F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Compartilhe

Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Número de Mensagens : 229
Data de inscrição : 08/02/2013

Abominação da desolação

Mensagem por Jaime_Dias em Ter 12 Fev 2013, 16:44

Prezado irmão Jefté, Paz.

Você disse:
Depende do ponto de vista que se vê; já houveram duas grandes guerras mundiais, e nelas se houve o levante de nação contra nação e reino contra reino...
Creio que isso condiz mais com Mateus 24:7, porque nele diz:
"Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."

Notemos que o levante de nação contra nação e reino contra reino (no respectivo verso), precede fomes, pestes e terremotos - mostrando que o princípio de Dores é um quadro de acontecimentos generalizados - e não de uma 3ª guerra mundial, gerando a grande tribulação - como o irmão está defendendo!
----------------------------

Jaime:
Irmão Jefté, a terceira guerra mundial não depende do ponto de vista humano, e sim, do plano predestinativo Divino (Is. 46:10). Ela será em breve uma terrível realidade tanto para a Igreja, quanto para o mundo, confira:

Primeiro: Essa terceira guerra mundial faz parte dos juízos de Deus, sobre justos e injustos:
Jer 9:25 - Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que castigarei a todo o circuncidado com o incircunciso.

Segundo: As duas guerras mundiais computada por você, Jesus já havia mencionado “ANTES”, como também dos rumores de guerras, apontando para essa terceira guerra mundial - o princípio de dores.
Mateus 24:
6 E ouvireis DE GUERRAS e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas AINDA NÃO É O FIM.

7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
8 Mas todas estas coisas são o princípio de dores.

Terceiro: Se for para admitir a tua linha de interpretação, de que o princípio de dores já aconteceu nas duas guerras mundiais; então, você tem que admitir também que após a segunda guerra mundial, a contagem regressiva, já iniciou sobre A ÚLTIMA GERAÇÃO DA IGREJA NA TERRA. Uma geração bíblica é de 40 anos, certo?
Hebreus 3:
9 Onde vossos pais me tentaram, me provaram, e viram POR QUARENTA ANOS as minhas obras.
10 Por isso ME INDIGNEI CONTRA ESTA GERAÇÃO, E disse: Estes sempre erram em seu coração, E não conheceram os meus caminhos

Desta forma, basta fazermos as contas para saber se a tua interpretação procede ou não:
Do final da segunda guerra mundial, em 1945 até apenas o final de 2012; passaram-se 67 anos de paz mundial. ENTÃO EU PERGUNTO:
-Você já viu o terceiro templo construído em Jerusalém?
-Você já viu o anticristo assentado nesse templo, fazendo descer fogo do céu?
-Você já viu e ouviu alguma trombeta das sete pragas serem tocadas? Etc...Etc...

Aqui a tua teoria, de que o princípio de dores aconteceu nas duas guerras mundiais caiu por terra. Jesus foi claro ao dizer que, iniciando o princípio de dores, NÃO PASSARIA ESTA GERAÇÃO SEM QUE “TODAS-TODAS-TODAS ESTAS COISAS” ACONTEÇAM.
Mateus 24:
34 Em verdade vos digo que NÃO PASSARÁ ESTA GERAÇÃO sem que todas estas coisas aconteçam.

Creio que terás que rever as tuas contas, meu irmão Jefté.

Abraços,

Jaime e Júlio


Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Número de Mensagens : 1683
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Ter 12 Fev 2013, 18:45

Olá irmão Jaime Dias
Paz!

Entre outras coisas, o irmão diz:
Se for para admitir a tua linha de interpretação, de que o princípio de dores já aconteceu nas duas guerras mundiais; então, você tem que admitir também que após a segunda guerra mundial, a contagem regressiva, já iniciou sobre A ÚLTIMA GERAÇÃO DA IGREJA NA TERRA. Uma geração bíblica é de 40 anos, certo?
Hebreus 3:
9 Onde vossos pais me tentaram, me provaram, e viram POR QUARENTA ANOS as minhas obras.
10 Por isso ME INDIGNEI CONTRA ESTA GERAÇÃO, E disse: Estes sempre erram em seu coração, E não conheceram os meus caminhos

Bom, sobre considerar o tempo de "uma geração" pela Bíblia, como 40 anos, não podemos somente olhar para para este contexto e versículo.
Por exemplo, Deus diz a Abraão:
"Então disse a Abrão: Sabes, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos," (Gen. 15:13)
E diz mais: "E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia." (Gen. 15:16)
E nisso se passaram 400 anos. Aqui nesse caso a geração está contada em 100 anos.
No caso do deserto, foi contado 40 anos, devido ao castigo imposto pelo Senhor quando quando expiaram a terra de Canaã por 40 dias e a infamaram, murmurando; vindo então o castigo de morrerem no deserto todos os de 20 anos e p/ cima, por causa de difamarem a terra .

Desta forma, basta fazermos as contas para saber se a tua interpretação procede ou não:
Do final da segunda guerra mundial, em 1945 até apenas o final de 2012; passaram-se 67 anos de paz mundial. ENTÃO EU PERGUNTO:
-Você já viu o terceiro templo construído em Jerusalém?
-Você já viu o anticristo assentado nesse templo, fazendo descer fogo do céu?
-Você já viu e ouviu alguma trombeta das sete pragas serem tocadas? Etc...Etc...

Aqui a tua teoria, de que o princípio de dores aconteceu nas duas guerras mundiais caiu por terra. Jesus foi claro ao dizer que, iniciando o princípio de dores, NÃO PASSARIA ESTA GERAÇÃO SEM QUE “TODAS-TODAS-TODAS ESTAS COISAS” ACONTEÇAM.
Mateus 24:
34 Em verdade vos digo que NÃO PASSARÁ ESTA GERAÇÃO sem que todas estas coisas aconteçam.

Creio que terás que rever as tuas contas, meu irmão Jefté.

Irmão, reflitamos sobre Mateus 24:

Na verdade, as guerras e rumores de guerras e nações contra nações e reino contra reinos já existem a tempos, vide a primeira e segunda guerras mundiais.
Mas... a perseguição de Mateus 24, sobre a qual diz:
“Então os que estiverem na Judeia fujam p/ os montes...”
Essa ainda não!

E chamo a atenção ao que verdadeiramente o Senhor diz em Mateus 24.
Notemos que o capítulo começa quando os discípulos mostrando-Lhe as estruturas do templo.
E o Senhor prontamente diz que, de tudo o que viam - principalmente o templo - não ficaria pedra sobre pedra que não fosse derrubada. (está claro que o templo é o principal foco da explanação do Senhor)
Então os discípulos lhe perguntam: Quando isso acontecerá???

