F.E. A Doutrina de Jesus Cristo.

--------------------------------------
OLÁ, SEJA BEM VINDO AO FÓRUM EVANGELHO.

CASO DESEJE PARTICIPAR DE DEBATES FAÇA SEU REGISTRO.

ESTE FÓRUM É ABERTO A PESSOAS DE TODOS OS CREDOS.

SE PREFERIR SER APENAS UM LEITOR, ACOMPANHE AS POSTAGENS.

"Conheçamos e prossigamos em conhecer a YHVH ( י ה ו ה )..." (Oséias 6.3)

Norberto
Administrador do Fórum Evangelho

Fórum evangélico, aberto à participação de pessoas de qualquer credo ou religião.


Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Compartilhe

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Ter 29 Set 2009, 19:43


A abominação da desolação foi falada por Daniel em alguns capítulos conforme as seguintes refências: Dan.8:13, Dan.11:31 e Dan.12:11.
E foi fala também por Jesus em Mateus 24 e Marcos 13 e foi identificada como estopin de uma grande tribulação ao mundo.

Disse Jesus:
Quando pois virdes a abominação da desolação de que falou o profeta Daniel estar no lugar santo, quem lê entenda. (Mat. 24:15 e Mar. 13:14)

Gostaria que pudéssemos realmente constatar se (conforme alguns afirmam) isso já poderia ter ocorrido no ano 70 d.C.; ou se ainda está p/ vir nos últimos tempos.

O que pois seria a Abominação da Desolação, falada por Daniel - e que Cristo nos notifica que seu cumprimento dá início à Grande Tribulação?
E quando realmente ela tem seu início?

avatar
Diego
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 98
Idade : 34
Cidade/Estado : Fortaleza/Ce
Religião : Servo de YHWH
Igreja : Judeu Messiânico
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 105
Data de inscrição : 25/09/2009

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Diego em Qua 30 Set 2009, 09:03

Paz de Deus...

Veja querido esse é um assunto delicado, porém temos bases para falar sobre isso. Veja que vc se utilizou somente das passagem que atestam sobre a abominação da desolação, que em outras palavras se referem ao anticristo então encontramos mais sobre esse assunto em outras passagens, exploremos tal e cheguemos a um consenso.

O texto relacionados com as falas de Yeshua estão em Mateus 24, Marcos 13 e Lucas 21. Temos que ter em mente o seguinte: Jesus quando profetizava sobre esse assunto falava de dois eventos, um literal e um espiritual. O evento literal o correu em 70 DC onde o império romano devastou Israel e dispersou o povo Hebreu pelo mundo (diáspora). O evento espiritual ainda está por acontecer, quando o assolador fará o mesmo que fez com Israel e seu templo com os discípulos de Yeshua, o evento espiritual também será literal onde os servos de Deus, a verdadeira Igreja de Jesus será perseguida e assolada, porém esse sofrimento tem hora pra começar (Deus) e hora para acabar (1 semana de ano)
Temos que entender que o assolador é satanás que através de seus súditos impera das regiões celestiais, o anticristo será apenas um boneco de suas mãos . Portanto a profecia se cumpre em dois momentos o histórico e o espiritual. Toda profecia se cumpre de forma literal se revelando como a sombra da realidade espiritual que ela nos oferece. Então concluímos que os fatos de 70 DC é a sombra da tribulação vindoura... Shalom

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2025
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5116
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Edison em Qua 30 Set 2009, 14:38

Não restam dúvidas que a abominação da desolação está no Lugar Santo (Mat. 24:15).

Abominação = Sentimento misto de desprezo, ódio e horror.

Desolação = Estrago causado por calamidade. Devastação, ruína (que mete dó). Grande aflição.

O resultado dessa abominação e desolação praticada por Roma, na pessoa do General Tito, culminou com a Mesquita de Omar que está exatamente no lugar do Santo Templo.

E se não bastasse ainda tem lá vários conventos e igrejas católicas romanas. Eles vão em romarias para pedirem interceção da Maria e rezarem à santíssima trindade, que é uma genuina forma de adoração politeísta. Tudo bem ali no lugar santo.

Isso está cumprido e se estende até o término do tempo dos gentios que é concluido com o arrebatamento.

Contudo Israel tem voltado, tem se estabelecido políticamente, e assim que a Igreja-Noiva se vai entra em cena as duas testemunhas (Apoc. 11) que converterá o coração dos 144.000 israelitas e então se introduz o milênio.


