F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Compartilhe

Claudio
- Iniciante -
- Iniciante -

Número de Mensagens : 15
Data de inscrição : 22/04/2013

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Claudio em Qui 25 Abr 2013, 11:03

Eu comecei primeira a ler o modelo pós, li vários de seus argumentos, apesar de pertencer a uma denominação estratégicamnete pré, mas sem ler, e sem saber da sonhadora católica de 1830, e sem saber nada sobre o dispensacionalismo ainda aquela altura, as palavras de Cristo dão uma abertura sim para a interpretação pré: ...entraram na arca e não perceberam..., ...as noivas loucas não viram a chegada do noivo..., ... vigiais para que possa evitar todas as coisas que ão de acontecer..., e junte-se a isso o fato de que grandes verdades bíblicas, na verade até a mais importante dela, não estava claramente interpretada por nenhum judeo, por exemplo o sofrimento, a morte, a ressurreição, a subida e a novamente sua volta, isto para os judeos era improvável, a única coisa que viam, ( e acho que vejam assim até hoje alguma parte dos judeos) e que no máximo Ele sentiria dores pelos nossos pecados, até porque não estava mesmo com todas as palavras que Jesus iria vir morrer, e voltar outra vez, este pensamento ( o que tem até se assemelha com o modelo pós) Jesus se esforçou por mostrar por partes das escrituras só porque não estava claramente lá,

Portanto ainda em suas palavras, de que as pessoas também estariam fazendo coisas comuns no dia de sua volta perde o sentido, tipo, dançando, dando-se em casamento, trabalhando, mas quando nós olhamos para o fim da grande tribulação e vemos pessoas desmaiando de pavor pelas ruas, pessoas recebendo meteoritos em suas cabeças, dores numca antes concebidas, a terceira querra mundial rolando, ai eu pergunto quem estará fazendo coisas normais nesses dias? mas bem por admitir que o texto de 2 tessalonicensses confere difícil harmonia com este pensamento, eu simplesmente vejo tudo como uma conjectura, pode ser, e o argumento histórico é forte (desde que se comprove que os pais da igreja não derraparam em muitas coisas doutrinariamente, começando de Inácio e Clemente aos demais), temos ainda a carta do pseudo-efraim, que um diz que era pós e um outro diz que era pré, e essa controvéria não foi concluída ainda,

E não sei se alguém ja trouxe a tona aqui se de fato, Darby virou realmente pré, tenho vistos estudos que indicam que ela continuou pós e católica

E para terminar uma sugestão:
creio que o mais correto da parte das denominações seria ensinar abertamente os dois modelos, ou na verdade a ocorrencia do raptuz ser possível, mas só, porque essa de ficar usando toda a terminologia negativa para descaracterzar um lado só para tornar o seu mais defensável é injusto, e apenas raiva e nada mais, ficar falando que o pós é mais frio, mais mundano só prque sabe que estará tambem na grande tribulação com eles é sacanagem, falar que os pré são mais fracos idem, quando na verdade essas trincheiras de guerra muitas vezes usam os mesmos argumentos para se atacarem, isso é perda de tempo

Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Número de Mensagens : 710
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Devaney em Qui 25 Abr 2013, 11:08

É verdade, Abílio.

O bom disso tudo é que estamos praticamente com 3 visões diferentes aqui no debate.

Eu, Pré-Tribulacionista, defendo a existência do Arrebatamento e depois mais DUAS ressurreições de caráter geral.

O David é Pós-Tribulacionista.

Não temos infelizmente nenhum Meso-Tribulacionista no debate. Talvez por ser minoria extrema, nunca vi um debatedor deles aqui no Forum.

O Jaime tem sua visão peculiar, não se enquadra em nenhuma das anteriores. Basicamente, ele acredita haver somente uma única ressurreição geral e não há arrebatamento.
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 52
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Devaney em Qui 25 Abr 2013, 11:12

Claudio,

Você tem razão. Na minha congregação, eu leciono sempre os dois lados e para o povo não ficar confuso, eu vou na direção de minha convicção, que é a ensinada na Assembléia de Deus (e é a mesma que a Batista, por sinal) e menciono os argumentos que são contrários.

Aliás, ontem de noite falamos sobre as 70 Semanas de Daniel e eu utilizei muitos argumentos contrários que aparecem nesse tópico para mencionar aos que ouviam.
avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 63
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Jaime_Dias em Qui 25 Abr 2013, 13:18

Jaime_Dias escreveu:Então, temos que admitir também que a mensagem do Senhor anuncianda através de seus servos os profetas desde o princípio (Gn. 3:15), que fala do SEU SEGREDO (a redenção - ressurreição/arrebatamento), a todos os santos até nossos dias, NÃO SERÁ MAIS PARA TODAS AS GERAÇOES DOS SALVOS, MAS SOMENTE PARA A GERAÇÃO DOS DEGOLADOS DO APOCALIPSE??? Ora, ora, ora...
Não, você entendeu errado. Sim, a ressurreição é para todos, mas tal acontece no Arrebatamento, na visão pré-tribulacionista, e a primeira ressurreição com conhecimento do mundo de pecado é que vai ter os degolados. De forma alguma excluí os remidos do AT e NT.
Jaime_Dias escreveu:Arrebatamento, arrebatamento, arrebatamento. Os pré vivem centralizando sua pregação somente no arrebatamento, MAS NÃO RESPEITAM A SUA DINÂMICA, SALTANDO A ORDEM BÍBLICA DELE.
1 Ts. 4:
16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro
17 Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.


Será que preciso desenhar para provar que NÃO, HAVERÁ NENHUM ARREBATAMENTO "ANTES" DA PRIMEIRA RESSURREIÇÃO; SOMENTE APÓS ELA???

Outra coisa meu caro Devaney, AS ESCRITURAS E EU NÃO CONCORDAMOS com as três escolas do arrebatamento: pré, meso e pós-tribulacionista, NO QUESITO TEMPO PREGADO POR ELES, E NÃO NO TEMA ARREBATAMENTO.

Quem disse QUE NÃO PREGO O ARREBATAMENTO? Acho que vc. não viu os nos nossos gráficos postados muito antes: DANIEL E OS QUATRO ANIMAIS - MATEUS 24, ETC... Portanto, pare de falar coisas que eu não disse.

Vou continuar respondendo as demais questões colocadas por vc, em tempo hábil...

avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 52
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Devaney em Qui 25 Abr 2013, 13:45

Ops.... corrigindo minha frase: você não acredita em Arrebatamento PRÉ.
avatar
David
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 180
Idade : 46
Cidade/Estado : João Pessoa - PB
Religião : Cristão
Igreja : Batista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 7
Pontos de participação : 285
Data de inscrição : 11/02/2009

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por David em Qui 25 Abr 2013, 14:08

Olá, David, olhei seus argumentos. Vou tentar ser resumido nas minhas respostas...