E Jesus começa a descrever os sinais que antecederiam a destruição por Ele afirmada, dizendo:
Acautelai-vos que ninguém vos engane, porque virão muitos em meu nome dizendo: eu sou o Cristo e enganarão a muitos...
e ouvireis de guerras e rumores de guerras...
e se levantaria nação c/ nação e reino c/ reino.
e haverá fomes e pestes e terremotos em vários lugares...

Reparemos:
Na época da destruição de Jerusalém no ano 70 d.C.
Houve a destruição do Templo e da cidade.
Mas, não houve “muitos enganos” no Seu nome...
Não houve também muitos vindo em Seu nome enganando muitos - pois era princípio do evangelho, e na verdade, ali houve muitos que eram verdadeiros, em Seu nome, escolhidos pessoalmente por Ele nos Atos dos Apóstolos (e não os falsos em Seu nome)
tampouco até os anos 70 d.C. houve os marcantes terremotos (como estão havendo a muito pelo mundo);
tampouco a peste (como na Idade Média) que dizimou um terço da população da Europa;
tampouco fome como nas nações hoje da África que nascem, crescem e morrem de fome e c/ fome... e as guerras mundiais como as que houveram...

Isso é um retrato literal de hoje...

Acontece que o Senhor disse:
“Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.
Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.”
(Mat. 24:32-33)

Ora, antes de Jerusalém ser destruída no ano 70 d.C. - houve Jerusalém, a Judeia e o templo.
Mas não houve as dores pelo mundo como sinal da destruição do próprio templo e de Jerusalém como o Senhor assinalou... Portanto o quadro profético não foi completo! porque se viu Jerusalém e o templo, mas não se viu as dores...

E após a destruição de Jerusalém e do templo, por Tito, pode ter havido todos os sinais que Ele referiu-se, se multiplicando pelo mundo - mas deixou de haver Jerusalém e o Templo completando o quadro profético por Ele descrito ( e que os apóstolos viam (e que nós hoje não estamos vendo) e que também fazia parte de “todas as coisas que se deveria ver”, antes do fim).
Na verdade, até 70 d.C. houve Jerusalém, o templo e um período de fome nos dias de Cláudio Cesar (Atos 11:28) mas não houve as dores.
Em contrapartida, depois de Jerusalém e o templo serem destruídos, passou haver muitas dores pelo mundo mas deixou de haver Jerusalém e o templo.

Mas... hoje, existindo todas as dores pelo mundo, por Ele descritas, em 1948 Israel se tornou novamente uma nação dos judeus...
e em 1967 a parte oriental de Jerusalém, onde outrora ficava o templo foi conquistada pelos judeus...
Somente que Jesus disse:
“Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.”
Ora, todas estas coisas, necessariamente se inclui Jerusalém, e também o Templo, sobre o qual os apóstolos viam-no quando Ele lhes explanou os acontecimentos.

Então, é quando estivermos vendo “todas estas coisas” (que Ele relatou juntamente c/ as que os apóstolos viam) é que Ele estará próximo às portas...
Portanto, falta uma coisa:::::
AQUELA que foi a principal razão da pergunta dos apóstolos, e que eles apontavam-no a ponto de se admirarem pelas suas estruturas: O TEMPLO!


E perguntam-no:
Dize-nos quando serão estas coisas; que coisas ? (a destruição do templo) e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo...??
Falta, irmão, a edificação do templo.
Quando ele estiver edificado, aí sim!
Aí, todas estas coisas (que o Senhor relacionou e que os apóstolos viam) estarão também (por nós) sendo vistas, então, Ele, meu irmão, estará às portas...
Então o templo é necessário.
Com isso concordam as profecias em Daniel 11, verso 31 diz: "tirarão o contínuo sacrifício estabelecendo a abominação desoladora..."

Creio piamente que isso (a edificação do templo) so se dará no início da septuagésima semana da profecia de Daniel 9, quando diz:
E ele firmará um concerto com muitos por uma semana e na metade fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares.... (exatamente aquilo que só pode ser praticado no templo)...
E por isso mesmo é que os judeus estão por 1900 anos sem fazê-lo, pois falta o templo.

*( Gostaria de explicar que, quando Jesus fala: “então os que estiverem na Judeia fujam p/ os montes” – a Judéia representava uma faixa de terra que ia do Jordão (a leste) até ao Mar Mediterrâneo (a oeste), e tinha (ao sul) a cidade de Berseba, e ao norte ia até a região da Samaria; então a Judéia era uma região governada por Pôncio Pilatos (Luc. 3:1); e ela continha várias cidades, inclusive Jerusalém; para se ter uma melhor noção, em relação c/ o Brasil; a Judéia era como se fosse um Estado brasileiro, como por exemplo, Santa Catarina, contendo várias cidades: Belém, Hebrom, Jerusalém, Masada, Jâmnia, Emaús, Qumran, Jericó etc.

Um abraço.

avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 62
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Abominação da desolação

Mensagem por Jaime_Dias em Ter 12 Fev 2013, 22:58

Jefté escreveu:Bom, sobre considerar o tempo de "uma geração" pela Bíblia, como 40 anos, não podemos somente olhar para para este contexto e versículo.
Por exemplo, Deus diz a Abraão:
"Então disse a Abrão: Sabes, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos," (Gen. 15:13)
E diz mais: "E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia." (Gen. 15:16).

E nisso se passaram 400 anos. Aqui nesse caso a geração está contada em 100 anos.
No caso do deserto, foi contado 40 anos, devido ao castigo imposto pelo Senhor quando expiaram a terra de Canaã por 40 dias e a infamaram, murmurando; vindo então o castigo de morrerem no deserto todos os de 20 anos e p/ cima, por causa de difamarem a terra.

Jaime: Sim, é verdade! Esta é uma outra configuração sobre GERAÇÃO BÍBLICA; mas, a Escritura é extremamente detalhista, se não a conhecermos na direção do Espírito, compreendendo o que passou e o que está vigorando agora, corremos o risco de coar um mosquito e deixar passar um camelo, veja porquê:

Não podemos fazer uma doutrina no Novo Testamento, em cima de versos do antigo testamento. Não se enxerga através de “SOMBRAS” (Hb. 10:1); mas através da Luz do Evangelho de Cristo (Jo. 1:4). Pois, o Evangelho trouxe no seu bojo, AS NOVAS DE GRANDE ALEGRIA para todo o mundo, e por consequência também, nos apresenta UMA NOVA CONFIGURAÇÃO de interpretação Bíblica, não na velhice da letra, mas em novidade de Espírito (II Co. 3:6). Confira a mesma passagem agora, sob a ótica do Evangelho:

Mateus 1:17 De sorte que todas as gerações, DESDE ABRAÃO ATÉ DAVI, SÃO CATORZE GERAÇÕES; e desde Davi até a deportação para a Babilônia, catorze gerações; e desde a deportação para a Babilônia até Cristo, catorze gerações.