Edison
avatar
Diego
- Abraão / Sara -
- Abraão / Sara -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 98
Idade : 34
Cidade/Estado : Fortaleza/Ce
Religião : Servo de YHWH
Igreja : Judeu Messiânico
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 105
Data de inscrição : 25/09/2009

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Diego em Qua 30 Set 2009, 14:52

Shalom Edison
Contudo Israel tem voltado, tem se estabelecido políticamente, e assim que a Igreja-Noiva se vai entra em cena as duas testemunhas (Apoc. 11) que converterá o coração dos 144.000 israelitas e então se introduz o milênio.
Bem mano suas contas estão erradas hoje o povo hebreu está entre 12 a 14 milhoes de pessoas ao redor do mundo, acho melhor vc ir correndo atras de saber quem são realmente esses 144.000 apocaliptico...

Edison
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 2025
Idade : 65
Cidade/Estado : Curitiba
Religião : Cristão
Igreja : www.apalavraoriginal.com.br
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 17
Pontos de participação : 5116
Data de inscrição : 29/11/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Edison em Qua 30 Set 2009, 15:04

Bem mano (rsrsrs)

As duas testemunhas estarão pregando os 1260 dias somente em Israel e os assinalados estarão lá e são somente 12.000 de cada tribo (Apoc. 7).

E digo mais, ainda acho que os que crerão no Messias através das duas testemunhas, serão daqueles judeus bem ortodoxos que vivem lá e não especuladores financeiros da Wall Street.


Edison

Claudia
- Iniciante -
- Iniciante -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Feminino
Número de Mensagens : 3
Idade : 45
Cidade/Estado : Santa Teresa-ES
Religião : cristã
Igreja : Min. Agua Viva
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 3
Data de inscrição : 30/10/2009

Abominação da desolação-mateus 24 e Daniel

Mensagem por Claudia em Ter 03 Nov 2009, 23:54

Graça e paz
Eu creio assim;
As setentas semanas de Daniel ainda não se cumpriram todas, pois sobre o povo de Israel ainda não cessou a transgressão, o fim dos pecados e nem reina a justiça eterna. Sobre as asas da abominação virá o assolador( a besta ou anti cristo)e a abominação (o anticristo vai se sentar no templo de Deus e exigirá ser adorado como Deus IITs 2,4 esta será uma verdadeira abominação para o povo de Israel) estará no lugar santo (é o terceiro templo que será construido em Jerusalém)QUEM LÊ ENTENDA.
Para não morrer devido a grande perseguição que irão sofrer, os judeus correrão para os montes, mas Deus vai livrá-los, pois senão nenhuma carne se salvaria, tamanho será o ódio, guardado há séculos contra os judeus.
avatar
Pereira
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1100
Idade : 55
Cidade/Estado : Japeri/Rio de Janeiro
Religião : Evangelico
Igreja : Nao tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 2
Pontos de participação : 3856
Data de inscrição : 18/04/2009

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Pereira em Qua 04 Nov 2009, 13:29

Ainda nem teve inicio.

Terá seu inicio quando o anti-ungido se manifestar trazendo um governo de Falsa Paz sobre todo o mundo. A Igreja agora o resite. Quando a Igreja for tirada, ele há de manifestar-se com grande poder e engano.
avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 63
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jaime_Dias em Seg 11 Fev 2013, 23:45

Graça e Paz, irmão Jefté.

Muito obrigado pela tua dica!

Vamos lá então prezado, você disse acima:
A abominação da desolação foi falada por Daniel em alguns capítulos conforme as seguintes refências: Dan.8:13, Dan.11:31 e Dan.12:11.
--------------------------

Jaime:Exato.
--------------------------

Jefté
E foi falada também por Jesus em Mateus 24 e Marcos 13 e foi identificadcomo estopin de uma grande tribulação ao mundo.
--------------------------

Jaime:
Desculpe prezado irmão, a Bíblia e eu discordamos de você.
Jesus falou (em outras palavras) que o estopin da Gr. tribulação, será UMA GRANDE GUERRA MUNDIAL, O PRINCÍPIO DE DORES e não a manifestação do anticristo.

As manifestações da APOSTASIA E DO ANTICRISTO é confundida com o principio de dores, pela grande maioria teológica pré e meso-tribulacionista; quando na verdade estes personagens serão sinais da Vinda do Senhor Jesus (II Ts. 2:1...) no decorrer da Gr. tribulação, E NÃO SINAL DO INÍCIO D’ELA.
Note que, tanto os versos do princípio de dores 7-8, quanto boa parte do contexto vem antes do verso referente à abominação da desolação (o anticristo 15).