Olá irmão devaney... Paz do Senhor Jesus


Me perdoe... Eu simplesmente não vi esta mensagem do irmão. Por esse motivo, não havia feito comentário a respeito.

1) O argumento de Paulo em II Tm 2:17,18 refere-se somente à ressurreição dos demais salvos, pois ele mesmo admite que uma ressurreição há havia acontecido, no verso 8: Lembra-te de que Jesus Cristo, que é da descendência de Davi, ressuscitou dentre os mortos, segundo o meu evangelho.. Não vejo dificuldade que Paulo criticasse os que dizem que a ressurreição ainda não havia acontecido, porque:
- ele admite que Jesus já havia ressuscitado no mesmo texto; então ele se referia somente à ressurreição dos demais, caso contrário seria incoerente consigo mesmo;

Eu creio que o irmão, assim como eu, é fundamentalista, no bom sentido da palavra, ou seja, é um discípulo do Senhor que procura estar fundamentado na Palavra de Deus. Nesse sentido, buscamos crer e basear nossos princípios naquilo que está escrito. Assim, "só vale" para nós, aquilo que tem base bíblica, que tem base na Palavra de Deus. Tendo essa premissa em mente, gostaria de refletir com voce em algumas questões:

As ressurreições, lembradas pelo irmão foram, de alguma forma, avisada antes de ocorrerem, através da Palavra de Deus, de forma que conseguimos não confundí-las com a "ressurreição dos mortos" que ocorrerá na vinda do Messias?

Mat 12:40 - Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra.

Mateus 26:31-32
31 Então Jesus lhes disse: Todos vós esta noite vos escandalizareis em mim; porque está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho se dispersarão.
32 Mas, depois de eu ressuscitar, irei adiante de vós para a Galiléia.

João 2:19-22
19 Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei.
20 Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias?
21 Mas ele falava do templo do seu corpo.

Joa 10:17 - Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la.

Apo 11:11 - E depois daqueles três dias e meio o espírito de vida, vindo de Deus, entrou neles; e puseram-se sobre seus pés, e caiu grande temor sobre os que os viram.


O Senhor Jesus, o "LOGOS", a Palavra de Deus, havia dito que ressuscitaria. A ressurreição das duas testemunhas também está registrado que acontecerá.

Acredito que concordamos que essas, acima, estão bem registradas de forma, que é inequívoco, não há como confundi-las com a ressurreição geral, citada por Paulo e por João, no Apocalipse.

EU entendo que o pré-tribulacionismo procura fugir, do termo “primeira ressurreição”. Principalmente pela dificuldade de defender a "ressurreição secreta" durante a suposta vinda do Senhor, em segredo. Alguns, entretanto, desistiram de negar o termo, mas tentam ensinar que esta é dividida em duas partes, para assim, ensinar uma vinda a mais do Senhor, secretamente. Mas penso que não encontramos isso nas Escrituras, pelo contrário, encontramos que “todo olho o verá”, quando de sua volta.

Pessoalmente, eu torço por voce, nessa nossa troca de ideias. O pre-tribulacionismo nos tira da terra, no período mais negro, da história do homem.

O argumento de Paulo em II Tm 2:17,18 refere-se somente à ressurreição dos demais salvos... .. Não vejo dificuldade que Paulo criticasse os que dizem que a ressurreição ainda não havia acontecido, porque:

Nós esperamos uma ressurreição geral, irmão. Essa “ressurreição geral”, que João chama de “primeira ressurreição” ainda não aconteceu! E é nesse sentido que o pré-tribulacionismo precisa fazer alguns malabarismos, usando textos fora de seu contexto, para tentar basear seu ensinamento. Biblicamente só haverá duas ressurreições gerais, e uma delas é chamada de “primeira ressurreição” e esta se dará quando da vinda do Senhor Jesus!

- até eu, pré-tribulacionista, combateria na época Himeneu e Fileto, pois de fato a ressurreição dos demais irmãos não tinha ainda acontecido. Isso não é problema.

Eu não estava querendo insinuar que o irmão defende algo herético. A intenção foi mostrar que Paulo defendia que a ressurreição geral dos salvos ainda não ocorrera! E que o Apóstolo exortava que quem ensinasse o contrário, fazia apenas porque “havia se desviado da verdade”.

2) Sobre o termo "última trombeta": bons argumentos merecem boas respostas.
Você afirma que depois da 7a. Trombeta Jesus voltará. Sim, mas não imediatamente após. Veja como acontece a sequência dos fatos após Apocalipse 11:15 (que, aliás, contém um texto no futuro: Ele REINARÁ - isso vai acontecer de fato, mas não imediatamente):

Parece ser claro, que a vinda do Senhor será após a sétima trombeta, que seria a última:

1 corintios 15:52
num abrir e fechar de olhos, quando tocar a última trombeta. Ela tocará, os mortos serão ressuscitados como seres imortais, e todos nós seremos transformados.


Quando será o momento da vinda do Senhor? Será logo em seguida ao toque da sétima trombeta? Lendo no Apocalipse, fica nos parecendo que ainda “rolará” alguns momentos de tribulação na terra, após o toque da última trombeta, pois faltará ainda o “terceiro ai”!

Apocalipse 11:14-15
14 É passado o segundo ai; eis que o terceiro ai cedo virá.
15 E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre.



O que percebo, é que o Senhor virá após o toque da última, trombeta, a sétima, mas isso parece que se dará ainda após o “terceiro ai”, ou seja, precisamos refletir em algumas questões que se sucedem após o toque da sétima trombeta.

Os “meso tribulacionistas” dizem que é precisamente nesse momento, de Apocalipse 11:15, que o Senhor virá! Antes do terceiro “ai”.

11:15 - toque da última trombeta
11:16-19 - louvor a Deus pela aplicação de sua justiça sobre a Terra
12:1,2 - Israel é tipificado pela mulher com dores de parto, à semelhança do discurso de Jesus em Mateus 24 (o "princípio das dores" é usado com o substantivo para dores de parto)
12:3-4 - Satanás quer destruir Israel, para impedir a volta de Jesus
12:5-6 - Israel concebe o Messias - ACEITA-O - e é levado para escapar do diabo durante 1260 dias - ou seja, três anos e meio, que é o período da tribulação.
12:7-12 - Satanás e as hostes de demônios são expulsos do espaço e sabem que "pouco tempo lhe resta" - ou seja, Jesus ainda não voltou, pois quando volta, Satanás é acorrentado por mil anos.
12:13-18 - confirmação que Satanás tenta destruir Israel, mas o povo eleito vai para o deserto e é sustentado por Deus por mais 3,5 anos.