Concorda que diante do Evangelho, A GERAÇÃO DE 100 ANOS apresentada por você, já tem outra duração? Ou você vai me dizer que, de Abraão até Davi (as 14 gerações), duraram 1.400 anos?

Por isso, entre a lei e os profetas que foram transitórias e o Evangelho de Cristo que é eterno, eu fico com o Evangelho, SEM SOMBRAS DE DÚVIDAS: A geração bíblica da Igreja que verá o cumprimento dos acontecimentos tribulacionais (do princípio de dores, até a sétima ou última trombeta), é de 40 anos. (Hb.3:9-10).

Mateus 24:34 Em verdade vos digo que NÃO PASSARÁ ESTA GERAÇÃO sem que todas estas coisas aconteçam.

Depois continuamos, preciso sair...

Que Deus te abençoe!

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Qua 13 Fev 2013, 00:55

Irmão Jaime

Você diz:
Sim, é verdade! Esta é uma outra configuração sobre GERAÇÃO BÍBLICA; mas, a Escritura é extremamente detalhista, se não a conhecermos na direção do Espírito, compreendendo o que passou e o que está vigorando agora, corremos o risco de coar um mosquito e deixar passar um camelo, veja porquê:

Não podemos fazer uma doutrina no Novo Testamento, em cima de versos do antigo testamento. Não se enxerga através de “SOMBRAS” (Hb. 10:1); mas através da Luz do Evangelho de Cristo (Jo. 1:4). Pois, o Evangelho trouxe no seu bojo, AS NOVAS DE GRANDE ALEGRIA para todo o mundo, e por consequência também, nos apresenta UMA NOVA CONFIGURAÇÃO de interpretação Bíblica, não na velhice da letra, mas em novidade de Espírito (II Co. 3:6). Confira a mesma passagem agora, sob a ótica do Evangelho:

Mateus 1:17 De sorte que todas as gerações, DESDE ABRAÃO ATÉ DAVI, SÃO CATORZE GERAÇÕES; e desde Davi até a deportação para a Babilônia, catorze gerações; e desde a deportação para a Babilônia até Cristo, catorze gerações.

Concorda que diante do Evangelho, A GERAÇÃO DE 100 ANOS apresentada por você, já tem outra duração? Ou você vai me dizer que, de Abraão até Davi (as 14 gerações), duraram 1.400 anos?
Bom, 14 gerações de Abraão até Davi; então temos: Abraão aos 100 anos teve Isaque; Isaque aos 60, Jacó; 130 anos Jacó, entra no Egito; 430 anos no Egito; 40 anos no deserto; 450 anos dos juízes; 40 anos o reinado de Saul, e Davi; todo esse tempo somado de Abraão até o início de reinado de Davi, aos 30 anos, dão aproximadamente 1250 anos; dividindo p/ 14 tem-se a média de 89 anos cada geração. (as respectivas referências: Gen. 21:5; Gen. 25:26; Gen. 47:9; Ex. 12:40; Jos. 5:6; Atos 13:20; Atos 13:21; II Sam. 5:4)
Vemos nisso que não se pode fixar como padrão 40 anos p/ uma geração e acatá-la numa profecia, conforme o irmão pretende.

Você diz:
Por isso, entre a lei e os profetas que foram transitórias e o Evangelho de Cristo que é eterno, eu fico com o Evangelho, SEM SOMBRAS DE DÚVIDAS: A geração bíblica da Igreja que verá o cumprimento dos acontecimentos tribulacionais (do princípio de dores, até a sétima ou última trombeta), é de 40 anos. (Hb.3:9-10).

Mateus 24:34 Em verdade vos digo que NÃO PASSARÁ ESTA GERAÇÃO sem que todas estas coisas aconteçam.
O irmão define em 40 anos, o tempo do princípio de dores até a última trombeta.
Mas quantos anos está acontecendo: terremotos... pestes... fomes... guerras e rumores de guerras, e o levante de nações contra nações... e também falsos cristos e falsos profetas em nome de Cristo ???
Ora, não se dá nem para precisar ao certo quanto tempo isso já esteja ocorrendo.
Mas gostaria que o irmão atentasse: se no mundo todo acontecesse abundantemente toda a relação do período de dores do capítulo de Mateus 24 descrita por Cristo (como na verdade já tem existido a tempos) - mas faltasse o Estado de Israel, e a cidade de Jerusalém de posse dos judeus; a profecia não estaria completa, e não estaríamos vendo todas as coisas...
Acontece que ainda falta o Templo judaico, para se completar esse quadro.
Pois como pode acontecer a abominação da desolação no lugar santo, se no lugar do templo há uma mesquita muçulmana???

Podemos ver que o quadro profético do capítulo, ainda falta tanto o templo quanto a pregação do evangelho a toda a criatura. (verso 14 de Mateus 24)
Portanto, irmão, ainda se necessita ver estes fatores.

Na verdade, não importa o quanto se conte a uma geração, se 40 ou 50 ou 100 anos.
O importante é que; há de ser feito um pacto p/ que os judeus construam o templo no seu devido lugar em Jerusalém p/ a realização do sacrifício contínuo, o mesmo sacrifício que feito antes e na época de Cristo; quando isto acontecer, daí então, o mundo, e a geração que isso testemunhar, terá somente mais 7 anos!

Portanto diz:
E ele fará um concerto com muitos por uma semana (7 anos), e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares, e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isto até a consumação, e o que está determinado será derramado sobre o assolador.
Um abraço!

avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 62
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Abominação da desolação

Mensagem por Jaime_Dias em Qua 13 Fev 2013, 14:31

Irmão Jefté, Paz, continuando...Eu disse:

Mateus 1:17 De sorte que todas as gerações, DESDE ABRAÃO ATÉ DAVI, SÃO CATORZE GERAÇÕES; e desde Davi até a deportação para a Babilônia, catorze gerações; e desde a deportação para a Babilônia até Cristo, catorze gerações.