A TERCEIRA GRANDE GUERRA MUNDIAL ocorrerá "ANTES" do cumprimento da ÚLTIMA SEMANA; e portanto também, ANTES do anticristo se assentar no templo.

Mateus 24:
7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
8 Mas todas estas são O PRINCÍPIO DE DORES.
--------------------------

Jefté
Disse Jesus:
Quando pois virdes a abominação da desolação de que falou o profeta Daniel estar no lugar santo, quem lê entenda. (Mat. 24:15 e Mar. 13:14)
Gostaria que pudéssemos realmente constatar se (conforme alguns afirmam) isso já poderia ter ocorrido no ano 70 d.C.; ou se ainda está p/ vir nos últimos tempos.
-------------------------

Jaime:
A Gr. tribulação pregada por Jesus em Mateus 24, na sua amplitude profética, AINDA NÃO ACONTECEU; a menos que alguém me mostre biblicamente ou historicamente, o cumprimento de alguns quesitos MUNDIAIS D’ELA:

a. Que já aconteceu O PRINCÍPIO DE DORES EM TODO O MUNDO? (Mt. 24:7).
b. Que esse principio de dores, aconteceu DO NORTE DE ISRAEL (Jr. 1:13-14).
c. Que já pereceram numa só guerra, 2/3 DA POPULAÇÃO MUNDIAL? (Zc. 13:8).
d. Que já a Igreja foi perseguida POR TODAS AS GENTES, EM TODO O MUNDO? (Mt. 24:9 – Ap. 13:7).
e. Que já a terra FOI ASSOLADA DE TODO? (Is. 6:11 – Dn. 9:26c).
f. Que já tudo isso foi testemunhado pela ÚLTIMA GERAÇÃO DA IGREJA? (Mt. 24:34 – Lc. 21:28).

Sem falarmos ainda da Vinda de Jesus, arrebatamento, etc...etc...

Abraços,
avatar
MateusAlcântara
- Davi / Abigail -
- Davi / Abigail -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 369
Idade : 22
Cidade/Estado : Ilhéus - BA
Religião : Cristianismo
Igreja : Frequentante da CCB
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 20
Pontos de participação : 505
Data de inscrição : 22/01/2013

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por MateusAlcântara em Ter 12 Fev 2013, 08:45

O reino dos céus é semelhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho;
E enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas, e estes não quiseram vir.
Depois, enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto; vinde às bodas.
Eles, porém, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu tráfico;
E os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram.
E o rei, tendo notícia disto, encolerizou-se e, enviando os seus exércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade.
Então diz aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos.
Ide, pois, às saídas dos caminhos, e convidai para as bodas a todos os que encontrardes.
Mateus 22:2-9

Eu acredito que em 70 dC foi só uma figura do que ainda irá acontecer, pois Israel tem conseguido recuperar sua terra, apesar da luta contra os palestinos.
avatar
Vasuilvan
MODERADOR
MODERADOR

Status : no perfil, defina seu status.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3166
Idade : 47
Cidade/Estado : BRASÍLIA
Religião : CRISTÄO
Igreja : ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA
País : BRASIL
Mensagens Curtidas : 145
Pontos de participação : 10408
Data de inscrição : 17/11/2011

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Vasuilvan em Ter 12 Fev 2013, 10:10


Concordo plenamente com a segunda postagem deste tópico, postada pelo Diego em setembro de 2009...

reproduzindo-a a qui...

Veja querido esse é um assunto delicado, porém temos bases para falar sobre isso. Veja que vc se utilizou somente das passagem que atestam sobre a abominação da desolação, que em outras palavras se referem ao anticristo então encontramos mais sobre esse assunto em outras passagens, exploremos tal e cheguemos a um consenso.

O texto relacionados com as falas de Yeshua estão em Mateus 24, Marcos 13 e Lucas 21. Temos que ter em mente o seguinte: Jesus quando profetizava sobre esse assunto falava de dois eventos, um literal e um espiritual. O evento literal o correu em 70 DC onde o império romano devastou Israel e dispersou o povo Hebreu pelo mundo (diáspora). O evento espiritual ainda está por acontecer, quando o assolador fará o mesmo que fez com Israel e seu templo com os discípulos de Yeshua, o evento espiritual também será literal onde os servos de Deus, a verdadeira Igreja de Jesus será perseguida e assolada, porém esse sofrimento tem hora pra começar (Deus) e hora para acabar (1 semana de ano)
Temos que entender que o assolador é satanás que através de seus súditos impera das regiões celestiais, o anticristo será apenas um boneco de suas mãos . Portanto a profecia se cumpre em dois momentos o histórico e o espiritual. Toda profecia se cumpre de forma literal se revelando como a sombra da realidade espiritual que ela nos oferece. Então concluímos que os fatos de 70 DC é a sombra da tribulação vindoura... Shalom

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Ter 12 Fev 2013, 10:18

A paz, irmãos!