EU confesso, irmão, que já vi muitas interpretações para Apocalipse 12. Alguns que tentam ver na “mulher vestida de sol” como sendo a igreja, outros que vêem como sendo Maria, e outros como sendo Israel. Eu entendo que se trata de Israel, principalmente porque o Messias veio de Israel, e não dá igreja, embora alguns argumentem que Israel é a igreja do Senhor, antes do Messias encarnar. Mas o meu entendimento é parecido com o que o você deu, acima.

Mesmo se considerarmos que os 1260 dias do verso 5 são os mesmos 3,5 anos do verso 14, temos Israel fugindo do diabo por um tempo, antes mesmo da vinda de Jesus. Isso impede que você afirme que a trombeta COINCIDA com a volta de Jesus.

É verdade, falta o “terceiro ai”, que possivelmente é o envio de satanás para agir unicamente na terra, como registrado abaixo.

Apocalipse 12:12
12 Por isso alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo.


EU SEI que você vai argumentar comigo que Apocalipse descreve cenas na terra, no céu e no inferno, e que alguns capítulos estão fora de ordem. Mas a sequência NO CÉU, onde o sinal da mulher é visto, é o mesmo nível que o capítulo 11. Portanto, não há uma INTERLOCUÇÃO de fatos.

A grande questão, irmão, é que o Senhor vem para buscar o seu povo após o toque da “última trombeta”. Se é no instante desse “toque”, os meso tribulacionistas estão com a razão, em seus ensinamentos, pois falta o “terceiro aí”, ou seja, falta ainda algumas questões da “Ira de Deus” sobre o momento do tribulo na terra. Mas se a ressurreição é após o “terceiro ai”, os “pós tribulacionistas” estão com a razão! O que não consigo enxergar base bíblica é no “Pré-tribulacionismo”. Por melhor advogado que seja o homem, será difícil defender duas vindas do Senhor, uma invisível e outra visível. Alguns tentam basear o pré tribulacionismo apenas em parábolas bíblicas, visto que claramente, com passagens bem delimitadas, é muito difícil.

Em Mateus 24:30-31, existe de fato uma menção a uma trombeta: Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus. Mateus 24:30-31.

Mas repare que esta trombeta SUCEDE e NÃO ANTECEDE a volta de Jesus, que ocorre após o sinal no céu do Filho do Homem. E esse ajuntamento dos escolhidos, que erradamente muitos vinculam ao Arrebatamento, na verdade é para juntar ISRAEL (que é o povo que toda a passagem de Mateus 24 se refere) para o julgamento que se faz em Jerusalém sobre as nações VIVAS.

Eu creio que devemos interpretar os textos bíblicos a luz da própria Escritura! Essa trombeta, sem dúvida, é a mencionada por João, em Apocalipse, e é precisamente a “última trombeta” registrada por Paulo, em 1 COrintios 15:52.

A ressurreição geral, falada nas Escrituras são duas, separadas pelo intervalo de mil anos! Ou o sujeito ressuscita na primeira ressureição, ou na segunda! Fora disso, não existe outra ressurreição geral, biblicamente falando! Mesmo que alguém sugira a ressurreição de alguns, quando da ressurreição do Senhor, creio que, biblicamente, aqueles voltaram a morrer, motivo pelo qual Paulo foi enfático, ao dizer que a ressurreição (geral dos salvos) ainda não aconteceu.


3) Sobre ser a primeira ressurreição segundo a cronologia de Apocalipse : discordo de novo. No próprio Apocalipse, existem ressurreições antes da volta de Jesus e que não é nem o Arrebatamento e nem a ressurreição do Senhor:

A ressurreição do Senhor Jesus foi individual, dEle, somente. Não foi uma ressurreição geral de salvos. Também a ressurreição das duas testemunhas são específicas, de apenas dois indivíduos. Parece ser bastante claro que não é desta ressurreição que o escritor bíblico se refere quando fala da “primeira ressurreição”. Esse termo, quando empregado por João, tem o sentido de geral, de ressurreição dos salvos, de tal maneira, que é “bem aventurado aquele que faz parte da primeira ressurreição”, ou seja, são todos os salvos da história do homem, até aquele momento.

A "Primeira" que fala Apocalipse 19 não é em caráter ordinal. De forma alguma.

Os pré-tribulacionistas são bem literalistas, principalmente quando a questão parece defender o seu ponto de vista. Eu mesmo agia assim. Como já disse, eu espero que você esteja com a razão irmão, pois o “pré-tribulacionismo” nos tira da terra, durante o período mais sem paz da história do homem! Mas, apesar disso, temos de ser realista. E nas Escrituras percebe-se claramente que João, ao usar o termo “primeira ressurreição”, se referia a ressurreição geral! E, no contexto, se referia aos salvos de todas as épocas! Como até aquele momento, nenhuma ressurreição geral ainda havia ocorrido, aquela é chamada de “primeira”.

Confesso que para mim tanto faz que o Arrebatamento seja antes ou concomitante à Volta de Jesus. A nossa obrigação, seja de um jeito ou de outro, é estarmos em condições de ouvir o chamado de Deus.

É verdade, irmão Devaney.

Mas eu noto que Deus tem um "paralelo" em relação ao Arrebatamento da igreja no antigo testamento.

Tanto Enoque como Noé eram homens de Deus. Ambos eram tementes a Deus e ambos fatalmente visualizariam o dilúvio, pela longevidade dos homens antigos. Mas Enoque foi arrebatado (trasladado) ANTES do Dilúvio acontecer. Noé teve alguns sofrimentos extras, mas esteve na terra durante o dilúvio.
Enoque seria uma "figura" da Igreja e Noé uma "figura" de Israel, para demonstrar que se quiser, Deus tem poder para livrar de um tormento mundial uma pessoa.


Quando era pre tribulacionista usei muito esse argumento para ensinar o arrebatamento secreto. Esse parece ser muito bom. Mas o problema é que não existe ensinamentos neo testamentário fazendo analogia entre igreja e Enoque e, simultaneamente, Israel e Noé, com relação as coisas que hão de acontecer.

O que percebemos claramente é que as Escrituras nos ensinam duas ressurreições gerais, separadas pelo intervalo de mil anos!