Concorda que diante do Evangelho, A GERAÇÃO DE 100 ANOS apresentada por você, já tem outra duração? Ou você vai me dizer que, de Abraão até Davi (as 14 gerações), duraram 1.400 anos?
Jefté escreveu:Bom, 14 gerações de Abraão até Davi; então temos: Abraão aos 100 anos teve Isaque; Isaque aos 60, Jacó; 130 anos Jacó, entra no Egito; 430 anos no Egito; 40 anos no deserto; 450 anos dos juízes; 40 anos o reinado de Saul, e Davi; todo esse tempo somado de Abraão até o início de reinado de Davi, aos 30 anos, dão aproximadamente 1250 anos; dividindo p/ 14 tem-se a média de 89 anos cada geração. (as respectivas referências: Gen. 21:5; Gen. 25:26; Gen. 47:9; Ex. 12:40; Jos. 5:6; Atos 13:20; Atos 13:21; II Sam. 5:4)
Vemos nisso que não se pode fixar como padrão 40 anos p/ uma geração e acatá-la numa profecia, conforme o irmão pretende.
Parabéns pela tua explicação, meu caro Jefté deu para ver que vc é um nobre debatedor da Escritura, respondeste muito bem, explanando-a teologicamente; no entanto, NÃO ESPIRITUALMENTE.
Conforme te disse antes, a Escritura por ser ESPIRITUAL é extremamente detalhista, se não a conhecermos na direção do Espírito, corremos o risco de coar um mosquito e deixar passar um camelo, confira:

Não sou eu que fixei UM PADRÃO DE 40 ANOS P/ A ÚLTIMA GERAÇÃO DA IGREJA, mas o próprio plano Divino é quem estabeleceu isso. Você está esquecendo que, a linha Bíblica do tempo humano, do princípio do mundo (Matusalém viveu 969 anos), até a última geração da Igreja, vem diminuindo sensivelmente de lá para cá; não em linha retilínea, não em ascendência MAS, EM DESCENDÊNCIA, exatamente sendo ABREVIADA até a consumação dos séculos, para o patamar mínimo de 40 anos, sobre a última geração.
Romanos 9:28 “Porque o Senhor executará a sua palavra sobre a terra, completando-a E ABREVIANDO-A”.

Em razão disso, que quando prego O CUMPRIMENTO DE TODOS OS ACONTECIMENTOS TRIBULACIONAIS, DENTRO DE UMA GERAÇÃO DE 40 ANOS, eu uso as bases bíblicas de aos Hebreus 3...
9 Onde vossos pais me tentaram, me provaram, e viram POR QUARENTA ANOS as minhas obras.
10 Por isso ME INDIGNEI CONTRA ESTA GERAÇÃO, E disse: Estes sempre erram em seu coração, E não conheceram os meus caminhos

...Pois, além de ter estas referências no Evangelho, tenho também A FIÉL PREFIGURAÇÃO BÍBLICA da peregrinação de Israel no deserto por 40 anos, até chegar à terra prometida, que é faz um perfeito paralelo com O TEMPO E O MODO ESPIRITUAL da última caminhada da Igreja, nesse presente século mau.

Coisa que você, não conseguirá de igual forma, apresentar nem através do EVANGELHO, e nem através de PREFIGURAÇÃO, pelo mesmo contexto de Gênesis 15:13-16, o mesmo paralelismo, sobre uma última geração da Igreja com 89 ou 100 anos.

Jefté escreveu:O irmão define em 40 anos, o tempo do princípio de dores até a última trombeta...
Não, eu não disse isto! Você entendeu errado: Eu coloquei OS 40 ANOS como referência À ÚLTIMA GERAÇÃO DA IGREJA, E NÃO QUANTO AO TEMPO DA Gr. TRIBULAÇÃO (começo meio e fim), dentro dos 40 anos; isto já é outra contagem de tempo, dentro dessa geração. O que eu disse foi:
-----------------------------------------------------------
A GERAÇÃO BÍBLICA DA IGREJA que verá o cumprimento dos acontecimentos tribulacionais (do princípio de dores, até a sétima ou última trombeta), É DE 40 ANOS.
------------------------------------------------------------

No entanto, já que o prezado irmão perguntou, vou expor em breve PARA DEBATE, tanto OS PERÍODOS TRIBULACIONAIS, quanto O TEMPO TOTAL DA Gr. TRIBULAÇÃO, COM GRÁFICO E TUDO, numa nova postagem escatológica.

Creio que chegamos à conclusão de quanto tempo será UMA GERAÇÃO BÍBLICA, concordando ou não, o irmão que tem sido bastante sincero, há de convir que isto não é interpretação da minha cabeça, MAS, DAS ESCRITURAS!.

Continuo depois...

Abraços

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Qui 14 Fev 2013, 11:14

Olá Jaime Dias
A paz do Senhor!

Bom, sobre o que o irmão diz:
Não sou eu que fixei UM PADRÃO DE 40 ANOS P/ A ÚLTIMA GERAÇÃO DA IGREJA, mas o próprio plano Divino é quem estabeleceu isso. Você está esquecendo que, a linha Bíblica do tempo humano, do princípio do mundo (Matusalém viveu 969 anos), até a última geração da Igreja, vem diminuindo sensivelmente de lá para cá; não em linha retilínea, não em ascendência MAS, EM DESCENDÊNCIA, exatamente sendo ABREVIADA até a consumação dos séculos, para o patamar mínimo de 40 anos, sobre a última geração.
Na verdade, não concordo c/ o seu parecer que a Escritura defina 40 anos como sendo uma geração; esse é um conceito (acredito) próprio.
E se olharmos a genealogia de Lucas; enquanto Mateus (em Salomão) aponta 2 grupos de 14 gerações (ou seja, 28 gerações) de Davi até Cristo; Lucas (em Natã) aponta 42 gerações de Davi até Cristo; vê, irmão, que a sua base é relativa; pois não há uma critério definido pela Escritura p/ se fixar que uma geração (ou a geração) queira representar literalmente: 40 anos.
O irmão atenta numa parte, e desatenta noutra.
Se considerarmos a genealogia de Lucas: 42 gerações de Davi a Cristo: somente o período dos reis em Israel é de aproximadamente 490 anos; depois 70 anos de cativeiro na Babilônia; depois 450 anos (desde a ordem de reconstruir Jerusalém) até Cristo; os 3 períodos somados dá aproximadamente 1010 anos; e se dividirmos esse período por 42 gerações dá em média: 24 anos.

Em suma: parece que se escolhe um determinado versículo no Velho Testamento (sobre os 40 anos da geração p/ os de 20 anos para cima que saíram do Egito, e por castigo, não entrariam na terra prometida) e acata este período estabelecendo um conceito de 40 anos, como representando e significado uma geração, o que não é verdade, pois na Escritura mesmo, em Lucas, a genealogia tecida, aponta 42 gerações num período de 1010 anos resultando e significando em média 24 anos.
Ora, se é pela Escritura, então é pela Escritura, e isso não pode ser descartado.