Irmão Jaime Dias

Você diz:
Jefté diz que a abominação descrita em Daniel:
E foi falada também por Jesus em Mateus 24 e Marcos 13 e foi identificado como estopin de uma grande tribulação ao mundo.
--------------------------

Jaime diz:
Desculpe prezado irmão, a Bíblia e eu discordamos de você.
Jesus falou (em outras palavras) que o estopin da Gr. tribulação, será UMA GRANDE GUERRA MUNDIAL, O PRINCÍPIO DE DORES e não a manifestação do anticristo.

As manifestações da APOSTASIA E DO ANTICRISTO é confundida com o principio de dores, pela grande maioria teológica pré e meso-tribulacionista; quando na verdade estes personagens serão sinais da Vinda do Senhor Jesus (II Ts. 2:1...) no decorrer da Gr. tribulação, E NÃO SINAL DO INÍCIO D’ELA.
Note que, tanto os versos do princípio de dores 7-8, quanto boa parte do contexto vem antes do verso referente à abominação da desolação (o anticristo 15).
Você diz também:
A TERCEIRA GRANDE GUERRA MUNDIAL ocorrerá "ANTES" do cumprimento da ÚLTIMA SEMANA; e portanto também, ANTES do anticristo se assentar no templo.

Mateus 24:
7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
8 Mas todas estas são O PRINCÍPIO DE DORES.
Irmão
Depende do ponto de vista que se vê; já houveram duas grandes guerras mundiais, e nelas se houve o levante de nação contra nação e reino contra reino...
Creio que isso condiz mais com Mateus 24:7, porque nele diz: "Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."

Notemos que o levante de nação contra nação e reino contra reino (no respectivo verso), precede fomes, pestes e terremotos - mostrando que o princípio de Dores é um quadro de acontecimentos generalizados - e não de uma 3ª guerra mundial, gerando a grande tribulação - como o irmão está defendendo!
Ora, não está predito haver essa 3ª guerra mundial como estopin da tribulação!

O caso é que tanto em Mateus 24 como Marcos 13 e Lucas 21 (capítulos similares) - descreve sobre a Grande Tribulação, e o Mestre descreve os sinais como numa sequência e volta a repeti-los no mesmo capítulo.

Por exemplo: dos versos 4 a 8 de Mateus 24, o Senhor descreve o princípio de dores; já nos versos de 9 a 13 Ele descreve como há de ser a grande tribulação, mas não menciona o que a desencadeou, quando diz:
"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão."

Porque Ele enfatiza o mesmo assunto: grande tribulação, mostrando diferentes aspectos da mesma; porém somente no verso 15 de Mateus 24, que Ele define o fator que realmente a desencadeia, quando diz:
"Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda. Então, os que estiverem na Judéia, fujam para os montes;" (Mat. 24:15-16)

Notemos: é somente após falar da abominação, que Ele diz: "fuja p/ os montes"; e também diz o porquê de fugir:
"Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver." (Mat. 24:21)

Digo isso, porque o capítulo se repete mostrando vários aspectos de uma mesma época.
Em Lucas 21:20 - Jesus diz:
"Mas, quando virdes Jerusalém cercada de exércitos, sabei então que é chegada a sua desolação."
E completa dizendo:
"Então, os que estiverem na Judeia, fujam para os montes; os que estiverem no meio da cidade, saiam; e os que nos campos não entrem nela." (Luc. 21:21)

Mostrando que tanto a abominação da desolação (no lugar santo) quanto o cerco a Jerusalém ocorrem simultâneos, e isso é o que desencadeará a grande tribulação - tanto que ao descrever em Mateus 24:15 sobre a abominação; e em Lucas 21:21 (sobre o cerco a Jerusalém), vem dizendo em ambos os capítulos:
"Então os que estiverem na Judeia fujam para os montes..." (Mat. 24:16 e Luc. 21:21)
Mas também creio haver uma guerra sem precedentes, uma guerra nuclear; porém, é o episódio da abominação e do cerco em Jerusalém (fatos simultâneos) que desencadeia a tribulação.
Digo isso porque Mateus 24 e Lucas 21 descrevem principalmente de Jerusalém - e é nos respectivos capítulos que desencadea a grande tribulação - mas isso também estourará uma guerra mundial.
Digo isso, porque o anticristo, a 11ª ponta a se levantar (após das 10 primeiras pontas) de Daniel 7:24 - ao seu surgimento, diz: "E destruirá 3 das 10 primeiras pontas"; e significa uma guerra sem precedentes...
Mas o que realmente desencadeia a tribulação é a abominação, mediante a qual, o Senhor nos diz que ao vê-la, a fuga deve ser imediata.