Que o Senhor nos abençoe

David

DCAbilio
- Iniciante -
- Iniciante -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 12
Idade : 40
Cidade/Estado : NOVA IGUAÇU RJ
Religião : CRISTÃO PROTESTANTE
Igreja : ASSEMBLEIA DE DEUS
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 16
Data de inscrição : 18/04/2013

SE TU UMA BENÇÃO

Mensagem por DCAbilio em Qui 25 Abr 2013, 15:22

Irmão Devaney,e irmão David. que a graça e paz de Deus e do nosso Sr. Jesus repouse no coração dos amados, e um privilegio, ter pessoas tão dispostas a esclarecerem seus pontos de vista de maneira cordial e regrados pela palavra de Deus, assim sendo
amados, então este F.E. A Doutrina de Jesus Cristo, sera um dos melhores pois eu estive estudo os dois pontos, a muito identifico-me com Meso-Tribulacionista, estou recorrendo mais a biblia do que a guais quer outro material disponível pois são poucos como vcs ja devem ter percebido. então irei me posicionar estrategicamente como defensor desta teoria afim de termos uma visão mais ampla, e para que se possa entender um pouco desta linha. espero que possamos abençoar muitas vidas.
avatar
Devaney
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 710
Idade : 52
Cidade/Estado : Taubaté
Religião : Evangélico
Igreja : Assembléia de Deus
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 26
Pontos de participação : 1124
Data de inscrição : 27/11/2008

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Devaney em Qui 25 Abr 2013, 15:52

Davi e Abilio,

Notei que avançamos mais no estudo. Eu não conseguirei tratar desse assunto nesta semana, porque preciso resolver alguns assuntos particulares entre hoje e amanhã. Um deles será conhecer pessoalmente o Marcelo Almoedo, o ateu do Forum Evangelho, e ir com ele a um culto evangélico e tratarmos do tema CURA DIVINA.

Mas certamente vou analisar com calma as postagens e me manifestar.

Eu sorri ao ler que o David disse que "torce" para que eu esteja certo, e eu vou ser bem sincero, também torço para não enxergar algum argumento sem base de minha parte, pois não tenho a mínima vontade de ver "as fuças" do Anticristo.

Paz do Senhor a ambos...
avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 63
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Jaime_Dias em Sex 26 Abr 2013, 02:05

Caro Devaney, desculpe a demora nas respostas:Falta de tempo; pelo mesmo quesito também ainda não pude responder ao David.

Bom, dando sequência ao assunto vc e o David, também acreditam EM SEGUNDA RESSURREIÇÃO, certo? Analizemos isso e em paralelo A PRIMEIRA RESSURREIÇÃO. Vejamos se isto realidade bíblica ou mais uma interpretação errônea das três teológias?

Eu disse e afirmo: Ninguém até agora, pode provar biblicamente que haverá UMA SEGUNDA RESSURREIÇÃO, isso é pura especulação teológica; pois os versos de Apocalipse 20:12-13, não falam de UMA SUPOSTA SEGUNDA RESSURREIÇÃO DE MORTOS.
Devaney escreveu:E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno. Daniel 12:2
Onde você viu aqui, diferença de mil anos entre a ressurreição da vida eterna, da ressurreição p/ a vergonha eterna, se Daniel menciona duas vezes que ela acontecerá dentro do mesmo tempo. "E NAQUELE TEMPO..." Dn. 12:1.

Devaney escreveu:Se existe ressurreição para VERGONHA, não pode ser na primeira ressurreição. Então tem que haver uma segunda. Se A não é igual a B, então B não é igual a A.
..ENTÃO TEM QUE HAVER...? Você não quer que eu firme minha fé EM SUPOSIÇÕES, NÉ?

Devaney escreveu:Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição. Apocalipse 20:5.

Se João diz que os outros não reviveram até o final do Milênio, é porque depois do Milênio os tais reviveriam. Isso não é ressurreição?
Não meu amigo, isto é suposição tua. Além de não estar escrito, também não tem nenhuma lógica, do Senhor Deus depois de 1.000 anos, ressuscitar todos os seus inimigos, para em seguida jogá-los no lago de fogo???

Devaney escreveu:A expressão "entregar os mortos" que surge para mar, morte e inferno quer dizer que é uma ressurreição.
QUER DIZER; TALVEZ; QUEM SABE; EU ACHO, ETC...Felizmente o Senhor não ensinou nenhuma dessas alternativas para sua Igreja; já tem 66 livros bíblicos com muita coisa escrita, para quê acrescentar mais ainda???

Devaney escreveu:Como pode a Morte entregar algo que lhe era posse?
Porventura, não errais não conhecendo as Escrituras e nem o poder de Deus, meu caro; depois da ressurreição do Senhor, quem tem posse de vivos e de mortos É O SENHOR JESUS, NÃO A MORTE!!!
“...E tenho AS CHAVES DA MORTE E DO INFERNO.” Ap. 1:18b

Continuo depois...



avatar
Norberto
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Status : "Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )" (Oséias 6.3)
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 4296
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : .
País : .
Mensagens Curtidas : 154
Pontos de participação : 17341
Data de inscrição : 17/11/2008

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Norberto em Sex 26 Abr 2013, 07:49

.
Prezados participantes e leitores:

Os meus primeiros dois anos após conversão a Cristo, escatologia, mais especificamente os livros de Daniel e Apocalipse, foi o que mais estudei.

Isso faz muito tempo a ponto de perceber que as opiniões aqui registradas neste tópico me trazem recordações daquilo que aprendi.

Há argumentos novos que eu nunca tinha lido.

Eu gostaria muito, ter tempo para participar aqui. Agradeço a todos que estão dedicando neste debate, que acompanho e aprendo mais a cada dia.

À vista da minha falta de tempo, gostaria de fazer uma pequena observação quanto à ressurreição.

Se a ressurreição é única porque ela é definida como "primeira"?

Se é atribuído à ressurreição como "primeira", no mínimo haverá uma "segunda" ressurreição, entendo eu. E não é a falta de termos claros nas Escrituras, tais como "SEGUNDA ressurreição", que comprova não haver mais de uma.

Pensemos!
.
avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 63
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Jaime_Dias em Sex 26 Abr 2013, 08:59

Olá Jaime, Paz do Senhor Jesus esteja convosco

Acredito que precisamos estar atentos as várias informações no texto bíblico, e nesse, nos é afirmado que o
"mesmo Senhor descerá do céu com alarido e... com a trombeta".
Em outra passagem, o Apóstolo é um pouco mais preciso sobre esta trombeta, e registra o seguinte:

1Co 15:52 - Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

Jaime escreveu:Caro Davi, você disse que precisamos ficar atentos aos vários detalhes da Palavra, então gostaria que me respondesse três perguntas:

-A TROMBETA TOCADA em Ts. 4:16-17, é a mesma TROMBETA de 1 Corintios acima?
Não sei qual a linha de interpretação que o amigo usa, para entender o Apocalipse de João. Pessoalmente, adoto a linha de interpretação “mista”, ou seja, eu creio que existem passagens que já se cumpriram, e passagens que ainda se cumprirão! Assim, entendo que alguns textos devem ser lidos sob a ótica preterista, podendo a igreja do Senhor retirar lições dessas passagens para os seus dias hoje, mas alguns textos, a maioria dos registros de Apocalipse, devem ser entendidos sob a ótica de cumprimento em dias futuros, e que ainda irão se cumprir.
Jaime escreveu:A minha única linha de interpretação parte da I.E.S.D.(inspiração do Espírito Santo de Deus);
pois as tendências das linhas de interpretações teológicas, é cada uma ficar dando voltas, para PERMANECER NO SEU ERRO; prejudicando assim o crescimento da graça e do conhecimento do cristão, em seu meio.
Por essa forma, que Jesus não deixou nenhuma linha teológica humana, X ou Y para sua Igreja; mesmo porque, seus doze apóstolos eram homens simples; aldeões, pescadores, entre os quais, OITO eram completamente ANALFABETOS.