Romanos 9:28 “Porque o Senhor executará a sua palavra sobre a terra, completando-a E ABREVIANDO-A”.
Quanto a este verso, não está dizendo "abreviar as gerações", mas diz: "o Senhor executará a sua palavra sobre a terra, completando-a e abreviando-a" - ou seja, o verso está a falar sobre sobre a palavra.

Em razão disso, que quando prego O CUMPRIMENTO DE TODOS OS ACONTECIMENTOS TRIBULACIONAIS, DENTRO DE UMA GERAÇÃO DE 40 ANOS, eu uso as bases bíblicas de aos Hebreus 3...
9 Onde vossos pais me tentaram, me provaram, e viram POR QUARENTA ANOS as minhas obras.
10 Por isso ME INDIGNEI CONTRA ESTA GERAÇÃO, E disse: Estes sempre erram em seu coração, E não conheceram os meus caminhos
Todos os que ensinam da Palavra de Deus... escatologia etc... também sempre usam bases bíblicas, e mesmo assim, somente quanto ao arrebatamento da igreja existem 3 versões completamente distintas e contraditórias entre si: pré-tribulacionista, meso-tribulacionista e pós-tribulacionista - e todos se utilizam da Bíblia.
E o que acontece???
O que acontece é que, uma se cumprirá, as outras que também se respaldam na Bíblia estarão totalmente equivocadas e heréticas.
Quanto a geração que não entrou na terra de Canaã, e morreu no deserto; aquela geração não era de apenas de 40 anos; só pra comparar: Moisés não entrou em Canaã, tinha 120 anos de idade quando morreu; Arão 123 anos, e Miriam, um pouco mais.
Isso é para mostrar que Deus não fixou (naquele episódio) um limite ou uma definição em anos p/ se contar uma geração - embora você entenda assim; é um direito seu, mas não quer dizer que esteja certo; ou que a Escritura o faça.
O que Deus na verdade disse foi:
De todos os que saíram do Egito – de 20 anos e para cima (haviam vários que tinham 80 anos, por exemplo, Moisés e Arão e Miriam – todos os de 20 p/ cima, até 100 anos ou mais - não entrariam na terra prometida, mas cairiam seus corpos no deserto nos 40 anos que o Senhor definiu que se passariam andando pelo deserto.

...Pois, além de ter estas referências no Evangelho, tenho também A FIÉL PREFIGURAÇÃO BÍBLICA da peregrinação de Israel no deserto por 40 anos, até chegar à terra prometida, que é faz um perfeito paralelo com O TEMPO E O MODO ESPIRITUAL da última caminhada da Igreja, nesse presente século mau.Coisa que você, não conseguirá de igual forma, apresentar nem através do EVANGELHO, e nem através de PREFIGURAÇÃO, pelo mesmo contexto de Gênesis 15:13-16, o mesmo paralelismo, sobre uma última geração da Igreja com 89 ou 100 anos.
Como já havia mostrado, na genealogia tecida por Lucas no evangelho aponta 42 gerações, com média de 24 anos de idade.
Portanto, o que vejo, é apenas o irmão "escolher" um fato e um verso de Êxodo e defini-lo como padrão de algo que a Escritura não o faz.

A GERAÇÃO BÍBLICA DA IGREJA que verá o cumprimento dos acontecimentos tribulacionais (do princípio de dores, até a sétima ou última trombeta), É DE 40 ANOS.
Novamente, o irmão uniu um conceito extraído no Velho Testamento como sendo um parâmetro profético.
Também apontou um versículo de Mateus 24, o verso 7; o definiu como a terceira guerra mundial; e taxou 40 anos desde a mesma até a ultima trombeta do apocalipse - e diz que não é isso interpretação ???
Bom, irmão, se isso não é interpretação sua; onde está escrito nas Escrituras essa definição e formulação de acontecimentos ???

Por enquanto é isso, depois postarei sobre o que creio...
Um abraço!
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Gleison Elias em Qui 14 Fev 2013, 11:38

deve-se saber diferenciar geração no aspecto de descendenncia com de tempo.
uma genealogia conta gerações de pai pra filho, não determina um tempo.
gerações se referindo a um determinado tempo, na bíblia, é mesmo de 40 anos.

e não crer que a desolação já aconteceu é ir contra o próprio jesus.

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Qui 14 Fev 2013, 12:15

Gleison Elias

Diz:
deve-se saber diferenciar geração no aspecto de descendenncia com de tempo.
uma genealogia conta gerações de pai pra filho, não determina um tempo.
gerações se referindo a um determinado tempo, na bíblia, é mesmo de 40 anos.

e não crer que a desolação já aconteceu é ir contra o próprio jesus.
Quando Jesus diz em MATEUS 23:29-39:
"Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que edificais os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos dos justos, E dizeis: Se existíssemos no tempo de nossos pais, nunca nos associaríamos com eles para derramar o sangue dos profetas. Assim, vós mesmos testificais que sois filhos dos que mataram os profetas. Enchei vós, pois, a medida de vossos pais." (Mat. 23:29-32)

E continua...
Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno? Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade; Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar."(Mat. 23:33-35)

E continua...
"Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração." (Mat. 23:36)

E continua...
"Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste! Eis que a vossa casa vai ficar-vos deserta; Porque eu vos digo que desde agora me não vereis mais, até que digais: Bendito o que vem em nome do Senhor." (Mat. 23:37-39)

Essa geração (da qual Cristo diz): Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração...
De quanto anos é formada "essa geração" assinalada por Ele, da qual geração - sua casa ficaria deserta e não mais o veria, até que viesse o tempo de dizerem: Bendito o que vem em nome do Senhor???
Ela é de 40 anos??? e só vale p/ os daquela época????
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Gleison Elias em Qui 14 Fev 2013, 13:11

jefté,

aproveitando o tema, irei elaborar um estudo relacionado, tanto pro meu blog, como para o tópico "escatologia" e parte para este daqui.
eu estava estudando à tempo sobre o apocalipse e justamente só agora terminei de formular minha crença.

então, aguarde. Smile

continuem a discussão pela parte anterior à minha chegada.
avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 62
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Abominação da desolação

