabelecia determinado ritual, mas não havia exigência nem necessidade da fé p/ tal.
Já Cristo e o Novo Testamento, só E UNICAMENTE mediante a FÉ.

Por isso diz:
"Ora, a lei não é da fé; mas o homem, que fizer estas coisas, por elas viverá." (Gal. 3:12)

Por enquanto é só...
Um abraço
avatar
Clébio
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 940
Idade : 41
Cidade/Estado : Belo Horizonte - MG
Religião : Cristã
Igreja : Adventista do 7º Dia
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 101
Pontos de participação : 1737
Data de inscrição : 11/02/2014

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Clébio em Ter 31 Mar 2015, 07:24

Edison escreveu:Eu já lhe disse e você concorda que, o fato de você acreditar que após a tua morte você se tornará tão somente pó de elementos químicos (enxofre, potássio, ferro, oxigênio, nitrogênio, cálcio, carbono..........cerca de 60 elementos, que no teu caso foi usado produtos químicos de altíssima qualidade pois você com 85 anos está firme e forte, Graças a Deus - rsrsrsrs) e eu acreditar que quando deixarmos este corpo temos um outro pronto nos esperando conforme II Cor. 5:1-8, em nada altera o nosso destino eterno.

A única coisa que acontecerá é que você se surpreenderá ao vê-lo vivo, caminhando com os demais santos, num corpo jovem tipo 18/20 anos. Então você ficará muito feliz em saber que não é só um punhado de pó. rsrsrsrs

"Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta."(Tiago 2:26)

Em Lucas 8:55, que se refere ao milagre da ressurreição da filha de Jairo efetuado por Cristo, há o relato de que o “espírito” voltou e a menina imediatamente se levantou.

Ademais, algumas declarações de Paulo, tais como “deixar o corpo e estar com o Senhor” (II Co. 5:Cool, “partir e estar com Cristo” (Fp. 1:23), parecem apontar para um encontro instantâneo entre o crente (no momento de sua morte) e o Senhor. Contudo, deve-se notar que tais passagens não indicam o modo nem o momento específico desse encontro. O mesmo Paulo escreveu em I Ts. 4:16-17 que os mortos estarão com o Senhor no momento da ressurreição.

Além disso, a promessa de Jesus aos discípulos em Jo. 14:2 e 3, indica que o acesso às moradas do Pai depende diretamente da volta de Jesus, e não da morte do crente.

É interessante notar que Paulo, ao consolar os irmãos tessalonicenses com respeito aos mortos, não focalizou a esperança no fato do crente, ao morrer, estar na presença divina. Pelo contrário, a ênfase está na ressurreição (I Ts. 4:13-18). Isso parece concordar com o fato de que os heróis da fé morreram sem obter a concretização da promessa divina da vida eterna. Puderam apenas contemplar a promessa de longe (cf. Hb. 11:13). Portanto, não pode haver imortalidade sem ressurreição prévia (I Co. 15:42, 50-54).

Entretanto, deve-se destacar que alguns textos parecem apontar que os crentes já possuem a vida eterna através de Cristo (Jo. 10:27-29; I Jo. 5:11-13), pois Ele destruiu a morte, trazendo vida e imortalidade (II Tm. 1:10). Apesar disso, I Co. 15:26 afirma que o “último inimigo a ser vencido é a morte”.

O livro de Apocalipse aponta para esse episódio futuro, mais precisamente como resultado do juízo final (Ap. 20:14). Dessa forma, através da harmonização de tais textos, pode-se perceber a existência de uma tensão entre a vitória já alcançada sobre a morte, mas ainda não consumada.

Assim, é possível compreender o fato de que o crente morto pertence ao Senhor, pois a morte de Cristo torna-o Senhor dos mortos e dos vivos (Rm. 14:7-9).

Sendo assim, devemos entender que a concepção de que o espírito é uma entidade própria capaz de existir de forma independente do corpo não representa uma visão bíblica. O espírito é um princípio de vida outorgado por Deus ao homem. Quando o crente morre este princípio retorna imediatamente para Deus, deixando o crente num estado temporário de inconsciência e inatividade. No segundo advento de Cristo, através da ressurreição, o princípio de vida ligado intimamente com o corpo glorificado fará do justo o bem-aventurado receptor do dom da imortalidade.

Paz seja contigo...

Clébio

Conteúdo patrocinado

Re: Jesus pregou aos espíritos em prisão para salvação? Descida de Jesus ao Hades!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Sab 24 Jun 2017, 04:06