A não ser a única linha de interpretação a ser seguida pela Igreja, tanto ao alcance de analfabetos quanto de intelectuais, A INSPIRAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO.
Jo. 16:13 Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ELE VOS GUIARÁ EM TODA A VERDADE; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, E VOS ANUNCIARÁ O QUE HÁ DE VIR.
Tendo em mente esse entendimento,creio que as trombetas descritas por João, mais especificamente a sétima trombeta, é a mesmíssima que Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, registrou em seus escritos, tanto no texto de 1 Ts 4:16-17 como em 1 Cor 15:52.
Este é um modo saudável de interpretarmos as Escrituras, ao invés de ficarmos “criando” trombetas, para tentar dar base ao nosso próprio pensamento escatológico.

Jaime escreveu:Desculpe-me, mas o irmão está errado em suas convicções, A TROMBETA DE 1 Ts. 4:16, NÃO É e nem será A MESMA DE 1 Cor. 15:52.

Se por um lado não podemos criar trombetas; por outro lado também, não podemos DEIXAR DE ENXERGAR AS DIFERENÇA DE TEMPO E DE MODO, ENTRE AS DUAS TROMBETAS, inseridas na mesma profecia do arrebatamento, confira:

AS DIFERENÇAS ENTRE UMA E OUTRA TROMBETA
A trombeta de 1 Cor. 15:52


1. Faz parte do Sétimo Selo.
2. Está sujeita a ordem das outras seis trombetas, portanto, é a última das trombetas das pragas. Ap. 8...
3. Será tocada por um anjo.
“E tocou O SÉTIMO ANJO A SUA TROMBETA...” Ap. 11:15.

4. Será tocada após a manifestação das duas testemunhas, em Jerusalém. Ap. 11 a seguir.
5. Seu toque anunciará apenas “O TEMPO DO”, E NÃO O ARREBATAMENTO, (“ANTE” – EM PRESENÇA – NOS DIAS DELE).
“Mas NOS DIAS DA VOZ DO SÉTIMO ANJO quando tocar a sua trombeta...Ap. 10:7

A trombeta de 1 Ts. 4:16
1. Também faz parte do Sétimo selo.
2. Esta sujeita ao toque da sétima trombeta.
“...ANTE a última trombeta...”

3. É a trombeta de Deus.
“Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, E COM A TROMBETA DE DEUS; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. 1 Ts.4:16

4. Será tocada somente após a colheita das primícias (os 144 mil israelitas), e dos três anjos proclamarem o Evangelho eterno Ap. 14:1 – 6 a 13.

5. Seu toque anunciará “O MOMENTO" DA RESSURREIÇÃO/ARREBATAMENTO.
“NUM MOMENTO, NUM ABRIR E FECHAR DE OLHOS , ante a última trombeta... 1Co 15:52

Portanto, caro David, está lembrado quando eu disse no início que estava boa a tua interpretação, mas continha falhas; está aí a explicação de uma delas.
Por essas razões, foi que Paulo mostrou não uma, como interpreta a grosso modo as três teologias (pré, meso e pós-tribulacionistas), MAS DUAS TROMBETAS.
É no tocar da última trombeta que o “mistério de Deus” será revelado ao mundo!
Apo 10:7 -
Mas nos dias da voz do sétimo anjo, quando tocar a sua trombeta, se cumprirá o mistério de Deus, como anunciou aos profetas, seus servos.
Jaime escreveu:Não caro David, NÃO É NO TOCAR DA SÉTIMA, que cumprirá o segredo de Deus, MAS NOS “DIAS” DELA. Não podemos atropelar as Escrituras no TEMPO DOS FATOS.
Continuo depois...

Chibolete!

DCAbilio
- Iniciante -
- Iniciante -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 12
Idade : 40
Cidade/Estado : NOVA IGUAÇU RJ
Religião : CRISTÃO PROTESTANTE
Igreja : ASSEMBLEIA DE DEUS
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 16
Data de inscrição : 18/04/2013

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por DCAbilio em Sex 26 Abr 2013, 11:33

Por volta das 18;00 horas estarei postando, estou feliz que este tema tenha sido uma benção
avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 63
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Jaime_Dias em Sex 26 Abr 2013, 13:13

Jaime_Dias escreveu:Bom dia, Norberto.
Há argumentos novos que eu nunca tinha lido.

Jaime_Dias escreveu:Isto não é outra coisa, senão o que disse Jeremias...
"Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes." Jr. 33:3

...cumprindo em nossos dias, dentro dos mesmos moldes proféticos passados, isto é: De fora para dentro das Igrejas(via web).
"Eis sobre os montes os pés do que traz as boas novas, do que anuncia a paz..." Naum 1:15
Eu gostaria muito, ter tempo para participar aqui. Agradeço a todos que estão dedicando neste debate, que acompanho e aprendo mais a cada dia.

À vista da minha falta de tempo, gostaria de fazer uma pequena observação quanto à ressurreição.

Se a ressurreição é única porque ela é definida como "primeira"?

Se é atribuído à ressurreição como "primeira", no mínimo haverá uma "segunda" ressurreição, entendo eu. E não é a falta de termos claros nas Escrituras, tais como "SEGUNDA ressurreição", que comprova não haver mais de uma.

Pensemos!

Jaime_Dias escreveu: Simples Norberto, o plano de Deus foi feito de tal maneira, para dar A PREEMINÊNCIA A JESUS CRISTO “EM TUDO,” (Cl. 1:16); afim de quê, em toda a obra de Deus, Ele seja O PRIMEIRO, conforme está escrito:
"E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que EM TUDO tenha a preeminência.

Em nenhuma parte das Escrituras, você encontrará o Senhor Jesus SENDO O SEGUNDO EM ALGO, senão: "O PRIMEIRO E O ÚLTIMO". Ap. 2:8.