Mensagem por Jaime_Dias em Qui 14 Fev 2013, 23:40

Graça e Paz, imão Jefté, desculpe a demora em te responder.
Jefté escreveu:Em suma: parece que se escolhe um determinado versículo no Velho Testamento (sobre os 40 anos da geração p/ os de 20 anos para cima que saíram do Egito, e por castigo, não entrariam na terra prometida) e acata este período estabelecendo um conceito de 40 anos, como representando e significado uma geração, o que não é verdade...
O teu broblema meu caro, não sei se é falta de conhecimento,nou outra coisa, mas você só enxerga de UM LADO DOS FATOS, (paulatinamente O PECADO DE ISRAEL); mas não enxergas também, que mesmo não se agradando de seu povo, Deus permitiu a sua perigrinação por 40 anos no deserto, não por comprazer de GASTIGÁ-LOS como colocaste duas vezes; MAS PARA EXEMPLO A NÓS, IGREJA.
Mas Deus não se agradou da maior parte deles, por isso foram prostrados no deserto.
E estas coisas foram-nos FEITAS EM FIGURAS, para que não cobicemos as coisas más, como eles cobiçaram.
Ora, tudo isto lhes sobreveio COMO FIGURAS, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos. I Co. 10:5-6 e 11


Agora tem lógica mesmo, Deus dá um exemplo sobre UMA GERAÇÃO DE 40 ANOS, para ele ser cumprindo NOS ÚLTIMOS DIAS, segundo a interpretação de cada um??? Demora...

Jefté escreveu:...Pois na Escritura mesmo, em Lucas, a genealogia tecida, aponta 42 gerações num período de 1010 anos resultando e significando em média 24 anos.
Ora, se é pela Escritura, então é pela Escritura, e isso não pode ser descartado.
Aí que mora o perigo, o mermão querer determinar o cumprimento de UM FATO PROFÉTICO, que é de PROFUNDIDADE ESPIRITUAL, baseado únicamente na “LETRA BÍBLICA”, e ainda por cima fora das coordenadas proféticas; quando a própria Escritura nos dá conta que, ela chegou a nós, somente EM PARTE, EM ESPELHO E EM ENIGMA (I Co. 13:9 e 1 2).
A soma do caminho interpretativo do irmão tem como resultado A CONFUSÃO; não sou eu que digo isso, mas a própria história Bíblica é quem testifica, mostrando igual caminho que os rabinos Judeus entraram, a dois mil anos atrás, ao querer que A ESCRITURA FOSSE CUMPRIDA, "AO PÉ DA LETRA"; confira:

-Os rabinos esperavam UM MESSIAS PROFETA conforme "A LITERALIDADE DA ESCRITURA"
(Dt. 18:18). No entanto Deus os supreendeu, ENVIANDO SEU PRÓPRIO FILHO AMADO. Jo.1:32.

-Os rabinos esperavam "LITERALMENTE" UM MESSIAS DA CIDADE DE DAVÍ EM BELÉM EFRATA, SITUADA AO SUL DE ISRAEL (Mq. 5:2). No entanto Deus os surpeendeu novamente, PERMITINDO QUE O MESSIAS FOSSE MANIFESTO, EM CANAÃ DA GALILÉIA AO NORTE DE ISRAEL. Jo.2:1...

-Os rabinos esperavam "LITERALMENTE", um Messias, que trouxesse Glória, se assentasse no trono e dominasse nele, (Zc. 6:13). No entanto, apareceu um Messias DESPREZADO, O MAIS INDIGNO ENTRE OS HOMENS, HOMEM DE DORES E EXPERIMENTADO NOS TRABALHOS (Is 53:3), NÃO TINHA ONDE RECLINAR A CABEÇA, MUITO MENOS UM TRONO PARA REINAR!
NUNCA USOU DE FORÇA PARA DOMINAR OS ROMANOS, OS INIMIGOS DO SEU POVO; PELO CONTRÁRIO: MANDOU DAR A CÉZAR, O QUE É DE CÉZAR...

-Os rabinos esperavam "LITERALMENTE" que o Messias fosse construir o templo em Jerusalém (Zc. 6:12). No entanto, o próprio Messias afirmou diante deles, QUE DESTRUIRIA O TEMPLO, E O REEDIFICARIA EM TRÊS DIAS. Jo. 2:9

Os rabinos esperavam que o Messias iria guardar seu sábado religioso, conforme "A LITERALIDADE" do quarto Mandamento (Êx. 20:8-9); no entanto, o mesmo Messias MANDOU AO QUE FÔRA CURADO, CARREGAR SUA CAMA-GARGA EM PLENO SÁBADO, EM JERUSALÉM. (Jo. 5:8-12), Etc...Etc...Etc...

Conforme te disse antes, a Escritura por ser ESPIRITUAL é extremamente detalhista, se não a conhecermos na direção do Espírito, corremos o risco de coar um mosquito e deixar passar um camelo, e até mesmo de sermos condenados, por resitir a Palavra de Deus.

Paulo recebeu do Espírito, e nos deu a receita correta para interpretar uma profecia: Comparar as coisas ESPIRITUAIS DO A.T. com AS ESPIRITUAIS DO N.T.
As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. I Co. 2:13

Assim sendo, meu caro Jefté, eu já te apresentei A GERAÇÃO BÍBLICA DE 40 ANOS, nas suas duas formas espirituais:
Primeiro: como FIGURAS no A.T.
Segundo: No N.T. Para aviso (EXEMPLO) da Igreja do Fim dos séculos.

Agora, resta você me apresentar semelhantemente também, AS DUAS FORMAS ESPIRITUAIS DA MESMA PROFECIA, afirmando que tal geração NÃO SERÁ DE 40 ANOS?

Xeque-mate!

Abrs.




Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Sex 15 Fev 2013, 16:32

Olá irmãos, olá Jaime Dias, paz a todos!

Jaime, você diz:
O teu broblema meu caro, não sei se é falta de conhecimento,nou outra coisa, mas você só enxerga de UM LADO DOS FATOS, (paulatinamente O PECADO DE ISRAEL); mas não enxergas também, que mesmo não se agradando de seu povo, Deus permitiu a sua perigrinação por 40 anos no deserto, não por comprazer de GASTIGÁ-LOS como colocaste duas vezes; MAS PARA EXEMPLO A NÓS, IGREJA.
Mas Deus não se agradou da maior parte deles, por isso foram prostrados no deserto.
Bom, irmão, embora você insista em afirmar que os 40 anos no deserto foram para prefigurar tempos específicos p/ a igreja no futuro, eu não o creio:
Disse o Senhor:
"E vossos filhos pastorearão neste deserto QUARENTA ANOS, e levarão sobre si as vossas infidelidades, até que os vossos cadáveres se consumam neste deserto." (Num 14:33)
"E te lembrarás de todo o caminho, pelo qual o SENHOR teu Deus te guiou no deserto estes QUARENTA ANOS, para te humilhar, e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos, ou não." (Deut. 8:2)
Segundo a palavra de Deus (e não a do homem) os 40 anos no deserto foram para: "te humilhar, e te provar, e p/ saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos, ou não" - portanto é o que creio!