Mas esperemos o que você tem a dizer.
Paz!

Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Ter 12 Fev 2013, 14:42

Olá irmão Vasuilvan
Paz!

Sobre:
Veja querido esse é um assunto delicado, porém temos bases para falar sobre isso. Veja que vc se utilizou somente das passagem que atestam sobre a abominação da desolação, que em outras palavras se referem ao anticristo então encontramos mais sobre esse assunto em outras passagens, exploremos tal e cheguemos a um consenso.

O texto relacionados com as falas de Yeshua estão em Mateus 24, Marcos 13 e Lucas 21. Temos que ter em mente o seguinte: Jesus quando profetizava sobre esse assunto falava de dois eventos, um literal e um espiritual. O evento literal o correu em 70 DC onde o império romano devastou Israel e dispersou o povo Hebreu pelo mundo (diáspora). O evento espiritual ainda está por acontecer, quando o assolador fará o mesmo que fez com Israel e seu templo com os discípulos de Yeshua, o evento espiritual também será literal onde os servos de Deus, a verdadeira Igreja de Jesus será perseguida e assolada, porém esse sofrimento tem hora pra começar (Deus) e hora para acabar (1 semana de ano)
Temos que entender que o assolador é satanás que através de seus súditos impera das regiões celestiais, o anticristo será apenas um boneco de suas mãos . Portanto a profecia se cumpre em dois momentos o histórico e o espiritual. Toda profecia se cumpre de forma literal se revelando como a sombra da realidade espiritual que ela nos oferece. Então concluímos que os fatos de 70 DC é a sombra da tribulação vindoura... Shalom
Discordo da apresentação do Diego - e direi o porquê!
Após a morte de Cristo na cruz do Calvário - conforme profecia, a cidade de Jerusalém (que até então se contava cidade santa) deixa de sê-lo no expirar de Cristo!
Por isso mesmo é que de imediato o véu do templo se rasgou de alto a baixo (Mat. 27:51) e os sacrifícios que até então eram sagrados e necessários perante a lei, perdiam totalmente o seu valor e importância (como também o Templo) para a própria lei.
E após isso, não havia mais Jerusalém como cidade santa, nem templo como "lugar santo".

Só que Jesus é claro: "Quando pois virdes que a abominação da desolação de que falou o profeta Daniel está no lugar santo, quem lê entenda... (Mat. 24:15)

Ora, esse lugar santo, templo, só pode cumprir-se durante a 70ª semana da profecia de Daniel 9 - a qual é única a se cumprir ainda; digo isso porque Jerusalém não é uma cidade santa por si mesma, durante toda a sua existência ou por sua localização e povo (judeus).
Não!
Após a sua destruição, por Nabucodonosor, na época da Babilônia, Jerusalém só é cidade santa nas 70 semanas de anos que Deus lhe determinou.
Fora das 70 semanas, Jerusalém é cidade rejeitada e comum!

Foi por isso mesmo que nos 1900 anos que se passaram após a morte e ressurreição de Cristo, que várias vezes ela foi tomada e invadida por vários povos; no entanto na disso esteve escrito nas profecias!
Portanto, Mateus 24 não poderia cumprir-se em 70 d.C. porque naquela época a cidade estava rejeitada, cidade comum, e também o templo c/ os sacrifícios nada mais valiam; embora os judeus os considerassem de mesma importância.
Deus determinou sobre Jerusalém (cidade santa) 70 semanas de anos; e todas as profecias sobre Jerusalém nas Escrituras, se cumprem nestas 70 determinadas sobre ela; fora desse respectivo período, nada está escrito a se cumprir sobre a mesma.

Jerusalém será novamente santa durante a última uma semana de anos, a 70ª que é futura.
Por isso mesmo é que Daniel descreve um concerto que há de ser firmado com muitos, o qual dará início a 70ª semana. Dan. 9:27.
E por isso mesmo em Apocalipse 11 diz que a cidade santa há de ser pisada por 42 meses.