Em razão disso, que eu prego que NÃO EXISTE UMA SUPOSTA SEGUNDA RESSURREIÇÃO, FORA DE JESUS; pois, além D'Ele ser A RESSURREIÇÃO E A VIDA (Jo. 11:25); somente RESSUSCITOU "UMA VEZ", para ser para nós, também O PADRÃO NA PRIMEIRA RESSURREIÇÃO, representando nela, "A PARTE DOS SALVOS".
“Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição.” Rm. 6:5

Preste bem atenção no verso à seguir:
"Bem-aventurado e santo aquele que"TEM PARTE" NA PRIMEIRA RESSURREIÇÃO....

As três teologias, vivem tropeçando neste verso, por isto que o Devaney e o David, seguiram esta idéia, pensando que existe UMA SEGUNDA RESSURREIÇÃO, quando na verdade, isso é mais uma falácia teológica.

Os versos de Ap. 20:5 e 6, falam claramente das "DUAS PARTES" DA PRIMEIRA RESSURREIÇÃO, OCORRIDA MUITO ANTES DESTE TEMPO (a saber: ante a Sétima trombeta). Portanto, João naquele momento, NÃO ESTAVA DIZENDO QUE A PRIMEIRA RESSURREIÇÃO ESTAVA ACONTECENDO, ALI E NAQUELE MOMENTO, mas apresentado o desfecho dela, dos que entrariam ou não, no Milênio. A parte dos que herdarão a vida eterna, e a parte dos que serão condenados, dela.

Observe que é a mesma pregação apresentada por, Daniel: 12:1-2, Paulo: Atos 24:15, e Jesus.
Quem estaria se contradizendo: Os três juntos? OU AS TRÊS TEOLOGIAS JUNTAS???
Jo.5:
28 Não vos maravilheis disto; porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz.
29 E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação.


Portanto, na primeira ressurreição existe "A PARTE DOS JUSTOS", que será A HERANÇA para o Milênio. (Ap.20:6), E "A PARTE DOS INJUSTOS", que será sem herança, os quais serão lançados nas trevas exteriores.

Aliás, como é quê os ímpios poderão comparecer no TRIBUNAL DE CRISTO, antes do Milênio NA CONDIÇÃO DE BODES, "SE ELES segundo as três teologias, só vão ressuscitar mil anos depois do Julgamento das nações, feito agora, na vinda de Jesus???
...Mt. 25:
31 E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
32 E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;
33 E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
34 Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;

41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.


Onde está a diferença de mil anos entre bodes e ovelhas, se Jesus colocará "TODOS OS RESSUSCITADOS" diante de sí, para O SEU JULGAMENTO???

Pense nisso...
avatar
David
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 180
Idade : 46
Cidade/Estado : João Pessoa - PB
Religião : Cristão
Igreja : Batista
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 7
Pontos de participação : 285
Data de inscrição : 11/02/2009

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por David em Sex 26 Abr 2013, 15:27

Olá Jaime... Paz do Senhor Jesus


A minha única linha de interpretação parte da I.E.S.D.(inspiração do Espírito Santo de Deus);
pois as tendências das linhas de interpretações teológicas, é cada uma ficar dando voltas, para PERMANECER NO SEU ERRO; prejudicando assim o crescimento da graça e do conhecimento do cristão, em seu meio.
Por essa forma, que Jesus não deixou nenhuma linha teológica humana, X ou Y para sua Igreja; mesmo porque, seus doze apóstolos eram homens simples; aldeões, pescadores, entre os quais, OITO eram completamente ANALFABETOS.


A boa metodologia para interpretar as Escrituras usa a própria Escritura para fazer a interpretação do texto bíblico. Assim, para entender o conteúdo do texto escriturístico aquele que está a ler deve usar a relação "texto para leitor" como o direcionador para entender o conteúdo da mensagem. Nessa metodologia, o texto é elemento principal do processo de leitura!

Mas quando escolhemos nós mesmos, arbitrariamente, definir valores para palavras ou frases bíblicas, sem levar em consideração o que diz as Escrituras em seus diversosos livros, a mensagem obtida é resultante da relação "leitor para texto". Nesse processo, o elemento principal não é o texto, mais o leitor. Essa metodologia é bastante perigosa, pois é a partir daí que surgem as heresias.

EU concordo que a mensagem principal das Escrituras é de fácil entendimento: QUe o homem é pecador, está destituído de comunhão com o Criador, não conseguirá justificar-se sozinho das suas práticas pecaminosas e por isso precisa deseperadamente do Salvador Jesus Cristo, pois caso não se renda ao senhorio dELe em suas vida, receberá o salário de suas práticas, a morte eterna!

Essa é a mensagem bíblica que qualquer analfabeto, iluminado pelo Espírito Santo, pode receber, entender e aceitar.

Mas as profecias bíblicas, principalmente aquelas como registradas no apocalipse, precisam de um pouco mais de entendimento. Os simbolismos, figuras, e expressões como "aqui há entendimento", e "aqui há sabedoria" mostram que sua compreensão requer "algo mais"... Essas características são a razão pelo qual, podemos divergir em algumas questões no apocalipse, sem que isso influa para salvação. Assim, não é por ser "pre", "meso", "pos", ou amilenista, que alguem deixará de ser discípulo do Senhor.

O que me parece perigoso, é alguem assumir a posição de dizer que é "inspirado pelo Espírito Santo" e por isso "bater o pé" dizendo ter o entendimento cem por cento correto. Eu também tenho o Espírito Santo, e muitos outros irmãos de fé no Senhor Jesus, aqui nesse forum também O tem. Assim, não é o ato de alegar para si ser "inspirado" que vai tornar o vosso entendimento mais aceitável do que o do Noberto, o do Devaney ou o meu.

Desculpe-me, mas o irmão está errado em suas convicções, A TROMBETA DE 1 Ts. 4:16, NÃO É e nem será A MESMA DE 1 Cor. 15:52.

Se por um lado não podemos criar trombetas; por outro lado também, não podemos DEIXAR DE ENXERGAR AS DIFERENÇA DE TEMPO E DE MODO, ENTRE AS DUAS TROMBETAS, inseridas na mesma profecia do arrebatamento, confira:

Vamos ver, em que sentido, ou para que motivo o amigo gostaria que houvesse o toque de outra "trombeta", pois biblicamente, e historicamente, a trombeta que "desencadeará" o retorno do Senhor Jesus é a sétima, ou em outras palavras, a última trombeta!

A trombeta de 1 Ts. 4:16
1. Também faz parte do Sétimo selo.
2. Esta sujeita ao toque da sétima trombeta.

Não vejo diferença para outra passagem, que registra a "última trombeta". Talvez alguém queira ver diferença, criando aí uma nova trombeta, apenas para basear sua própria teologia.