Agora tem lógica mesmo, Deus dá um exemplo sobre UMA GERAÇÃO DE 40 ANOS, para ele ser cumprindo NOS ÚLTIMOS DIAS, segundo a interpretação de cada um??? Demora...
Segundo a Palavra de Deus - os 40 anos no deserto foram para isto:
"Porque QUARENTA ANOS andaram os filhos de Israel pelo deserto, até se acabar toda a nação, os homens de guerra, que saíram do Egito, e não obedeceram à voz do SENHOR; aos quais o SENHOR tinha jurado que lhes não havia de deixar ver a terra que o SENHOR jurara a seus pais dar-nos; terra que mana leite e mel." (Jos. 5:6)

Mas com quem se indignou por QUARENTA ANOS? Não foi porventura com os que pecaram, cujos corpos caíram no deserto? (Heb. 3:17)

Segundo a palavra de Deus (e não a minha), os 40 anos no deserto foi um castigo imposto aos que pecaram cujos corpos caíram no deserto - e não para prefiguração à igreja de quanto tempo se contra uma geração... embora você assim entenda, afinal a fé é livre... tanto a sua quanto a minha...

Quanto as minhas considerações sobre as gerações e genealogias de Mateus e Lucas, o irmão diz:
Aí que mora o perigo, o mermão querer determinar o cumprimento de UM FATO PROFÉTICO, que é de PROFUNDIDADE ESPIRITUAL, baseado únicamente na “LETRA BÍBLICA”, e ainda por cima fora das coordenadas proféticas; quando a própria Escritura nos dá conta que, ela chegou a nós, somente EM PARTE, EM ESPELHO E EM ENIGMA (I Co. 13:9 e 1 2).
A soma do caminho interpretativo do irmão tem como resultado A CONFUSÃO; não sou eu que digo isso, mas a própria história Bíblica é quem testifica, mostrando igual caminho que os rabinos Judeus entraram, a dois mil anos atrás, ao querer que A ESCRITURA FOSSE CUMPRIDA, "AO PÉ DA LETRA"; confira:
Engraçado! por eu não acatar o seu conceito, crendo exatamente conforme a sua maneira de crer, o irmão me taxa e me considera como os rabinos judeus que rejeitaram a Cristo???
Ora, seu grupo cristão não é o primeiro a se sentir possuidor de "uma melhor verdade" desconsiderando aos demais cristãos...
Para isso cabe uma exortação de Tiago:
"Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria." (Tg. 3:13)
"Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia. Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz." (Tg. 3:17-18)

Assim sendo, meu caro Jefté, eu já te apresentei A GERAÇÃO BÍBLICA DE 40 ANOS, nas suas duas formas espirituais:
Primeiro: como FIGURAS no A.T.
Segundo: No N.T. Para aviso (EXEMPLO) da Igreja do Fim dos séculos.
Não pude ver assim as coisas... nem creio ser dessa forma.
Logo, logo também postarei conforme creio, com base bíblica, e fundamentado nas profecias.
Um abraço!
avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 62
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Abominação da desolação

Mensagem por Jaime_Dias em Sex 15 Fev 2013, 23:14

Boa noite meu caro Jefté,

Conforme te disse, eu já te apresentei A GERAÇÃO BÍBLICA DE 40 ANOS, nas suas duas formas espirituais:
Primeiro: como FIGURAS no A.T.
Segundo: No N.T. Para aviso (EXEMPLO) da Igreja do Fim dos séculos.

Jefté escreveu:Não pude ver assim as coisas... nem creio ser dessa forma.
Até entendo a tua dificuldade, se o próprio Davi teve dificuldade para entender AS MARAVILHAS DA LEI DE DEUS (Sl. 119:18); quanto mais QUEM FOI ENGANADO POR ESSA TIOLOGIA, SEM COMPROMISSO COM A VERDADE!!!
No entanto, vou te mostrar outra vez de maneira diferente, AS DUAS FORMAS ESPIRITUAIS, DE SE INTERPRETAR UMA PROFECIA CORRETAMENTE, também ensinada pelo Espírito, à Paulo:
II Corintios 13:8 - Porque nada podemos contra a verdade (do A.T.), senão PELA VERDADE(DO N.T.)

Portanto mancebo, se aindas duvidas dessa forma bíblica primitiva de interpretação, leia a passagem de Atos dos Apóstolos, e veja, Pedro dando AS DUAS BASES BÍBLICAS ESPIRITUAIS:A do A.T. (Jl. 2:28-29), e confirmando também aquele acontecimento NO EVANGELHO (At. 2:16-18).
Jefté escreveu:Logo, logo também postarei conforme creio, com base bíblica, e fundamentado nas profecias.
Um abraço!

Desculpe, meu irmão Jefté, a base bíblica de uma só maneira, até Satanás deu à Jesus na tentação no deserto(Mt.4:6); o que os religiosos precisam crer e respeitar é a palavra no mínimo com duas bases A.T e N.T, Divinamente inspirada.
II Timóteo 3:16 - Toda A ESCRITURA DIVINAMENTE INSPIRADA é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça.

Para isso não necessitamos de HERMENÊUTICA, EXEGÉTICA E HOMILÉTICA, mas da presença do Espírito Santo em nossa vida.
I Corintios 2:10 - Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.

Deus te abençoe!
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Gleison Elias em Sex 15 Fev 2013, 23:40

Infelizmente, o tópico que eu pensava existir_ "Escatologia" _ não existe, ou melhor, existe mas não é ativo, e não acho adequado reativá-la, visto que "escatologia" envolve muitos assuntos, que bom é serem divididos.



Jefté... vamos lá...

Jefté escreveu:"Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que edificais os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos dos justos, E dizeis: Se existíssemos no tempo de nossos pais, nunca nos associaríamos com eles para derramar o sangue dos profetas. Assim, vós mesmos testificais que sois filhos dos que mataram os profetas. Enchei vós, pois, a medida de vossos pais." (Mat. 23:29-32)
...melhor continuar...
Jefté, continuando, escreveu:Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno? Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade; Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar."(Mat. 23:33-35)
"Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração." (Mat. 23:36)
"Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste! Eis que a vossa casa vai ficar-vos deserta; Porque eu vos digo que desde agora me não vereis mais, até que digais: Bendito o que vem em nome do Senhor." (Mat. 23:37-39)

Bem, de primeira vemos certa semelhança com a babilonia de apocalipse... que muitos dizem ser a ICAR, mas tudo revela que é Jerusalém.
Jerusalém, a grande cidade, que tinha a justiça do Senhor, se tornou uma ... lama de sangue... sobre ela foi a culpa de todos homicidios desse mundin...