Neste período, na 70ª semana, o templo e Jerusalém se tornam novamente santos; e na metade desta semana, se fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares, e sobre a asa das abominações virá o assolador, a saber: o anticristo. (Dan. 9:27)
Por isso também diz o Apocalipse 11:
E pisarão a cidade santa por 42 meses. (Apc. 11:2)
Paz!
avatar
Gleison Elias
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : Bíblia NV: goo.gl/7gC7Ih
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 3108
Idade : 22
Cidade/Estado : .
Religião : .
Igreja : Corpo de Cristo
País : .
Mensagens Curtidas : 62
Pontos de participação : 9583
Data de inscrição : 24/11/2012

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Gleison Elias em Ter 12 Fev 2013, 15:08

Vasuilvan citou o que Diego escreveu:"Temos que ter em mente o seguinte: Jesus quando profetizava sobre esse assunto falava de dois eventos, um literal e um espiritual."

Han... hun...

Por que: "um literal e um espiritual"? Onde está escrito isso nas Escrituras, que a profecia é para dois aspectos?
avatar
Jaime_Dias
- Moisés / Zípora -
- Moisés / Zípora -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 229
Idade : 63
Cidade/Estado : Curitiba Pr
Religião : Cristão
Igreja : Espiritual
País : Brazil
Mensagens Curtidas : 0
Pontos de participação : 378
Data de inscrição : 08/02/2013

Abominação da desolação

Mensagem por Jaime_Dias em Ter 12 Fev 2013, 16:44

Prezado irmão Jefté, Paz.

Você disse:
Depende do ponto de vista que se vê; já houveram duas grandes guerras mundiais, e nelas se houve o levante de nação contra nação e reino contra reino...
Creio que isso condiz mais com Mateus 24:7, porque nele diz:
"Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."

Notemos que o levante de nação contra nação e reino contra reino (no respectivo verso), precede fomes, pestes e terremotos - mostrando que o princípio de Dores é um quadro de acontecimentos generalizados - e não de uma 3ª guerra mundial, gerando a grande tribulação - como o irmão está defendendo!
----------------------------

Jaime:
Irmão Jefté, a terceira guerra mundial não depende do ponto de vista humano, e sim, do plano predestinativo Divino (Is. 46:10). Ela será em breve uma terrível realidade tanto para a Igreja, quanto para o mundo, confira:

Primeiro: Essa terceira guerra mundial faz parte dos juízos de Deus, sobre justos e injustos:
Jer 9:25 - Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que castigarei a todo o circuncidado com o incircunciso.

Segundo: As duas guerras mundiais computada por você, Jesus já havia mencionado “ANTES”, como também dos rumores de guerras, apontando para essa terceira guerra mundial - o princípio de dores.
Mateus 24:
6 E ouvireis DE GUERRAS e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas AINDA NÃO É O FIM.

7 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.
8 Mas todas estas coisas são o princípio de dores.

Terceiro: Se for para admitir a tua linha de interpretação, de que o princípio de dores já aconteceu nas duas guerras mundiais; então, você tem que admitir também que após a segunda guerra mundial, a contagem regressiva, já iniciou sobre A ÚLTIMA GERAÇÃO DA IGREJA NA TERRA. Uma geração bíblica é de 40 anos, certo?
Hebreus 3:
9 Onde vossos pais me tentaram, me provaram, e viram POR QUARENTA ANOS as minhas obras.
10 Por isso ME INDIGNEI CONTRA ESTA GERAÇÃO, E disse: Estes sempre erram em seu coração, E não conheceram os meus caminhos

Desta forma, basta fazermos as contas para saber se a tua interpretação procede ou não:
Do final da segunda guerra mundial, em 1945 até apenas o final de 2012; passaram-se 67 anos de paz mundial. ENTÃO EU PERGUNTO:
-Você já viu o terceiro templo construído em Jerusalém?
-Você já viu o anticristo assentado nesse templo, fazendo descer fogo do céu?
-Você já viu e ouviu alguma trombeta das sete pragas serem tocadas? Etc...Etc...

Aqui a tua teoria, de que o princípio de dores aconteceu nas duas guerras mundiais caiu por terra. Jesus foi claro ao dizer que, iniciando o princípio de dores, NÃO PASSARIA ESTA GERAÇÃO SEM QUE “TODAS-TODAS-TODAS ESTAS COISAS” ACONTEÇAM.
Mateus 24:
34 Em verdade vos digo que NÃO PASSARÁ ESTA GERAÇÃO sem que todas estas coisas aconteçam.