3. É a trombeta de Deus.
“Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, E COM A TROMBETA DE DEUS; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. 1 Ts.4:16

Amigo, essa é a mesmíssima sétima trombeta de APocalipse! As sete trombetas são as "trombetas de Deus" anunciando ao homem o fim da atual disposição das coisas!

4. Será tocada somente após a colheita das primícias (os 144 mil israelitas), e dos três anjos proclamarem o Evangelho eterno Ap. 14:1 – 6 a 13.

Esta trombeta será tocada apenas após o "segundo ai"! Não há base bíblica para se criar uma orquestra sinfonica, em cada passagem escatológica que se vê, há não ser se alguem deseje criar uma teologia própria! O Apocalipse é a

Apocalipse 1:1
REVELAÇÃO de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer;


5. Seu toque anunciará “O MOMENTO" DA RESSURREIÇÃO/ARREBATAMENTO.
“NUM MOMENTO, NUM ABRIR E FECHAR DE OLHOS , ante a última trombeta... 1Co 15:52

Os meso tribulacionistas interpretam o "ante" da passagem acima, como no momento do toque da "última trombeta". Nesse momento, não terá ainda acontecido a conversão nacional de ISrael, e nem o "terceiro ai" terá se realizado ainda. Essa é a passagem chave do meso tribulacionismo. Pessoalmente, eu entendo que a mensagem é no sentido de "após a última trombeta..." por vários motivos, que ainda irei dispor aqui no forum.

Portanto, caro David, está lembrado quando eu disse no início que estava boa a tua interpretação, mas continha falhas; está aí a explicação de uma delas.

Eu vejo inconsistencia bíblica na vossa linha de entendimento. Apesar de não conhecê-la toda, parece-me que defende dois toques de trombeta, e assim, duas ressurreições, é isso?

Por essas razões, foi que Paulo mostrou não uma, como interpreta a grosso modo as três teologias (pré, meso e pós-tribulacionistas), MAS DUAS TROMBETAS.

Tanto na história da igreja, quanto nas Escrituras, só enxergo duas ressurreições gerais acontecendo, e elas ocorrem separadas por um intervalo de mil anos!

Na Paz

David

DCAbilio
- Iniciante -
- Iniciante -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 12
Idade : 40
Cidade/Estado : NOVA IGUAÇU RJ
Religião : CRISTÃO PROTESTANTE
Igreja : ASSEMBLEIA DE DEUS
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 16
Data de inscrição : 18/04/2013

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por DCAbilio em Sex 26 Abr 2013, 19:27

Boa noite a todos , quero agradecer a Deus pela pré disposição de todos, e quero agradecer a cada um leitor ou colaborador, em especial aos que se dispuseram a fazer a diferença seja por meio de critica ou por esclarecimentos, que meu Deus segundo as suas riqueza possa suprir todas as vossas necessidade em glorias por Cristo Jesus.

Bom estive lendo um pouco, os nossos comentários e não quero citar nomes ou refutar teorias, farei apenas um pequeno comentário que com certeza nos será muito útil ate uma futura apresentação de tese dos três pontos de vista.

DCAbilio
- Iniciante -
- Iniciante -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 12
Idade : 40
Cidade/Estado : NOVA IGUAÇU RJ
Religião : CRISTÃO PROTESTANTE
Igreja : ASSEMBLEIA DE DEUS
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 16
Data de inscrição : 18/04/2013

ISRAEL E A IGREJA

Mensagem por DCAbilio em Sex 26 Abr 2013, 20:50

Vejamos que toda a bíblia deva ser levada em consideração, afim de que posamos tratar deste que sem duvida é o mais polemico entre os assuntos.

O Povo Escolhido
Para assegurar que toda a humanidade entenda que os judeus são o povo escolhido de Deus, a palavra “Israel” predomina na Bíblia, sendo citada 2.565 vezes em 2.293 versículos. Em contraste, os árabes são mencionados apenas dez vezes.
Qualquer pessoa que afirma acreditar na Bíblia deve entender que existe apenas uma nação e um povo - somente os judeus - a quem Deus entregou a terra e fez promessas específicas e perpétuas. Os judeus são o único povo que continua existindo enquanto nação (mesmo quando foram dispersos), que tem sua genealogia preservada nas Sagradas Escrituras e que é identificável no mundo de hoje. Se não fosse assim, milhares de promessas feitas por Deus não seriam cumpridas e Ele seria um mentiroso.

Cristo edifica Sua Igreja


Sabendo que Israel O rejeitaria e O crucificaria, Cristo disse que edificaria sua Igreja.

Sabendo que Israel O rejeitaria e O crucificaria, Cristo disse que edificaria uma nova entidade, a Igreja. A palavra "igreja" ou "igrejas" (ekklesia no grego, significa "chamados para fora"), ocorre cerca de 114 vezes no Novo Testamento. Não há no Velho Testamento palavra hebraica traduzida por "igreja".

Referindo-se a Israel, as palavras mais comparáveis no hebraico são edah, mowed e qahal, cuja tradução é "assembléia" ou "congregação". Enquanto Atos 7.38 refere-se "à ‘igreja’ [congregação de Israel] no deserto", a Bíblia faz uma clara distinção entre Israel e a Igreja do Novo Testamento, constituída tanto de gentios como de judeus e que não existia antes da morte e da ressurreição de Cristo. Foi estabelecida por Ele e para Ele que, mesmo até agora, continua a edificá-la: "Edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela" (Mateus 16.18).


Romanos 11.17-21 = Alguns ramos (judeus) foram quebrados, e ramos bravos (gentios) foram enxertados na mesma oliveira (17). Os novos ramos não têm direito de se orgulhar, pois eles dependem da raiz, e não vice-versa (18). O fato de serem enxertados não sugere algum mérito dos gentios e não os coloca acima dos judeus (19). A diferença é questão de fé, não de mérito: alguns judeus foram quebrados por falta de fé e alguns gentios foram enxertados por causa de fé (20). Para ficar na oliveira, os gentios teriam que manter o seu temor de Deus. Ele não poupou os judeus incrédulos e rejeitará os gentios se eles se tornarem incrédulos (21)

HA MUITO SIMBOLISMO QUANTO A ESTE ASSUNTO SENDO POR ISTO, NECESSÁRIO A COMPREENSÃO DE MUITOS SÍMBOLOS PARA PODERMOS CHEGAR A UM DENOMINADOR COMUM.
POR EXEMPLO ISRAEL E CONSIDERADA ESPOSA ENQUANTO A IGREJA É A NOIVA:
Afigura do casamento é usada freqüentemente nas Escrituras para representar a relação entre Deus e seu povo. No Velho Testamento, Deus é o marido e o povo de Israel, a mulher. No Novo Testamento, Cristo é o noivo e a igreja, a noiva. Ao compreender a riqueza desse símbolo, daremos mais importância à obediência no dia-a-dia.