Jerusalem, sendo a babilonia, como predito varias vezes, fora destruida...
Isto justamente até por volta do ano 70 (30, o ano em que Jesus falou, +40, que é geralmente a duração de uma geração). Tal destruição é a desolação.

Continuando...

A partir de justamente AQUELA geração, os israelitas começaram a se dispersar... isto é, "a casa ficou deserta".
E "a casa ficará deserta", isto é, com os judeus dispersos, até que eles encarem a realidade que o Messias já veio.

É isso Smile

Não vi em questao, o verdadeiro questionamento :/
Se não consegui responder sua indagação, tem como repeti-la "com melhores palavras"?

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Sab 16 Fev 2013, 01:17

Olá Gleison Elias
Pelo que percebi, você considera 40 anos representando uma geração devido ao fato de Jesus dizer que "não passaria essa geração sem que todas estas coisas aconteçam"; e Ele tenha sido crucificado no ano 30 e a cidade ser destruida no ano 70.

Acontece que aquela geração não viu o muito engano no nome de Jesus...
Não viu nação contra nação e reino contra reino...
Não viu fomes e pestes e terremotos em vários lugares...
Porquanto o que o Senhor estava falando não se tratava da Jerusalém rejeitada e entregue a sua própria sorte após sua morte e ressurreição...
Deus determinou 70 semanas sobre Jerusalém e os judeus, a partir da ordem de sua edificação atraves do rei persa.
E todas as profecias a se cumprirem em Jerusalém dizem respeito a estas 70 semanas que Deus lhe determinou.
Portanto a abominação da desolação no lugar santo - da qual Jesus falou lembrando o profeta Daniel - ocorre no decorrer nas 70 semanas; mais precisamente no decorrer da 70ª semana determinada a cumprir-se em Jerusalém.

Porque a cidade só é santa durante este período, fora das 70 semanas, Jerusalém é semelhante a JEBUS - cidade dos Jebuseus que Davi a conquistou aos Jebuseus quando reinou em Israel - sendo desde então chamada cidade de Davi, ou Jerusalém.

E no ano 70 d.C. Jerusalem nada mais tinha de sagrado ou importante a Deus e a profecia - para que nela se desse alguma abominação da desolação no lugar santo.
Acaso você não conhece o evangelho???
Se voce conhece então eu lhe pergunto:
Após a crucificação do Senhor - por acaso os sacrifícios no templo valim mais alguma coisa p/ Deus e para a Lei????

Se não valiam, é porque também o templo nada representava; por isso mesmo foi destruido, porque Deus mais não se importava com o mesmo.
E na verdade, o templo passou a não ser mais nada - não foi na sua destruição; mas na rejeição e morte do Messias pelos judeus; portanto, no expirar de Cristo o véu do templo se rasgou de alto a baixo, e naquela exata hora, também os santos que dormiam foram ressuscitados embora só saissem dos sepulcros após a ressurreiçao Dele.

Em suma; estavam pagos os pecados dos homens, principalmente dos que creem - e todos os rituais e sacrifícios da lei - mediante até o ressuscitar dos que eram pecadores mas estavam justificados pelo sangue de Cristo já puderam ressurgir dentre os mortos - e nada mais de sacrifício continuo da lei valeria alguma coisa - principalmente que diz: "Ora, onde há remissão destes, não há mais oblação pelo pecado." (Heb. 10:18)

E quanto a Babilônia, creio ser os EUA.

Ainda sobre geração - a geração que presenciar fomes, e pestes e terremotos em vários lugares...
a geração que presenciar guerras e nações contra nações e reino contra reino...
A geração que presenciar muito engano no nome de Jesus, e falsos cristos e falsos profetas enganando a muitos ( a muitos )...
A geração que com todos os sinais acima pelo mundo presenciar também a nação de Israel sob o domínio dos judeus...
e a sua capital, Jerusalém frondosa como hoje se vê ...
e mais precisamente, a geração que tendo visto todas as coisas nos 5 parágrafos acima, mais ainda a edificação do templo de Deus em Jerusalém para o retorno dos sacrifícios segundo a lei - então meu irmão - não importa quanto tempo se conte a uma geração - o mundo só terá após a ordem de edificação do templo dos judeus - mais 7 anos, ou melhor: uma semana de anos; e a grande tribulação há de ocorrer, precisamente na metade destes 7 anos, por 3 anos e meio, ao fim dos quais Cristo aparecerá sobre as nuvens do céu com poder e grande glória...
Amém!
Paz!
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Gleison Elias em Sab 16 Fev 2013, 01:33

...
Algumas indagações simples eu indago aqui e agora...

Gefté escreveu:1. Acontece que aquela geração não viu o muito engano no nome de Jesus...
2. Não viu nação contra nação e reino contra reino...
3. Não viu fomes e pestes e terremotos em vários lugares...

1. Ixi se viu! Os apostolos sempre alertavvam os cristãos quanto a isso..
2. Ixi se viu! Rominha que diga.
3. Ixi... vc viu?

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Sab 16 Fev 2013, 10:25

Gleison

1. Ixi se viu! Os apostolos sempre alertavvam os cristãos quanto a isso..
2. Ixi se viu! Rominha que diga.
3. Ixi... vc viu?
Onde está registrado na história, que a geração de 33 d.C a 70 d.C. presenciasse o levante de nação contra nação, reino contra reino... e presenciasse fomes e pestes e terremotos em vários lugares no mundo antes da destruição de Jerusalém no ano 70????

avatar
Gerson Witezak
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 575
Idade : 38
Cidade/Estado : Varzea Grande MT
Religião : Cristão
Igreja : Congregação Cristã no Brasil CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 1108
Data de inscrição : 01/06/2010

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Gerson Witezak em Dom 24 Fev 2013, 11:44

Concordo plenamente com Jefté.

E acredito que a grande tribulação será em nossos dias...

Temos vários eventos acontecendo ao mesmo tempo no mundo todo...

Terremotos, fomes, peste, rumores de guerras e guerras, pai matando filhos, e vise-versa, o amor de muitos se esfriando, falsos profetas, homens se declarando o cristo encarnado em vários lugares no Mundo, escândalos, a internet globalizando o mundo, como a torre de babel, onde todos falavam uma mesma língua; Muitos correndo de uma parte para outra, a ciência se multiplicando, o Evangelho está voltando para Israel, e etc...etc...etc...

São muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo, só nos resta "esperar com paciência" e buscar mais a Deus em orações e suplicas, na comunhão com teu santo Espírito. Amém!

Conteúdo patrocinado

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Dom 20 Ago 2017, 18:13