Creio que terás que rever as tuas contas, meu irmão Jefté.

Abraços,

Jaime e Júlio


Jefté
- Áqüila / Priscila -
- Áqüila / Priscila -

Status : no perfil, defina seu status ou deixe em branco.
Sexo : Masculino
Número de Mensagens : 1683
Idade : 54
Cidade/Estado : Florianópolis - Santa Catarina
Religião : Cristão
Igreja : Não tenho
País : Brasil
Mensagens Curtidas : 37
Pontos de participação : 4048
Data de inscrição : 27/12/2008

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Jefté em Ter 12 Fev 2013, 18:45

Olá irmão Jaime Dias
Paz!

Entre outras coisas, o irmão diz:
Se for para admitir a tua linha de interpretação, de que o princípio de dores já aconteceu nas duas guerras mundiais; então, você tem que admitir também que após a segunda guerra mundial, a contagem regressiva, já iniciou sobre A ÚLTIMA GERAÇÃO DA IGREJA NA TERRA. Uma geração bíblica é de 40 anos, certo?
Hebreus 3:
9 Onde vossos pais me tentaram, me provaram, e viram POR QUARENTA ANOS as minhas obras.
10 Por isso ME INDIGNEI CONTRA ESTA GERAÇÃO, E disse: Estes sempre erram em seu coração, E não conheceram os meus caminhos

Bom, sobre considerar o tempo de "uma geração" pela Bíblia, como 40 anos, não podemos somente olhar para para este contexto e versículo.
Por exemplo, Deus diz a Abraão:
"Então disse a Abrão: Sabes, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos," (Gen. 15:13)
E diz mais: "E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia." (Gen. 15:16)
E nisso se passaram 400 anos. Aqui nesse caso a geração está contada em 100 anos.
No caso do deserto, foi contado 40 anos, devido ao castigo imposto pelo Senhor quando quando expiaram a terra de Canaã por 40 dias e a infamaram, murmurando; vindo então o castigo de morrerem no deserto todos os de 20 anos e p/ cima, por causa de difamarem a terra .

Desta forma, basta fazermos as contas para saber se a tua interpretação procede ou não:
Do final da segunda guerra mundial, em 1945 até apenas o final de 2012; passaram-se 67 anos de paz mundial. ENTÃO EU PERGUNTO:
-Você já viu o terceiro templo construído em Jerusalém?
-Você já viu o anticristo assentado nesse templo, fazendo descer fogo do céu?
-Você já viu e ouviu alguma trombeta das sete pragas serem tocadas? Etc...Etc...

Aqui a tua teoria, de que o princípio de dores aconteceu nas duas guerras mundiais caiu por terra. Jesus foi claro ao dizer que, iniciando o princípio de dores, NÃO PASSARIA ESTA GERAÇÃO SEM QUE “TODAS-TODAS-TODAS ESTAS COISAS” ACONTEÇAM.
Mateus 24:
34 Em verdade vos digo que NÃO PASSARÁ ESTA GERAÇÃO sem que todas estas coisas aconteçam.

Creio que terás que rever as tuas contas, meu irmão Jefté.

Irmão, reflitamos sobre Mateus 24:

Na verdade, as guerras e rumores de guerras e nações contra nações e reino contra reinos já existem a tempos, vide a primeira e segunda guerras mundiais.
Mas... a perseguição de Mateus 24, sobre a qual diz:
“Então os que estiverem na Judeia fujam p/ os montes...”
Essa ainda não!

E chamo a atenção ao que verdadeiramente o Senhor diz em Mateus 24.
Notemos que o capítulo começa quando os discípulos mostrando-Lhe as estruturas do templo.
E o Senhor prontamente diz que, de tudo o que viam - principalmente o templo - não ficaria pedra sobre pedra que não fosse derrubada. (está claro que o templo é o principal foco da explanação do Senhor)
Então os discípulos lhe perguntam: Quando isso acontecerá???

E Jesus começa a descrever os sinais que antecederiam a destruição por Ele afirmada, dizendo:
Acautelai-vos que ninguém vos engane, porque virão muitos em meu nome dizendo: eu sou o Cristo e enganarão a muitos...
e ouvireis de guerras e rumores de guerras...
e se levantaria nação c/ nação e reino c/ reino.
e haverá fomes e pestes e terremotos em vários lugares...