A linguagem figurada de Ezequiel descreve o casamento de Israel com Deus:

Passando eu por junto de ti, vi-te, e eis que o teu tempo era tempo de amores; estendi sobre ti as abas do meu manto e cobri a tua nudez; dei-te juramento e entrei em aliança contigo, diz o Senhor Deus; e passaste a ser minha. Então, te lavei com água, e te enxuguei do teu sangue, e te ungi com óleo. Também te vesti de roupas bordadas, e te calcei com couro da melhor qualidade, e te cingi de linho fino, e te cobri de seda. Também te adornei com enfeites e te pus braceletes nas mãos e colar à roda do teu pescoço. Coloquei-te um pendente no nariz, arrecadas nas orelhas e linda coroa na cabeça. Assim, foste ornada de ouro e prata; o teu vestido era de linho fino, de seda e de bordados; nutriste-te de flor de farinha, de mel e azeite; eras formosa em extremo e chegaste a ser rainha. Correu a tua fama entre as nações, por causa da tua formosura, pois era perfeita, por causa da minha glória que eu pusera em ti, diz o Senhor Deus. (Ezequiel 16:8-14)

O mesmo simbolismo aparece em várias passagens no Novo Testamento, incluindo na carta de Paulo aos efésios:

Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela, para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito....Grande é este mistério, mas eu me refiro a Cristo e à igreja. (Efésios 5:25-27,32)
avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 63
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Jaime_Dias em Sex 26 Abr 2013, 21:15

Olá, David,

David escreveu:A boa metodologia para interpretar as Escrituras usa a própria Escritura para fazer a interpretação do texto bíblico. Assim, para entender o conteúdo do texto escriturístico aquele que está a ler deve usar a relação "texto para leitor" como o direcionador para entender o conteúdo da mensagem. Nessa metodologia, o texto é elemento principal do processo de leitura!
Ué...Existe algum outro método além do usado na Igreja primitiva???
Quando o irmão fizer alguma colocação, favor apresentar o verso relativo ao assunto. IMAGINO QUE ESTAMOS NUM DEBATE BÍBLICO?

David escreveu:Mas quando escolhemos nós mesmos, arbitrariamente, definir valores para palavras ou frases bíblicas, sem levar em consideração o que diz as Escrituras em seus diversosos livros, a mensagem obtida é resultante da relação "leitor para texto". Nesse processo, o elemento principal não é o texto, mais o leitor. Essa metodologia é bastante perigosa, pois é a partir daí que surgem as heresias.
Sem levar em consideração o que diz as Escrituras não, cidadão. Porventura tenho apresentado aqui, o livro de São Cipriano, o manual do Buda, ou a cartilha do E.T???
Será que NÃO NOTOU AINDA A VARIEDADE DE VERSÍCULOS BÍBLICOS, CITADOS EM NOSSAS POSTAGENS?
Tai um dos grandes defeitos daqueles que defendem os dogmas religiosos, mais do que a Palavra de Deus. Segundo eles, NINGUÉM PODE MOSTRAR NADA DIFERENTE FORA DOS MOLDES TEOLÓGICOS, que já vira interpretação particular, heresia, etc...etc...etc... Que falta faz os Bereanos em nossos dias....

David escreveu:EU concordo que a mensagem principal das Escrituras é de fácil entendimento...
Ué...Existe alguma mensagem principal nas Escrituras? Porventura todas as promessas de Deus não inicia e termina em Cristo!!!
“Porque todas quantas promessas há de Deus, são nele sim, e por ele o Amém, para glória de Deus por nós.” 2 Cor. 1:20

David escreveu:QUe o homem é pecador, está destituído de comunhão com o Criador, não conseguirá justificar-se sozinho das suas práticas pecaminosas e por isso precisa deseperadamente do Salvador Jesus Cristo, pois caso não se renda ao senhorio dELe em suas vida, receberá o salário de suas práticas, a morte eterna!
Essa é a mensagem bíblica que qualquer analfabeto, iluminado pelo Espírito Santo, pode receber, entender e aceitar.

Mas as profecias bíblicas, principalmente aquelas como registradas no apocalipse, precisam de um pouco mais de entendimento. Os simbolismos, figuras, e expressões como "aqui há entendimento", e "aqui há sabedoria" mostram que sua compreensão requer "algo mais"...
Errado meu caro, “...O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu.” Jo. 3:27

David escreveu:Essas características são a razão pelo qual, podemos divergir em algumas questões no apocalipse, sem que isso influa para salvação. Assim, não é por ser "pre", "meso", "pos", ou amilenista, que alguem deixará de ser discípulo do Senhor.
Mais uma frase infeliz do irmão, quem foi que te disse que UMA FÉ ESCATOLÓGICA ERRADA HOJE, NÃO FARÁ DIFERENÇA PARA O CRISTÃO, AMANHÃ???
“ Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.
Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão. Mt. 24:9-10.

“E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam.” Mt. 25:8.


David escreveu:O que me parece perigoso, é alguem assumir a posição de dizer que é "inspirado pelo Espírito Santo" e por isso "bater o pé" dizendo ter o entendimento cem por cento correto.
.
NÃO, ISSO NÃO É VERDADE. NEM OS DISCÍPULOS DO SENHOR TINHAM CEM POR CENTO DE ACERTO. Será que nunca lestes?
"EM PARTE, CONHECEMOS, E EM PARTE PROFETIZAMOS? 1 Cor. 13:9.


Por exemplo: Eu não sei o dia e a hora da vinda do Senhor, não sei o significado da voz dos sete trovões, etc... No entanto, A PARTE QUE ME FOI REVELADA, é suficiente para SER SAL DA TERRA E MANIFESTAR os enganos escatológicos da grande maioria sistemática.
E até importa que haja entre vós heresias,para que os que são sinceros se manifestem entre vós.1 Cor. 11:19

David escreveu:Eu também tenho o Espírito Santo, e muitos outros irmãos de fé no Senhor Jesus, aqui nesse forum também O tem. Assim, não é o ato de alegar para si ser "inspirado" que vai tornar o vosso entendimento mais aceitável do que o do Noberto, o do Devaney ou o meu.

Não seja néscio, cidadão! Ninguém está dizendo que o Espírito Santo não foi derramado sobre toda a carne para a salvação, inclusive sobre vcs.
Mas, não é porque alguém tem o Espírito, que este tal pode ter os dons que quiser; senão o Espírito, que distribui os eles como quer.
“Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.
Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;
E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar.” 1 Cor. 12:7-9


Que Deus te abençoe!

continuo depois....


Conteúdo patrocinado

Re: Arrebatamento; antes, durante ou depois da Tribulação

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Seg 20 Nov 2017, 22:42