Reparemos:
Na época da destruição de Jerusalém no ano 70 d.C.
Houve a destruição do Templo e da cidade.
Mas, não houve “muitos enganos” no Seu nome...
Não houve também muitos vindo em Seu nome enganando muitos - pois era princípio do evangelho, e na verdade, ali houve muitos que eram verdadeiros, em Seu nome, escolhidos pessoalmente por Ele nos Atos dos Apóstolos (e não os falsos em Seu nome)
tampouco até os anos 70 d.C. houve os marcantes terremotos (como estão havendo a muito pelo mundo);
tampouco a peste (como na Idade Média) que dizimou um terço da população da Europa;
tampouco fome como nas nações hoje da África que nascem, crescem e morrem de fome e c/ fome... e as guerras mundiais como as que houveram...

Isso é um retrato literal de hoje...

Acontece que o Senhor disse:
“Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.
Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.”
(Mat. 24:32-33)

Ora, antes de Jerusalém ser destruída no ano 70 d.C. - houve Jerusalém, a Judeia e o templo.
Mas não houve as dores pelo mundo como sinal da destruição do próprio templo e de Jerusalém como o Senhor assinalou... Portanto o quadro profético não foi completo! porque se viu Jerusalém e o templo, mas não se viu as dores...

E após a destruição de Jerusalém e do templo, por Tito, pode ter havido todos os sinais que Ele referiu-se, se multiplicando pelo mundo - mas deixou de haver Jerusalém e o Templo completando o quadro profético por Ele descrito ( e que os apóstolos viam (e que nós hoje não estamos vendo) e que também fazia parte de “todas as coisas que se deveria ver”, antes do fim).
Na verdade, até 70 d.C. houve Jerusalém, o templo e um período de fome nos dias de Cláudio Cesar (Atos 11:28) mas não houve as dores.
Em contrapartida, depois de Jerusalém e o templo serem destruídos, passou haver muitas dores pelo mundo mas deixou de haver Jerusalém e o templo.

Mas... hoje, existindo todas as dores pelo mundo, por Ele descritas, em 1948 Israel se tornou novamente uma nação dos judeus...
e em 1967 a parte oriental de Jerusalém, onde outrora ficava o templo foi conquistada pelos judeus...
Somente que Jesus disse:
“Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.”
Ora, todas estas coisas, necessariamente se inclui Jerusalém, e também o Templo, sobre o qual os apóstolos viam-no quando Ele lhes explanou os acontecimentos.

Então, é quando estivermos vendo “todas estas coisas” (que Ele relatou juntamente c/ as que os apóstolos viam) é que Ele estará próximo às portas...
Portanto, falta uma coisa:::::
AQUELA que foi a principal razão da pergunta dos apóstolos, e que eles apontavam-no a ponto de se admirarem pelas suas estruturas: O TEMPLO!


E perguntam-no:
Dize-nos quando serão estas coisas; que coisas ? (a destruição do templo) e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo...??
Falta, irmão, a edificação do templo.
Quando ele estiver edificado, aí sim!
Aí, todas estas coisas (que o Senhor relacionou e que os apóstolos viam) estarão também (por nós) sendo vistas, então, Ele, meu irmão, estará às portas...
Então o templo é necessário.
Com isso concordam as profecias em Daniel 11, verso 31 diz: "tirarão o contínuo sacrifício estabelecendo a abominação desoladora..."

Creio piamente que isso (a edificação do templo) so se dará no início da septuagésima semana da profecia de Daniel 9, quando diz:
E ele firmará um concerto com muitos por uma semana e na metade fará cessar o sacrifício e a oferta de manjares.... (exatamente aquilo que só pode ser praticado no templo)...
E por isso mesmo é que os judeus estão por 1900 anos sem fazê-lo, pois falta o templo.

*( Gostaria de explicar que, quando Jesus fala: “então os que estiverem na Judeia fujam p/ os montes” – a Judéia representava uma faixa de terra que ia do Jordão (a leste) até ao Mar Mediterrâneo (a oeste), e tinha (ao sul) a cidade de Berseba, e ao norte ia até a região da Samaria; então a Judéia era uma região governada por Pôncio Pilatos (Luc. 3:1); e ela continha várias cidades, inclusive Jerusalém; para se ter uma melhor noção, em relação c/ o Brasil; a Judéia era como se fosse um Estado brasileiro, como por exemplo, Santa Catarina, contendo várias cidades: Belém, Hebrom, Jerusalém, Masada, Jâmnia, Emaús, Qumran, Jericó etc.

Um abraço.


Conteúdo patrocinado

Re: Abominação da Desolação - Mateus 24 e Daniel

Mensagem por Conteúdo patrocinado


    Data/hora atual: Qui 21 Set 2017, 04:00